China Elétricos Ford SUVs

Ford promete 50 lançamentos na China e fecha acordo com Alibaba para vendas online

ford-china-1 Ford promete 50 lançamentos na China e fecha acordo com Alibaba para vendas online

A Ford quer se expandir na China, mas nada de forma modesta. A montadora americana pretende lançar nada menos que 50 modelos novos até 2025. Desse total, 15 serão puramente elétricos e oito deles serão utilitários esportivos. O plano da Ford é se sustentar com suas parcerias locais, reforçando a que já existe com a Changan e agora também com a Zotye, com a qual pretende produzir uma gama de carros elétricos.



O acordo foi fechado com a presença de Bill Ford, herdeiro de Henry Ford, que disse: “A China não é apenas o maior mercado de automóveis do mundo, também está no coração do crescimento de veículos elétricos, SUVs e da mobilidade”. Ele completou dizendo:  “O progresso alcançado na China é apenas o começo. Agora temos a chance de expandir nossa presença na China e oferecer ainda mais para os clientes, nossos parceiros e a sociedade “.

ford-china-1 Ford promete 50 lançamentos na China e fecha acordo com Alibaba para vendas online

Para a Ford, o momento é crucial para voltar a crescer na China, após uma sequência de quedas nas vendas. A fim de ampliar a produção e fortalecer o desenvolvimento de produtos para o mercado local, o CEO da Ford Jim Hackett assinou um acordo com a sócia chinesa Changan para investimentos em pesquisa e engenharia.

A empresa quer acelerar a introdução de novos produtos da Ford no mercado chinês, em especial os carros da Lincoln. No caso dessa marca de luxo, a montadora pretende lançar mais um SUV, que ampliará o portfólio local para quatro utilitários esportivos. Na Ford, deverão ser lançados mais sete SUVs, sendo que um deles será puramente elétrico.

O lançamento deste – que provavelmente será o primeiro Model E – ocorrerá em 2019, na mesma época em que sua produção se iniciará no México. Atualmente Ford e Lincoln somam oito crossovers no mercado chinês, o que significa dobrar esse número até 2025.

ford-china-1 Ford promete 50 lançamentos na China e fecha acordo com Alibaba para vendas online

Com a Zotye, a ideia é reduzir os custos de produção dos carros elétricos e torna-los acessíveis. Por ora, a Ford não fala em uma submarca dedicada aos carros elétricos e nem outra focada em carros baratos, ainda movidos por gasolina. Além da eletrificação, a empresa de Dearborn está focando no comércio digital.

Por conta disso, fechou um grande acordo com a chinesa Alibaba, mas a vigência do contrato é de três anos. A Ford quer aproveitar a extensa rede de serviços conectados do gigante asiático, bem como marketing digital e inteligência artificial, entre outras, buscando não só a venda direta pela internet, mas outras formas de conectar clientes e seus produtos por meio da internet.

[Fonte: USA Today]

COMPARTILHAR:
  • Gabriel Torque

    passou da hora já de conseguir comprar carro online direto na montadora, ir à concessionária ninguém merece…

    • Leonel

      Eu discordo. Nisso eu sou chato igual quando compro roupa/calçado. Aos olhos podem me agradar, mas quero vestir, sentir, ver se de fato é tão bom quanto eu imaginava. A negociação “face to face”, os tests drivers, ver o carro ao vivo e etc…não vejo a internet superando isso. Porém, de fato, há os que podem começar com tal ação e seria interessante para a montadora seguir essa direção, oferecendo esta nova modalidade, além da já existente.

      • Pedro154

        Concordo. A compra de um carro envolve não só a ida em uma concessionária apenas, mas a várias concessionárias de mesma marca e outras de marcas diferentes, para avaliar diversas opções. É essencial ter contato físico prévio com o carro, algo que a internet, obviamente, não faz.

        • Leonel

          É bem por aí @Pedro_Gearhead99:disqus .

      • zekinha71

        Tem que falar isso pro pessoal que compraram o Kwid, Polo e Amarok V6 sem nunca terem visto, direto pelo site.

        • Leonel

          Veja @disqus_uoaeDdGTTS:disqus, não disse para não existir a modalidade via internet, apenas que eu não vejo a “pessoal” sendo “eliminada”.

          • Gabriel Torque

            A questão é que hoje em dia é proibido, o que deveria ser algo banal e corriqueiro

      • Pablo Henrique

        Mas não é porque você compra direto com a fábrica que você não vai poder o produto antes. Que pensamento mesquinho é esse?

        • Edson Fernandes

          Ué… mas daí ela lança um produto que só reporter no maximo conheceu… aí como faz? Ela anuncia uma pré venda já engatilhando um aumento após ela….

          Ou seja… ultimamente a compra de um produto quase sempre é condicionada a aumentos. Muitos dos que compraram Kwid por exemplo não viram o carro ainda. Mas há que quem comprou apos o test drive e não tem ideia do periodo, mas sabe que já teve que pagar mais….

      • Edson Fernandes

        E te tirar a opção de fazer test drive. Não acho isso tão interessante para nós que gostamos de pesquisar e rodar.

        Se o preço for menor que uma concessionaria isso pode fazer a diferença, mas fechar toda e qualquer concessionaria interessada em vender.

        • Leonel

          Exato @edsonfernandes:disqus . Só se permitirem uma forma de realizar o test drive e depois comprar online. Não consigo me imaginar comprando qualquer carro sem nunca ter entrado, visto pessoalmente, andar com ele e etc. Mas tudo é questão de perfil.

          • Edson Fernandes

            Eu concordo. Não me vejo comprar algo que eu não conheço. Eu sou adepto de ter um carro confortavel para rodar no dia a dia…. comprar um no escuro e descobrir no uso que é duro, não funciona comigo.

  • carroair30

    Nao podia deixar passar a piada:masse fosse aqui o acordo seria com os 40………….

  • No_Name

    Inveja dos chineses que possuem tantos Ford que não temos e ainda terão o novo Fiesta, Focus 4, Model E etc…

    • carroair30

      Nao fique triste nos temos o NOSSO KA E O NOSSO ECO que sairam da nossa JABOTICABEIRA pra GANHAR O MUNDO!

  • Gustavo

    Será que em breve teremos Focus a venda com 25% de desconto no AliExpress?

    • Wendel Cerutti

      A conferir .

    • FrankTesl

      e frete grátis, mas com grandes chances de ficar retido em Curitiba

  • Renato L

    50 lançamentos? A moda agora não é enxugar o portfólio e ter menos versões e menos modelos?

  • GuiWX88

    “No Brasil a Ford promete retirar 50 itens de série dos seus modelos e fecha acordo para vendas a preços mais altos”

  • David Diniz

    Agora vai ser possível comprar carro na aliexpress? Será que a receita vai taxar em R$ 200 quando chegar em CWB?

    • ObservadorCWB

      Pior é o carro viajar meio mundo em dois ou três dias…e depois correr o risco de “sumir” no Brasil antes de chegar ao proprietário.

    • No_Name

      Sei que deve ser brincadeira isso. Mas, por via das dúvidas pra quem leva a sério: a compra é online mas certamente a retirada é num distribuidor. Então não, não terá como importar um novo Fiesta ou Focus 4. 😭

      • David Diniz

        Sim é uma brincadeira só no Brasil que precisa avisar o que é uma brincadeira e o que é sério

  • Leonel

    Com esta mercado gigante, como citado por várias montadoras, fico imaginando os planos de infraestrutura e mobilidade urbana por parte da China. Imagina as vias suportarem tantos veículos ao mesmo tempo e suprir a demanda por combustível e energia. Se insistirem nas oriundas do carvão, o país fecha.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email