Ranger 2023 é mostrada pela primeira vez

ranger 2023 teaser 6

A Ford usou a divisão europeia para divulgar um vídeo-teaser da Ranger 2023, modelo que será revelado até o final desse ano e terá produção inicialmente na África do Sul, onde a montadora americana investiu US$ 1 bilhão.


Nas primeiras imagens, que você pode conferir também no referido vídeo, abaixo, a Ranger 2023 virá mais musculosa e próxima da F-150, tendo como destaque os faróis full LED duplos com projetores sobrepostos.

ranger 2023 teaser 1

As luzes diurnas em “C” reforçarão também os laços com a F-150, tornando a Ranger 2023 mais familiar ao cliente americano, principal mercado do produto. No vídeo, ela aparece também em cabine estendida, algo que não veremos por aqui.

Para mercados como da Tailândia e EUA, esta cabine deverá ser bem explorada, mas aqui somente as cabines simples e dupla (no topo) deverão fazer parte do pacote.

ranger 2023 teaser 2

Na traseira, as lanternas verticais em LED não contam muito, mas a tampa da caçamba oculta um visual diferente certamente e com o nome Ranger talvez em baixo-relevo.

Robusta, ela aparece em diversos cenários e climas para enaltecer que o produto continuará global e isso se traduzirá também na produção, que ocorrerá ainda na Argentina, Tailândia e EUA, além da África do Sul.

Da América do Sul à Austrália, assim como da Tailândia aos EUA (Alasca), passando pela Europa, África e Ásia, a Ford quer mostrar que sua Ranger 2023 foi desenvolvida para todas as regiões, adaptando-se bem às condições locais.

ranger 2023 teaser 5

Aqui, ela deverá chegar com motor EcoBlue 2.0 de pelo menos 213 cavalos na versão mais possante, como a Limited. Em versões de trabalho, este mesmo motor tem versão com 160 cavalos, como o Puma 2.2 usado atualmente.

Outro item importante que deve aparecer é a caixa automática da “GM” de 10 marchas, que deverá explorar até o último kgfm desse novo motor da Ford, que pode bem alcançar 238 cavalos.

ranger 2023 teaser 3

Contudo, para “nivelar” o mercado, os 213 cavalos parecem bons no momento. Para chamar Chevrolet S10 e Toyota Hilux para a queda de braço, o V6 3.0 Power Stroke de 260 cavalos pode aparecer para mudar as coisas.

Na Raptor, o EcoBlue 2.0 de 238 cavalos parece bom para a Ásia, mas nos states, o negócio pode vir do EcoBoost 2.7 de 314 cavalos e 55,1 kgfm. Por aqui, sem chances para ele, talvez na Argentina, um campo melhor para vender picapes, imagina-se…

Ford Ranger 2023 – Galeria de fotos

https://www.youtube.com/watch?v=p9htQojH0C0

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.