Elétricos Ford Volkswagen

Ford teria fechado acordo para receber a plataforma MEB da Volkswagen

Ford teria fechado acordo para receber a plataforma MEB da Volkswagen

De acordo com a Reuters, citando fontes familiarizadas com o assunto, a Ford teria chegado a um acordo “preliminar” para receber da Volkswagen a plataforma elétrica MEB, que sustenta a nova geração de carros “compactos” do grupo Volkswagen, incluindo aí a linha ID e modelos da Seat, Skoda e Audi.


O negócio entre as duas envolveria também a tecnologia de condução autônoma da VW, embora a Ford desenvolva seu próprio sistema de direção automatizada.

Em consulta à Ford, a mesma não quis comentar o assunto, mas revelou que as conversas e outras discussões com a montadora alemã continuam e que, na medida que as coisas evoluírem, mais detalhes serão revelados.

Há algum tempo, rumores vêm falando sobre a transferência da plataforma MEB para produtos da Ford. Para a americana, o uso desta base significaria gerar uma família nova de veículos elétricos dos mais variados estilos, assim como a VW fará com a linha ID.


Ford teria fechado acordo para receber a plataforma MEB da Volkswagen

Com a Ford, a VW teria seu segundo cliente da MEB, visto que a startup alemã e.Go Mobile. Ainda não se sabe exatamente como será esse carro da marca germânica, muito menos o que a americana pretende fazer quando tiver acesso à arquitetura elétrica da Volkswagen.

O que se sabe é que a Ford precisa urgentemente complementar seu portfólio de produtos com carros elétricos, em especial na China, onde a pressão do governo de Pequim é muito forte, a ponto de surgirem parcerias até então nunca imaginadas, como no caso da VW com a JAC, que pode ainda levar à compra da montadora chinesa.

Ainda existe uma dúvida sobre se a próxima geração de modelos como Focus e Escape serão totalmente eletrificadas ou se ainda sustentarão uma plataforma própria, mais hibridizada. Da VW, a MEB terá pelo menos dois entre eixos básicos: 2,65 m e 2,77 m, bem como autonomias entre 330 km e 550 km.

[Fonte: Reuters]

 

Ford teria fechado acordo para receber a plataforma MEB da Volkswagen
Nota média 4.3 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • rodrod

    odeio Ford, em especial o acabamento dos carros mais populares! Mas alguns carros como o Fusion tem de ter suas admiraçoes

    • Robinho

      engraçado, eu ja odeio VW, kkkkk

    • th!nk.t4nk

      Tive um Fusion SE 2.5 que peguei bem no lançamento da geração atual, no esquema de leasing (morava nos EUA na época). Como já tinha tido um Focus da geração anterior no Brasil, o Fusion era meu sonho de consumo. No geral curti bastante o carro, mas hoje vejo que ele tinha muitos problemas. O banco acabava com minhas costas em viagens, e o navegador chegou a travar comigo (só voltando ao normal depois de parar, desligar o carro e ligar novamente, pasme). A suspensão era uma manteiga, mas na estrada ficava devendo em estabilidade (comparado ao Passat, com o qual fiquei um par de meses na Alemanha). O acabamento também é apenas “ok” pra categoria. Sinceramente, em retrospecto eu diria que o Focus foi carro mais acertado, considerando o respectivo segmento de cada um. Mas o que a Ford sabe fazer bem é oferecer um carro completinho pelo preço de um VW básico. Isso é tentador se a grana tá curta, mas tem que conviver com as deficiências de um projeto mais barato também. Não tem milagre.

      • Hodney Fortuna

        O que diria um Ford Ka completo na versão top custando mais de 70 mil? Eu, na minha opinião acho um péssimo negócio.

  • rodrod

    Se é que a Ford andava mal (nao acredito nisso, a nao ser no Brasil), agora pelo jeito esta melhorando.

  • CanalhaRS

    O haters da VW pira….kkkkkkkkkk

  • Tibúrcio

    A Ford vai ensinar a VW a fazer pickup, e a VW vai ensinar a Ford a fazer elétricos!

  • jjmarcio2

    será que a Ford vai ser mais uma empresa no grupo Volkswagen? posso esta enganado, mas acho que a situação dela não esteja tão boa, corte no Brasil,anunciou cortes na Europa também, ela foi a unica das americanas que conseguiu escapar da falência na crise,vamos ver o desenrolar dessa carruagem

  • Alexandre Monteiro

    Na real?!
    Lixo, comprando lixo, para fazer lixo.
    Depois que parti para carro Japa, entendi pq donos de Toyota, Mitsubishi, Suzuki, Subaru entre outros, dificilmente abandonam a marca, mesmo sendo carros caros e que nos números não são tão interessantes.

    • Geruzzus Filho

      E-X-A-G-E-R-A-D-O. Todo e qualquer carro tem problemas, basta se informar. Não tem essa conversa fiada de “japa”, pois eles também dão defeito como qualquer outro carro. No RECLAME AQUI tem um monte de gente P! da vida com Corolla. Vai lá conferir.

      • Alexandre Monteiro

        Claro que toda máquina pode dar problemas, mas existe uma coisa chamada estatística, por exemplo, uma pessoa pode pular do primeiro andar de um prédio, essa pessoa pode morrer ou não, essa mesma pessoa pode pular do quinto andar do mesmo prédio e assim como no exemplo anterior, ela pode morrer ou não.
        Essa seria uma analogia entre quem tem um Vitara ou Corolla com 10 anos de uso e quem tem por exemplo uma Tiguan ou um Fusion de mesma idade, todos podem dar problema, mas estatisticamente eu por experiência própria fico com as marcas nipônicas.
        A questão do ReclameAqui é muito subjetiva, pois vai da percepção do usuário a definição de defeito, por exemplo, vejo usuários de Corolla reclamando da altura livre do solo nesse atual modelo, pois eram acostumados com o modelo anterior que era mais alto, logo “raspava” menos, mas isso não é um defeito e sim uma característica facilmente perceptível no momento em que se tem contato com o carro.

        • Eric PB

          Se vc pegar um fusion, tiguan com 10 anos de uso a chance de problemas será maior, mas isto está atrelado a tecnologia do motor (demais tecnologias de conveniência também)(…) manutenções programadas realizadas da forma correta, entre outros. Um motor fsi/tsi de 10 anos atrás era muito mais moderno, ágil, econômico, etc do que o de um corolla de 10 anos atrás. No motor turbo há muito mais chances de dar problema (na ausência da correta manutenção) tendo em vista a maior quantidade de peças atreladas ao mecanismo que o do inquebrável, invencível corolla pois o mesmo não inova em nada. Vamos aguardar estes novos toyota hibridos rav4, corolla, entre outros que estão vindo e daqui a 10 anos a gente vai ver se deram problemas na mão do terceiro dono.

        • Geruzzus Filho

          Concordo em parte com você, porém, não se esqueça de que as 4 grandes vendem MUITO mais do que qualquer asiática. E aproveitando o que o Eric PB disse e ele tem toda razão: não dá para comparar um carro com turbo e com tecnologia embarcada, com um carro convencional como o Corolla que somente agora acrescentou controle de estabilidade que já existia até em carros populares já a algum tempo. E existe também a questão das manutenções, que poucos fazem nesses carros caros quando finda a garantia e deixam a bomba para o “próximo dono”.

          Não se iluda com essa de que japa é garantia de zero problema, pois não é. Quando citei o “RECLAME AQUI” eu me referi apenas às questões relativas a defeitos e no “RECLAME AQUI” tem MUITOS relatos de defeitos SIM! para CIVIC, FIT, YARIS (muitas queixas de defeitos e barulhos, que nem o POLO), COROLLA, ETIOS, PRIUS queimando baterias e muitos outros “japas”.

          Estão lascando o pau no novo POLO, mas o YARIS está tão problemático quanto ele, custa mais que o POLO oferecendo menos e também é mal acabado e cheio de plástico duro, além de uma CMM inútil (segundo os relatos) e não vejo o povo tacando o pau no carro como fazem com o POLO.

  • Hodney Fortuna

    A Ford está tão “pra baixo” que agora precisa de uma mãozinha da VW para elaborar (ou até mesmo aproveitar) plataformas para lançarem seus veículos a propulsão elétrica. Que decadência hein, dona Ford?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email