*Featured Ford Segredos-Flagras SUVs

Ford Territory é flagrado em testes antes da estreia no Brasil

Ford Territory é flagrado em testes antes da estreia no Brasil

O Ford Territory está sendo testado em ruas e estradas do Brasil para sua estreia no mercado brasileiro em 2020, quando chegará importado da China. Aqui, o SUV médio da marca americana aparece na capital paulista, em flagra do leitor Carlos Lopez Rodriguez.


O veículo estava sem camuflagem e com emblemas da Ford aparentes, chamando mesmo a atenção para si. Sem novidades, o Territory chegará no próximo ano com uma missão importante, ser o intermediário entre EcoSport e Edge, por ora, visto que o Novo Escape também deve chegar ao mercado nacional, posteriormente.

Ford Territory é flagrado em testes antes da estreia no Brasil

Com 4,580 m de comprimento, 1,936 m de largura, 1,674 m de altura e 2,716 m de entre eixos, o Ford Territory terá a vantagem de ser um SUV de porte médio maior que o Jeep Compass e atuando na mesma faixa de preço. Embora a Ford não fale em valores no momento, a expectativa do mercado é que os preços comecem na casa dos R$ 120 mil.


Outro importante argumento de vendas será o uso do motor 1.5 Turbo de três cilindros, que aqui deve usar a mesma configuração da JMC para o irmão Yusheng S330, que entrega 163 cavalos entre 5.400 rpm e 5.700 rpm com 25,5 kgfm de 1.500 rpm à 3.500 rpm.

Esse conjunto terá transmissão CVT, que aqui pode ter programação para seis, sete ou mais marchas virtuais, pois na China, o Territory com 140 cavalos e 22,9 kgfm tem apenas cinco velocidades nessa caixa continuamente variável.

Ford Territory é flagrado em testes antes da estreia no Brasil

Com outros atrativos, como teto solar panorâmico, porta-malas generoso, acabamento amplamente em couro e telas digitais para cluster e multimídia, o SUV da Ford terá ainda integração com smartphone via app, bem como monitoramento em 360 graus e uma série de recursos de segurança e conforto.

Após um início “made in China”, o que não é nenhum demérito, visto que Volvo XC60 vem de lá também, o Territory será produzido em General Pacheco, Argentina, ocupando o espaço que antes era do Focus, mas com ferramental de fabricação novos e mais modernos.

Agradecimentos ao Carlos Lopez.

Ford Territory é flagrado em testes antes da estreia no Brasil
Nota média 4.8 de 8 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • ViniciusVS

    Esse estilo atual que a Ford usa nas grades lembra um pouco a grade do último Mondeo vendido aqui, gostava bastante do design daquela época, o atual estilo está bem interessante clássico e moderno sem exageros.

    • Dick Buck

      Visualmente falando, achei o design do Territory bem mais agradável do que o do novo Escape. Não sei dizer, mas tem algo no desenho Escape que me incomoda.

      • ViniciusVS

        Sim, achei muito bonito e bem resolvido, sem exageros. Gostei mesmo…

    • Gustavo Adriano

      Design é algo muito subjetivo, mas o interior é estilisticamente mais bonito que o do Compass, agora a traseira é um pouco antiquada para um carro contemporâneo, merecia uma atenção à parte. Sobre a dianteira, ainda dá pra dizer que é moderna, já que os concorrentes não são super exclusivos nesse aspecto.

    • jvfig

      Esse não é o visual ford, é o visual da Yusheng.

      Esse carro não é ford, não tem sequer um parafuso ford.

      A ÚNICA PEÇA de origem ford são os badges, APENAS.

      • Sino Weibo

        Ford, JMC e Changan tem parceria e joint-venture na China. Assim como os chineses pegam projetos Ford e fazem seu rebadge ou sua versão, a Ford pode pegar sim um modelo deles e fazer o mesmo, afinal a engenharia é feita em comum. Vc foi lá na fábrica ver se realmente não tem nada da Ford nesse carro? Acho que não ne.

        • Vinícius Sza

          Cara esse carro é exatamente o modelo chinês: lista de equipamentos, motorização etc…

        • Adorocarro

          O Sino Weibo participa de TUDO relacionado a carro chinês! Acredito que seja um divulgador de produtos chineses! Uma pergunta: Por que os carros chineses não mostram os resultados de “Crash Test”? A CAOA está divulgando os “Tiggos” mas não mostram o resultado do “crash test”!

          • Sino Weibo

            Vc fala os resultados do CNcap ou LatinNcap? Quais modelos foram testados? Não sei sobre a CAOA pq nao trabalho para eles.

            • Adorocarro

              Sim, falo do CNcap e LatinNcap! Acredito que os carros chineses pecam por não fazer estes testes! Por exemplo os carros da VW sempre ficam com 5 estrelas … mas os chineses testados foram péssimos e acredito que devem continuar!

              • Sino Weibo

                CNcapeles tem sim modelos testados, todos os Tiggos, agora no LatinNcap não sei pq eles pegam um pouco de modelos e testam, não sei como funciona. Estes chineses testados ae que vc cita tem tempo já, os novos modelos estão com notas bem melhores.

                • Adorocarro

                  E onde estão os resultados dos novos Tiggo’s?! Quais foram as notas?!

                  • Sino Weibo

                    Os novos modelos da Chery tem tirado 5 estrelas, inclusive o modelo da linha Exceed que fizeram para a Europa, testado pelo EuroNcap, e os carros da Qoros, que também é da Chery, se saíram bem la.

      • Lucas Duarte Martins

        Exatamente.
        Não é que isso seja ruim, mas olho pra ele e não vejo um Ford. Vejo um carro chinês, genérico qualquer.
        E carro chinês tem que ter preço competitivo.

        Se a Ford cobrar demais, eu vou de Equinox

      • Vinícius

        Bem isso. Logo que bati o olho, vi bastante semelhanças com a Cherry, justamente pelo país de origem.

      • Antonio_Brust

        Toda reportagem sobre o Territory tem foristas batendo na tecla sobre o fato dele ser um projeto chinês, do desenho até o último parafuso. O que querem dizer com isso? Que é um produto ruim? Que é um demérito? Que o carro será inferior perante a concorrência por isso?

        • Francisco Helio

          Preconceito contra os chineses, como se fossemos muito melhores que a unica potencia que briga de igual pra igual com os EUA.

          • Danilo Pelucio

            Japoneses quando chegaram nos EUA eram tratados da mesma maneira…

        • Mr. Pennybags

          Já q china é tão bom assim vai lá e dá 140 no JAC T80 quero ver coragem! O badge ali faz coisa, hein!

          • Danilo Pelucio

            Volvo XC60 é chines.

        • Wendel Cerutti

          Manutenção , pós venda …. Se as vezes falta peças para os Fiesta e Focus , imagina pra esse .

      • Dafomg

        Aqui no site tem um monte de compradores de teclado. Duvido que qualquer um deles vai ter coragem de dar 120mil numa tranqueira dessas. Se viesse por 50mil, ainda assim eu não compraria.

      • Francisco Helio

        Esse é FORD sim, se ela ta vendendo, é porque é dela!

      • ViniciusVS

        Um Versailles não pode ser considerado Ford? Independente de sua origem quem vende é a Ford. O mesmo vale para a Renault

        • nbj

          O Versalhes não era um Ford. Era um produto da Autolatina!

          • David Diniz

            Foi o que ele disse Versailles/Royale = Santana/ Santana quantum mas com os badges e acabamento da ford, assim como os Renault que são “Dacia”… Se for levar ao pé da letra o Stilo/Palio seria um GM só por causa do motor 1,8 do corsa?

          • ViniciusVS

            Então Renegade não é um Jeep? É um FCA?

            Grupo é diferente de marca

      • David Diniz

        E qual é o problema nisso?

        • Danilo Pelucio

          Discussão puro terceiro mundo….

      • Toyo_Highlander fan

        Fico pensando na bomba que vai ser quando alguém comprar esse carro e precisar de peças! Se nem para os modelos da casa tem disposição total de peças e algumas estão em falta nas redes de css Ford, imagina um belo Xing desses? Ford é na minha opinião uma marca em processo de extinção. Jamais EU compraria um carro da marca HOJE em DIA. No passado eu era um “fordista”, hoje não sou mais.

    • Vinícius

      Eu já achei o design dele bem Chery, justamente por sua origem e projeto chinês.

      • ViniciusVS

        Não acho o Tiggo feio

  • Emygdio Carlos

    Motorização interessante!

  • Augusto

    Se vier por 120 mil iniciais vai se matar concorrendo com o Compass e vai seguir forçando a Ford a vender a Eco muito acima do preço aceitável para preencher a “escadinha de preços”.

    E Eco precisa abandonar a clube dos 100k com urgência e esse ai preencher o nicho abaixo da Compass, que não tem nenhuma SUV “grande”, pra ter alguma chance de vender.

    • MonHoe

      O Eco deveria ser apenas até o Freestyle até uns 90 mil, e o Territory poderia ter uma versão de entrada de 99 mil e uma top de 115 mil

      • MarcosGojira

        115 mil na Top? Espere algo próximo a 140 mil

        • MonHoe

          E o Escape vai ficar aonde? Acima dos 150 mil iniciais vai vender tanto quanto um CR-V

    • Francisco Helio

      Eco de tabela é 100, mas compra por 90. Ranger é 156, mas compra por 130. Bem capaz desse carro seguir o caminho dos outros… e ser mais barato, na ponta do lapis, que o Compass de entrada.

  • Felipe S. Rangel

    é um carro bem interessante, apesar de eu não gostar desse segmento

  • Dick Buck

    Falando em design, tenho que dizer que achei ele mais agradável que o Escape. Não sei dizer bem, mas parece que tem algo no Escape me incomoda muito vizualmente. Mas bem que podia trazer os Ecoboost pra cá…

  • Dudu Pimentel

    Aqui, eu sugiro a Ford que o 1.5 T tenha pelo menos uns 180 cv e uns 25 kgfm, prá ficar acima do atual 2.0 16V Duratec Direct Flex.

    • Cristiano_RJ

      Outras fonte afirmam que não virá o 1.5 Ecoboost, mas sim o 2.0 Duratec que atualmente equipa o Ecosport Storm 4×4. Segundo essas outras fontes, a missão desse Ford Territory seria brigar no “andar de baixo”, com o Compass flex, enquanto o Escape supostamente viria com o 1.5 Ecoboost para brigar com o Compass diesel e cia, numa faixa de preço superior..

      • Thiago

        O motor 1.5T que o territory usa em outros países é um motor da mitsubishi, se não me engano, é o mesmo do “novo eclipse SUV”.
        Realmente o 1.5T ecoboost parece que somente virá com o Escape/Kuga.
        Andei 1.850 km pela Alemanha, Áustria e República Checa com um Ford Modeo SW Titanium 1.5T Ecoboost e achei ele bem bom.
        Não anda como o 2.0T, mas é bastante valente.
        Em alta, nas autobahn a partir de 150 km/h ele começa a fraquejar (fui ultrapassado até por VW Caravelle a diesel), já que os motoristas andam bem rápido onde não tem limite de velocidade.

      • Edson Fernandes

        Tenho minhas duvidas se o posicionamento com essa motorização será interessante.

        Diante de rivais de porte médio reais tendo motores sem frescura, acho um erro por parte da Ford isso. E digo mais, se ela ofertar duas opções de motores para algum deles seria o ideal.

        Para esse carro seria mto interessante para apelo de vendas manter o 1.5 turbo.

        • FFSB

          Seria ótimo ter uma opção a gasolina e outra diesel neste Territory. Na versão a gasolina, tanto o motor 2.0 que equipa o Ecosport, quanto o 1.5 turbo, seriam bem vindos ao mercado brasileiro (pelo perfil da concorrência). Na versão a diesel, alguma possibilidade de adaptação do motor que equipa a Ranger? Duvido muito, mas seria interessante em uma versão Territory 4×4, para brigar com o Compass diesel.

      • Dudu Pimentel

        Tem razão, eu já li isso tb…embora eu ache que não faça pelo fato do Territory ser maior e mais caro, tb sei que aqui a gente sempre acaba ficando com um produto inferior ao de outros países e como o motor 2.0 16V Duratec Direct Flex é mais barato de produzir e relativamente novo, acho bem possível que a Ford adote esse motor, no lugar do 1.5 T

  • CanalhaRS

    R$ 120 mil em um carro chinês, que de Ford só tem as plaquetas coladas, e já tem gente concordando e achando que vai ser uma boa opção.
    O mercado e o consumidor brasileiro realmente superam qualquer ficção.

    • Leonardo

      Os Volvos vem da China e ninguém fala nada, mesmo custando um absurdo. Só dizendo…

      • CanalhaRS

        A questão não é onde o carro é feito mas o origem do projeto.
        A Volvo é a Volvo, com todo o seu Know How. E a Yusheng o que é?

        • Sino Weibo

          Yusheng é um modelo que vc nao conhece e nunca andou, então não sabe nem do que ta falando. Pra falar mal ou bem teria de ter andado em um. Aguarde o modelo da Ford chegar, ae teremos opinião concreta.

        • RodrigoABC

          Sim e não, essa de “volvo é volvo”, “toyota é toyota”, “moura é moura” e etc é balela. Volvo recentemente já foi Ford (assim como Jaguar e Land Rover Evoque). Motor de alguns mercedes são Renault, até o e-torq já foi Mini. Para um SUV médio (aqui no Brasil qualquer coisa a partir de sedan médio é luxo) tá mais que o suficiente.

          Essa de origem e know-how existe, porém atualmente em menor escala e muito menos em carros globais populares e “entry level”. Yaris no EUA é um Mazda, nosso Etios/Yaris é um projeto indiano ou tailandês, o Gol é um projeto brasileiro (para quem tem preconceito com a China, considere a linha de pensamento), o Arrizo5 tem o dedo da German Bentley (mesma de alguns BMW, Porsche, MB), e etc.

          Espero que a Ford volte a se recuperar com ele e acerte, ultimamente só vejo ingerência no Brasil.

          • jvfig

            Questão é que em nenhum desses casos trata-se de rebadge.

            Um exemplo de rebadge é o Fiat Freemont que era um rebadge do dodge journey (nesse caso ainda tinha a troca do motor).

            Já essa jabiraca chinesa da ford é um rebadge sem mudar NADA do modelo Yusheng S330, modelo este um SUV de baixo custo. Detalhe que ele nao compartilha nenhum parafuso com nenhum ford.

            A ford oferecer um carro desses é tripudiar do nosso mercado, espero que o mercado não corresponda e não tenha nenhum desavisado pra comprar essa bomba

            • Ⓜ️arcelo

              A Ford no brasil, infelizmente, já ta indo pro tudo ou nada amigo.

            • RodrigoABC

              A exemplo, o freemont usava motor do PT cruiser.

              Acho que você se perdeu no que fala, pois a territory é um rebadge, só fez mudar o símbolo. Não sei se sabe, há acordos entre montadoras em todo o planeta, eu te pergunto o que é uma mercedes classe X e uma renault alaskan/nissan forntier para você….pois pra mim é a mesma coisa da Territory x S330. É a mesma coisa!!! E não vi ninguém falando mal da classe X por ser uma frontier. Qual é o problema da S330 mudar o símbolo e alguns pontos para ser um Ford e lançar aqui? Para que fazer outro projeto com um pronto logo ali??

            • Sino Weibo

              A Ford tem parceria com a JMC e a Changan na China há tempos. Vc afirmar que este carro na JMC não tem dedo da Ford é ignorancia. É óbvio que tem engenharia Ford. É igual falar que os carros da JAC parecem com Hyundai, é o mesmo exemplo, pois a JAC também tem parceria com a Hyundai na China, e, mesmo não oficialmente tendo modelos feitos em comum, como acontece, acaba que influencia. Vc acha que muita gente não ta comprando os Chery Tiggos pq ouviram falar que são feitos na fábrica da Hyundai em Goiás? Eu ouço isso todo dia, até falam que a Hyundai comprou a Chery. Querendo ou não, por ser feito na mesma fábrica, no mesmo grupo, com joint-ventures, parcerias etc.. um influencia o outro.

            • Robinho

              bomba? so por ser chines? ja andou nele? e outra vc sabe o indice de problemas que este carro apresenta na China?

            • Danillo Santos

              Tá bem hater hein! Odiar o carro (sem nem conhecer) e não querer comprar é uma coisa. Não querer que ninguém compre já é muita dor de cotovelo!

            • Sino Weibo

              Eu entendo, estas nervosinho pq os chineses conseguiram fazer os brazukas enfiar guela abaixo seus carros kkk primeiro a familia Ônix, chinesa, agora a Ford com seu rebadge. É muito realmente para o mercado brasileiro que antes possuía carros tao maravilhosos em engenharia que dava ate orgulho, tipo, zero estrelas kkk Agora so tranqueiras chinesas ne, e nas montadoras tradicionais. É vais ter de aceitar, afinal, o Brasil é desprovido de tais tecnologias, dependendo de multinacionais e estas trazem seus modelos de onde bem entenderem, e o brazuka consome.

        • Mr. Pennybags

          O pessoal fazendo o maior malabarismo pra defender os japas, mas pagar 140 conto jun JAC T80 ninguém quer, né? kkkk Só pq esse aí tem badge da Ford, pronto! Agora chines é fantástico!

          • CanalhaRS

            Sim, só rindo mesmo.

        • Leonardo

          Ainda não faz sentido custarem o que custam. O projeto pode ser sueco, mas é feito sob os custos baixíssimos da China, por tanto, não faz sentido custarem absurdamente mais que os de geração imediatamente anterior, por exemplo.

          • Alexandre Aleixo Santos

            Se tem quem paga que mal tem?

    • Sino Weibo

      Tem gente que paga isso ou até mais em carros brasileiros, tu acredita?

      • Robinho

        kkkkkk boa!

      • CanalhaRS

        Para começo de conversa, não existe “carro brasileiro”, a última marca nossa foi a Gurgel e já está morta e enterrada a muito tempo.
        O carros feitos aqui, na sua grande maioria, são de fabricantes centenárias, norte americanas ou européias.
        E se os modelos fabricados aqui são caros (e são!) imagine os chineses, que ainda tem muito feijão para comer.

        • Cesar

          E olha que o tal Gurgel nem era tanto assim brasileiro uma vez que usava componentes VW.

          • CanalhaRS

            Verdade.

        • Sino Weibo

          Os modelos chineses não são caros, nem la na China, e nem se forem vendidos aqui. Os modelos aqui são caros pq o mercado aceita pagar, um Onix não custa mais de R$15 mil pra montadora, com cteza.

    • SDS SP

      Olha, apesar de ainda sair muita porcaria lá da China, evoluíram bastante. Quando fazem um trabalho sério, ficam em pé de igualdade em qualidade com o ocidente e ainda por cima com um custo menor.

      • Ⓜ️arcelo

        A china fabrica de tudo amigo, o original, o genérico e a réplica, cado um tem seu nicho, mas o forte deles são os genéricos, de baixo custo e larga escala, isso é o que dá dinheiro pra eles, projetos locais, mão de obra semi-escrava, materiais de
        qualidade inferior, etc…, e por isso, eles nunca vão largar esse osso.

        Então, a ideia da china começar a fabricar um produto de alta qualidade e dominar o “mundo” daqui a algum tempo não é o objetivo deles, pois esse produto eles tem porém o preço passa a não ser tão competitivo.

        • Sino Weibo

          Vc demonstra desconhecer completamente o patamar que os chineses estão hoje. A China vende 99% dos modelos elétricos do mundo. E não são modelos genéricos como vcs insistem em falar, são modelos que carregam muita tecnologia. Eles proprios dominam a industria mundial de baterias, e a cada vez vem melhorando a durabilidade destas. Tanto que o recorde mundial de velocidade um carro eletrico pertence a um chinês, NIO EP9, uma marca que esta vendendo a rodo e inclusive coloca seus conteineres de recarregamento pela cidade. Nas marcas genericas é nitido a melhora nos modelos, vc pega Maxus D60, Geely Atlas, BYD Tang 2019 (a marca líder mundial em vendas de elétricos), Changan CS75 e CS85, Haval F7, o “carro da Xiaomi” FAW Bestune T77, ve a evolução.

          • Ⓜ️arcelo

            As beterias são uma tendência mas é uma aposta mas não é o futuro, pois no processo completo ela polui mais do que os motores a combustão.

            Eu acredito que uma boa parte dos carros serão elétricos mas jamais chegarão a 100% pois existem outras fontes de energia mais limpas.

            No oba oba da energia verde, o que chega pro consumidor final é que é que o carro elétrico é energia limpa, mas muitos estudos já demonstraram que o processo produtivo é infinitamente mais devastador para o meio ambiente.

            • Sino Weibo

              A China já pos ate data para o fim do carro a combustão lá. Algumas cidades já nem aceitam em certos locais, carros sem ser eletricos. Estão em outro patamar já.

              • Ⓜ️arcelo

                A China é o país que mais polui no mundo

                • Sino Weibo

                  Exatamente por isso.

    • jvfig

      Coitado de quem sequer considera essa opção.

      Se viesse a 99.990 ainda seria muito questionável a compra uma vez que definitivamente esse carro é uma bomba nunca antes vista, daqui alguns anos veremos unidades sendo vendidas a 30mil igual a Captiva

      • Matthew

        Realmente, se até os Fords de origem europeia produzidos no Mercosul têm péssimo pós-vendas, sobretudo em relação a disponibilidade de peças de reposição, imagina um carro xing-ling de projeto e componentes chineses.

    • Ewerton

      Meninos, não briguem!

  • ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Esse motor 1.5 será Flex?

    • Nnoitra

      Até hoje, nenhum motor da família Ecoboost foi flexibilizado.

      • jvfig

        Esse motor de ecoboost só tem o nome, não é um ecoboost (engenharia ford), é apenas um motor chines genérico.

        • nbj

          E também não é de origem Mitsubishi, como andaram comentando.

      • ( ͡° ͜ʖ ͡°)

        Ué esse pode ser o primeiro.

    • Cristiano_RJ

      Outras fonte afirmam que não virá o 1.5 Ecoboost, mas sim o 2.0 Duratec que atualmente equipa o Ecosport Storm 4×4. Segundo essas outras fontes, a missão desse Ford Territory seria brigar no “andar de baixo”, com o Compass flex, enquanto o Escape supostamente viria com o 1.5 Ecoboost para brigar com o Compass diesel e cia, numa faixa de preço superior.

  • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

    Outro site disse que viria importado da China e aqui fala em ser fabricado na Argentina, sinceramente quanto desencontro de informação.

    • Bruno Silva

      Esse da foto virá da China. O que vai ser fabricado na Argentina será uma nova geração que será desenvolvida desde o início com a mão a Ford.

  • Eskarmory .

    Essa lanterna tinha que ser mais esticada para o meio da traseira. O designer parou pra tomar café no meio do projeto, quando voltou, esqueceu onde estava e começou desenhar a régua cromada. Tsc tsc

  • Nnoitra

    [OFF]
    SUV’s e crossovers mais emplacados em Agosto(2019) no Brasil:

    1º….HYUNDAI/CRETA….6.633
    2º….JEEP/RENEGADE….5.180
    3º….JEEP/COMPASS….4.831
    4º….VW/T-CROSS….4.217
    5º….HONDA/HR-V….4.048
    6º….NISSAN/KICKS….3.882
    7º….FORD/ECOSPORT….3.016
    8º….RENAULT/CAPTUR….2.061
    9º….VW/TIGUAN….1.354
    10º..GM/TRACKER….1.286

    Acumulado 2019:

    1º….JEEP/RENEGADE….44.016
    2º….JEEP/COMPASS….39.034
    3º….HYUNDAI/CRETA….36.185
    4º….NISSAN/KICKS….35.006
    5º….HONDA/HR-V….31.600
    6º….FORD/ECOSPORT….20.979
    7º….RENAULT/CAPTUR….18.523
    8º….RENAULT/DUSTER….16.041
    9º….VW/T-CROSS….15.334
    10º..GM/TRACKER….11.264

    Fonte: Renavam / Carblog

    • Cristiano_RJ

      E você acredita que tem gente que ainda tem a coragem de afirmar que o T-Cross é o maior exemplo de fracasso no mercado brasileiro? Pode isso?

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Não é fracasso, mas não vende o tanto que a VW queria. Mas pelo projeto do carro derivado do Polo e aos preços que ele é vendido pode ter certeza que feliz com os lucros estão.

        • Fanjos

          Colocaram um carro que provavelmente custa a metade do valor de um Golf para fabricar que é vendido pelo mesmo preço ou até mais caro que um carro que era infinitamente melhor.
          A VW esta sorrido do gado que abraçaram a ideia

      • Roberto

        Ao preço cobrado, era um fracasso. Agora, com 5 mil de desconto e taxa 0, vendeu bem.
        Para ajudar, Renegade foi para 89, kicks 80, hrv 90…
        Só o Creta andou tendo promoção e por isso vendeu tanto.

        • Matheus_P

          Renegayde tu encontra por 69 o automatico pelado…

          • Roberto

            Não tem mais, infelizmente

      • Maycon Farias

        De certa forma perde para um carro de 150 mil mais ou menos. Perde para o Renegade que é praticamente o mesmo carro desde o lançamento (o melhor em acabamento) e ainda perde para o Creta da Hyundai que tem menos ccs que a VW. Sucesso vai depender do ângulo. Acho que tá aquém do que esperavam.

        • Cristiano_RJ

          Carro de R$ 150 mil mais ou menos imagino que você esteja se referindo ao Compass, correto? Se for, este preço está equivocado por duas razões: primeiro, porque a versão que dá volume ao Compass é a Longitude flex, que somada à Sport devem ser responsáveis por uns 2/3 das vendas. Segundo, que mesmo a Longitude diesel é vencida em sua maior parte na modalidade de Vendas Diretas, com descontos generosos que deixam seu valor real bem abaixo desses R$ 150 mil.

          No mais, o T-Cross pode até estar vendendo abaixo das expectativas da marca; e não é para menos, o modelo foi lançado com preços surreais. Mas ainda assim, um cara vir aqui dizer que é um fracasso é no mínimo uma palhaçada.

          • Paulão

            O compass longitude 19/19 está/estava sendo vendido a preço de renegade limited 19/20.
            Compass e Renegade ficam nessas posições em grande parte por conta dos “descontos” enormes em PJ e PF.

          • Mr. Pennybags

            É haterismo puro!

      • D34D P00l

        Pra mim dado o preço e os aspectos negativos que possui, é o maior sucesso dos últimos anos, mais do que o onix.

      • Miguel

        Eu gostaria que fosse, porque ninguém merece um carro com aquele interior pobre. Design é subjetivo, eu acho sem graça.

        • Cristiano_RJ

          Como todo carro o T-Cross tem virtudes e defeitos. Mas se os pontos fracos dele te incomodam mais do que os pontos fortes, que não são poucos, a dica é: não precisa torcer para o carro fracassar, basta não comprar e optar por outro que atenda aos seus anseios.

          • Miguel

            Torcer para o carro fracassar poderia significar para a VW que o brasileiro não vai se render a um carro com bom comportamento dinâmico mas interior pobre feito pra economizar/maximizar lucro.

            Isso é unanimidade em todos os sites auto, o interior do T-Cross (mesmo no disfarçado tecnológico das telas digitais) não condiz com o carro.

            Gostaria que os consumidores brasileiros se dessem conta disso, mas gosto é gosto.
            Eu prefiro andar num carro diferente, onde exista um meio termo. Não acho que o motor da VW ajude no resto, a pessoa paga 110 mil pra andar num carro com interior de 1.0.

    • nbj

      O Creta voltou com tudo com a versão PCD.

  • Sino Weibo

    Querendo ou não, será um SUV da Ford. Não irá disputar a liderança, mas vai vender bem para os planos da Ford, e preencher essa lacuna, que existe. Na verdade a Ford já deveria ter trazido vários SUVs, fosse da Índia, Rússia, China, Europa ou Eua, pois é uma marca com tradição e estava no Brasil à míngua apenas com Eco e Edge. Vai ter este, vai ter Escape, e também poderia ter Explorer na gama, pq o Edge é crossover.

    • jvfig

      Ford onde? Função da ford será apenas intermediar a importação dessa tranqueira e trocar o badge.

      • Sino Weibo

        A Ford, JMC e a Changan sao parceiras na China, tanto que se vc olhar alguns modelos da Changan, como o CS75, lembra muito esse carro.

        • jvfig

          O Problema é justamente esse.

          Se a pessoa quiser carro chines que compre Chery ou Jac que possuem preços adequados a sua chinesice.

          Agora pagar preço de FORD em uma tranqueira chinesa é pra acabar, tem que ser muito estupido pra cair numa dessa.

          • Sino Weibo

            ahahah pois é, e vão pagar também pelos novos ONix e Prisma, que também são projetos chineses. Esse Ford só vem da China no início. A partir de agora praticamente todo projeto para países emergentes virá de lá, inclusive da VW, pq eles tem muitos produtos sendo feitos a todo momento, é bem mais barato para as multinacionais do que desenvolver do zero aqui, ainda mais SUVs, o que mais tem na China hoje.

            • jvfig

              Projeto Chines é uma coisa totalmente diferente de REBADGE de uma tranqueira chinesa da Yusheng.

              Quando for lançado boa sorte com seu Fold Telitoly kkkkkkk

              • Sino Weibo

                Quemé ess atal de Yusheng amigo? kkkk nem sabe do que fala.

                • jvfig

                  Fico imaginando o que leva um ser humano a virar defensor de carro chinês em site automotivo.

                  Se existe algo abaixo do fundo do poço é exatamente isso…

                  • Sino Weibo

                    Queria saber o contrario, o que te faz criticar tanto sem conhecer? Chamar algo que os outros fazem de lixo, sem nem ver ou andar nele, não é algo totalmente nonsense? Poderia ser chines, indiano, russo, africano, brasileiro etc..

                    • jvfig

                      O problema não é ser chines, tanto que não critico os carros da Chery, inclusive acho ótimo a iniciativa deles em carros bons com preços pouco menores para dinamizar o mercado.

                      O que eu não concordo é essa artimanha da Ford em tentar enganar o consumidor, vendendo um chines com rebadge fingindo que é um carro de sua linha. É praticamente um estelionato com quem for desavisado de comprar.

                    • Sino Weibo

                      Se a JMC, a Ford e a Changan sao parceiras na China ha tempos, desenvolvendo projeto juntos, pq seria estelionato? Tem o dedo da Ford sim nesse modelo, mesmo no original, afinal a marca tem joint-venture. Querendo vc ou nao aceitar é assim que as marcas vão atuar daqui em diante, com parcerias. Alias sempre foi assim so que o consumidor comum nem ficava sabendo, agora fica.

                    • Matheus_P

                      De que fonte tu tira a informacao de que tem o dedo da Ford aí? Tudo indica que eh um projeto totalmente chines, tanto q o carro original eh o Yusheng.

                    • Sino Weibo

                      Pq os chineses adquirem know-how de suas parceiras estrangeiras. Pegue qualquer parceria e veja os carros feitos pela parceria local chinesa, sempre seguirão a tendência da marca de fora que representam. Os projetos influenciam, pois sao feitos em conjunto na msm fabrica, muitas das vezes.

                    • Matheus_P

                      Então, na verdade, assim como eu, tu não tens fonte. O que sabemos, de fato, é que o Territory é um Rebadge de um modelo já existente chinês, o tal Yusheng 330…

                    • Sino Weibo

                      Sim kra, mas esse modelo é de uma marca que tem joint-venture com a Ford ha tempos la, então a de se esperar uma certa sinergia nos projetos. Pegue o ex da SAIC com a GM e a VW, criaram duas submarcas, a Wulling e a Baojun. Agora muitos projetos da GM estão vindo dessa SAIC. Porque com estas parcerias adquirem know-how, é como se a GM contratasse uma montadora chinesa pra fazer um modelo pra si. Muitos modelos da JMC tem variantes na Changan e na Ford agora.

                    • Sino Weibo

                      Veja bem, já foi anunciado que o novo EcoSport 2021 será feito em parceria com a Changan em uma variante, e tendo outra versão indiana. Não sabemos ainda qual será a nossa. É tipo isso, eles fazem em conjunto os projetos nestes joint-ventures, e cada marca usa como queira.

                    • Matheus_P

                      Bem por aí!

                  • Matheus_P

                    Olha o nome dele: “Sino”!!!!!

            • Matheus_P

              INFELIZMENTE!

  • Pedrov154 #BATDAT

    Telitoly.

    • Mr Tony

      Da FOLD! kkkk

      • Mr. Pennybags

        e ainda vem com os pneus LING LONG!

  • Mr Tony

    O certo é FOLD, pois é chinês. #PAZ

  • Flavio Cassaro

    Será que vem com aquele cambio powerSHIT ?

    • Edson Fernandes

      Powershift CVT? Essa é nova.

      • Matheus_P

        O amigo ali de cima editou?

        • Edson Fernandes

          Não, simplesmente não leu a noticia devidamente.

      • Flavio Cassaro

        Essa é velha, depois de empurrar o cambio automatizado POWERSHIT POWERLIXO, Ford nunca mais, quando ao Existem diversos tipos de câmbio CVT, mas o sistema continuamente variável mais empregado atualmente consiste em duas polias interligadas por uma correia metálica. Enquanto os demais tipos de transmissão utilizam engrenagens, no câmbio CVT são as polias variáveis que têm a função de criar as relações das marchas. ESA É VELHA ESSA, É NOVA kkkkkk

        • Edson Fernandes

          Flavio, vc cita powershift e eu te quis te dizer que esse carro usará transmissão CVT. O conceito eu conheço do CVt e tenho um carro com ele ;)

  • Popdogue

    Sei não mas duvido que custe “so” R$120k. Importado, acho que vai pra casa dos 140/150.

  • Augustus do Aveiro

    Todo mundo fala mau de carro chines, mas só tece elogios quando o assunto é IPHONE CHINES, cade a coerencia?

    • Mr. Pennybags

      Qual o modelo do teu carro chines, augustus?

      • Augustus do Aveiro

        Tiggo 2 melhor cxb do mercado, ate agora 3 meses de uso e só alegria

  • Guilherme Van Eenderley

    Tá precisando a Ford trazer o Explorer SUV “Grande” que não temos no país.

  • Adorocarro

    Incrível só porque é um chinês fabricado pela Ford é comparado com o “chinês” XC60 que de chinês é “apenas” o dono porque o projeto e segurança são suecos! E os outros chineses que vem ao Brasil não vale nada!

    • Sino Weibo

      Tiggo?

      • Adorocarro

        Pode ser … Tiggo é uma exceção porque agora que é da CAOA … passou a ser “ os melhores carros do muuuundo”! Superar o Audi Q3 … piada!

  • Bruno

    O Explorer aqui seria concorrente de quem? Meu sonho aquele carro ser vendido aqui… mas só pra ver na rua pq dinheiro pra comprar não tenho kkk

  • Fabiano Navas

    Estão sabendo que o Fusion já sumiu do mercado?

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Não curti o desenho. Mas se o carro for bom, ok.

    O problema não é o carro ser chinês mas será a eventual postura de possíveis compradores do Territory de desdenhar outros carros de origem chinesa ignorando ou atenuando a origem de seu próprio carro: “Ih… Chery é furada. Não vou perder meu dinheiro. Ford é outra coisa, né?’

    • Sino Weibo

      Os compradores do novo Ônix farão o mesmo, sem saber que é também um projeto chinês, da SAIC.

  • Freaky Boss

    Até que se prove o contrário , para mim será um carro acertado e competitivo, até porque (e principalmente) no nicho de R$120 mil que ele ocupará ,e considerando o nível de equipamentos que parece ser bom, não temos lá grandes carros aqui não…. Compass por exemplo não tem motor turbo, e por aí vai.
    Vamos ver os comparativos.

  • Toyo_Highlander fan

    Seja bem vindo Ford Yusheng S330! O Jeep Compass manda lembranças!

  • FFSB

    Já vi duas vezes aqui em BH, passando pela região central. Ontem mesmo (11/09), deu para reparar bem (mas não para tirar foto) no porte do veículo. Realmente tem porte e perfil para brigar com o Compass, embora o visual, ao vivo, me impressionou menos do que previa (a cor branca e a sujeira do veículo podem ter interferido nesta percepção). Já por dentro (deu para ver também) é outro nível, e visualmente mais agradável que o Compass.

    De qualquer modo, coloca a Ford em evidência novamente: já era hora, pois a norte-americana não apresentou novidades substanciais nos últimos anos.

  • João Senff

    Acho o desenho de carro chinês muito carregado . Parece que eles desenham os carros e fica ok aí vem um Xing Ling e fala coloca penduricalhos vai ficar lindão e aí sobrecarrega os desenhos . ESSA É A MINHA OPINIÃO você não precisa concordar com ela mas respeite assim como respeito a sua opinião.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email