Ford Segredos-Flagras SUVs

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil

O Ford Territory continua com seus testes de adaptação no Brasil. O SUV médio foi visto em Belo Horizonte pelo leitor Rafael Farias. O veículo estava sem camuflagem e, ao contrário do que geralmente ocorre, portava apenas placas verdes, sendo totalmente identificado.


Nas fotos é possível ver à mostra o logotipo da Ford e o nome Territory estampado com letras cromadas na parte superior da tampa do bagageiro. Não sendo mais segredo, o SUV de porte médio da marca americana ainda esconde alguns detalhes que serão cruciais para sua vida comercial no Brasil.

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil

Um deles é a motorização. O Ford Territory usa na China um motor da JMC (desenvolvido pela AVL austríaca) 1.5 Turbo com 140 cavalos e 22,5 kgfm. Este motor tem uma versão de 163 cavalos e 25,5 kgfm do Yusheng S330, que é o carro que o originou.


Por aqui, o Ford Territory deverá chegar em 2020 como um produto importado da China e, nesse caso, deve trazer o motor 1.5 Turbo por motivos óbvios, sendo que o mais provável é que seja a versão mais forte, que equipa o modelo da JMC. Porém, o SUV será fabricado na Argentina algum tempo depois.

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil

Nesse caso, a Ford pode mudar os planos e adotar um motor local, cuja manutenção seja simplificada, assim como os custos e logística de peças. O motivo é que apenas o Territory usaria uma arquitetura estranha ao portfólio de motores da marca no Brasil.

Assim, a escolha poderia ser por um motor já provado e usado aqui, que no caso poderia ser o Duratec Direct 2.0 com até 170 cavalos. Como este tem injeção direta de combustível flex, seria mais aceitável para o mercado do que um motor turbinado chinês, ainda que possa ser mais eficiente em consumo e performance.

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil

No momento, apenas o EcoSport Storm usa esse propulsor. Já o câmbio pode também ser trocado do CVT de cinco posições de marcha pelo automático de seis marchas com conversor de torque, usado nos Ka, Ka Sedan e EcoSport. Outras mudanças podem surgir no Ford Territory argentino.

Agradecimentos ao Rafael Farias.

Ford Territory é flagrado novamente em testes no Brasil
Nota média 5 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • D34D P00l

    “Ford”

  • passis

    O pessoal reclama de que ele não tem nada de Ford mas até onde pude apurar ele usa a plataforma do Escape velho. Colocando os motores Duratec 2.0 ou Dragon 1.5T, já que querem evitar um motor muito diferente, acho que essas críticas ficam bem infundadas. Até acho o design dele dentro do padrão da marca; a frente me lembra o Ecosport pré-facelift e a traseira tem aquela coisa da Ford pegar traços de marcas que vendeu (nesse caso Land Rover).

    • Dod

      Segundo a imprensa internacional ele usa a plataforma do Landwind X7, mais conhecido como xerox do Evoque cuja plataforma é de origem obscura (como a maioria dos carros chineses).

      • passis

        Mas parece que essa plataforma nada mais é do que a do Escape velho. Inclusive teria aproveitado o maquinário.

        • cepereira2006

          Se for assim é melhor do que muita coisa que tem por aqui. Gostaria que isso fosse verdade.

  • ocampi

    Quer dizer que na China o carro tem um motor moderno, econômico, potente e aqui quando vier “nacional” vai ter motor bom porém ultrapassado e um câmbio que aguenta ser detonado nas mãos de péssimos proprietários que não cuidam do carro. Veremos se isso vai dar certo….

  • CanalhaRS

    “Fold Telitoly é flaglado novamente em testes no Blasil”
    Agora sim….kkkkkkk

    • Pedrov154 #BATDAT

      Já já aparecem os advogados pra achincalhar igual na matéria do Onix kkkkkkkkkkkk.

      • CanalhaRS

        Sempre, hehehehe….

  • Pedrov154 #BATDAT

    Parece aquelas Evoques falsas produzidas na China kkkkkkkkk.

  • Augusto

    Traseira bem bonita!

  • Tosca16

    FORD, lança essa bagaça aqui logo… aproveita enquanto ainda se existe FORD no Brasil e cai pra dentro do mercado de SUV’s.

  • João Silva

    Acho um tiro no pé vir com um motor e trocar em seguida com a fabricação local.
    Na China é posicionado entre o Ecosport e o Focus Active (crossover do Focus, assim como Subaru XV em relação ao Impreza). O Territory usa o 1.5T chamado indevidamente de Ecoboost, mas o Focus Active usa o Ecoboost 180, esse sim o “verdadeiro” 1.5T Ecoboost. O mais acertado seria vir com esse motor que já ficaria na versão argentina.
    Por ser a plataforma da Escape antiga, como dizem, e com um motor Ford mesmo, a aceitação seria melhor a meu ver!

  • Deixa eu ver se entendi: Facil de manter um motor por ter em comum com…. Focus e Ecosport. MAs daí me lembro que por exemplo o Fusion só tem o 2.0 com ele …. então não seria novidade aceitar esse 1.5 turbo. Ta certo que qto mais ter itens compartilhados com outros carros melhor, mas acho que o custo para fazer esse swap iria inviabilizar um possivel custo x beneficio, pq são horas de um lado para essa troca tbm.

    Bem… veremos no lançamento como será.

  • G. de F.

    Já falando em opções de motor e câmbio antes mesmo do carro ser lançado, pensando em possíveis preconceitos com a origem de motor/câmbio.

    Ou seja, Ford cometendo erros atrás de erros, como sempre!

  • Kleber Freitas

    Não vou entrar no merito tecnico, mas esteticamente eu gostei. Tomara que venha para aumentar a concorrencia.

  • Marcus Vinicius

    Se foi feito na Argentina vai usar os componentes do falecido Focus Argentino como o motor e o câmbio Automático

  • alex

    Será que vai ser feito na Argentina mesmo , sendo que a caoa está adquirindo a fábrica do Abc da ford e umas das parceiras da caoa nessa empreitada é a própria yusheg ou changam que produzem o seu próprio suv que é irmão gêmeo do territory vamos aguardar

    • passis

      O Territory na fábrica de SBC eu não acredito. Mas caso a Changan tenha algum modelo que use a plataforma do Fiesta, acho que poderiam usar a linha de produção já instalada.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email