Automobilismo Brasil Elétricos

Fórmula E negocia a entrada no Brasil

formula-e1 Fórmula E negocia a entrada no Brasil

Ainda em fevereiro, o empresário espanhol Alejandro Agag virá ao Brasil. Seu objetivo é negociar a entrada da Fórmula E no país, um dos alvos prioritários da empresa – a Liberty Media Group – que cuida da categoria e que recentemente assumiu os direitos da F1.

Em conversas com três cidades, Agag ainda quer negociar com outras do país. Até agora, a América Latina conta com dois países participantes da Fórmula E: México e Argentina. Este último realiza a prova desse fim de semana.

Agag diz que mesmo com as duas categorias sob o mesmo controle, as empresas são diferentes e o público também. Na Fórmula E, há maior engajamento dos fãs e o objetivo é divulgar a tecnologia do carro elétrico.

Para o fundador e CEO da categoria, a Fórmula E quer estar em mais lugares do mundo, introduzindo tecnologias que serão usadas nos carros elétricos, assim como a F1 sempre fez com os automóveis comuns.

A evolução dos carros elétricos, em especial das baterias, ficará evidente na Fórmula E à partir da próxima temporada, quando haverá somente uma troca de carro. Atualmente ocorrem duas trocas.

E quais seriam essas cidades brasileiras que estariam na mira da Fórmula E? Por enquanto, tudo é tratado com sigilo. O Brasil tem muitas capitais de destaque e locais de interesse internacional. Em sua opinião, qual local de determinada cidade brasileira seria ideal para a prova da categoria?

[Fonte: O Globo]

Agradecimentos ao Samuel de Oliveira Cursini.

 

Send this to a friend