Mercado Montadoras/Fábricas Veículos Comerciais

Foton começa comercialização de caminhões leves com 65% de nacionalização

foton-minitruck Foton começa comercialização de caminhões leves com 65% de nacionalização

A Foton Caminhões finalmente começou a comercialização de caminhões leves no Brasil, cuja produção começou em abril. A marca chinesa – representada no país pelo empresário e ex-presidente do BNDES Luiz Carlos Mendonça de Barros – está montando os veículos em Caixas do Sul-RS, na fábrica da Agrale. O foco da empresa foi a nacionalização de peças e componentes alcançando um índice de 65% em suas duas linhas de produtos.



Para a Foton, a nacionalização da maioria dos componentes reduz o tempo de fabricação e os custos. A estratégia é utilizar peças que já estão disponíveis no mercado nacional, adaptando-as aos caminhões de origem chinesa. Com isso, a empresa menciona que conseguiu economia de até 80%.

O projeto dos caminhões brasileiros da Foton passou pela matriz chinesa e teve a cooperação de empresas nacionais, facilitando assim a introdução destes componentes locais. Como o projeto da fábrica em Guaíba-RS atrasou – a previsão é para 2018, mas somente se o mercado nacional se recuperar – a empresa decidiu utilizar a planta da gaúcha Agrale, que estava subutilizada. Assim, permitiu-se que os caminhões chegassem ao mercado bem antes do previsto.

Com capacidade para 20 mil caminhões por ano, a fábrica de Guaíba terá 190 mil m2 e deverá receber um investimento total de R$ 250 milhões, sendo R$ 160 milhões para a construção da planta de produção e o restante para um centro de desenvolvimento de produto. O BNDES já liberou R$ 65 milhões para a obra.

foton-citytruck Foton começa comercialização de caminhões leves com 65% de nacionalização

A Foton passa a oferecer no Brasil as linhas Minitruck e Citytruck, respectivamente com capacidades de carga de 3,5 ton e 10 ton. Os Minitruck 3.5-12 DT e 3.5-14 ST/DT têm três opções de entre eixos, sendo um com rodado duplo traseiro. Estes utilizam motor Cummins ISF 2.8 e tem câmbio manual de cinco marchas. Eles também possuem ar-condicionado, defletor de teto, vidros e travas elétricos, sistema de áudio com USB, freio-motor, direção hidráulica, freios ABS e airbag duplo.

O caminhão leve Citytruck 10-16 tem capacidade para até 10 toneladas e vem com os mesmos itens, bem como motor diesel Cummins, eixos da Dana, por exemplo. Este modelo, de acordo com a Foton, é focado em “distribuição urbana de carga, VUC e transportes de curta e média distância”.

Por enquanto, a marca estará concentrada no segmento de caminhões leves, que representa 25% do mercado, sendo o que menos perdas teve em relação aos outros segmentos. Para a comercialização, a empresa conta com uma rede de 23 revendedores espalhados pelo país. No momento, não há planos para exportação, mas o Brasil deverá ser uma plataforma da Foton para a América Latina.

 

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend