Ecologia Europa Governamental/Legal Mercado Opel

França descarta mais investigações sobre emissões da Opel

Opel-Zafira-Tourer-2017-9 França descarta mais investigações sobre emissões da Opel







Mesmo após a aquisição da PSA, autoridades francesas descartaram mais investigações sobre emissões excessivas ou ilegais por parte da marca alemã Opel. O governo já havia investigado o fabricante por suspeitas de emissões de óxido de nitrogênio acima do nível permitido em motores diesel.

Segundo a agência reguladora ambiental francesa, os documentos encontrados nos escritórios da Opel não revelaram discrepâncias que indicassem uso de software ilegal para desativação do controle de emissão de gases. Devemos lembrar que em 2015, a minivan Zafira Tourer foi mencionada por um grupo ambientalista alemão por estar emitindo níveis de NOx bem acima do limite, sendo novamente acusada por um jornalista belga.

Na época, a Opel refutou as acusações de emissão excessiva e uso de software ilegal. A marca alemã utiliza motores diesel de tecnologia GM, que também foi acusada de fraudar as emissões de NOx no Cruze Diesel. A empresa defende que seu sedã está dentro dos limites legais.  Na PSA, porém, as investigações continuam junto com os processos que a França move contra Renault, FCA e Volkswagen.

[Fonte: Left Lane News]




Send this to a friend