Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

A Frontier 2014 chegou ao mercado nacional com novidades na composição e nomenclatura das versões, assim como também nova grade e para-choque dianteiro atualizado. Vários itens de série também foram adicionados ao modelo.


Fabricada em São José dos Pinhais-PR, a Frontier de terceira geração era vendida aqui apenas com cabine dupla e motorização diesel, apesar de existir com cabine simples e, especialmente, estendida em outros mercados.

Conhecida como Navara lá fora, a Frontier era rival da Chevrolet S10 e da Ford Ranger, entre outras, sendo um produto com poucas versões e bom conteúdo, era um produto com bom custo-benefício.

Nas mudanças que ocorreram, a versão XE foi convertida para S, enquanto a SE passou a ser SV Attack, que deu boa fama para a Frontier, além de LE que virou SL, a topo de linha. Com isso, a nomenclatura ficou igual a dos carros.

Além disso, a Frontier 2014 recebeu grade nova com barras V-Motion em cor diferente, dependendo da versão, sendo cinza na versão de entrada, grafite na Attack e cromada na topo de linha.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Já o para-choque recebeu modificações nas laterais, adicionando molduras com faróis de neblina circulares, bem como um protetor frontal inferior em cor cinza, logo abaixo da grade inferior, que continuou a mesma.

Frontier 2014 – detalhes

Em conteúdo, a picape média da Nissan adicionou itens de série na versão S, sendo detalhes prateados nos anéis do painel de instrumentos, computador de bordo e sistema keyless.

Os botões dos vidros elétricos receberam o mesmo acabamento cromado, tal como freio de estacionamento, maçanetas internas, botões do sistema de ar-condicionado e difusores de ar.

Já na versão SV Attack, havia ainda novo rádio 2din com CD player/MP3/SD Card, além de rodas de liga leve redesenhadas na cor Titanium, também usada nos faróis de neblina e no protetor da parte inferior do para-choque.

Por fim, a Frontier SL adicionou faróis de neblina atualizados e cromados, frisos laterais na cor do veículo, novas rodas de liga leve aro 18, acabamento prateado no protetor inferior do para-choque e volante de couro com novo design.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Ela também recebeu chave inteligente I-Key, botão de partida, bancos de couro com a identificação das versões estampada, ar-condicionado digital automático dual zone, controle dinâmico do veículo e câmera de ré.

Em segurança, Frontier 2014 contava com airbag duplo e freios ABS com EDB, bem como tração 4×2 ou 4×4 com reduzida. Nesse caso, o sistema tinha acionamento por botão no painel, assim como o controle eletrônico de descida.

Havia ainda bloqueio eletrônico do diferencial traseiro para melhorar o desempenho no fora de estrada. A Frontier tinha ainda motorização diesel em duas versões com pressão de turbina diferente, além de mudanças na programação da ECU.

O propulsor era o YO25ETi, que quatro cilindros e sistema Common Rail, além de turbina de geometria variável e intercooler. Com esse motor, a Frontier tinha 163 cavalos e 41,4 kgfm na versão S e também na SV Attack, ambas 4×2.

Já com tração 4×4 com ou sem transmissão automática, a picape da Nissan tinha esse motor com 190 cavalos e 45,9 kgfm. A caixa manual vinha com seis marchas, enquanto a automática empregava cinco velocidades e conversor de torque.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Essa transmissão tinha ainda a opção de mudanças manuais na própria alavanca, o que ajudava muito no desempenho. Ela era oferecida apenas na versão SL, a topo de linha, visto que na época as picapes médias manuais eram bem-vistas.

Com visual parrudo, a Frontier 2014 tinha linhas robustas e bem quadradas, exatamente para reforçar sua imagem, embora com as portas traseiras pequenas para seu porte. As colunas também eram grossas propositalmente.

Já a caçamba de carga tinha somente 1.012 litros, mas a capacidade de carga era de 1.030 kg, colocando a Frontier dentro do que especifica a lei. Com chassi de longarinas em U, a picape tinha ainda a carroceria de aço apoiada em batentes.

Na frente, a suspensão tinha duplo braço com molas helicoidais e amortecedores separados, além de barra estabilizadora. Atrás, era eixo rígido com feixe de molas semi-elípticas com amortecedores, braços longitudinais e barra estabilizadora.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Além dos faróis quadrados e lanternas verticais, a Frontier 2014 não trazia santantônio na caçamba, mas empregava barras tubulares no teto, que serviam como rack e eram personalizadas.

Por dentro, o interior tinha espaço mediano para uma picape de porte médio, tendo revestimentos em couro ou tecido, além de painel com dois porta-luvas, ar condicionado automático e cluster analógico de boa visibilidade.

O sistema de áudio tinha ainda rádio 2din com CD player, MP3 e entrada SD card. Outro destaque era o túnel central alto com porta-copos e freio de estacionamento manual, além da alavanca com seletor reto e espaço para trocas manuais.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

A Nissan Frontier 2014 tinha frente levemente inclinada, mas com formas quadradas, empregando faróis de lente complexa com parábola simples, incorporando repetidores de direção e lanternas.

A grade era ampla e dividida em três partes, com a central tendo duas barras que faziam parte do V-Motion, sendo levemente direcionada para baixo, onde o para-choque parrudo era conectado em sua forma às saias de rodas abauladas.

Ele havia ganhado na linha 2014 molduras laterais pretas com faróis de neblina circulares, enquanto a grade inferior recebia um protetor inferior com acabamento em cor cinza, sustentando ainda a placa de registro do veículo.

As formas arredondadas das saias de rodas contrastavam com para-lamas e capô retos, tal como também com a cabine de colunas largas e a caçamba curta. Nas laterais, as portas tinham maçanetas e retrovisores na cor do carro.

Na versão topo de linha, as barras e contornos da grade V-Motion, assim como os retrovisores, eram cromados. Contudo, a Frontier 2014 tinha estribos de fábrica, usando um suporte tubular com apoios para os pés e não um plano.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

A Frontier tinha rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 255/70 R16, mas na versão SL, as rodas eram aro 18 polegadas e diamantadas, tendo pneus 265/60 R18. No teto, a SL trazia rack tubular personalizado.

Já a caçamba de carga com 1.012 litros não tinha capota marítima de fábrica, muito menos protetor do vidro traseiro ou santantônio de qualquer forma. Tudo era vendido como acessório na rede Nissan ou no mercado de customização.

Também estava ausente o protetor interno de caçamba, deixando assim o compartimento exposto à lataria do veículo. Isso era outro acessório que as lojas gostavam de vender aos donos de Frontier e outras picapes sem o item de fábrica.

Atrás, as lanternas eram verticais e envolventes, tendo ainda tampa da caçamba de carga com moldura preta, fechadura e maçaneta. O para-choque podia ser na cor do carro ou cromado, tendo ainda placa e degrau central, com apoios para pés.

Na versão SV Attack, grade, protetor inferior, molduras laterais do para-choque, rodas de liga leve aro 16, maçanetas, retrovisores, para-choque traseiro, estribos, rack tubular, para-choque traseiro e outros em grafite.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Por dentro, a Frontier 2014 tinha acabamento cinza-escuro com detalhes prateados, como no volante e console central. O cluster analógico com conta-giros, velocímetro, temperatura da água e nível de combustível.

Havia dois displays digitais de fundo laranja, com modos de tração, indicador de marcha e hodômetros.  O volante em forma semicircular tinha comandos de mídia e piloto automático, sendo revestido em couro nas versões mais caras.

Ao centro, os difusores de ar verticais ficavam em molduras prateadas, tendo entre eles um rádio de cor preta e 2din com display digital de cor laranja, assim como ar condicionado manual ou automático dual zone com display digital.

Logo abaixo ficava o seletor de tração com os modos 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida, além de botão com bloqueio eletrônico do diferencial. A Frontier 2014 tinha ainda CD player, MP3, Bluetooth e USB, além de fontes 12V.

No túnel, a alavanca da transmissão automática de cinco marchas eram prateada e com seletor reto, mas com espaço para trocas manuais. Porta-copos e freio de estacionamento manual ficavam lado a lado entre os bancos dianteiros.

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Os bancos eram em tecido em tons de preto e cinza ao centro, mas na SL, eram em couro cinza. O banco do motorista tinha ajuste em altura, com cintos de segurança de 3 pontos nas laterais e subabdominal para o quinto passageiro.

Também havia somente apoios de cabeça para quatro ocupantes, com o encosto do assento traseiro rebatível. Havia alças no teto e colunas, bem como luzes de leitura, retrovisor interno dia e noite, espelhos nos para-sois e iluminação de cortesia

Os vidros eram elétricos e tinham comandos nas portas, com os retrovisores elétricos sendo ajustados no painel, em lugar ruim de acessar. Com direção hidráulica e coluna de direção ajustável em altura, o condutor tinha boa posição de dirigir.

Os vidros eram verdes e havia desembaçador traseiro, além de para-brisa degradê. A Nissan Frontier 2014 tinha ainda dois porta-luvas e alguns porta-objetos no interior.

Frontier 2014 – versões

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

  • Nissan Frontier S 2.5 manual 4×2
  • Nissan Frontier S 2.5 manual 4×4
  • Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×2
  • Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×4
  • Nissan Frontier SL 2.5 automática 4×4

Equipamentos

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Nissan Frontier S 2.5 manual 4×2 – Motor diesel 2.5 com transmissão manual e tração 4×2, mais are condicionado, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, para-choques na cor do carro, retrovisores e maçanetas na cor do carro, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 255/70 R16, vidros verdes, para-brisa degradê, vidros elétricos, travas elétricas, retrovisores elétricos, alarme, sistema de som, bancos em tecido, banco do motorista, alças internas, retrovisor dia e noite, luzes de leitura, porta-luvas duplo, entre outros.

Nissan Frontier S 2.5 manual 4×4 – Itens acima, mais sistema de tração 4×4 com reduzida e bloqueio do diferencial.

Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×2 – Itens da SD 4×2, mais estribos tubulares, rack tubular no teto, detalhes externos em grafite, sistema de som com CD/MP3/SD, bancos com padronagem bi-ton e faróis de neblina.

Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×4 – Itens acima, mais sistema de tração 4×4 com reduzida e bloqueio do diferencial.

Nissan Frontier SL 2.5 automática 4×4 – Itens acima, mais transmissão automática de cinco marchas com mudanças manuais na alavanca, piloto automático, câmera de ré, volante em couro, bancos em couro, controle dinâmico do veículo, ar condicionado dual zone, chave presencial, botão de partida, rodas de liga leve aro 18 polegadas diamantadas e pneus 265/60 R18.

Preços

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

  • Nissan Frontier S 2.5 manual 4×2 – R$ 91.990
  • Nissan Frontier S 2.5 manual 4×4 – R$ 100.490
  • Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×2 – R$ 98.990
  • Nissan Frontier SV Attack 2.5 manual 4×4 – R$ 107.990
  • Nissan Frontier SL 2.5 automática 4×4 – R$ 128.590

Frontier 2014 – motor

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Nissan Frontier 2014 tinha motor diesel YO25ETi com turbocompressor de geometria variável, intercooler e injeção direta Common Rail com EGR, que é a recirculação dos gases de escapamento.

Com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio com duplo comando de válvulas acionado por corrente, o propulsor era um 2.5 litros com 2.488 cm3 e 15:1 de taxa de compressão, mudando-se a programação de 4×2 e 4×4.

Assim, o diesel 2.5 entregava duas potências e dois torques, conforme calibragem do motor, sendo as versões 4×2 com 163 cavalos e 41,1 kgfm ou 190 cavalos com 45,9 kgfm para os 4×4, ambos a 3.600 e 2.000 rpm, respectivamente.

Desempenho

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

  • Nissan Frontier 2.5 manual 4×2 – 12 segundos e 161 km/h
  • Nissan Frontier 2.5 manual 4×4 – 11 segundos e 180 km/h
  • Nissan Frontier 2.5 automática 4×4 – 11 segundos e 170 km/h

Consumo

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

  • Nissan Frontier 2.5 manual 4×2 – 10,5/12,5 km/l
  • Nissan Frontier 2.5 manual 4×4 – 10,5/12,5 km/l
  • Nissan Frontier 2.5 automática 4×4 – 10,5/12,5 km/l

Frontier 2014 – manutenção e revisão

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Revisão10.000 km20.000 km30.000 km40.000 km50.000 km60.000 kmTotal
2.5 4×2R$ 840,00R$ 1.229,00R$ 840,00R$ 1.519,00R$ 840,00R$ 1.229,00R$ 6.497,00
2.5 4×4R$ 840,00R$ 1.229,00R$ 840,00R$ 1.671,00R$ 840,00R$ 1.229,00R$ 6.649,00

Frontier 2014 – ficha técnica

Frontier 2014: motor, consumo, preço, versões, equipamentos

Motor2.52.5
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm324882488
Válvulas1616
Taxa de compressão15:115:1
Injeção eletrônicaDireta, turboDireta, turbo
Potência máxima163 cv a 3.600 rpm (diesel)190 cv a 3.600 rpm (diesel)
Torque máximo41,1 kgfm a 2.000 rpm (diesel)45,8 kgfm a 2.000 rpm (diesel)
Transmissão
TipoManual de 6 marchasManual de 6 marchas ou automático de 5 marchas
Tração
Tipo4×24×4
Direção
TipoHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraDuplo braçoDuplo braço
TraseiraEixo rígidoEixo rígido
Rodas e Pneus
RodasLiga leve, aro 16 polegadasLiga leve, aro 16 ou 18 polegadas
Pneus255/70 R16255/70 R16 ou 265/60 R18
Dimensões
Comprimento (mm)5.2305.230
Largura (mm)1.8501.850
Altura (mm)1.7801.780
Entre eixos (mm)3.2003.200
Capacidades
Caçamba (L)1.0121.012
Tanque de combustível (L)8080
Carga (Kg)1.0301.030
Peso em ordem de marcha (Kg)1.9602.000
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

Frontier 2014 – fotos

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.