Asiáticos Finanças Geely Lotus Mercado Montadoras/Fábricas Proton

Geely confirma compra de 49,9% da Proton e assume 51% da Lotus

lotus-exige-race-380-1 Geely confirma compra de 49,9% da Proton e assume 51% da Lotus

A Geely confirmou a aquisição de 49,9% da Proton, fabricante malaia controlada pelo grupo local DRB-Hicom. O valor do negócio não foi revelado, mas sabe-se quanto foi pago pelos 51% das ações da Lotus: US$ 130 milhões. As demais ações das duas empresas continuam ligadas ao grupo local.

A Geely prometeu introduzir suas tecnologias mais recentes na recuperação da Proton que, apesar dos projetos locais, vem perdendo em qualidade nos últimos anos. Sabe-se que após o anúncio, um relatório informou que a montadora chinesa pretende levar ao país o primeiro SUV da marca malaia, que será baseado no Geely Boyue. O modelo tem 4,5 metros e emprega motores 2.4 de 163 cv ou 1.8 Turbo com 165 cv.

A Proton tem duas fábricas na Malásia e tem capacidade anual de 350 mil unidades. Apesar de ter desenvolvido uma gama própria de veículos, a marca não conseguiu criar uma linha mais premium, que foi compensada com a montagem de carros baseados em outras marcas. Além disso, a empresa centrou muita atenção dentro de casa e não expandiu sua atuação internacional.

geely-bo-yue-2016-2 Geely confirma compra de 49,9% da Proton e assume 51% da Lotus

No caso da Lotus, a Geely pretende renovar completamente a linha de produtos da marca inglesa, conhecida por chassis leves de fibra de carbono e esportivos compactos de boa performance. Para a chinesa, o conhecimento da empresa de Hethel será fundamental no desenvolvimento de tecnologias futuras para a marca.

Para a Geely, a nova aquisição pode representar uma reestruturação global necessária para não haver sobreposição de marcas, produtos e mercados. A Proton é bem conhecida no Sudeste Asiático, Austrália e até na Índia. A Geely poderia então centrar suas atenções na China, África e América Latina. Assim, a Lynk & Co atuaria melhor na Europa e EUA, enquanto a Volvo segue como premium global e a Lotus como o braço esportivo do grupo.

[Fonte: Auto News/Paul Tan]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend