EUA GM Segurança

GM: A decisão errada em apostar no airbag barato

airbags

A Autoliv – fornecedor automotivo sueco-americano – recebeu uma proposta da GM no final dos anos 90. O objetivo era que a empresa, tradicional sistemistas da montadora de Detroit, desenvolvesse um airbag barato, como o apresentado então pela japonesa Takata.

Após analisar o dispositivo da empresa nipônica, a Autoliv disse que não tinha como executar o projeto – sob o risco de cancelamento de contrato com a GM, caso não fosse realizado – pois um componente usado pela Takata era bastante volátil, o material do insuflador da bolsa.

Com custo 30% menor, a economia seria de “alguns dólares por módulo de airbag”, de acordo com ex-funcionários da Autoliv. Assim, a GM não pensou duas vezes e comprou os airbags da Takata. Hoje, 20 anos depois, o nitrato de amônio usado no dispositivo é o responsável por 14 mortes e mais de 100 feridos, gerando o maior recall de segurança da história.

A expansão do gás era tão rápida que explodia o insuflador, gerando estilhaços mortais. Tentativas para regulamentar o setor foram feitas, mas no geral acabaram não dando o resultado esperado. Mesmo assim, com o culpado sendo apontado por autoridades e a imprensa, a Takata continua produzindo e vendendo seus airbags com o nitrato de amônio para sete montadoras e o disponibilizando no processo de recall dos carros afetados pelo dispositivo perigoso.

A Takata diz que tomou medidas para aumentar a proteção contra o componente químico, que em contato com humidade ou variação de temperatura, é altamente volátil. Para a GM, a economia de alguns dólares por airbag resultou em um recall de mais de 100 milhões de airbags, tanto dela quanto de outras 16 marcas nos EUA. Atualmente, a “nova” GM diz que a decisão foi tomada na “velha” GM e não se pronuncia sobre o assunto.

[Fonte: New York Times]

Agradecimentos ao Cleidson Vinhas.





  • Robinho

    Atualmente, a “nova” GM diz que a decisão foi tomada na “velha” GM e não se pronuncia sobre o assunto.Simples assim…meu Deus…

    • Pedro Rocha

      Uma certa terrorista e um cachaceiro usam muito esse argumento para botar a culpa nos outros.

      • Banido por sempre levar o assunto para política, aqui não é lugar disso.

        • gustavo

          Na esta pegando pesado !! não falou nada demais.

          • PEDAORM

            Também achei… Será que houve advertência previa?

            • SDS SP

              Acho que ele já estava sendo monitorado há tempos, pois é sempre o mesmo discurso.

              • PEDAORM

                Monitorado certamente, mas talvez se houvesse uma advertência, ele poderia ter parado. Pode ser que tenha sido pego de surpresa, sem saber que estava incomodando a moderação do site.

                • SDS SP

                  Nada contra a questão política, ele não ofendeu nenhum usuário. O problema é que isso pode desencadear uma discussão sem fim, e no final das contas fugir do foco, que é falar de carros.

          • Natán Barreto

            toda vez alguém usa o espaço pra falar das matérias pra falar de politica. A polarização está deixando as pessoas burras

            • gustavo

              burras ??? rs rs rs

              • Ricardo Timm de Souza

                Completamente. Não distinguem mais política de ofensa pessoal.

          • Pedro Cunha

            Acho que desde não havendo desrespeito aos usuários e leitores do site, não há motivos para banimento. Restringir a expressão de opinião e a intersecção de temas(política, por exemplo) é além de retrocesso, censura.
            Desde que haja respeito e se mantenha o nível, banir é truculência e estupidez.

            • Ricardo Timm de Souza

              Chamar alguém de terrorista e cachaceiro é manter o nível? Onde? Se o Aécio é cheirador e o Temer um golpista, como são, não existe outra forma de designá-los?

        • beto

          Isso aí, tem que manter a ordem!

        • Janduir

          Não vi nada demais no que ele disse, já não bastam as propagandas que travam meia tela. Tá ficando complicado isso aqui…

          • Zoran Borut

            Já reduziram bastante as propagandas. O que precisava era ter uma versão mobile do site, para facilitar para quem usa pelo celular. Eu não uso porque todas as vezes que tentei dava erro e desisti há meses de tentar ver NA no mobile.

        • Supernescau

          Provavelmente eu faria um comentário similar ao do Pedro Rocha. Ele apenas mostrou um paralelo entre os dois assuntos e o quanto isso é comum.

          • Ricardo Timm de Souza

            O paralelo é perfeito. Eu só usaria um golpista e um cheirador como exemplos.

            • Supernescau

              Exatamente. Também servem como paralelo e antítese.

        • lucas

          Graças a Deus, pode bloquear todos que falarem. Entra aqui pra ver notícia de carro e ler comentários sobre carros e tem mais política que a TV Senado!!!

        • CignusRJ

          CENSURA pura e simples.
          Se fossem tão ciosos assim com relação a comentários que ofendem outros visitantes do site aí sim concordaria.

          • Ricardo Timm de Souza

            Chamar alguém de terrorista e cachaceiro é manter o nível? Onde? Se o Aécio é cheirador e o Temer um golpista, como são, não existe outra forma de designá-los?

        • Ricardo Timm de Souza

          Perfeito. Há espaços melhores para falar também de um golpista e de um cheirador. Não é censura, é bom senso.

          • Diego Demarchi

            Creio que a censura, ops, bom senso vale para o Sr. também por insistir no tema político fora de local apropriado.

            • Ricardo Timm de Souza

              Tem razão, Diego Demarchi. Apenas o fiz porque não esperava encontrar um tal tipo de comentário em uma páginas de CARROS! Desculpas.

    • ViniciusVS

      Acho que pior que errar é continuar errando, não entendo como não aconteceu um boicote a esse fornecedor lá na época do escândalo uns 4 anos atrás…

      Os Japoneses fazem recall atrás de recall e não mudam seus fornecedores. a Honda parece que mudou esse ano ( antes muito tarde do que nunca) mas as outras parece que ainda não abandonaram a Takata.

      Eu queria pensar de outra forma, mas atitudes assim deixam aquela imagem que o cliente é só um numero, que o importante é sempre o custo de uma possível mudança e não de fato a segurança do consumidor, é complicado…

      • Pedro Henrique

        o cliente sempre é número, empresa visa o lucro ponto final.
        oque faz a empresa mudar o fornecedor é que aquele o qual ela tem não atende aos padrões de qualidade da marca (exemplo, marca premium tem que ser marca premium, ela tem seus padrões de qualidade porque vende uma imagem premium)
        mas marcas populares, aquelas que ngm da muita bola. vão buscar o fornecedor que cobrar mais barato.
        se não há ninguém no mercado pra vender mais barato ou ao mesmo preço da takata, então ela continuará a vender.
        mas com a imagem da takata indo pro brejo isso vai prejudicando a imagem das utilizadoras, então ou elas exigem mais qualidade da takata(mantendo preço), ou mudarão de fornecedor.

        eu ainda sou a favor do banimento da takata do fornecimento de air bags.
        além da multinha básica.

    • Done Bardam

      É que aquela GM antiga não tem nada a ver com esta de agora…rsrsrs

      Só rindo sarcasticamente mesmo pela desculpa desta empresa.

    • Bruno@BRN.CS

      Eu falo algo tipo isso quando minha namorada pergunta da minha ex.

  • Walter Augusto

    humidade

    • Alexandre

      Tá serto!

      • Pedro Rocha

        Menas ceguransa jera eses pobrema.

      • Zé Mundico

        Concerteza.

      • Rodrigo Alves Buriti

        Não fui o único que notou…..kkkkkk

    • LondrinaMatsuri

      umidade

      • Gabriel M. Vieira

        Humildade faltou aí pra GM… kkkk

  • Ricardo

    Q absurdo!

  • Wald Queiroz

    Pode crê que nesse minuto eles estão economizando em alguma coisa e daqui a alguns anos vão se desculpar do mesmo jeito! […] Desculpas as famílias dos mais de 500 mortos com nosso sistema de segurança, desde ontem eles não são mais usados em nossos veículos, tudo isso é culpa de uma equipe contratada antes de ontem mas que hoje não faz mais parte do nosso quadro de funcionários. Lamentamos profundamente!

  • Walter Augusto

    “…a Takata continua produzindo e vendendo seus airbags com o nitrato de amônio para sete montadoras…”.

    Quais são as outras seis ?? Por favor !!! Senão os sabidões de plantão vão acreditar que só a GM usa estes air bags.

    • Racer

      Também queria saber quais são.

      • Marcos Souza

        Tem como saber qual é a fabricante do airbag do meu carro?

        • Racer

          Acho que deve estar no módulo, mas o problema é chegar nele.

        • Leandro Balmant

          Talvez venha escrito no manual do carro.

      • Zé Mundico

        É mais fácil saber quem NÃO usa air-bag Takata.

        • Racer

          Este é meu receio….

          • Gustavo73

            Diria que dependendo do mercado todas terão algum modelo em algum lugar com os tais airbags. E todos estão passando por recall.

    • Louis

      Várias realizaram recall pelos air-bags Takata, dentre elas a Honda.

      • celso

        E a Toyota também.

    • Pedro Henrique

      porém não são só essas 7 que tem o air bag, são muitas, muitas mesmo.
      americanos, alemães, japoneses…

    • kravmaga

      blog. caranddriver. com [barra] massive-takata-airbag-recall-everything-you-need-to-know-including-full-list-of-affected-vehicles

    • Maycon Farias

      Também queria saber quais as outras.

    • Douglas Afonso Bonin

      tem essa notícia no G1 de 05/05/2016 : “O defeito é o maior causador de recalls da história no mundo inteiro,
      inclusive no Brasil, onde Chrysler, Honda, Nissan, Subaru, Toyota,
      Mitsubishi, Volkswagen e Audi já chamaram veículos com airbags Takata
      para conserto.”

    • Marcelo

      Gente mas os carros no mundo todo nao passam por crash tests? Eles nao notam que esse AB explode e arrebenta a cara da pessoa?

  • Alexandre

    O barato saiu caro. Esse é o tipo de economia burra.

    • Ricardo Leite

      Economia que colocou em risco a vida de centenas de milhares de pessoas, vindo a matar algumas.

  • Pedro Henrique

    diz que mudou, que é uma nova gm e bla bla bla
    vamos ver o onix… er… então…

    • Zoran Borut

      Claro que mudou, para pior. A antiga General Motors Corporation se transformou em General Motors Company após a concordata e a aquisição de ações pelo governo americano em 2009. A partir daí começou o processo de enxugamento de marcas e redução de custos, resultando na atual linha que temos à venda, de inspiração coreana, não mais europeia.

      • MMM

        E aí ela virou líder de mercado. Meu pai sempre teve carros da GM e nunca tive interesse em nenhum carro da marca. A primeira vez que tive algum interesse foi depois que a inspiração “européia” mal feita foi pro buraco, tiraram o Vectrastra de linha e lançaram o Cruze, que comprei um e foi um dos melhores carros que tive.

        • Zoran Borut

          Você confunde um pouco as coisas, porque o Vectrastra foi um improviso, ao contrário do Astra original e do Vectra B. O equivalente Opel ao Cruze foi o Astra sedan que tinha motores 1.4 e 1.6 Ecotec Turbo com 150 e 180cv e muito mais tecnologia embarcada.

          O cruze que você gostou era um Daewoo Lacetti com logotipos Chevrolet.

          https://uploads.disquscdn.com/images/efe9ae4c8e4c6149bea5945f1ca4792e7b1e2f8f79abef6b0539a97613c0ab8d.jpg

          • MMM

            Pode ter sido comercializado com a marca que for, se eu gosto do carro eu compro. Não tenho esse tipo de insegurança.

            Sobre o Astra europeu, sempre foi superior, até por isso é mais caro, porém são carros feitos sob a mesma plataforma e compartilham muitos itens também. Em alguns mercados ambos eram comercializados.

  • Celso

    O erro foi cometido na velha GM, não na nova GM. NÃO É SÓ NO BRASIL QUE CHAMAM O CONSUMIDOR DE BURRO E IMBECIL ATRAVÉS DE FALÁCIAS ABSURDAS.

  • gregorioalan

    “GM: A decisão errada em apostar no airbag barato”… não entendi muito bem o foco da matéria, se tantas outras usam o mesmo componente, a aposta errada não foi só da GM não é? Poderiam ao menos citar todas, pra ficar algo mais imparcial…

    • PCPartsFan

      O nitrato de amônia é altamente confiável
      tanto que foi aprovado pelo órgãos reguladores americanos mas o maior problema da TAKATA é que eles ainda não sabem com exatidão a causa dos problemas, lembrando que a TAKATA testou diversas amostras de airbags com os mesmo parâmetros exigidos pelos orgãos reguladores e não encontrou nada de anormal. Não quero pensar em “teoria da conspiração” mas algo vindo da administração obama e New York Times…..hummmmmm

      • Gustavo73

        O problema não foi só nos EUA.

        • PCPartsFan

          A mesma vara que bateu na TAKATA hoje bate na Volks e Bosch, veja quem foram os maiores beneficiados com tudo isso e tire suas próprias conclusões

          • Gustavo73

            Eu entendi o seu ponto. Mas se usarmos o caso do Dieselgate veremos que a VW fazia o que foi acusada. A questão é que não era tão escondido como se fez parecer. Na Europa já se fala que já se sabia à alguns anos e claro que os concorrentes sabiam. Todos testam os produtos de todos para saber como alcançar os objetivos de formas diferentes. Dúvido que ninguém tenha achado estranho os valores de potencia e economia sem alguns itens antipoluição presentes noa TDi. Quando a VW decidiu investir nos TDi nos EUA e as vendas aumentaram os americanos decidiram jogar a m no ventilador. No caso da Takata o problema existe e é sabido a mais de uma década, mas o governo e os fabricantes só se mexeram depois dos processos nos EUA. Claro que de certa forma isso talvez fosse diferente nos EUA se o fabricante fosse local. A GM e os casos doa problemas na ignição de alguns modelos que também tiveram vítimas foram tratados de forma digamos menos midiática. Mas as questões exitem. Mas no passado os americanos foram mais incisivos mesmo cortando na carne a Firestone que o diga. Mas hoje dúvido que seria igual.

            • PCPartsFan

              Não é somente a TAKATA que já teve problemas com airbags, Autoliv e TRW também tem processos semelhantes contra esses fabricantes na justiça americana. Mais recentemente a Toyota fez um Recall de 1,43 milhões de veículos por problemas de airbags laterais fornecidos pela Autoliv devido a problemas com a solda desse dispositivo.
              A verdade é que os democratas sempre bateram forte nas empresas estrangeiras, principalmente contra as Japonesas.
              A Firestone não é mais uma empresa americana ela foi comprada pela Japonesa Bridgestone em 1988

              • Gustavo73

                Achava que a a Bridgestone tivesse assunido a Firestone após os problemas com os pneus da Explorer.

                • PCPartsFan

                  A Firestone faz parte do holding de empresas que pertencem ao conglomerado Bridgestone.
                  No caso da Firestone ficou comprovado mais tarde que realmente havia problemas de fabricação causados pela contratação de operários não qualificados para exercer a função

          • celso

            Quem foram os maiores beneficiados… ?
            O que os americanos ganharam com o “dieselgate” ?
            A VW não vendia nada nos EUA.
            Outra coisa, a Takata está fazendo recall até no Japão.
            Ou seja, se não há nada de errado com os airbags, por que convocar recall então ?

            • PCPartsFan

              O que os americanos ganharam com o “dieselgate” ?

              Muito,muito mesmo, e não foram somente os bilhões de dólares cobrados à força da montadora Alemã.
              Além da imagem arranhada do grupo Volkswagen que agrega Porsche, Lamborghini o escândalo pôs um ponto de interrogação em toda a industria Alemã.
              Todo esses escândalos “produzidos pela administração obama” incluindo o da Toyota no caso de aceleração involuntária tem como objetivo principal mudar e quebrar todo o processo de produção e distribuição baseada na integração vertical para tornar a Toyota e outras empresa Japonesas e estrangeiras menos rentável e automaticamente menos competitiva perante os concorrentes americanos.

              “A VW não vendia nada nos EUA.
              Outra coisa, a Takata está fazendo recall até no Japão.”

              Você acha mesmo possível no mundo politicamente correto que vivemos agora, dominado pela imprensa especializada em fazer lavagem cerebral nas pessoas uma empresa dar um tratamento diferente baseado na sua origem?
              Vivemos na era da guerra da informação, pense nisso!

              • celso

                “Além da imagem arranhada do grupo Volkswagen que agrega Porsche, Lamborghini o escândalo pôs um ponto de interrogação em toda a industria Alemã”
                Mercedes, BMW, Audi e Porsche continuam batendo recordes de vendas nos EUA.
                A imagem da VW não sofreu nenhum dano. Os números de vendas dela comprovam isso.
                Você pode até ter razão, quando questiona o tratamento que as empresas estrangeiras recebem da justiça americana.
                Mas se as empresas cometem irregularidades, e alguns países fazem “vista grossa”, como do caso da VW (órgãos europeus já sabiam das irregularidades nos motores TDI), o errado não é o país que cobra, na justiça, por punições.
                Errado foram os países europeus que fecharam os olhos pra não punir a VW.

    • Gustavo73

      O foco da matéria está nela a princípio não usara Takata como fornecedor. Mas querer que outro fornecedor tivesse um produto similar inclusive nos preços. Pelo que está escrito esse fornecedor disse não ser possível alcançar o preço da japonesa alegando que o elemento que reduzia o preço não seria digamos o mais confiável.

  • Zé Mundico

    Quase todas a grandes montadoras usam air-bags da Takata, até a Ferrari teve que fazer recall.
    Não existe sistema perfeito nem confiabilidade absoluta, diz uma da leis da Produção Sistêmica, indústria automotiva incluída.
    Sistemas podem funcionar perfeitamente 1 zillhão de vezes, mas basta uma nova variável desconhecida atuar fora de parâmetros ponderáveis,…que a coisa falha.
    Complicado isso….

    • carroair30

      Um Mineiro sentado numa cadeira enrrolando um cigarrinho de palha e pensando:….ué é melhor nao ter esse tal de airbg entao uai……….

  • celso

    O maior cliente da Takata é a Toyota.
    Aliás, foi quem mais sofreu com os airbags defeituosos dela.

    • Diogo Oliveira

      A Fiat usa os Airbags da Takata? Só a Fiat mesmo, não estou levando em consideração a Chrysler, Jeep, Dodge e etc.

      • celso

        Todo o grupo FCA, incluindo a Fiat, usa airbags da Takata.
        Aliás, a FCA está convocando mais de 4 milhões de veículos nos EUA para resolver problemas nos airbags. Incluindo até 2.820 Ferraris.
        A lista de fabricantes que usam airbags da Takata, e que também estão convocando milhões de veículos para recall nos EUA, inclui VW, Mercedes, BMW, Toyota, Honda, Nissan, Mitsubishi, Subaru, Mazda, Audi, Lexus etc.
        Aqui no Brasil, ano passado a FCA convocou veículos Chrysler e Ram para recall. Até agora nem um modelo da Fiat Brasil apresentou problemas nos airbags (que também são da Takata).

        • Diogo Oliveira

          Acho que se a Takata falir vai ser pouco, já que, carros de VÁRIAS marcas foram afetados, ou seja, todas as marcas que usam os Airbags da Takata provavelmente vão exigir novos airbags mais seguros, ou então, vão deixá-la na mão…

  • Efulefante

    Ela pressiona TODOS os seus fornecedores, e não se importar com a segurança e vida alheia não faz parte do passado (ou velha GM, como eles dizem). Contribuiu para ter lucrado um bocado a mais que a Fiat mesmo vendendo menos

  • Wolfpack

    A autoliv não perdeu somente a parada para os airbags para a takata mas os cintos de segurança com pre-tensionadores, que devem ter o mesmo principio pirotécnico dos airbags. Esta bomba não mata mas pode causar ineficiência do sistema. Motivo: preço.

  • Schlatter70

    Um caminhão que transportava matéria prima dos air bags da Takata explodiu dia desses e matou uma pessoa dentro de casa. Vão dizer que é complô dos americanos para quebrar as companhias estrangeiras assim como dizem do diselgate.

  • Daysan Medeiros

    O pior é saber que o produto continua sendo vendido…. mesmo que tenha passado por adequações…

    Daqui alguns anos gera outras mortes e por isso fica.

    Gm não se pronuncia sobre o assunto? Pq não… qual responsabilidade essa empresa tem com seus clientes? complicado

  • Marcelo

    Anos 90 foi a 26 anos atras. Acredito que nenhum carro com esses airbags “genericos” ainda rode em qualquer lugar do mundo. Se rodar no minimo esse airbag ja deveria ter sido trocado uma vez que a validade é 10 anos…

    • Zoran Borut

      Quando começou o recall mesmo? Hmmm, em 2013. E afetou 53 milhões de veículos. Dois meses atrás circulou uma notícia sobre uma motorista malaia morta em um acidente ao ser atingida no peito pelo insuflador do air bag do Honda City 2005 que ela dirigia.

  • Hiluin

    Toyota, Honda, VW… Todas usam Takata. Erro de todas.

  • Alexandre Soares

    Não muito longe, tem a barra de proteção nas portas nos Peugeot 208 …. economia? Talvez uns 10 reais por carro …

  • pedro

    Produto sueco pode comprar sem medo. Tem qualidade. Esses dias estava vendo uma reportagem sobre a SAAB, que pertencia a GM. Eles sistematicamente descumpriam as ordem da GM em razão da baixa qualidade que a GM queria impor e eles não aceitavam.



Send this to friend