Chevrolet Finanças GM Governamental/Legal Montadoras/Fábricas

GM anuncia investimento de R$ 10 bilhões e ganha incentivo em SP

GM anuncia investimento de R$ 10 bilhões e ganha incentivo em SP

A General Motors Mercosul vai investir R$ 10 bilhões em suas duas plantas de produção de veículos no estado de São Paulo, entre 2020 e 2024. O volume faz parte de um complemento do investimento anterior, de R$ 13 bilhões, nas operações brasileiras até 2019.


A montadora americana dividirá o aporte em duas partes iguais, ficando R$ 5 bilhões – anteriormente acordados com os trabalhadores – para São José dos Campos e a outra metade para São Caetano do Sul, onde fica a sede da companhia. O anúncio foi feito por Carlos Zarlenga, presidente da GM na América do Sul, junto com o governador João Doria Jr.

Com o investimento, que mantém os 13 mil empregos na região, que ainda possui outras duas unidades industriais e o campo de provas de Cruz Alta, em Indaiatuba. Também, a GM garante o desconto de 25% de ICMS, cujo percentual total é exatamente alcançado com a cifra investida pela montadora, que ainda teria gerado 400 empregos, de acordo com a regra do programa paulista, chamado IncentivAuto.

GM anuncia investimento de R$ 10 bilhões e ganha incentivo em SP


Além disso, a prefeitura da cidade do ABC, concedeu um pacote de isenções e descontos de IPTU e ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), bem como cortes nas contas de água e luz da montadora, que ocupa uma boa parte da área urbana da cidade da Grande São Paulo.

O investimento renderá para a fábrica do Vale do Paraíba, a produção das novas gerações da picape S10 e o SUV Trailblazer. No entanto, ainda não se sabe o que será feito no ABC Paulista. Como se sabe, a linha Chevrolet ganhará novas gerações de Onix e Prisma, assim como o Tracker.

A modernização deverá permitir a fabricação da plataforma VSS dos novos carros em São Caetano do Sul, que complementará a unidade de Gravataí-RS, que já recebeu modernização para fazer estes produtos. Entre os futuros modelos, haverá também uma picape média abaixo da S10, que pode ser feita no ABC. No total, serão 8 lançamentos dessa base.

[Fonte: G1]

GM anuncia investimento de R$ 10 bilhões e ganha incentivo em SP
Nota média 4.6 de 5 votos

  • Tochio

    Quem não chora, não mama !!

    • Nicolas

      200.000 por ano é o volume de produção de uma fábrica de classe mundial, GM consegue isso só com as vendas do Ônix no Brasil. Mas isso é impossível no Brasil pois a carga tributária é uma das altas do mundo, assim sem benefícios fiscais é inviável fabricar no país dos impostos.

  • Junoba

    Os investimentos se concentram apenas em São Paulo, e isso ocasiona superpopulação em SP e subdesenvolvimento de outros Estados. Deveria haver incentivo do Gov Federal para espalhar a industrialização para outras Federações.

    • vicegag

      Concordo com você, é tanta gente num mesmo lugar, que a qualquer hora do dia, as ruas e avenidas, ficam entupidas de veículos, fora a superpopulação da periferia com invasões de áreas públicas, baixando a qualidade de vida de todos, e nem parece que o Brasil é tão grande.

    • G E O

      Também dá para pensar que os outros Estados não fazem tanto para angariar investimentos.

    • Matafuego

      Você abriria uma empresa em uma região que não tem mão-de-obra qualificada, estradas, acesso fácil à portos, longe de fornecedores?

      • rodrod

        por outro lado podemos pensar q o Bolsa Familia pega dinheiro q boa parte vem de SP (dinheiro arrecadado por imposto) e distribui pelo Brasil, em especial para o Nordeste. Sei das especificidades de cada lugar como a seca do Nordeste e a pobreza, porém nao sou contra o Bolsa Familia, mas acho q deveria ser algo temporario. Imagina um tanto de piao recebendo o beneficio por 20 ou 30 anos, isso ta errado. Tambem é lamentavel ver governadores do partido comunista governando algum Estado.

        Vale ressaltar ainda a desgraca do PT, dando Bolsa Familia p cada vez mais gente e acabando com os empregos de proposito, escravizando a populaçao, buscando ciclo eterno de poder; é triste ver pessoas ficando preguiçosas e se acostumando com isso. Outra coisa é a manipulação do povo q grande parte é ignorante. Lembro da reducao de impostos de IPI p carro e o seu fim, depois veio a reducao de imposto para eletrodomesticos. Ou seja, se criava empregos temporaririos, pois qndo subia impostos novamente, se manipulava numeros de emprego. Enfim, novos tempos chegaram…

        • Matafuego

          Meu comentário está relacionado ao ponto de vista do empreendedor, que sempre vai escolher o local mais atrativo para o negócio dele. Tentar fazer justiça social na marra envolvendo entes públicos e privados não é uma boa ideia, nosso histórico recente mostra isso.

          Supondo que Alagoas resolva dar incentivos fiscais para que uma determinada montadora se instale no estado. Incentivos fiscais significam que o estado irá arrecadar menos impostos – e como já é um estado deficitário (recebe mais dinheiro do governo federal do que recolhe), vai precisar de mais dinheiro vindo do governo federal. A instalação de uma fábrica não é garantia de retorno, uma vez que a montadora pode se dar mal no mercado ou mesmo ocorrer uma crise no país (a Honda construiu uma fábrica que ficou fechada por mais de dois anos).

          Ainda na suposição, imagine que neste relacionamento promíscuo entre empresa e estado, a empresa peça como contrapartida que o estado dificulte a instalação de concorrentes na mesma área, de modo que a empresa consiga manter os funcionários sem o assédio dos concorrentes – se não tem concorrência por funcionários a tendência é que os salários fiquem estagnados ou que diminuam (a empresa sempre vai ter mão de obra sobrando p/ mandar embora um funcionário mais experiente e contratar um mais novo com o salário inicial do cargo).

    • Nicolas

      Cada região deveria explorar aquilo que é forte, crescer de forma sustentavel. O governo deveriam criar condições, como rodovias, ferrovias, aeroportos, etc. O que não funciona é cobrar impostos em regioes desenvolvidas para subsidiar fábricas em algum lugares inviaveis, pois todos vão pagar o custo da ineficiência. A região acostuma com os subsídios e só sobrevive com eles, perpetualiza a ineficiência e alto custo dos produtos.

      • meneghelli1972

        O novo governo está fazendo exatamente isso o exército está realizando as obras de pavimentação em regiões do país que a anos estavam abandonadas e prometeu que até o final do ano entregará muitos trechos, só que isso a mídia podre não mostra.

        • rodrod

          o PT dava mto dinheiro p a imprensa, era 10 bilhoes em media, acho q por ano. Bolsonaro cortou, por isso ocorre tanto bombardeio da imprensa lixo sobre eles. Sao todos picaretas (imprensa)

    • R. Rover

      Junoba
      A desindustrialização do Brasil, particularmente de São Paulo, é tão grande que essa situação tende a se amenizar.

    • zekinha71

      Um cliente meu está saindo de SP e indo pra Manaus, ele fabrica cabos pra eletrônicos, coisa nada tecnológica e está tendo muitos problemas pra conseguir contratar funcionários com o mínimo de inteligência.
      Está tendo que levar pessoal de SP pro AM.

      • Ernesto

        Trabalhei numa multinacional de eletrônicos que tem fábrica tanto em São Paulo como em Manaus. A diferença de postura dos funcionários é gritante.

    • Unknown

      Porém a mão-de-obra mais qualificada está localizada aqui e nos outros grandes centros urbanos, isso não há como negar…

    • Vitor

      Não será esse investimento que aumentará a população da grande SP, o mapa da industria atomobilísitica nacional já mudou muito, há montadoras em vários Estados, portanto no cenário automobilístico sua reclamação hoje não reflete muito bem a realidade.

    • New_Holland

      Governo Federal deveria nem existir, e tornar todos os Estados da nação independentes. Assim cada estado poderia controlar seus gastos e impostos, arrecadação e incentivos!.
      As empresas vão para são paulo por que existe não de obra abundante e de qualidade, coisa que outros estados “pobres” tem muita carrencia, devido a não poderem ter leis que atraem o setor privado.

      • Junoba

        Não deveria ter gov federal ? De onde voce tirou isso ? Acre tem condições de se tornar um país, Roraima, Amapá ? Não viaja cara

  • BMWM

    Já tem muito carro na rua, chega kkkk

    • Junoba

      Tem muito gente em SP, isso sim. Conurbação, superpopulação e falta de planejamento Estatal: caos.

      • Unknown

        Tem cidades muito piores pelo mundo afora, acredite!

        • Junoba

          Cairo no Egito é uma delas. Só de olhar no mapa já sinto aflição.

  • adalberto ozelim

    Tem que fazer isso com todas as montadoras, e abrir o mercado, para o resto do mundo, como acabamos de fazer com o México !

  • Benedict Benedito

    ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza)
    Essa é nova, quantos existem atualmente?

    • Gabriel

      Mais de 8 mil

    • Drax

      Se considerar as contribuições tributárias e etc., são centenas de tributos. Nem mesmo o melhor especialista do país saberia listá-los.
      Se contar somente os impostos, são 6 federais, 3 estaduais e 3 municipais.

  • Rafael

    Triste, vai o meu salve aos paulistanos que vão pagar por esse subsídios, e um salve a outras industrias que só levam chute do governo.
    Não era pra haver essas diferenças de tratamento entre as industrias, os outros setores que poderiam crescer e serem mais eficientes ficam prejudicados por estes subsídios direcionados somente ao setor automotivo.

  • Tom Costa

    Tá aí o resultado do mimimi vamos sair do Brasil. Ganhou pai, mãe e avó. Município, estado e União se unindo pra dar mamadeira. Enquanto isso os bestas, leia-se micro e pequenos empresários, pagam tudo e mais um pouco pra manter a mamata de alguns gigantes. E olha que quem mais emprega no Brasil são os que mais pagam imposto.

  • Domenico Monteleone

    Eu não sou lá um gênio em economia, mas pq não abaixar o icms para o consumidor final, já que em sp temos a alíquota mais alta do país, reduzir a faixa de ipva…

    • Hélio

      O problema não está na demanda

    • Unknown

      Para não perder a arrecadação e os funcionários de alto escalão continuarem com suas regalias…

  • zekinha71

    E misteriosamente um dia antes desse anúncio o GESP cortou 10 bi das obras do Metrô e CPTM entre outras, alegando que não tem $$$$ mas agora vai ajudar a GM, vai ferrar a população pra ajudar meia dúzia de apertadores de parafusos e um patrocinador.

    • 4lex5andro

      Intervenção de governos significam sempre, que mais dinheiro de impostos serão ”redistribuídos” de baixo para o topo da pirâmide.

      Bom pra guildas, multis, rentistas e sindicatos do setor, e prejudicial a outros setores da economia que realmente empregam.

  • Gabriel

    Ué, muito estranho investir tanto assim em um lugar onde se está tendo prejuízo a ponto de cogitar sua saída desse mercado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o bom e velho migue

  • Marcelo Nascimento

    “…bem como cortes nas contas de água e luz da montadora, que ocupa uma boa parte da área urbana da cidade da Grande São Paulo.”

    Como é que é isso? Descontos em impostos, ok, é só cobrar mais da população. Mas o Governo vai dar desconto na conta de empresas privadas?

    • Gabriel

      As duas micro empresas da minha família nunca receberam nem um tipo de incentivo, um tanto injusto e desigual isso ai.
      Poderíamos contratar mais dois ou três se tiver esses incentivos para nós.

      Só os amigos do rei ganham esses descontos.

      • Unknown

        Bem vindo ao Brasil (Welcome to the Jungle) kkkkk

        • Gabriel

          “Heuzil” não é para amadores kkkkkkkkkkkk

      • zekinha71

        Se tivesse pego a grana e aplicado no banco em vez de querer gerar emprego, agora ia estar feliz com os juros.

        • Gabriel

          Quem está feliz com os juros é o banco que nos emprestou dinheiro para investir na empresa kkkkkkkkkkkkkkkkk

          A enorme maioria dos pequenos comerciantes que tenho contato estão com a corda no pescoço ou quase.

          • zekinha71

            Aqui no escritório esse ano não abrimos ainda nenhuma firma nova, antes da Copa salvadora sempre era por volta de umas 5 por mês, depois de 2014 foi caindo, até o que era mensal passou a ser anual e agora é nada.

      • MauroRF

        O governo e o povo em geral querem que você se exploda. O governo porque, para ele, suas empresas são apenas números (apesar da grande importância das microempresas na geração de empregos no Brasil), e o povo em geral porque vai ver você como um “rico burguês explorador”. Eu, como autônomo, já ouço esse tipo de bobeira, imagina você com microempresa.

    • Unknown

      A Sabesp e antiga Eletropaulo não são empresas totalmente privadas, são de economia mista.

      • Marcelo Nascimento

        Ah, então é só cobrar mais da população. Ou das empresas da Família do Gabriel aí do outro comentário…

  • CanalhaRS

    É muito incentivo e isenção para fazer carros mequetrefes da China e cobrar os olhos da cara do consumidor.

  • Emygdio Carlos

    E o consumidor Ó!

    Aqui pra vocês!?

    Diz o punk da periferia:

    Sou da freguesia do Ó;

    Ou aquela outra letra que diz:

    “Eu sou do povo;

    Eu sou um Zé Ninguém;

    Aqui embaixo as leis são diferentes”.

  • Danilo

    Esse investimento é pra colocar o 1.8 16v MPFi ECONOFLEX com balancim de plastico, coletor de admissao sei la do que, acoplado a sei mais la o que, com reducao de atrito pra render 133,21cv no alcool e 128,45cv na gasolina no novo Prisma 2020 com cambio automatico 6 marchas atualizado pela octagésima vez e é 0,000001s mais rapido nas trocas. Assim o carro atinge de 0-100KM/h em 12s. E consumo no etanol na estrada de 11km/l (que na realidade não passa de 9,5km/l andando a 90km/h)
    Bancos com revestimento em couro premium (so no papel, na realidade é curvim). A unica coisa que nao conseguem enganar é no Apple Car Play e Android Auto pq é sistema a parte. O resto da GM é coca-cola 2,5L, so pressão.

    AAA GM cria vergonha na cara e começa a fabricar carro decente. Spin, Prisma, Onix, Montana, Cobalt, tudo carraiada feia e defasada. Povo compra pq eh barato. E pior de tudo que no frigir dos ovos não é, mas vamos tampar o sol com a peneira.

    • Fernando Gabriel

      Povo compra porque é barato? Onde é barato? Os preços estão praticamente no mesmo patamar entre as montadoras, ou seja, alto.

  • Renato Almeida

    Em um dia a GM ameaça fechar fábricas no Brasil. No outro ela diz que vai investir mais do que a Jeep gastou na construção da sua fábrica em Pernambuco. Os R$ 10bi da GM correspondem à 25% do que a Ford pretende cortar no mundo inteiro com sua radical reestruturação. E ao mesmo tempo o governo de SP anuncia que o povo vai financiar os impostos que a GM não irá pagar (sim, porque a arrecadação estadual não pode cair). No final, o consumidor continua pagando valores extorsivos por produtos de qualidade duvidosa. Ótimo acordo! Mudando pra continuar tudo como está! Investir em ações que favoreçam aumento de competitividade e produtividade no país dá muito trabalho.

  • Malvino Jose Moreira Junior

    Anuncia 10 Bi e gasta somente 500 milhões. ” Brazzzzzzillll “

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email