Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

GM demite 800 e trabalhadores paralisam fábrica!

gm-demite-800-e-trabalhadores-paralisam-fabrica GM demite 800 e trabalhadores paralisam fábrica!







Cerca de 3.000 funcionários da GMB em São José dos Campos-SP, paralisaram suas atividades em protesto contra a demissão de 802 trabalhadores temporários da unidade.

Os funcionários reivindicam estabilidade no emprego e readmissão dos funcionários temporários, dispensados recentemente. No começa da semana, a GM anunciou que demitirá mais 744 trabalhadores temporários que cumpriam tempo determinado.

A GM alega de devido as baixas vendas, a montadora se vê forçada a demitir os trabalhadores temporários. Os trabalhadores protestam contra a decisão da empresa, alegando que eles não tem culpa da crise que eles não criaram.

Essas demissões geraram um mal-estar na equipe economica do governo federal, já que mesmo depois de isenções e reduções do IPI, aumento do crédito via bancos oficiais e estimulo financeiro através do BNDES, as empresa comecem uma onda de demissões que pode virar uma bola de neve.

Se isso acontecer, outros setores da economia nacional, ainda não afetados pela crise, podem entrar na onda pessimista que certamente vai levar o país à uma verdadeira crise como em outros mercados mundiais.

Existem fontes que sugerem que as montadoras podem estar manobrando para conseguir mais facilidades financeiras do governo, como isenções de tributos e proteção contra acordos trabalhistas.

O governo recentemente adquiriu, através do Banco do Brasil, metade do banco BV(Votorantim) uma das maiores financeiras do setor automotivo nacional, para aumentar ainda mais a esfera de crédito ao consumidor, agora do setor de usados.

Esperamos que as montadoras não comecem essa onda de demissões atrás de novos incentivos, pois certamente com mais demissões, haverá menos pessoas com condições de adquirir crédito e a reação em cadeia não será fácil de ser detida.

Fonte: Agência Brasil/Agência Estado.



  • LFSP2

    Vem mais por aí, não duvido que aqueles que decretaram férias coletivas comecem em breve as demissões.

  • Joe!

    Isso ainda vai longe. Que pena!

  • Danilo Fróes

    Obrigado por postarem a notícia. :teeth:

  • IGAUM

    Acabei de asssitir no JN o presidente da GmB dizer que apesar dessas 802 demissoes, assim que o mercado voltar a reaquecer(…), a prioridade é a recontratação desses demitidos… a informaçao foi meio vaga. Acho muito dificil um reaquecimento forte e eu particularmente acredito que as vendas vao cair uns 15~20% em 2009. Não é pessimismo, mas sim realidade. TALVES é a hora das carniceiras montadoras nao só pensarem em VOLUME…mas tbem em qualidade dos produtos.

  • Siena

    Enquanto a Fiat da mais empregos a GM demite mais…incrível !!!

  • Claudio

    Não é bem assim! Se a Fiat vai fazer uma fábrica de motores e gerar empregos, por outro lado para que estes motores entrem nos carros, ela vai ter que parar de comprar os motores que comprava dos outros, ou seja, os trabalhadores das outras fábricas de motores é que vão perder o emprego!Ou alguém acha que as vendas vão dobrar só para consumir todos os motores a mais que serão fabricados?

  • Claudio

    Outra conversa mole é o presidente da GMB dizer que assim que o mercado aquecer vai recontratar os trabalhadores, isso até eu seu, que desculpa mais xula pra tentar limpar a cara com os consumidores!É o velho sistema capitalista nas veias da GM que não deixa ela sair da crise e se renovar, dessa forma o único caminho para esta empresa será a falencia mesmo!

  • evildust

    O pessoal aqui devia se mudar pra Coréia do Norte. recessão faz parte do capitalismo, infelizmente… Essa crise vai passar e todos vão estar melhor do que antes da crise. Como sempre tem sido, como tudo na vida.

  • pedrop

    Se eu faço dividas, ou gasto mais do que ganho, o governo não vem me ajudar com linhas de credito ou isenção de impostos. Pelo contrário é o primeiro a me executar judicialmente.

    Agora por que uma Empresa nessa mesma situação, culpa de sua má gestão é “premiada” com dinheiro publico para cobrir prejuízos?

    Ora, se o governo reduziu o IPI para evitar demissões, concedeu crédito atraves de dinheiro público e as mesmas começam a fazer aquilo que não deveriam fazer, ou seja demissões, basta o governo retirar esses subsídos e ajudas, simples!

    Retire a diminuição do IPI e até mesmo dobre o valor, retire o crédito, pisa no calo delas! Quando eles verem que não terão venda alguma eles voltam atras.

    Demisões? Desculpe-me, mas o Brasil tem que pensar no Brasil como um todo. Não podemos gastar o dinheiro da maioria para favorecer uns poucos. Na minha visão não é o Brasil que precisa das montadoras e sim elas de nós, pois somos o 5° maior mercado do mundo, e todas as empresas que estão aqui enviaram altas quantias de moeda estrangeira para as matrizes nesses ultimos meses.

    Ou seja, temos que usar essa caracteristica a nosso favor, “jogar pesado” como dizem, pois elas ficaram 3 ou mais anos tendo lucros e só porque em dois meses tiveram prejuízo e as perspectivas para 2009 não são boas já começam a demitir!

    Se eles irão demitir, ok, mas pelo menos cobrem os devidos impostos sobre a atividade deles! O dia que brasileiro parar de ser “mulher de malandro” teremos mais respeito.

    Eu sempre comprava carros zeros. Comprava, pois agora partirei para o usado!

  • Flexpower

    [Comentario #133248 sera citado aqui]

    1) Quem paga imposto é o consumidor, e não a montadora. O custo do imposto é incorporado no preço do carro.

    2) Dinheiro emprestado não é dinheiro dado.

    3) Desde de setembro/2008, quando a crise se agravou, que a GM vem dando férias coletivas a seus funcionários, esperando uma reação positiva do mercado. O que você queria mais que a GM fizesse? Que ela continuasse dando férias coletivas indefinidamente aos seus funcionários?
    :teeth2:

  • Flavio

    ao inves de ficarem bravos com a GM..

    que tal reivindicar redução brusca sobre impostos nos veiculos?

  • macarrone

    [Comentario #133266 sera citado aqui]

    Concordo, mas deveriam baixar de todos os produtos e não apenas dos autos. Isso sim ativaria a economia de uma vez por todas. Vc sabia que a carga de impostos de uma caneta chega a quase 50%?

  • Kokokil

    A corda sempre estoura do lado mais fraco

  • mister m

    [Comentario #133211 sera citado aqui]

    O José Carlos Pinheiro Neto é vice-presidente. O presidente é o argentino(putz) Jaime Ardilla.

    [Comentario #133248 sera citado aqui]

    Perfeita análise.

    [Comentario #133254 sera citado aqui]

    Para variar o defensor da GM. Sinceramente, pare de defendê-la. Posso garantir a você que ela não é merecedora dessa proteção que fazes.

  • Pereira

    Palmas para a Renault, que mesmo em dificuldades não demitiu ninguem…. :cool:

  • Flexpower

    [Comentario #133440 sera citado aqui]
    Pode ter a certeza de que na hora que a GM for merecedora de críticas, eu às farei.

    [Comentario #133503 sera citado aqui]
    Por enquanto … Montadora nenhuma é casa de caridades.

    [s]

  • Hyago

    [Comentario #133229 sera citado aqui]
    onde vc viu isso??? sendo que ná Italia a FIAT demitiu 1000 e no Brasil tá ocupando até aeroporto.


Send this to a friend