Chevrolet China Crossovers Elétricos

GM libera teaser do crossover elétrico Chevrolet Menlo na China

GM libera teaser do crossover elétrico Chevrolet Menlo na China

Enquanto acabamos de receber o Bolt 2020, o mercado chinês se prepara também para seu primeiro Chevrolet eletrificado, o Menlo. O crossover é baseado no conceito FNR-X e utiliza a plataforma do Buick Velite 6 – uma perua híbrida ou elétrica derivada do Volt – para atuar no enorme mercado local.


Embora o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China já tenha revelado o produto, só agora a SAIC-GM liberou uma imagem como teaser do Chevrolet Menlo que, a princípio, será exclusivo do mercado chinês. Com a atual guerra comercial entre o país asiático e os EUA, fica difícil para este crossover alcançar o mercado americano.

GM libera teaser do crossover elétrico Chevrolet Menlo na China

O Chevrolet Menlo tem uma aparência bem sofisticada e porte maior que o futuro Bolt EUV, que é a versão crossover (de fato) do monovolume atual. Ainda assim, o modelo chinês tem potencial para ser feito fora da China e assim atingir de alguma forma os EUA, talvez até com produção local.


O que se sabe sobre o Chevrolet Menlo é que ele porta baterias de 35 kWh com motor elétrico de 150 cavalos e 35,7 kgfm, conferindo assim ao crossover uma autonomia limitada de 301 km.

Na realidade da China, esse alcance parece ser suficiente, haja visto que a perua da Buick em sua versão EV também alcança a mesma coisa, assim como produtos de outras marcas. No entanto, a Velite 6 Plus parece ter acordado para a vida com uma bateria de 52,5 kWh e autonomia de 410 km.

GM libera teaser do crossover elétrico Chevrolet Menlo na China

Esta célula deve ser compartilhada com um evento Chevrolet Menlo Plus. Fora da China, o crossover teria de dispor de bateria de pelo menos 60 ou 66 kWh para ampliar o alcance.

Nos EUA, a GM tem uma família de carros elétricos em desenvolvimento e, destes, apenas o Bolt EUV vazou até agora. Se a plataforma for compartilhada com o Bolt e seu derivado, então não haverá espaço para um Menlo no portfólio americano, pois, sua plataforma é diferente.

 

GM libera teaser do crossover elétrico Chevrolet Menlo na China
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • RKK

    Bolt elevado ?

  • Cardoso (não aquele)

    Esse também pega fogo? A GM aliás acabou de cancelar entregas dos Onix Plus por causa desse problema que aparentemente é crônico.

    • th!nk.t4nk

      O elétrico da GM que pega fogo é o Volt. Esse aí vamos ter que esperar pra ver.

  • disturbed591

    Gostei do design. Muito bonito. Agora essa autonomia me parece insuficiente.

  • Claudio

    Onde acham esses nomes, hein?

    • Hiluin

      Menlo Park é uma cidade na Califórnia.

      • Victor Freire

        e também uma comunidade não incorporada do condado de middlesex, nova jersey, onde thomas edison tinha um laboratório, onde foi desenvolvida a primeira lâmpada incandescente.

  • vicegag

    Se é elétrico, tem que ter cara de Tesla.

  • Rodrigo Cherigatto

    MENLO????nao tinha um nome melhor nao GM?
    Se o carro fosse lançado por aqui seria assim seu slogan:
    Para com esse MENLOdrama venha numa concessionaria Chevrolet e saia da sua cama!

  • yurieu

    Ficou bom mas estas linhas da GM estão ficando repetitivas de tanto copiar o novo Blazer.

    • Marcos Villela

      É …

  • Sino Weibo

    Essa autonomia na China é apenas mediana, lembrando que a marca chinesa GAC acabou de lançar uma submarca de elétricos, a GAC Aion, que tem o modelo LX com 3 baterias gigantes da CATL, com autonomia de quase 700 km! E custa apenas $30 mil.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email