EUA GM Governamental/Legal Segurança Tecnologia Trânsito

GM negocia com NHTSA para colocar carros sem volante nas ruas dos EUA

GM negocia com NHTSA para colocar carros sem volante nas ruas dos EUA

Carro sem volante. Um imagem divulgada pela GM há algum tempo, impactou muita gente ao mostrar a intenção da montadora de Detroit em implantar nas ruas, pelo menos inicialmente americanas, veículos autônomos plenos., de nível 5.


Isso significa que tais veículos são completamente independentes do ser humano, que deixa de ser motorista para tornar-se apenas passageiro. Esse tipo de transporte já existe, mas em nível coletivo, tendo até um caso em que crianças eram levadas para a escola num miniônibus sem motorista e só ficaram sabendo alguns meses depois, gerando polêmica.

Afinal, é seguro mesmo estar a bordo de um carro sem volante ou pedais? O Google tentou e fracassou na ideia, mas a GM busca isso e já está negociando com a NHTSA a homologação de carros autônomos de nível 5. De acordo com a agência federal que cuida da segurança viária nos EUA, o número de veículos proposto pelo General Motors ainda é limitado.

GM negocia com NHTSA para colocar carros sem volante nas ruas dos EUA


VEJA TAMBÉM:

A NHTSA disse oficialmente que tomará uma decisão sobre o pedido da GM para ter uma frota circulando no país, mas ela não será a única, pois a startup Nuro também fez uma petição para dispor de um número de veículos autônomos plenos para entregas.

James Owens, diretor interino da NHTSA, disse: “Espero que possamos avançar com essas petições em breve – o mais rápido possível”. Ele completou: “Isso será um grande negócio, porque esta será a primeira ação a ser tomada”.

A expectativa é que a decisão fique para o próximo ano, 2020, data que as montadoras planejaram lançar seus carros autônomos. Embora fale em rapidez, Owens garantiu que o processo não será feito na correria, pois quer garantir que todos os parâmetros de segurança sejam atendidas para que tais carros não ofereçam qualquer risco no trânsito.

GM negocia com NHTSA para colocar carros sem volante nas ruas dos EUA

Cada petição – que nas regras da NHTSA são isenções de segurança nos termos legais atuais – são de 2.500 carros por fabricantes e foram criadas há décadas, quando condução autônoma era apenas ficção científica. Atualmente não existe uma legislação nos EUA para esse tipo de tecnologia em automóveis.

A Cruise Automation, que é a desenvolvedora da tecnologia para a GM, preparou a estreia dos carros para este ano, mas com a demora na liberação de petição, pediu para a direção esperar mais para executar os últimos testes. Ainda assim, a empresa garante que o sistema está pronto.

[Fonte: Auto News]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • L.M.

    Quem diria?
    A tradicionalíssima GM enfiando uma faca no peito dos ultraconservadores automotivos, auto-intitulados “entusiastas”.
    Depois eles acham que a culpa é do Elon Musk… É nada: é da sede insaciável por lucros de todas as montadoras.
    Não existe “cultura” de automóveis, “cultura” de dirigir… Existe lucro

  • Cleidson

    Não conseguem fazer o Onix direito sem nenhum problema e querem veículo sem volante!

    • Chasseur

      Sim, um item a menos para dar defeito ^^

    • leomix leo

      É pq tem Onix Lá nos EUAs.

      • Fellipe Z

        hauehuaehuaehue BURN

    • Sino Weibo

      Imagina se ele soubesse que as leis que garantem segurança nos Eua só começaram por causa de um modelo mortal da GM kkkk nos anos 70, o Chevrolet Corvair, e este livro, Unsafe at any speed, de Ralph Nader, que fez o congresso americano a votar a maioria das leis que eles tem há anos já de segurança, inclusive da criação de agência tipo NHTSA.

  • Janderson von Neumann

    Alguns podem entender como progresso, mas eu acho que o mundo tá ficando sem graça, muita frescura, principalmente no ramo automotivo, carro elétrico, sem barulho do motor, câmbio CVT que não tem marcha alguma, se bem que alguns simulam para não ficar tão chato, todo carro vai virar um suv porquê as pessoas assim querem, é o fim de sedans, hatches…, motores cada vez menores, mas tudo bem que ainda eficientes, mas lá se vai o 2.0, 2.5, 3.0 ,4.1 e assim por diante… Vai sumir o cheiro do motor a combustão, o câmbio manual, aquela esticadinha básica, o ronco gostoso do motor enchendo e o conta giros lá na casa do chapéu, kkk… Nosso futuro será entrar num carro, ou projeto disso, sem volante, sem barulho, sem cheiro, sem emoção, etc …. Onde apenas seremos transportados de um ponto ao outro, mais nada, será o fim do motorista e fim da paixão por automóveis.

    • Igor Guimasi

      Ai, o mundo tá ficando sem graça…. Então a graça no mundo só chegou com a invenção do automóvel? Carros autônomos trarão mais segurança no trânsito, consequentemente, menos vítimas. Vamos pensar um pouco além do próprio umbigo que tá feio.

      • Eloy Araujo

        Creio que carros nao autonomos serão itens de nicho.
        O meio de transporte sera o autonomo. E pra quem gostar, compra um não autonomo pra usar em circuitos fechados.

      • Otavio Marcondes

        O problema ainda é o fator jurídico: em caso de acidente, quem será o responsável? O proprietário, o fabricante ou queima? E como será determinado qual o veículo ou pessoa causou o acidente?

    • Sino Weibo

      Se vc não quiser mudar pra marte em um futuro próximo, temos de cuidar de nosso planeta, afinal é nossa casa ne. E são apenas alternativas, assim como o trem nunca foi superado pelo rodoviario (em países desenvolvidos), ou o avião tem seu lugar, o carro autônomo irá conviver com o restante por um bom tempo.

  • Marcio Souza

    Já estou imaginando esse nível de autonomia nas mãos de cyber-sequestradores. Vai dar m….

  • leitor

    Carro está mudando motores de combustão para eletricidade, cheios de tecnologias, melhorando desempenho e consumo, etc. Mas o fato de se tornar autônomo tira o interesse de quem gosta de carro. Isso pode ser interessante pra minha mãe, minhas tias, até pra os pets de quem tem. Chegará o dia que fica a dúvida se a gente está num carro ou na sala.

  • Ewb Vasconcellos

    Veículo sem volante, sem comprador, sem graça… A indústria está partindo do princípio que quem compra carro não gosta de dirigir, interessante.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email