*Destaque Chevrolet Mercado Pickups Projeções

GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

chevrolet-picape-compacta-1 GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

A GM tem novos planos para o Mercosul. Como já se sabe, a montadora americana está concentrando tempo e dinheiro em mercados onde consegue obter um boa participação e, o mais importante, lucro. Assim, a empresa retirou a Chevrolet da Índia, embora tenha deixado a planta de produção local para exportação.



Para China e América do Sul, a GM prepara algo novo, uma plataforma global chamada GEM 2 (Global Emerging Markets), que dará origem à próxima geração dos modelos Onix, Prisma, Spin e Cobalt. Além disso, essa base de baixo custo terá ainda pelo menos mais quatro modelos, sendo um deles um SUV compacto que será feito em Gravataí-RS, bem como uma picape compacta com porte de média.

Esta picape deverá ser maior que a Chevrolet Montana e menor que a Chevrolet S10. Ou seja, o produto será focado no mesmo segmento da Fiat Toro, atual líder de vendas entre as picapes. Comenta-se que terá tração 4×4 e que sua produção será no Brasil. Da base GEM 2, fala-se entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão em investimento, sendo pronta para produção também no México e na China. A previsão é que ela desembarque no mercado brasileiro apenas no final da década, segundo o canal argentino TN Autos.

Já o jornalista Roberto Nasser, da Coluna De Carro Por Aí, comenta que a sinergia global será muito extensa, indo de fornecedores similares ao pós-venda, envolvendo inclusive marketing. A sinergia global envolve até mesmo a chinesa SAIC, sócia da GM na China e com projeto de entrar na Índia. O colunista fala também de uma nova (e esperada) geração de motores de três cilindros com aspiração natural ou turbocompressor.

chevrolet-picape-compacta-2 GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

Recentemente, a GM anunciou um investimento de R$ 1,5 bilhão em Gravataí, a fim de modernizar o processo produtivo e ampliar a capacidade instalada para 500.000 carros por ano, atendendo assim a demanda de novos produtos que serão feitos na localidade. No momento, as atenções estão voltadas para o SUV compacto que irá suceder o Chevrolet Tracker, mas a picape – provavelmente apenas com cabine dupla – também teria um papel fundamental na estratégia da montadora.

As vendas da Fiat Toro reforçam a ideia de uma rival da GM, assim como a confirmação de uma picape equivalente da Volkswagen, que será feita sobre a plataforma MQB-A0 e tem grandes chances de ser produzida na Argentina. De acordo com Nasser, a GEM 2 tem pretensão de vender 2 milhões de unidades por ano, mas de forma global.

E como seria essa picape da GM? Em termos de estilo, o modelo deve compartilhar muitos elementos com o SUV compacto, tendo assim uma assinatura visual familiar entre os dois. Com cabine dupla, muito provavelmente, o produto não teria uma opção diesel, que seria primazia da Chevrolet S10.

O mesmo pode acontecer com a rival da Volkswagen, centrando ambos em motorização flex. A tração nas quatro rodas – com tração dianteira nas versões mais baratas – poderia ser utilizada também no SUV. O modelo se beneficiaria de motorização turbo flex, sem dúvida, podendo mesmo o atual 1.4 Turbo do Cruze – agora feito na Argentina – abastecer o produto. A projeção do site GM Authority mostra o modelo como uma picape com cabine simples.

[Fonte: Roberto Nasser-De Carro Por Aí/TN Autos/GM Authority]

COMPARTILHAR:
  • Tosca16

    S-5 kkkkkkkkkkk

    • Rodrigo Figueiredo Bertelli

      Ou Cordilheira.

      • donthavejournalistjaps

        com a Isuzu?

        • Walter

          Meu Deus, para de enfiar o Japão e suas montadoras em toda discussão!
          Que coisa infeliz, cara!

          • Paulo Lustosa

            Mas a S10 tem dedo da Isuzu no meio, é fato

            • Walter

              Mas a matéria nem é sobre a S10!

              • Dudu Pimentel

                Mas tem ligação…provavelmente, pelo porte dela e baseado do fato de mirar na Toro, os motores serão o 2.5 SIDI Flex (que rende uns 206 cv e 26 kgfm no etanol e tem injeção direta) e o 2.8 Duramax (esse último é à diesel, injeção direta e biturbo, com 200 cv e 52 kgfm de torque.

                • Walter

                  A única ligação é que ambas são picapes da Chevrolet.
                  É o mesmo que eu citar aleatoriamente a Nissan em uma mensagem sobre a Duster Oroch, tendo em vista que a Renault tem uma versão da Frontier (Alaskan).

                  • Dudu Pimentel

                    Renault e Nissan, apesar de fazerem parte do mesmo grupo, são marcas distintas, que atuam em mercados distintos…sabia que tem versão Nissan do Duster no exterior? Provavelmente o acabamento é melhor e ele tb é mais equipado e ainda por cima tem uma melhor qualidade de construção, aqui ele não é vendido, pq além de já ter o Duster, provavelmente o preço seria alto e esbarraria no Captur, entaum seria uma forma de canibalismo interno. Tb tem a versão Nissan do nosso Sandero…enfim.
                    O que estou dizendo é que vc tem que saber comparar…é o mesmo que eu querer comparar carne de peixe, de frango e de porco: é tudo carne branca, mas são diferentes em vários aspectos.
                    Não é crítica, é apenas uma dica…mas oq vc flou não é totalmente errado ;)

                    • Walter

                      Acho que o seu comentário serve para corroborar o meu entendimento, ao afirmar que a Chevrolet e a Isuzu são marcas distintas.

                      P.S.: Nunca houve versão Nissan do Sandero. Mas existiu o Nissan Aprio (Logan MK1) no México e existe o Nissan Terrano (Duster) na Índia e a Nissan NP200 (Logan Pick-up) na África do Sul.

                    • Dudu Pimentel

                      É vdd…Sandero da Nissan não teve mesmo…mas bem que poderia ter nos mercados em que New Micra/March não é bem aceito ou não vende

                    • Walter

                      Seria uma boa, também acho bem interessante esse tipo de estratégia de mercado.
                      Apenas como curiosidade, o contrário do que você sugeriu já existiu na Índia. Até o início desse ano a Renault vendia por lá o Pulse (Micra) e o Scala (Versa).

          • yurieu

            Não é Japão, é toda a Asia e Oceania de onde saiu essa aberração da S10. Não é à toa que a Holden não vende mais na Austrália.

    • Dudu Pimentel

      Até que uma boa ideia, sabia…gostei.

      • Tosca16

        Brincadeiras à parte ficaria bom sim, “Nova S5, a Chevrolet que irá conquistar vc” algo assim rsrsrs.

        • Dudu Pimentel

          Só não vai ter esse nome, pq a JAC já registrou esse nome no nosso T6 na China e tb pq a Audi tem o S5 (A5 esportivo).

          • Tosca16

            Uma pena, pois iria ficar bom para o carro.

            • Dudu Pimentel

              Mas acho que não impede de esse ser o código do carro (o nome S-10 era código da picape média da Chevrolet no Brasil antes de ela ser lançada em 1995, mas como a GM não tinha ideia de nome, o código do projeto virou nome o oficial do carro). Talvez ele pode ser chamado de S9 ou quem sabe S50 (o zero poderia permitir o uso do S5 e de quebra iria querer dizer que o carro terá motor a diesel, sabe…diesel S50).

    • Martini Stripes

      Até a roda da Toro colocaram na projeção, que zoado.

  • Matthew

    Outra bomba da GM a caminho. Queria saber qual família de motores eles utilizarão para substituir o F-1 atual. É a marca que mais tenta obter o máximo de lucro na cara dura. Substituto da Tracker pra quê? Vai ser um carro muito pior custando a mesma coisa. Quem diria que uma marca que um dia vendeu modelos derivados da Opel ia replicar carros chineses.

    • Catucadao

      f-1?

      • Matthew

        Powertech Família I o nome do motor utilizado na linha atual da marca.

        • Catucadao

          sabe me dizer onde fica a s10 com essa ai? porque a toro não é para brigar com a s10 cabine dupla? range e amarok?

          • Dudu Pimentel

            Não…esse modelo será um meio-termo entre a Montana e a S10…acredito que deverá ser da seguinte maneira: preço a partir 85 mil até 150 mil (Premier); os motores poderão ser o 1.4 16V Ecotec Turbo Flex e quem sabe um novo 2.4 16V Duramax Turbodiesel com injeção direta e uns 185 cv e uns 35 kgfm. Os acabamentos serão LT, LTZ, LTZ Plus e Premier, sendo que a Premier só será equipada com motor a diesel e o motor 1.4 só irá até a LTZ Plus e as transmissões pode manual de 6 marchas e automática de 9 marchas ZF9 que equipa o Camaro. As cabines serão duplas em todas as versões e virá com controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas e sistema isofix de série em todas as versões. Esse é o meu palpite do que eu espero dessa nova picape.

            • Evandro

              Melhor comprar uma Toro Volvano TOP de linha por 135k ou menos que uma mini S10 de 150k em versão premier…rssss, premier combate é isso?

              • Dudu Pimentel

                Talvez eu tenha exagerado um pouco, mas pode ser que ela custe até 140 mil reais…de qualquer forma, será uma afronta à Fiat e como a Chevrolet tem experiência em fabricar picapes de grande e médio-porte, coisa que a Fiat não tem, é bom ela fica de olho, pois além da Chevrolet, a Ford pode entrar na briga.

                • Luciano RC

                  O que não podemos esquecer é que a Toro é um Jeep com simbolo da Fiat… ele usa tudo do Renegade. Da Fiat, só o motor E-torq.

                  • Dudu Pimentel

                    Tem razão…mas tb não podemos esquecer que a marca faz diferença ainda que por trás da marca seja outro carro…se vc fla que tem um suv da Jeep, as pessoas até que aceitam bem, mas de vc flar que tem um suv da Fiat, as pessoas vão te chamar de maluco ou vão torcer o nariz achando que isso não existe.

                    • Luciano RC

                      Por isso sempre achei que a Toro e a Strada venderiam bem mais se tivesse a marca RAM.

                      A FCA entendeu exatamente isso com a Jeep e mandou o projeto SUV para a Jeep. Pegou uma picape e colocou o nome Fiat. Ela acertou, mas ainda prefiro pensar que RAM seria melhor.

                    • Dudu Pimentel

                      Mas a marca RAM no Brasil é conhecida somente pelo modelo 2500…mas no exterior tem 750 ou algo assim, que uma Strada com logo RAM, tb tem a Fiorino com logo RAM…analisando oq vc disse, eu acho que faria sentido vender a Toro como um modelo RAM, afinal a Toro está mais próximo de uma picape média do que a Strada ou sua futura nova geração.

                    • Luciano RC

                      Acho que toda linha de Picape deveria ir para a RAM.

                      A Strada virar RAM 750… a Toro ser RAM 900, trazer a RAM 1500 e até 3500.

                    • Dudu Pimentel

                      Acho que a Ram vai trazer a 1500, com um motor V6 3.0 CRD, que vem dos Jeeps a diesel.

                    • Luciano RC

                      Seria perfeito… é um excelente motor.

                  • NaoFaloComBandeirantes

                    E o motor Diesel também é Fiat.

          • V12 for life

            Nunca foi, a Toro é um modelo intermediário entre a Strada e as picapes como a S10, essa nova picape terá a mesma proposta, assim como a VW bala de prata que será maior que a Saveiro e menor que a Amarok.

          • leomix leo

            Hilux, S10, Ranger, Amarok, Frontier, L200 são pickups médias, a toro é um meio termo entre as pequenas e médias. Ela nunca que compete com as médias, em nada, dinâmica completamente diferente, só quem anda de pickups que sabe o que estou falando. A toro está mais para um SUV de carroceria, que uma pickup. A toro é muito mais confortável ao rodar, mais no uso extremo ela não faz o que as médias fazem.

            • Kate WP

              A Toro é realmente um Stradão, como o pessoal ironiza. Fiz test drives, não gostei, no banco traseiro o encosto de cabeça fica nas minhas costas e bato a cabeça no teto. O acabamento é padrão Fiat. A caçamba serve apenas transportar as compras do mercado, não cabe nem uma bicicleta atrás. Duvido quem teve uma picape média de verdade trocar por uma Toro… Mas, …

              • leomix leo

                Geralmente quem tem uma média e mora em condomínios com vagas apertadíssimas, troca por uma toro, eu mesmo não faria nunca essa troca e é como você disse quem tem uma pickup média e sabe o que é pickup de verdade não vai nessa toro não.

                • Eduardo Alves

                  A questao e que muitos usam na cidade, então a Toro acaba atendendo esse publico. Não sei de onde voce é , mas aqui em goiania o que mais tem e agroboy com sus pick-up de cidade.

                  • leomix leo

                    Grande Eduardo, moro em Feira de Santana na Bahia, aqui tem muita Hilux e S10, mais vejo que a toro vem dominando as garagens de condomínios, pois as médias são complicadas para esse tipo de vagas. Vejo muita toro volcano, a flex ainda entendo vender bastante, ela é bonita e razoavelmente barata, agora a versão diesel é muito cara, fica próximo das médias, ou até o mesmo preço das pé duras médias.

                    • Luciano RC

                      Em SP a Toro de entrada ganhou as empresas que precisam transportar peso. Eu mesmo teria uma para meu uso.

              • Catucadao

                beleza e a Oroch? seria concorrente

                • Luciano RC

                  Poderia ser se tivesse a mesma qualidade e os mesmos equipamentos.

            • Fabão Rocky

              A Toro só compete com as médias em preço.

            • Holandês Louco

              “A toro está mais para um SUV de carroceria, que uma pickup.”
              Estranha sua afirmação pois SUV são originalmente feitas em cima de picapes.
              Exemplos brasileiros:
              Veraneio e C-10, Bonanza/D-20, Veraneio/D-20, Silverado/Gran Blazer e S-10/Blazer….

              • leomix leo

                A toro não é feita sobre chassi com longarinas. Esses exemplos sim, possuem capacidade off Road muito superior.

                • Luciano RC

                  A Toro não é boa de Off-Road… ela tem uma 4×4 que te tira dos apuros, mas nenhuma capacidade e pretensão de trilhas.

    • Renan Ribeiro

      Desde quando motor f1 é bomba?

      • Matthew

        Não disse que o motor em si era uma bomba. Apesar de robusto e de desempenho razoável, já é uma unidade bastante defasada para os padrões de hoje. Falo bomba no sentido que será um projeto nivelado pra mercados emergentes (China, Brasil e Índia).

      • José Barbosa

        Gostaria de ver o povo que tanto critica pegar um “ultra moderno” etorq num Palio ou Siena e dizer que o F1 era pior.

        • Handlay P.B.

          O E.torq não é moderno, ele é derivado de antigos motores da Chrysler.

          • Luciano RC

            Outro motor defasado.

      • Xtodos

        Não é questão de ser bomba, mas é arcaico em diversos aspectos: bloco em ferro fundido; camisa do pistão em aço, sem tratamento de superfície; anéis de pistões de simples conformação; cabeçote em simples SOHC; tolerância construtiva Nível 6, quando poderia ser Nível 5 (motores em bloco de alumínio permite Nível 4).
        A única vantagem é a mesma receita de bolo de manutenção de um Monza da década de 80.

    • V12 for life

      O 2.5 da S10 e o 2.0T que virá no Equinox são Família II e não tem nada em comum com os motores que eram feitos aqui, então não se surpreenda se esse novos motores se chamarem Família I.

      • Paulo Lustosa

        O 1.4T é da família SGE. Só quem sobreviveu foi o Família II

    • Handlay P.B.

      “É a marca que mais tenta obter o máximo de lucro na cara dura”, Mary Barra está muito feliz com isso. O substituto do Tracker será pior custando o mesmo mas poderá ser fabricado no Brasil e consequentemente vender +. Os carros da Opel que a Chevrolet trazia eram capados, os mais populares eram sem airbags e sem ABS, além de os mais caros terem motores dos anos 80. Quando a GM trouxe o último Vectra, pegou um Opel Astra III trocou a plataforma Delta I pela GM2700 e tirou os motores Ecotec e colocou os motores do Monza dos anos 80, uma gambiarra.

    • ObservadorCWB

      Explica bomba ? Não uso caminhonetes mas gosto de pesquisar sobre todo tipo de carro. Ultimamente tenho me divertido com cabo de guerra entre elas. E as Chevrolet não fazem feio. Para trabalho também não. Então não entendi o comentário. Apenas pela longa linhagem dos motores ?

      • Matthew

        O pessoal já discutiu à exaustão nas respostas acima. No meu caso eu me referia aos veículos de passeio da marca, que seriam uma “bomba” no sentido técnico da coisa. O caso da S-10 é um pouco diferente, considerando que é uma linha de padrão internacional com similar até nos EUA. Já essa última safra (Onix, Prisma, Cobalt e Spin) eu acho muito pobre. No mercado da vida “real” até que eles atendem bem àquilo a que se propõem; porém, pensando como auto entusiasta no mundo das ideias são projetos fracos: são todos derivados de uma mesma base que já se provou frágil em crash test, apesar do comportamento dinâmico razoável para nossas condições de pavimentação, equipados com um motor em produção há mais de 20 anos, que mesmo com as extensas modificações que lhe foram aplicadas ao longo do tempo já não tem um desempenho tão bom, mesmo o Onix que é o carro mais leve da gama parece que o 1.4 L fica no limite do aceitável. A solução utilizada na Spin para sete lugares chega a ser infantil (daí a comparação com a Zafira). Para que fosse possível instalar a terceira fileira de bancos, a do meio teve de ser posicionada muito adiantada, tornando o espaço para as pernas dos passageiros da segunda fileira bastante limitado para um carro com distância entre-eixos de 2,62 m., além do encosto um tanto reto. Como não tem milagre, a terceira fileira também é de uso bastante limitado e desconfortável. Portanto, é um carro que não cumpre bem com nenhum do papéis de levar 5 ou 7 passageiros.
        O Cobalt é um latifúndio em espaço interno, mas qualquer pessoa com um pouco mais de atenção percebe as malandragens da GM pra tentar vendê-lo como carro Premium. Embora o espaço interno seja realmente bom, os bancos dianteiros são pequenos, com pouco apoio às pernas no assento e pouca coisa melhor no encosto. Dá a impressão de que eles “somem” no interior do carro. Já o traseiro tem bastante espaço, mas carece de apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos retrátil para o passageiro do meio, o que novamente deixa um vazio enorme no miolo do banco, além de não tem apoio para os braços embutido. Apesar de ter várias firulas a mais que os finados Astra e Vectra, como telinha no painel, espelho-retrovisor que faz ligação sei lá pra quem e coisas do tipo, há uma série de detalhes que ele não tem e que estavam presentes nos antigos modelos da marca, como: regulagem elétrica de altura do faixo dos faróis; luz traseira de neblina (não sei se colocaram na linha 2018); espelhos do pára-sol com iluminação, acedimento automático dos faróis e dos limpadores de pára-brisa, retrovisor eletrocrômico, entre outros detalhes. Eu preferiria que tivessem mantido o Vectra em linha numa versão única com apelo no custo-benefício do que trocá-lo pelo Cobalt engana trouxa. Os mais honestos da linha atual são o Onix e o Prisma, apesar de algumas mancadas que eu não vou comentar agora pois o texto está ficando muito extenso.

        • ObservadorCWB

          Vendo sob o prisma do outros modelos ASSINO EMBAIXO. Até porque da GM (ou seria Opel) já tive pela ordem: Kadett SL/E, Vectras CD (A & B) e Zafira Elite. Mas desde 2009 não vi nada que me servisse na linha. Minha pergunta foi justamente pela S-10. Valeu pela longa resposta. É bem por estes caminhos que “nossa GMB” anda.

          • Matthew

            Eu que agradeço pela paciência de lê-la toda. Abraços

  • Wellington Myph13

    Esse vai ser a “Hanna”, pra juntar com a Montana… Horrível a piada… kkkkk

    Fiat fazendo escola. Ela foi a primeira, então vai ser o “Corolla” do segmento se souber evoluir seu pós venda e dar atenção aos detalhes nas renovações da Toro… As demais vão brigar entre si, enquanto as médias e pequenas caem mais um pouco…

    • Audi a5

      Para fazer companhia à Toro, pode chamar-se GM Vaca.

      • Rbs

        Mas assim o toro pode comer a vaca!! rsrsrsr

    • Felipe Barreto

      Até onde sei quem inovou nessa categoria aqui no Brasil foi na Renault com a Oroch.

      • Kate WP

        É verdade.

      • Wellington Myph13

        Na verdade as duas estavam com o projeto de picape acima das pequenas e abaixo das médias, só que a Renault lançou antes, e levou ferro, foi ofuscada rapidinho pela Toro.
        Eu disse que foi a primeira, porque até esqueci da Oroch, kkkk – Mesmo assim, eu considero mais mérito da Fiat, porque afinal, esse mercado só emplacou de verdade com ela…

      • Robison Adada

        Lançar primeiro não dá título à marca. O lance é entender o que o consumidor está querendo comprar!

        • Dudu Pimentel

          Dá sim, kra…ser o primeiro a ter a ideia e por em prática e ser o primeiro a fazer sucesso são coisas distintas.
          Um exemplo: a VW foi a primeira a disponibilizar motores flex (que veio como “1.6 Total Flex” e dpois foi para o 1.0 8V longitudinal, usado até pelo Gol G4) no mercado brasileiro, mas foi a Chevrolet quem popularizou a tecnologia chamando de Flexpower (lançando no 1.8 vindo do Monza), dpois no 1.0, vindo do Chevette, que é usado até hj, e por último no 1.4 8V, que veio do Chevette e foi rebatizado para Econo.Flex e estreiou no primeiro Prisma, dpois foi para Corsa Meriva e Montana, dpois para o Agile e agora está novo Prisma e no Onix.

      • Fabão Rocky

        N sei pq a Oroch n emplacou nas vendas. O tamanho está mais de a cordo c/ a proposta. Achei a Toro quase do tamanho de uma média. No entanto a Toro é infinitamente mais bonita.

        • leomix leo

          A carroceria perde feio para as médias, ela pode ter capacidade de carregar o mesmo peso, mais em volume, leva muito menos, experiência própria nesse último verão, temos uma média aqui em casa, e levamos quase o dobro que a toro do meu tio carregou. Ainda levamos coisas dele, pois a caçamba da toro não cabia mais.

        • Luciano RC

          Por que ela veio muito pelada, sem nada de diferencial frente ao Duster.

        • Dudu Pimentel

          Acho que para o nosso mercado, a Duster Oroch seria a nossa picape média…S10, Ranger, Hilux, Frontier, L200, já são muito grandes para nossas ruas…a Ram 2500, então…essa é um caminhão com carroceria de picape (e vc tem que ter carteira tipo C para dirigir ela, já que ela carrega mais de 3500 kg).

          • Fabão Rocky

            Cara, acho q a categoria C já foi extinta da CNH. Da categoria B vai direto p/ D.

            • Dudu Pimentel

              Ok, que seja isso…o ponto é que a Ram 2500 se encaixa na categoria de microcaminhões de tão grande que é e que a S10, Ranger, Hilux, Frontier, para nosso mercado, elas já são grande…a vdd é que a gente nunca teve uma picape média para o mercado brasileiro, mas a Duster Oroch e a Fiat Toro estão querendo mudar isso…e pelo visto, virão mais modelo, como a da VW (que ficará acima da Saveiro e abaixo da Amarok), uma da GM (que ficará acima da Montana e abaixo da S10) e provavelmente uma nesse estilo da Ford e quem sabe da Nissan (que poderia ser até uma versão japonesa da Duster Oroch, misturado com a Frontier), enfim…

              • Fabão Rocky

                Pois é cara, concordo c/ vc. Desde qdo a S10 e Ranger abtigas saíram de linha p/ dar lugar às suas respectivas novas gerações que deixamos de ter picape média. Nos anos 90 as picapes médias estavam a todo vapor: S10, Ranger, L200, Hilux, sem esquecer da icônica Dakota. Uma coisa q faz falta no mercado brasileiro é a versão cabine estendida dessas picapes. Bem que a Fiat poderia fazer uma versão cabine estendida da Toro p/ aquecer o segmento.

                • Dudu Pimentel

                  Acho sua ideia de ter uma Toro CE interessante…seria o contra-ataque da Fiat, já que a Renault foi a primeira a lançar uma picape compacto-média.

    • Kate WP

      O corolla do segmento se não fosse Fiat… Achei a Toro decepcionante!

      • Wellington Myph13

        Honestamente não vejo muita coisa, ainda mais de powertrain, mas não da pra negar que é o melhor carro da Fiat, junto do Argo agora…

    • Gustavogm

      Que nada, a Ford com o Ecosporte reinou absoluta por anos, foi só chegar a concorrência que despencou.

      • Wellington Myph13

        Você sabe que a Ecosport não é picape igual a Toro né?

        • Gustavogm

          jura?

          • Wellington Myph13

            Sério? Sem melhores explicações do porque você citou a Ecosport quando o assunto é a Picape da GM pra combater a Toro, que não tem nada a ver com a Ecosport?
            Então tá né…

            • Vicktorio Lopez

              wellington, vc jura mesmo que não entendeu oq o gustavo quis dizer? hahahahah

              • Wellington Myph13

                Sabe que agora que vc apontou e eu parei pra prestar Mais atenção eu entendi, pqp…. Burro é foda…
                Olha, eu não sou fã da Fiat, e ela não tem me despertado desejos nenhum e pecado em atualizações e etc, o que pode significar que a Toro realmente possa levar ferro quando os concorrentes chegarem, mas a Jeep chegou, mostrando que sabe fazer o que a Fiat nunca fez, e a Toro compartilha mais com a Jeep do que com a Fiat… pode ser uma diferença… Vamos aguardar…

      • Wellington Myph13

        Agora que foi cair a ficha, desculpa ae, kkkk…

        Olha, eu não sou fã da Fiat, e ela não tem me despertado desejos nenhum e pecado em atualizações e etc, o que pode significar que a Toro realmente possa levar ferro quando os concorrentes chegarem, mas a Jeep chegou, mostrando que sabe fazer o que a Fiat nunca fez, e a Toro compartilha mais com a Jeep do que com a Fiat… pode ser uma diferença… Vamos aguardar…

  • ChalMust

    A Fiat já deveria ter lançado a Toro CS ou CE … esta bobeando, tem mercado pra isso!!!

    • Luciano RC

      As vezes ela não deseja tirar o status premiun da Toro. A Strada faz bem essa função, vende bem e ainda lucra muito.

  • José Eduardo D’Acampora Guazzi

    GM vai ter que ver a questão qualidade do produto e preço, visto a Toro não ser feita em uma plataforma baixo custo qualquer como deu a entender ser o caso aqui pro lado da gravata.

    • Luciano RC

      A Toro é feita na plataforma do Renegade, um carro superior. Vamos ver se a Chevrolet terá a capacidade de superar a Fiat.

  • V12 for life

    Final da década, entenda-se 2019 quando é previsto a chegada do Cobalt 2, podendo o SUV passar a frente já que é o que o mercado pede.

    Essa projeção com dianteira ao estilo da S10 ficou ótimo maa a traseira de Cobalt pré facelift ficou muito feia.

    • 4lex5andro

      Bem possível que essa nova picape venha junto com o novo line-up da chevrolet baseado na plataforma dos novos onix/prisma/cobalt.

  • afonso200

    kkkkk, vai vir com o velho 1.8 beberao,,,, e a versao top sim com 1.4T a preço de ouro

    • Luciano RC

      Deve vir com o 1.4 Turbo e um motor a Diesel. Um 2.0 de uns 160cv.

  • Speed Racer

    Se tiver o motor 1.4 Turbo do Cruse ela mata a Toro fácil!

    • Tosca16

      GM não passa a FIAT em vendas nesse segmento não. Se a Fiat quisesse poderia por um modelo acima da Toro e bateria a S10.

      • Evandro

        Pois é, seria interessante, não tem o que falar, a fiat caprichou na Toro.

        • Tosca16

          E mesmo se fosse espartana como a Renault Oroch venderia bem pois nesse mercado a Fiat, agora FCA, sabe lidar com o consumidor.

          • Speed Racer

            Nisso eu concordo, a FCA sabe mesmo lidar com o consumidor brasileiro, veja que lá fora ela oferece motores turbo e com injeção direta, aqui, não!

            • Tosca16

              Oferecer, vir caro, e vender quase nada; sinceramente enquanto o consumidor aceita as velharias ela tá mais que certa.

          • Evandro

            sim, sempre soube, sempre gostei de comprar fiat, só acho que de um tempo pra cá, ela deixou de far a atenção necessária ao consumidor de entrada, justamente aquele que se fideliza a marca entende? Me lembro que meu primeiro carro zero foi Fiat, e me fidelizou durante um bom tempo, nem questionava comprar outras marcas, mas a fiat ao meu ver deixou essa parcela do mercado de lado…

      • Speed Racer

        Se tiver um motor melhor e visual bacana eu acredito que venderia mais que a Toro, que é um ótimo produto mas seus motores a gasolina não agradam, um é lerdo e beberrão e o outro menos lerdo e mais beberrão ainda.

        • Tosca16

          As vendas não dizem isso…

    • Maycon Farias

      Fácil assim só por causa de um motor? A toro está muito bem servida e atende seus clientes muito bem. Esse seguimento não é de sedã médio onde existem torcidas organizadas de quem tem o melhor motor. Vai por mim a Chevrolet não está com essa bola toda não só por causa de um motor turbo.

      • Evandro

        Pois é, e a GM tem ainda que melhorar muito no meu ponto de vista no interior de seus carros, ao meu ver, pelo menos no cruze que eu entrei, parece mais um carro chines do que os próprios JAC, Chery e Lifan…. Materiais que me parecem que vão durar questão de meses apenas…

        • Realista.com

          Problema do Cruze são as peças mal encaixadas em alguns pontos e não qualidades dos materiais.
          Meu amigo tem um e é um puta carro, com couro legítimo nos bancos e uma faixa de couro grossa no painel.
          A parte do painel que é de plástico tem uma boa qualidade.
          Na internet cada um pode falar o que quer:
          Que tem uma Mercedes, que entrou na Mercedes e achou os materiais dela são ruins…………..
          Mas quem conhece o Cruze e entende um pouquinho de carro, sabe que o acabamento poderia até ser de material emborrachado ou macio ao toque, mas que os plásticos usados painel são de boa qualidade isso é.
          Não é a toa que o Cruze passou o Civic e já está em segundo nas vendas dos sedãs e primeiro nos hatch.
          E detalhe: a cada mês o Cruze Sport 6 aumenta as vendas.
          Enquanto os haters metem o pal, o mercado( as pessoas que realmente compram) abraçam o carro.
          Os haters desceram o pal no Onix por causa da nota 0 no teste de colisão lateral.
          mimimi não vai vender nada agora, mimimimi…………e o carro aumentou as vendas e ficou todo mundo(leia-se comentaristas de internet) com a cara grande.
          Ai vai o Mobi(Fiat) e é um fiasco no teste de colisão, assim como outros carros de entrada também serão.
          Falam da Toro, e do motor 1.4T do Cruze numa picape.
          Mas esse motor 1.4T, além de andar pra caramba é torcudo e econômico pra cacete.
          Ai me vem a Toro com um 1.8 manco e beberrão, pra caramba.
          Toro que presta é a diesel, a única que eu compraria se tivesse grana.
          Já vi nego trocando o Renegade 1.8 por um Corolla 0 km após 6 meses de uso por causa do 1.8 E torq.
          Todo carro tem defeito, pena que alguns só olhem para a montadora do lado e não para a que gosta.

          • Evandro

            Vc está errado cara, não é questão de ser a favor ou contra uma montadora ou um produto.
            Eu já fui ver o cruze, e confesso que o interior pra mim, parece um carro de péssima qualidade nos materiais, os botões do volante parecem aqueles de micro ondas mas mais macios, o cromado, parece aqueles de relógio do paraguai, as forrações de porta parecem que vão sair na sua mão se vc puxar com força, e o couro, parece fino, não vem me falar que é por conta de ser couro verdadeiro, tenho um V40 RD e o couro é legítimo, tem mto mais qualidade, sem sombra de dúvidas nesse quesito.

            Tenho tbm uma Toro 1.8 opening edition, que comprei para o dia a dia, o carro é ótimo, motor, pra mim anda mto bem ao que se propõe, já tive tudo qto é pickup, e a toro msm sendo menor, me sinto mto mais confortável dentro e tbm seguro, faz curvas como carro e não como pickup, passa em terrenos péssimos sem problema algum, tem visibilidade maior e pra mim, nas estradas de hj em dia, cheias de radares vai bem o motor, é mais do que eu preciso, e se quiser correr, vou com meu hatch, qto ao consumo, cara, pra mim pouco importa se gasta ou não, minha toro faz 5,5 na cidade com etanol, pra mim está bom, na minha empresa tenho uma fiorino 1.4 q faz 7km/l, então pra mim está bom, tinha um focus que fazia 8 por litro no alcool, então não vejo problema algum no consumo, minha esposa pegou uma duster dynamic 2.0 aut, faz 6km/l de álcool, tem motor aparentemente mais forte mas uma porcaria de at4 q não ajuda, ou seja, consumo é relativo, e quem compra um carro maior, não deveria estar preocupado, quem se preocupar com isso deveria comprar um up ou um mobi firefly.

            Pra mim, lineup da gm é mto ruim, cada dia mais com aspectos chineses, e não tenho nada contra, até mesmo por saber que a volvo hj é de propriedade chinesa, mas a china tem dois lados, um que produz bugigangas e outro que produz coisas de qualidade, e pra mim a gm importou esse dna da bugiganga, pra mim o único carro da gm q compraria hj seria a S10, fora ela nenhum.

            Teste de colisão é óbvio que esses carros de entrada seriam um lixo, exceto o up q realmente é surpreendente nesse quesito.

            Já tive tudo qto é carro, menos corolla, sempre achei um carro de vovô lá no início, e agora acho um carro bonito, tá certo que pra mim a traseira ainda parece um HB20s maior, mas td bem, mas não acho que o carro vale metade do preço que vendem, assim como todo toyota,,,

            • Realista.com

              Na verdade a melhor linha atualmente é da VW, pena que os preços e opcionais são absurdos.
              UP é o melhor compacto, Jetta 2.0 Tsi e Golf GTi sem concorrentes em termos de conjunto mecânico e com alta qualidade.
              Novo Polo vem aí e promete ser acima da concorrência e tem também o Virtus e o novo SUV do Golf que parecem ser de qualidade.
              A GM, se você acha que ela tem a pior linha, ela segue líder e agrada a maioria do mercado consumidor.
              A Fiat tem a pior linha e só se salva por causa das picapes( Strada e Toro) e mesmo assim porque a concorrência está dormindo no segmento da Toro.
              Acho que quando as outras lançarem uma picape para concorrer com a Toro, a Fiat afunda de vez.
              A Ford está mal.
              No caso, você gosta do desempenho pífio da Toro 1.8 e se conforma com seu consumo ?
              Então tem gente que gosta do acabamento do Cruze e está comprando.
              E ponto final, não se discute mais isso.
              O que é bom para uns é ruim para outros e vice versa.

              • Evandro

                Pra mim a linha da VW não é lá essas coisas não, já tive jetta tsi e é mto bom, porém está completamente defasado visualmente, no golf gti encontrei o concorrente que foi o v40, que pra mim é mto melhor, carro da vw é td igual, não passa de tamanhos diferentes….
                Ser líder não significa ter os melhores produtos, vc deveria saber disso… Se fosse assim, Gol seria o melhor carro de todos….
                A linha da Fiat está pra baixo devido a política de preços e linha de produtos, eles antes tinham um olhar especial para os carros de entrada, coisa que sempre soube fazer, depois de 2014, achou que o segmento intermediário seria o canal, apostou nele e apostou errado.
                Acho que devem sair sim concorrentes da Toro, mas duvido que alguma se dê tão bem nas vendas….
                Ford realmente sem comentários…
                Pra mim o desempenho da Toro não é pífio, pra mim ela satisfaz o que necessito e com sobra, consumo pra mim como disse não é ruim, se pra vc é, não tenha, opte pelo up ou linha firefly…
                Sim, tem mta gente q gosta do cruze, do mesmo jeito que tem mta gente q gosta do corolla ou do étios, cada um tem um gosto, msm sendo ao modo de vista de outros irracional, mas as coisas são assim msm…

            • Eduardo

              Parei no segundo parágrafo “cruze é acabamento porco, isso aquilo”, “tenho uma toro, faz 3km/litro, mas não tem problema, to acostumado”.

              Ah vá! Timbora rapá.

              • Evandro

                Vc é um tremendo ignorante ao meu ver, eu não disse que o acabamento é porco, tão pouco que minha toro faz 3km/l, melhor vc voltar para o mobral, para poder ler, e em seguida estudar para conseguir interpretar um texto….

                • Eduardo

                  Prefiro não ter mobral do que não ter respeito como vc.. ficou brabinho é? Curte aí tua grande pick-up.. na real deve andar de chevette e paga de empresário no fórum hahaha

                  • Evandro

                    KKKKKK, vc é uma piada, deve ser um pobre assalariado pé rapado e que acha que a “elite dominante” é a causadora da sua desgraça, por conta disso, qualquer atitude que vc julgue maior que a sua seja falta de respeito, ignorante não é um desrespeito, e sim o fato da falta de conhecimento, conhece um item chamado dicionário da língua portuguesa? Procure o significado…
                    Consulta ai placa GGO0750 e GGO0751 blz?

                    • Eduardo

                      Tá doendo? Tá gostoso?

                      Kkkkkk

                      Consultei aqui, tudo alienado. Vc curte financiamento? Por isso anda tão nervoso. Relaxa mano, logo vc quita e fica tudo bem denovo..

                    • Evandro

                      Existe como parcelar passe de ônibus? Ou quem sabe uma bike, ai sim, dá pra vc parcelar, pega uma cara, vc vai curtir…

      • Speed Racer

        Bom, eu não sou torcedor de marcas, compro meus carros pelo conjunto, pelo que sei, muitos donos de Toro estão infelizes com o desempenho dela, mesmo a 2.4 deveria andar mais, o consumo também não é bom, então imagino que um produto novo, bem desenvolvido, pode superar a Toro, que é uma bela pick-up mas não de motor, essa é a minha opinião.

    • Evandro

      Será? Fico ainda com a Toro 2.4

  • Ricardo Blume

    Esse é o resultado de uma “coisa” chamada Toro. A Renault veio com o Oroch (who?), mas quem realmente conquistou o público foi a Fiat. As promessas da VW, da Ford e agora da GM fazem a alegria de quem gosta de pick up. Isso tudo é um prato cheio para quem tem dinheiro. Vamos aguardar. A GM só não pode esquecer da pobre Montana, ou ficará assistindo suas concorrentes Saveiro e Strada passarem o rodo geral.

    • Luciano RC

      A Chevrolet esqueceu da Montana quando ela ainda era derivada do Corsa.

  • Evandro

    A GM gostou tanto da Toro que usou as mesmas rodas opcionais da Freendon…

  • ####Carlao GTS

    Vem aí : TÓRA… rsr

  • Cincinato

    Um quesito fundamental para ganhar da toro é o design, tanto pra Volks como pra GM.
    Um motor turbo pode encarecer o que pagam na toro.

  • octavio cesar godoy

    Meu Deus, vem Ram 1500 depressa

  • Ubiratã Muniz Silva

    Essa onda de “Picapes médias-pequenas” me faz pensar: ainda acho que a Renault deveria oferecer uma versão cabine simples da Oroch. Só acho.

    • Wellington Myph13

      O estilo da Oroch não ganhou o público. A Oroch precisava receber o estilo do Captur pra concorrer melhor com a Toro…

    • REDDINGTON

      Pelas vendas não vale o investimento…Seria a nova Hoggar

  • Handlay P.B.

    De acordo com rumores a plataforma GEM está sendo projetada pela GM em parceria com a SAIC, se for verdade, então os próximos Onix e Prisma terão DNA xing-ling. O próximo Onix não pode ser + caro que o atual para não perder a liderança, e se o futuro SUV compacto e picape da GM seguirem a mesma filosofia do Onix eles podem fazer muito sucesso. Espero que os carros da plataforma GEM sejam futuristas.

  • Roberto

    é só pegar o chassi da s10 antiga, mudar os farois, lanternas e parachoque, meter um my link que falar que é novidade.

  • zeh

    …e ai cai a ficha da GM …abre os olhos…..ou vai chegar atrasada…também…

  • Samluzbh

    Minha opinião que não interessa, feia!

  • Murilo Rodrigues

    Enquanto a GM está desenvolvendo uma plataforma de baixo custo para os mercados emergentes, a VW vai distribuindo MQB pra linha toda!

    Tudo bem que a Chevrolet tem errado no design ultimamente, mas isso ai já é zoeira haha!

  • Fernando

    acho que vá vi essa s10 cabine simples antes.

  • Alexandre TRE

    Carro novo com roda velha, tenho a impressão que já vi essas rodas em algum carro da GM

  • Alessandro Rodrigues

    Tão feio que parece cara de choro!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email