_Destaque Chevrolet Mercado Pickups Projeções

GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

chevrolet-picape-compacta-1 GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

A GM tem novos planos para o Mercosul. Como já se sabe, a montadora americana está concentrando tempo e dinheiro em mercados onde consegue obter um boa participação e, o mais importante, lucro. Assim, a empresa retirou a Chevrolet da Índia, embora tenha deixado a planta de produção local para exportação.



Para China e América do Sul, a GM prepara algo novo, uma plataforma global chamada GEM 2 (Global Emerging Markets), que dará origem à próxima geração dos modelos Onix, Prisma, Spin e Cobalt. Além disso, essa base de baixo custo terá ainda pelo menos mais quatro modelos, sendo um deles um SUV compacto que será feito em Gravataí-RS, bem como uma picape compacta com porte de média.

Esta picape deverá ser maior que a Chevrolet Montana e menor que a Chevrolet S10. Ou seja, o produto será focado no mesmo segmento da Fiat Toro, atual líder de vendas entre as picapes. Comenta-se que terá tração 4×4 e que sua produção será no Brasil. Da base GEM 2, fala-se entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão em investimento, sendo pronta para produção também no México e na China. A previsão é que ela desembarque no mercado brasileiro apenas no final da década, segundo o canal argentino TN Autos.

Já o jornalista Roberto Nasser, da Coluna De Carro Por Aí, comenta que a sinergia global será muito extensa, indo de fornecedores similares ao pós-venda, envolvendo inclusive marketing. A sinergia global envolve até mesmo a chinesa SAIC, sócia da GM na China e com projeto de entrar na Índia. O colunista fala também de uma nova (e esperada) geração de motores de três cilindros com aspiração natural ou turbocompressor.

chevrolet-picape-compacta-2 GM: Nova picape da Chevrolet deve brigar com Fiat Toro

Recentemente, a GM anunciou um investimento de R$ 1,5 bilhão em Gravataí, a fim de modernizar o processo produtivo e ampliar a capacidade instalada para 500.000 carros por ano, atendendo assim a demanda de novos produtos que serão feitos na localidade. No momento, as atenções estão voltadas para o SUV compacto que irá suceder o Chevrolet Tracker, mas a picape – provavelmente apenas com cabine dupla – também teria um papel fundamental na estratégia da montadora.

As vendas da Fiat Toro reforçam a ideia de uma rival da GM, assim como a confirmação de uma picape equivalente da Volkswagen, que será feita sobre a plataforma MQB-A0 e tem grandes chances de ser produzida na Argentina. De acordo com Nasser, a GEM 2 tem pretensão de vender 2 milhões de unidades por ano, mas de forma global.

E como seria essa picape da GM? Em termos de estilo, o modelo deve compartilhar muitos elementos com o SUV compacto, tendo assim uma assinatura visual familiar entre os dois. Com cabine dupla, muito provavelmente, o produto não teria uma opção diesel, que seria primazia da Chevrolet S10.

O mesmo pode acontecer com a rival da Volkswagen, centrando ambos em motorização flex. A tração nas quatro rodas – com tração dianteira nas versões mais baratas – poderia ser utilizada também no SUV. O modelo se beneficiaria de motorização turbo flex, sem dúvida, podendo mesmo o atual 1.4 Turbo do Cruze – agora feito na Argentina – abastecer o produto. A projeção do site GM Authority mostra o modelo como uma picape com cabine simples.

[Fonte: Roberto Nasser-De Carro Por Aí/TN Autos/GM Authority]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend