Asiáticos GM Mercado Montadoras/Fábricas

GM põe fim à australiana Holden e Chevrolet sairá da Tailândia

 

GM põe fim à australiana Holden e Chevrolet sairá da Tailândia


A General Motors anunciou o fim da marca australiana Holden. A tradicional fabricante de veículos da Oceania encerrá suas atividades ao final de 2020, marcando a retirada (quase) completa do grupo norte-americano do mercado local.

Desde 2016, a Holden não produz mais automóveis e tinha parte de seu portfólio importado da Opel, que já não faz mais parte da GM. Segundo o gigante de Detroit, motivada pelas baixas vendas nos últimos anos, assim como por conta da redução de custos em suas operações internacionais, a empresa decidiu pelo fim da marca.

No ano passado, a GM já havia retirado os modelos alemães Commodore (Insignia) e Astra, o que piorou ainda mais o desempenho da marca em seu país de origem. Fundada em 1856 como uma fabricante de selarias, em 1908 a Holden começou a produzir veículos. Antes de fazer parte da General Motors em 1931, ela chegou a produzir o Ford Model T.

Assim como a Ford Austrália, a Holden produziu uma série de carros grandes com motores de seis cilindros em linha e V8, assim como as famosas Ute, picapes poderosas derivadas dos sedãs das duas marcas. Com estes tipos, o país parecia um elo perdido do passado dos carros americanos, que sobreviveu às mudanças de perfil nos EUA.

GM põe fim à australiana Holden e Chevrolet sairá da Tailândia

Para ainda ter um pé no continente dos marsupiais, a GM manterá uma empresa chamada General Motors Special Vehicles, que importará uma série de veículos especiais, que podem até ter foco militar. Mas, a retirada da empresa de Detroit na Ásia não se resume apenas aos dois países da Oceania (Nova Zelândia também).

Na Tailândia, a GM pretende arrumar as malas e partir no mesmo período, vendendo a fábrica da Rayong – onde produz a picape Colorado global (nossa S10) e a Trailblazer (como aqui) – passando-a para a Great Wall Motor. A Chevrolet partirá do tradicional fabricante de picapes do Sudeste Asiático até dezembro.

Calcula-se que os custos para retirada da GM de Austrália e Tailândia alcance US$ 300 milhões. Antes presente em todos os cantos do mundo, a General Motors saiu de vários mercados nos últimos anos, em especial da Europa com a Chevrolet, embora ainda tenha presença discreta com Cadillac. Saiu também da Rússia, Vietnã, Indonésia e Índia.

Ela ainda se sustenta na Coreia do Sul, de onde exporta alguns modelos para o mercado americano. Américas e China são outras regiões onde a GM se mantém firme.

[Fonte: TTAC]

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Lamentável! A Holden era um ícone australiano com seus sedãs e as Ute. Será que a PSA não teria interesse na marca agora que ela é dona da Opel e se associou à FCA? Daria pra oferecer carros de marcas diferentes sob a marca Holden. Quem sabe?

    • Olha que se voltasse a fazer aqueles V8, e mesmo carros como a UTE, tem mercado fora da Austrália.

    • Dudu Pimentel

      Tivemos um Holden disfarçado de Chevrolet aqui…era o Holden Commodore, vendido como Chevrolet Omega, com a diferença que eles tiveram motores V8 5.7 e 6.0 e nós o V6 3.8 e o V6 3.6 Alloytec.
      O Holden Commodore era vendido como Pontiac GTO na versão cupê (2003 – 2004 era V8 5.7 e a partir de 2005 era V8 6.0 nos EUA), como Lumina SS (tb coupé, mas só com motor V8 5.7) e na versão seguinte como Pontiac G8 (na versões GT e GXP eram o V8 6.0, porém mais forte da GXP) e tb como Chevrolet SS (era um Pontiac G8 reestilizado transformado em Chevrolet…e o motor era um V8 6.2, com 421 cv)

      • Fabão Rocky

        Poxa fiquei mais sentido ainda com o fim da Pontiac nos anos 2010. O Pontiac GTO tem um design sem igual. Aquele carro era a perfeição do design. Pena q tbm nunca o tivemos por aqui.

        • Dudu Pimentel

          Tb adorava aquele GTO moderno, além do Solstice ou Opel GT em alguns países e um Saturn em outros, enfim…eu prefiro a versão americana…
          No RJ, vi um verde dentro do estacionamento do Norte Shopping…era conversível com capota de lona…bem legal o carro (fiquei uns 2 minutos desacreditando no meus olhos estavam vendo, pois nunca tinha visto aquele carro ao vivo) e não era o GXP.

  • dallebu

    É triste mas é o mercado quem decide quem vai e quem fica…

    • Jr

      Pois é a GM foi esperta pegou 2 bilhões de subsídios estatais australianos e se mandou, o primeiro ministro australiano tá furioso. Pensei que só aqui existia essa tática da chantagem do ou me da um subsídio gordo ou vou embora

    • Airplane

      O mercado australiano foi dominado pelos asiáticos assim como nos EUA.

  • Chap

    Então a próxima S10 ficará a cargo de quem? Estadunidenses ou os chineses ganharão mais uma da GM? Brasileiros não serão porque a GMB desmantelou todo o time que era responsável por isso.

  • Armando Figueirêdo

    Que pena! Esses dias eu visitei o site da HSV pra dar uma olhada na Maloo que é uma baita picape. Mas pelo que li, a GM vai criar uma submarca pra substituir a HSV se chamando por hora de General Motors Specialty Vehicles (GMSV). Que fim triste da Holden. :(

  • Matafuego

    “Mas, a retirada da empresa de Detroit na Ásia não se resume apenas aos dois países da Oceania (Nova Zelândia também).”

    Asia e Oceania são continentes distintos, editor!

    • Erick Terto

      Verdade, melhor colocar Oriente, embora continue na China e Coreia.

  • Natán Barreto

    E lá se vai mais uma grande marca regional. Vão restar só as grandes mesmo com seus veículos iguais direcionados pra todo mundo.

  • th!nk.t4nk

    Não foi surpresa, a Holden já vinha se arrastando há muito tempo. O mercado australiano foi totalmente dominado por produtos asiáticos.

  • delvane sousa

    É, lá eles não compram onix. Mercado maduro exige produtos de maior qualidade.

  • Willie Cicci

    Saudades da minha época adolescente, quando tinha um Omegão Australiano na minha cidade e eu babava vendo ele.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email