Ecologia Elétricos Europa GM Governamental/Legal Híbridos

GM quer criar rede de recarga elétrica na Espanha

gm-quer-criar-rede-de-recarga-eletrica-na-espanha GM quer criar rede de recarga elétrica na Espanha







A GM e a esponhola Iberdrola, estão estudando a criação de uma rede de recarga elétrica automotiva à nível nacional na Espanha. O acordo foi assinado entre as duas empresas, seis meses depois de Portugal anunciar um programa semelhante.

No caso português, já sabemos que se trata entre a Renault-Nissan e o governo luso, cujo projeto de uma rede nacional de 1.300 postos de recarga, começará a tomar vida à partir de 2011.

A GM divulgou que já está à algum tempo trabalhando com a Iberdrola em um programa internacional de abastecimento do tipo plug-in, estão em conjunto com a EPRI(Electric Power Research Institute) e mais 41 companhias de energia elétrica no mundo.

O programa da GM vai ser estendido para o Reino Unido e começa estudando as opções para a instalação de postos de recarga e medidores de consumo em residências, apartamentos, oficinas, prédios públicos e privados.

O projeto quer que em qualquer local se possa recarregar as baterias de um veículo elétrico, comercial ou privado. O estudo ainda vai media a capacidade de ampliação da rede elétrica instalada e de automóveis híbridos plug-in, como o Volt.

Para a Espanha, essa rede será de suma importância para o atual governo, que quer ver rodando 1 milhão de veículos híbridos e elétricos no país até 2014!

Futuramente, estes veículos poderão ser reabastecidos na rua, no trabalho, no lazer ou em casa, tendo seu consumo sendo debitado em conta, em crédito ou pago à vista.

Esperamos que esse futuro não fique apenas em ficção científica e vire realidade em breve. O Brasil poderá ser uma excelente plataforma para a expansão destas redes, mas é preciso vontade política para isso.

Fonte: GM.



  • LFSP2

    [Comentario #125744 sera citado aqui]

    Vai sim, JBA, esse é um problema também, obter energia elétrica por meios limpos, a Noruega anunciou por exemplo que vai construir uma estrada com 7 postos de hidrogênio, extraídos perto do local onde eles estão, mas dois desses postos tem fontes sujas de hidrogênio(leia-se, petróleo), com a energia elétrica é o mesmo, desculpa a confusão, eu não tinha entendido muito bem a pergunta.

  • tonywalker

    Se a GM escapar da concordata, quem sabe… Dias tensos pela frente…. Go GM, go!!!!!

  • JBAFilho.

    Só espero que não se tenha que construir usinas movidas a petróleo (derivados) para gerar energia suficiente para abastecer esses carangos, pois se for assim não vai adiantar nada. Aliás, gostaria de saber de onde virá tanta energia para abastecer os carros elétricos? Será que tem alguma coisa referente a isso que ainda não sei?

  • LFSP2

    [Comentario #125739 sera citado aqui]

    Da rede elétrica convencional mesmo, pluga numa tomada e fica esperando, porque essas baterias, mesmo as mais modernas, demoram demais para carregar, é uma boa inicaitiva, o problema dos carros elétricos é o destino da bateria.

  • JBAFilho.

    [Comentario #125740 sera citado aqui]

    Que é da rede elétrica convencional, eu sei. O que estou dizendo é que acho que vai aumentar a necessidade de energia para poder fornecê-la para abastecer tanto carro elétrico. Será que por essa razão não irão construir outras geradoras de energia movida a petróleo (derivados)? Isso é que está confuso na minha cabeça.

  • Kaique L. Andrade

    Esse negocio de carro híbrido já está enchendo o saco… :zzz:

  • Rafael FM

    EU AINDA ACHO QUE O FUTURO É A CARROÇA, A ÚNICA ENERGIA É CAPIM >>> :rayban:

  • Giovanni

    Vocês estão se esquecendo que o motor elétrico é mais eficiente que o motor à combustão, e que a eletricidade das tomadas vem basicamente de petróleo, gás e carvão (o Brasil é uma exceção no mundo por ter muitas hidrelétricas). Ou seja, em termos de uso de combustíveis fósseis a demanda pode até cair, já que estamos falando de carros mais eficientes. Mas é lógico que o passo seguinte é dominar a tecnologia do hidrogênio, mas inicialmente carros movidos à energia elétrica já são um grande avanço em relação às unidades tradicionais de combustão.

  • P.B.G.

    Não podemos esquecer que muitos países da Europa usam a energia eólica como fonte de energia elétrica, sem consumir combustíveis fósseis.

  • felipeb193

    [Comentario #125740 sera citado aqui]

    É isso que eu venho tentando dizer e algumas pessoas MUITO ignorantes aí falam que eu sou maluco, se a demanda de carros elétricos crescer muito vão querer produzir eletricidade de forma mais barata possível, e as formas mais baratas de se produzir energia são as mais poluentes. (afinal, vivemos num mundo capitalista)

  • Luis.J.R.

    [Comentario #125773 sera citado aqui]

    (2)


Send this to a friend