Asiáticos China Finanças GM

GM quer vender parte dos ativos em joint-venture na China

gm-quer-vender-parte-dos-ativos-em-joint-venture-na-china GM quer vender parte dos ativos em joint-venture na China







Para levantar capital e mostrar ao governo americano o seu progresso no processo de reestruturação, a GM decidiu vender partes de seus ativos na joint-venture Shanghai-GM, na China.

A disposição para levantar essa verba é tão grande, que faz a GM vender parte dos seus 50% nesta sociedade com a chinesa SAIC, considera uma das melhores operações globais da marca americana.

Ainda não está claro o quanto a GM estará disposta à vender de sua parte, mas o que corre é que ela já mantêm negociações com a própria SAIC para que esta compre os ativos.

Isso iria fortalecer e expandir os negócios da SAIC e arrecadar um bom dinheiro para que a GM possa sair do vermelho. desde a metade de 2008, que a GM tentar levantar dinheiro através da venda de ativos.

Ela precisa vender muito mais ainda, para poder ter uma situação financeira que seja aprovada pelo governo federal. Hummer, Saab, uma linha de picapes em Michigan, por exemplo, estão com placas de “vende-se”.

Na China, a Shanghai-GM produz vários modelos da Buick, Cadillac e Chevrolet, além de contribuir para as mais de 1 milhão de unidades vendidas por ano naquele país. O modelo da foto é um Buick Excelle 2009(Daewoo Nubira II).

Fonte: JB Online.



  • kaique

    aaaaaaaaa saquei, ta certo entao


Send this to a friend