Finanças GM Mercado

GMB continuará produzindo e investindo com recursos próprios

gmb-continuara-produzindo-e-investindo-com-recursos-proprios GMB continuará produzindo e investindo com recursos próprios







A GMB anunciou que continuará operando normalmente independente da situação da matriz americana. A montadora tem saldo azul no país e por isso manter-se-a por conta própria.

Para a filial regional da marca americana, a matriz deverá encontrar uma saída para está crise. Bom, por enquanto isso ainda é uma grande incógnita.

Os lucros da filial brasileira da GM permitem à empresa manter-se estável no mercado, investir em produção e em novos produtos independentemente da matriz americana.

A exemplo da Ford, a GMB “libera-se” do ônus de ter que reverter seus lucros para Detroit. Assim, poderá manter seus investimentos no país e sobreviver talvez à um “possível” desastre na matriz.

Com investimentos em uma nova fábrica de motores em Joinville-SC e com perspectivas de lançamento de uma nova geração de carros de passeio, a GMB se mantém firme no Brasil.

A empresa pretende investir R$1,5 bilhão nesta nova fábrica em na nova linha de modelos compactos, além de mais R$1 bilhão em renovação da linha até 2012.

O Brasil transformou-se em um porto seguro para filiais “coloniais” norte-americanas, que agora não precisam mais enviar o seu ouro para suas “metrópoles”!

Será que devido à crise, uma delas dará seu grito de independência? Até agora, quem parece estar ganhando com isso é o consumidor brasileiro.

Fonte: O Estado de São Paulo.



  • thivilao

    parabéns gm…mas de vc e fiat eu quero distancia! :pao:

  • luiz_2008

    Que pena. Isso garante vida longa aos Celtas, Classics, Vectras e Astras da vida

  • gabriel torquato

    Ah mas eu não tenho dúvida de que a GM tem bastante lucro aqui no Brasil, assim como todas as outras montadoras, que superfaturam seus carros aqui. É assim q funciona: as montadoras, no seu país de origem, vendem seus produtos a preço justo, e o grosso do lucro vem de países como o Brasil, onde somos condenados a pagar caro por carros pelados e inseguros.

  • DoberMANN

    Eu não acredito muito que do jeito que a GM americana está passando o pires, a nossa GM não vá contribuir… enfim…

    Mesmo que isso aconteça, me preocupou muito o termo “continuará” do texto.

    “Continuará” o que? Fazendo essas carroças? Quer dizer que ela JÁ estava investindo e estava saindo essas bobagens que ela vende?

    Imaginem o que vem pela frente, daqui a pouco o Celta vem ate com o banco de plástico, tipo aquelas cadeiras brancas de piscina.

    Se nossa GM pagou essa nota no “O Estado” para tranqüilizar as pessoas, a mim só deixou mais preocupado.

  • JBAFilho

    [Comentario #126518 sera citado aqui]

    (2)

  • Giovanni

    Não se animem muito, as montadoras vendem pouco no Brasil, nosso mercado é somente uma pequena fração da receita deles. Pareceu absurdo dizer isto? Mas é a realidade. Mesmo que a crise não afetasse o Brasil, isso ainda iria travar o desenvolvimento de novos modelos por aqui (sorte que o Viva já está pronto, apenas em testes).

    PS: esse Vectra GT da foto tá parecendo um Celtão :trowup:

  • Luis.J.R.

    Não só a gm mais também ford, vw e fiat estão investindo bilhões aqui?Só queria que essas montadoras tivesse um pouco de respeito com o consumidor brasileiro. :assob:

  • Gustavo Miranda

    [Comentario #126529 sera citado aqui]

    Eu sinceramente não sei o que é pior, Celta e Vectra GT ou Gol e Golf 4,5… :pao: :pao: :pao: m***da, por m***da, fico com a primeira duplinha, com o Celta, porque desço o ferro nele nos 34km diários há dois anos e ele está aí firme e forte enquanto os Gols dos meus colegas vivem exigindo atenção e com o segundo, pela casca, ordinário, mas bonitinho, huahuahauhau :tong: :tong: :tong:

  • Giovanni

    [Comentario #126547 sera citado aqui]

    Nesse ponto devo admitir, não acho o Celta um exemplo de beleza, mas o carrinho é valente e dá conta do recado. Tem muito Celta bem rodado aí que tá inteirão, enquanto Gol com poucos meses está todo frouxo, batendo todo o painel, porta, acabamento, uma escola de samba. Fora que é mais confortável também, pois no Gol o motorista se sente num Fusca, sentado no buraco com aquele mini-pára-brisas à sua frente (e o pior é que no Gol G5 conseguiram manter essa sensação ruim, de certo pro saudosismo dos fãs do Fusca).

  • Guilherme Guimaraes

    “Os lucros da filial brasileira da GM permitem à empresa manter-se estável no mercado, investir em produção e em novos produtos independentemente da matriz americana.”

    Tenho só de quem acreditar na parte dos novos produtos… ahuahauahuahaue
    Contra outra GMB!!

  • fl4v10r04l

    [Comentario #126556 sera citado aqui]

    realmente.. quando estive aí em Julho eu andei em um GOL G4.

    O carro é péssimo no quesito conforto! me impressiona o preço!
    todo mundo sabe que carro no brasil é caro. Mas pelo amor de Deus… o Gol (falo pelo G4 nunca nem vi o G5 pessoalmente) não passa a mínima sensação de aconchego!

  • Hyago

    Agora é só esperar para ver…
    tomara que a GMB lance bons carros daqui para frente,
    e esse Vectra GT é lindão, nem se compara com Golf e outros no mercado,
    enquanto ao Celta, esse sim é um carrinho bom, valente e compensa mais que outros na mesma faixa de preço.

  • Weddly

    Também pensei que era um Celta.
    Mas isso é normal, todos os carros da GM tem a mesma “cara”.
    E agora vai ficar mais parecidas ainda, todo mundo com cara de Captiva.
    Sem bem que é melhor parecer com um carrão como o Captiva do que com um lixo como o Celta, que só não é o pior do segmento porque existe Mille.

  • Gagliotti

    Manter-se por conta própria é fácil para a GMB, pois ela não gasta quase nada com evolução de produtos, basta adicionar uma letra no nome do motor ou mudar a posição da placa traseira, quando está na tampa, desce para o para-choques e vice-versa (esta técnica fajuta já virou regra para as montadoras no Brasil)! :banana: :clapp: :banana:

  • Comanche

    A GMB, que não trata de acordar, pois a menos de um ano, seu mercado no Brasil era dono de uma fatia de entre 20 e 23%, já hoje esta em 16%, enquanto a Ford que estava apenas com 1 dígito percentual, já está na casa de 2 dígitos com 10% aproximados.

    É GM, enquanto vocês ficarem nos socando motores jurássicos, e carroceria pré-histórica, a tendência é só piorar. Queremos vossos carros e motores europeus “Opel e Vauxhall” e suas caminhonetes americanas. O resto pode pedir para a Secretária Executiva levar para o ARQUIVO MORTO.

  • Gustavo Miranda

    [Comentario #126636 sera citado aqui]

    Pois é, nesse ponto GMB e VWB se equivalem, passaram as três últimas décadas só com produtos velhos, apenas um ou outro carro moderno (Monza e Santana), mas que eram absurdamente caríssimos. Ficamos três décadas com o Chevette e duas com o Gol enquanto o mundo aproveitou os dois Kadetts, de 1978 e de 1984 posteriores ao Chevette (Kadett de 1973), os três Golfs e os dois Polos além dos esportivos Sirocco e Corrado… Só os 30 anos do Opala nos impediu de dirigirmos os fantásticos Commodore, Diplomat, Admiral, Senator e Rekord E2, queria ver os clubes de “Diplomateiros” com seus V-oitões… seria uma guerra interna com os Opaleiros…
    E o Polo geração 1 de 1981 e o Corsa A, de 1980, queria ver que sucesso o Uno teria por aqui com aqueles dois rodando por aqui…

    Eu fico é chateado, porque tanto VW como GM nos privou de muitas coisas escelentes, e ficamos aqui, defendendo motores que já eram defasados nos anos 80, câmbio com 5.ª econômica, ventarolas, novas gerações mudando apenas lanternas e faróis, etc… na verdade, GM e Volks só passaram a perna na gente, a diferença é que a VW ainda tem sucesso nisso… :pao: :pao: :pao:

  • Gustavo Miranda

    Vichhh! “escelentes” foi f*da… corrigindo: Excelentes. :green: :green: :green:

  • wotan

    A GM consegui uma façanha com o Vectra GT/GTX, qual? A de fazer um carro que é símblolo de quem não entende nada de carro.


Send this to a friend