Elétricos EUA GM Lançamentos Pickups

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

A General Motors apresentou nesta noite de terça (20), a GMC Hummer 2022, a primeira picape elétrica da montadora americana. O modelo chega com uma nova plataforma modular elétrica chamada BEV3 e com produção exclusiva na reforçada fábrica de Factory ZERO, a antiga Detroit-Hamtramck, em Michigan.


Com propulsão 100% elétrica, a GMC Hummer 2022 chega com características off road e se diferencia da proposta de Ford e Jeep com seus modelos Bronco e Wrangler, uma vez que surgiu como uma picape. Contudo, a Jeep Gladiator parece ser seu alvo prioritário.

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

Mark Reuss, presidente da General Motors, diz: “Esta picape inovadora chega ao mercado com velocidade e propósito, trazendo à GM mais um passo para um futuro totalmente elétrico”.

Ele completa: “Com nossa arquitetura Ultium Drive como base para uma gama excepcionalmente ampla de desempenho, o Hummer EV é perfeito para o cliente que deseja capacidade, eficiência e desempenho.”

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

Utilizando baterias Ultium, a GMC Hummer 2022 tem cerca de 1.000 cavalos e extraordinários 1.584,4 kgfm! Isso é pelo menos cinco vezes mais torque que uma cavalo-mecânico graneleiro oferecido no Brasil, por exemplo. Ela vai de 0 a 100 km/h em 3 segundos e tem um modo de aceleração específico.

Tudo isso é entregue por três motores e duas baterias Ultium, tendo suspensão independente nas quatro rodas, tração e4WD com modo caranguejo, que permite ao veículo rodar em diagonal, suspensão pneumática com ajuste de altura variável de acordo com o terreno e em até 149 mm.

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

A GMC Hummer 2022 tem ainda pneus todo-terreno Goodyear Wrangler Territory MT de 35 polegadas (parece que a GM não se incomodou com o nome do pneu…), tendo ainda capacidade para receber pneus de 37 polegadas em suas rodas aro 18 polegadas.

Para observar o ambiente off road, a GMC Hummer 2022 vem com o sistema Ultravision, que contempla 18 câmeras de alta resolução que criam um ambiente virtual em torno do veículo no fora de estrada, permitindo assim uma visão completa do que existe na trilha.

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

Dentro, a GMC Hummer 2022 apresenta funcionalidades através de widgets que permitem monitorar “torque de saída, bloqueio do diferencial, pressão dos pneus, ângulos de ataque/saída/inclinação (incluindo valores máximos), vetorização de torque, etc.

Suas baterias de lítio de 800 volts podem ser recarregadas em estações de até 350 kW e 160 km são obtidos em apenas 10 minutos. Sua autonomia é de mais de 564 km. A picapona da GM tem ainda o Super Cruise, condução semi-autônoma habilitada para 322 mil km de estradas nos EUA.

GMC Hummer 2022 mostra sua cara nos EUA como picape elétrica da GM

Ela vem ainda com painéis móveis no teto e opção de ser totalmente aberta, além de vigia traseira elétrica em seis posições, bem como tampa da caçamba de acionamento também elétrico.

Com vários modos de condução, incluindo direção nas quatro rodas, a GMC Hummer 2022 vem com ambiente dominado por uma tela de 13,4 polegadas.

Com visual parrudo, a GMC Hummer 2022 mais parece um tanque de guerra com caçamba, mas ainda assim, tem porta-malas com bom espaço na parte frontal. Ou seja, pode levar carga e a bagagem, separados na viagem.

GMC Hummer 2022 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

      Quem somos

      O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

      Notícias por email