Hatches Matérias NA Populares Volkswagen

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

O Gol 2008 foi o último ano da segunda geração do campeão de vendas da Volkswagen como um produto de entrada, já que a nova geração surgiria ainda em fines do mesmo ano e já como modelo 2009.


Conhecido como Gol G4, o modelo desse ano seguiria adiante, mas apenas como uma opção barateada para ficar abaixo da terceira geração (Gol G5). Fabricado na Anchieta, assim como também em Taubaté, o compacto vendeu milhões.

Só até o G4, o Gol já havia acumulado 4,5 milhões e atualmente passa de 8 milhões. Na linha 2008, o Gol era composto das versões City, Plus e Power, sendo que as duas primeiras tinham opção de duas portas.

Além disso, o Gol 2008 tinha ainda três motores das famílias EA111 e EA827, sendo o primeiro com motor 1.0 8V de até 76 cavalos , disponível nas versões City e Plus.

O seguinte era o EA827 1.6 MI – que era mais conhecido como “AP” – que entregava até 99 cavalos, sendo igualmente flex e equipando todas as versões. Por fim, o último era outro AP, contudo, 1.8 e com até 106 cavalos, mas apenas na Power.

O Gol 2008 tinha ainda a transmissão 013 de cinco marchas e com engates curtos, que era extremamente confiável e dava ao carro uma tocada boa, apesar de o compacto não dispor de subchassi, o que facilitava a transmissão de vibração.

Com arquitetura herdada da primeira geração, lançada em 1980 e projetada nos anos 70, o Gol 2008 ainda dispunha de motor e câmbio em longitudinal, algo que só desaparecia por completo em 2013, com o fim do Gol G4.

Tendo surgido em 1994 na segunda geração (G2), o modelo sofreu uma reestilização que ficou conhecida como G4 e depois uma simplificação com a chegada do Polo, gerando assim o G4.

Desde o Gol Bolinha, o hatch da VW era o principal produto em vendas, embora tenha assumido a liderança de mercado ainda em 1987 e só perdido 27 anos depois, exatamente no primeiro ano em que a geração G5 ficou sozinha no mercado.

Após isso, o Gol nunca liderou em vendas, sendo hoje o Chevrolet Onix o principal player do mercado. Seu projeto arcaico, contudo, era robusto e de fácil manutenção, tendo um custo-benefício importante.

Como era um carro sem segredos, podia ser reparado em qualquer lugar e assim sua capilaridade no território nacional era total, não havendo lugar onde se pudesse rodar de automóvel em que não houvesse um exemplar do Gol.

O Gol 2008 tinha apenas um conteúdo suficiente para sua proposta e isso não incluía airbag, apesar da presença de um volante adaptável na versão Power, bem como ausência de freios com ABS.

Interessante é que a geração anterior, a G3, tinha os dois componentes como opcionais para Gol, Saveiro e Parati. A simplificação podia ser notada não apenas fora, mas também dentro, com um painel simples e funcional.

Tendo suspensão dianteira McPherson e traseira por eixo de torção, o Gol 2008 nas versões City e Plus, tinha opção do “Modulo Suspensão Elevada”, que deixava o conjunto 27 mm mais alto, permitindo enfrentar estradas e ruas ruins.

Com inúmeros opcionais, a descrição dos mesmos chegava a citar sistema elétrico reforçado e alternador com amperagem mais alta, algo que lembrava bem os anos 70 com alternativas semelhantes para o Fusca.

Tendo espaço interno mediano, o Gol dessa época tinha um bom porta-malas com 285 litros. Ar condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros e traseiros elétricos, retrovisores elétricos, sistema de áudio e opção de rodas existiam.

Ao lado de Parati e Saveiro, o Gol 2008 resistia ao tempo se apoiando nas vendas, mas com muitas limitações, especialmente em conforto e segurança.

Ele ainda ostentava coluna de direção e pedais deslocados, erro de projeto de adaptação da plataforma de 1980 numa estrutura mais larga, algo que seria repetido pela GM no Chevrolet Agile, derivado do Celta.

Sem subchassi e com motor/transmissão em longitudinal, a segurança em caso de impactos era sofrível, assim como os sistemas de assistência ativa e passiva como ABS e airbag, respectivamente. Era o típico “bateu-morreu”.

Então, para corrigir essas e outras deficiências de projeto, oriundo dos 28 anos de idade, a Volkswagen gerou a terceira geração (G5), que usou a PQ24 modificada para dispor motor e câmbio em transversal sobre subchassi.

Também adicionou freios ABS com EDB, assim como possibilitou inserções futuras de câmbios automatizados e automáticos, motores mais modernos e um nível de segurança estrutural superior.

Gol 2008 – detalhes

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

O Gol 2008 teve seu visual modificado pela equipe de design da VW do Brasil, que teve a missão de revitalizar o campeão de vendas da marca e do mercado nacional, mas simplificá-lo em relação ao produto anterior, o Gol G3.

Assim, a frente ficou mais arredondada, ganhando faróis amendoados de lente única com piscas e lanternas integradas, além de grade com base ovalizada e dois frisos horizontais com logotipo cromado da VW.

O para-choque envolvente era integrado à grade, tendo três grades inferiores e slots para faróis de neblina. Na versão Power, por exemplo, a parte central do conjunto era preta, dando um ar mais esportivo ao Gol.

Com protetores laterais na cor do carro, o Gol tinha ainda retrovisores na cor do carro e colunas pretas, além de rodas de aço aros 13 e 14 polegadas, ambas com calotas integrais. Contudo, havia opção de liga leve aros 14 e 15 polegadas.

No primeiro caso, aro 13, os pneus eram 175/70 R13, enquanto com aro 14, tinham medida 185/60 R14. Já com aro 14 polegadas, havia duas medidas. O motivo era que o Gol 2008 podia ter a suspensão elevada em 27 mm.

Então, o Gol Power normal podia ser calçado com pneus 195/50 R15, enquanto o módulo de suspensão elevada, exigia o pneus 195/55 R15. O foco era enfrentar a dureza de ruas e estradas esburacadas ou sem pavimento.

Na traseira, as lanternas eram circulares na parte superior e retilíneas embaixo. A tampa do porta-malas era lisa e tinha uma vigia ampla, além de lavador e limpador, bem como desembaçador.

O Gol tinha ainda opção de carroceria em duas portas, que vinha com vigias laterais traseiras fixas e não basculantes como nas gerações G2 e G3. A versão City, por exemplo, tinha para-choques, maçanetas e retrovisores sem pintura.

Por dentro, o hatch campeão tinha um painel simplificado em relação ao G3, tendo difusores de ar circulares e duas tonalidades no revestimento plástico, além de incorporar dois botões para os vidros elétricos traseiros.

O cluster, por exemplo, era semelhante ao do Fox da época, tendo enorme velocímetro com display digital, que podia vir com computador de bordo. Podia ter conta-giros, mas o nível de combustível era de série, naturalmente.

O volante da versão City tinha três raios simples, enquanto Plus e Power tinha quatro raios, bem como acabamento melhor. Apesar de o Gol 2008 já ser um modelo rebaixado de nível devido a Fox e Polo, ele tinha sua importância.

Assim, ele podia ter vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores elétricos, travamento elétrico, chave com telecomando, rádio com CD player e MP3 (Power), direção hidráulica (com barra estabilizadora, ausente sem o item) e ar condicionado.

A maioria dos itens era opcional, assim como chega ao cúmulo de dispor de alternador mais potente, sistema elétrico reforçado e outras coisas que um carro normal deve ter.

O banco do motorista tinha ajuste em altura, enquanto a padronagem dos bancos mudava de acordo com a versão. Mesmo com 11 porta-objetos, não havia mais que um porta-copo. O banco traseiro era inteiriço, mas havia opção do bipartido.

Alças no teto, para-sóis com espelhos, retrovisor interno dia e noite, retrovisores externos com controle interno, fonte 12V,  cintos de 3 pontos, apoios de cabeça, entre outros, também podiam ser encontrados no Gol 2008.

O porta-malas com 285 litros era suficiente para a proposta, mas podia ser ampliado com o rebatimento do banco traseiro. Já o espaço interno era mediano para sua proposta, apesar de seu tamanho.

Gol 2008 – versões

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

  • Volkswagen Gol City 1.0 2P
  • Volkswagen Gol City 1.0 4P
  • Volkswagen Gol City 1.6 2P
  • Volkswagen Gol City 1.6 4P
  • Volkswagen Gol Plus 1.0 2P
  • Volkswagen Gol Plus 1.0 4P
  • Volkswagen Gol Power 1.6 4P
  • Volkswagen Gol Power 1.8 4P

Equipamentos

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

Volkswagen Gol City 1.0 2P/4P – Motor 1.0 e câmbio manual de cinco marchas, mais para-choques sem pintura, maçanetas e retrovisores sem pintura, rodas de aço aro 13 polegadas, pneus 175/70 R13, vidros manuais, travas manuais, ventilador de 4 raios, volante de três raios espumado, fonte 12V, relógio digital, para-sóis com espelhos, banco do motorista com regulagem de altura, entre outros.

Opcionais: ar condicionado, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, retrovisores externos com controle interno, limpador e lavador do vidro traseiro, temporizador do limpador do para-brisa, desembaçador traseiro, rodas de aço aro 14 polegadas com calotas integrais, pneus 185/60 R14, retrovisores elétricos, entre outros.

Volkswagen Gol City 1.6 2P/4P – Itens de série e opcionais acima, mais motor 1.6 litro.

Volkswagen Gol Plus 1.0 2P/4P – Itens do City, mais rodas de aço aro 14 polegadas com calotas integrais, pneus 185/60 R14, grade preta, volante de 4 raios, carpete no porta-malas e assoalho, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, limpador e lavador do vidro traseiro, temporizador do limpador do para-brisa, desembaçador traseiro, preparação para som com 4 alto-falantes e antena, retrovisores externos com controle interno, entre outros.

Opcionais: ar condicionado, vidros traseiros elétricos, retrovisores elétricos, rodas de liga leve aro 15 polegadas, pneus 195/50 R15, conta-giros, para-choques na cor do carro, retrovisores e maçanetas na cor do carro, módulo de suspensão elevada com rodas aro 14 polegadas.

Volkswagen Gol Power 1.6/1.8 4P – Itens acima, mais motores 1.6 ou 1.8, mais transmissão manual e visual personalizado.

Opcionais: Itens do Plus, mais módulo de suspensão elevada com rodas aro 15 polegadas e pneus 195/55 R15 para suspensão normal e rádio com CD player/MP3.

Preços

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

  • Volkswagen Gol City 1.0 2P – R$ 13.190
  • Volkswagen Gol City 1.0 4P – R$ 15.213
  • Volkswagen Gol City 1.6 2P – R$ 15.509
  • Volkswagen Gol City 1.6 4P – R$ 18.405
  • Volkswagen Gol Plus 1.0 2P – R$ 13.736
  • Volkswagen Gol Plus 1.0 4P – R$ 15.637
  • Volkswagen Gol Power 1.6 4P – R$ 18.472
  • Volkswagen Gol Power 1.8 4P – R$ 19.324

* Preços tabela Fipe atualizada outubro de 2020.

Gol 2008 – motor

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

O Gol 2008 era equipado com duas famílias de motores, sendo três opções oferecidas. O menor que o EA111 1.0 8V com quatro cilindros e bloco de ferro fundido, tendo cabeçote de alumínio com fluxo cruzado de gases.

Dotado de injeção eletrônica multiponto e tecnologia TotalFlex com tanquinho para gasolina de partida a frio com álcool, o propulsor feito em São Carlos-SP tem 999 cm3 e entregava na época 72 cavalos na gasolina e 76 cavalos no etanol.

Esssa potência era obtida a 5.750 rpm, sendo que o torque alcançava seu pico em 4.250 rpm, totalizando 9,4 kgfm na gasolina e 9,7 kgfm no etanol.

Os dois outros motores eram da família EA827, originária da Audi em 1972. Esse propulsor com bloco de ferro fundindo e cabeçote de fluxo não cruzado, chegou ao Brasil em 1984, sendo aqui chamado AP e conhecido por ter biela longa.

Considerado um dos melhores motores já feitos, o EA827 equipou inúmeros modelos da Volkswagen e Ford desde os anos 80 até meados dos anos 2010. Era feito em São Bernardo do Campo-SP.

Com 1.595 cm3, o 1.6 MI tinha 101 cavalos na gasolina e 103 cavalos no etanol, ambos a 5.750 rpm. Já o torque era de 14,2 kgfm no primeiro e 14,5 kgfm no segundo, obtidos a 3.000 rpm. Já o 1.8 MI tinha 1.781 cm3.

Esse propulsor da VW também tinha injeção multiponto e tecnologia flex como o 1.6 MI, mas com 103 cavalos na gasolina e 106 cavalos no etanol, alcançados em 5.250 rpm. Os torques eram de 15,5 kgfm no primeiro e 16,0 kgfm no segundo.

Assim como o 1.6, o 1.8 tinha torque obtido a 3.000 rpm, sendo uma característica boa desse propulsor. Os três eram acoplados a uma caixa manual 013 de engates curtos, macios e precisos.

Desempenho

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

  • Volkswagen Gol 1.0 MI – 13 segundos e 168 km/h
  • Volkswagen Gol 1.6 MI – 11,2 segundos e 184 km/h
  • Volkswagen Gol 1.8 MI – 9,3 segundos e 190 km/h

Consumo

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

  • Volkswagen Gol 1.0 MI – 7,5/11,0 km/l e 9,5/16,9 km/l
  • Volkswagen Gol 1.6 MI – 8,5/11,3 km/l e 11,4/16,0 km/l
  • Volkswagen Gol 1.8 MI – 7,8/11,2 km/l e 11,7/16,7 km/l

Gol 2008 – manutenção e revisão

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

O plano de manutenção da VW na época para o Gol 2008 era de 10.000 km ou seis meses, uma vez que a garantia do veículo era de somente um ano. Como os clientes fugiam da rede autorizada, a VW impunha esse período curto.

Sem preço tabelado, cada consessionário cobrava um valor aproximado ao de referência, variando mesmo o valor da mão de obra, geralmente mais cara que nas oficinas particulares.

Nas revisões gerais eram trocados óleo do motor, filtro de óleo, filtro de ar, velas, correia dentada, correia em V, fluído de freio, entre outros, tendo ainda serviços adicionais para freios, direção, suspensão e pneus.

Gol 2008 – ficha técnica

Gol 2008: fotos, detalhes, consumo, versões, preços e motor

 

Motor1.01.61.8
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm399915961781
Válvulas888
Taxa de compressão10,8:110:110:1
Injeção eletrônicaIndireta FlexIndireta FlexIndireta Flex
Potência máxima68/71 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)101/103 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)103/106 cv a 5.250 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo9,4/9,7 kgfm a 4.250 rpm (gasolina/etanol)14,2/14,5 kgfm a 3.000 rpm (gasolina/etanol)15,5/16,0 kgfm a 3.000 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchasManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteiraDianteira
Direção
TipoMecânica ou hidráulicaMecânica ou hidráulicaHidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga leve aro 13 polegadasAço ou liga leve aro 13 ou 14 polegadasAço ou liga leve aro 14 polegadas
Pneus170/70 R13170/70 R13 ou 185/65 R14185/65 R14
Dimensões
Comprimento (mm)3.9313.9313.931
Largura (mm)1.6511.6511.651
Altura (mm)1.4141.4141.414
Entre eixos (mm)2.4682.4682.468
Capacidades
Porta-malas (L)285285285
Tanque de combustível (L)515151
Carga (Kg)440440440
Peso em ordem de marcha (Kg)8779021.104
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDNDND

Gol 2008 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=Qx3emcZ-w8M

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

          Quem somos

          O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

          Notícias por email