Hatches Mercado Volkswagen

Golf 2019 terá motor 1.0 TSI com Tiptronic, segundo jornal

golf-2019-flagra-1-1024x498

O Volkswagen Golf 2019 está bem perto de chegar e já tem estoque sendo formado no pátio de São José dos Pinhais-PR. O hatch médio da marca alemã vai se renovar para manter acesa a briga com o Chevrolet Cruze Sport6 e com o Ford Focus. Em termos mecânicos, a novidade é a introdução do câmbio automático Tiptronic de seis marchas para a versão Comfortline, que tem motor 1.0 TSI, segundo o jornal Estadão. Esta versão, atualmente tem apenas câmbio manual de seis marchas.


Com isso, o Golf 2019 terá um equilíbrio maior entre as versões, lembrando que a Highline deve manter o 1.4 TSI com 150 cavalos e 25,5 kgfm e o GTI com o 2.0 TSI de 220 cavalos e 35,7 kgfm. Porém, o Golf Comfortline 2019 deve agregar outra alteração. Nesse caso, a calibração do motor EA211 R3 de 116 cavalos na gasolina, mas que no etanol, deve passar de 125 para 128 cavalos, o mesmo que nos modelos Polo e Virtus. O conjunto deve ser usado também no T-Cross em configuração semelhante. Dessa forma se espera mais economia e performance adequada, bem como conforto superior.

golf-2019-flagra-2-1024x498

O Golf 2019 deve agregar no visual faróis com projetores revisados, para-choque com design mais aerodinâmico, novas rodas de liga leve, bem como nomenclatura 200 TSI, 250 TSI e 350 TSI para suas três versões, representando assim os torques de 20,4, 25,5 e 35,7 kgfm, respectivamente. Não deve haver modificações nas demais transmissões, sendo elas Tiptronic (1.4 TSI) e DSG (GTI), ambas com seis marchas.


Por dentro, a linha 2019 do Golf deve apresentar mudanças na padronagem dos assentos, bem como multimídia atualizada e cluster digital de 12,3 polegadas. Outra mudança será na composição dos itens de fábrica e opcionais, o que elevará o conteúdo de série e reduzirá os preços dos opcionais.

tiptronic-golf-1024x593

Atualmente, o Golf Comfortline 1.0 TSI manual vem com ar-condicionado, sete airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, diferencial com bloqueio eletrônico, rodas de liga leve aro 16 polegadas, Google Android Auto, Apple Car Play, MirrorLink, faróis de neblina, direção elétrica, entre outros. Há opção de teto solar panorâmico, ar condicionado dual zone, bancos em couro, rodas de liga leve aro 17, multimídia com tela de 6,5 polegadas, sensores de chuva e crepuscular, entre outros.

Em termos de preço, o Golf atualmente parte de R$ 78.780 na versão Comfortline, R$ 109.730 no Highline e R$ 134.870 no Golf GTI. Espera-se que na versão de acesso, não haja uma elevação excessiva dos números, já que as duas versões mais completas e de melhor performance já apresentam preços bem elevados.

[Fonte: Estadão]

COMPARTILHAR:
  • Luiz Oliveira

    Com esses preços vai ajudar a enterrar os médios.

    • Fabão Rocky

      Ainda mais em terra de onde ostentação é ter um “Dois ponto Zero” na garagem.

      • Gil de Piento

        Hoje em dia, a ostentação virou ter “SUV” zero km automático.

      • Luiz Oliveira

        Concordo que o efeito “dois ponto zero” na tampa do porta-malas pesa na escolha das pessoas; mas, na boa, já dirigi esse Golf 1.0 TSI e ele deixa bastante a desejar na relação (se é que existe essa relação) preço/potência. Sei que tem carros muito piores que ele, mas o fato é que chega a ser decepcionante um Golf que não dá prazer ao dirigir.

        • mjprio

          puxa . É tao ruim assim? Pergunto por curiosidade mesmo. Acredito que quem compra esse modelo quer um carro moderno, relativamente espaçoso, seguro, mas nao precisa de um desempenho arrebatador e sim que atenda as necessidades de deslocamento.
          Infelizmente a estratégia do 1.6 nao deu certo. Acredito que se colocassem uma injeção direta e um acerto de comando e central mais arisco, o carro chegaria a uns 130CV e atenderia a quem nao quer um carro turbo.
          Quanto ao preço, fazer o quê né?

          • Luiz Oliveira

            Não é que seja ruim, mas por mais que o TSI seja um motor moderno, esse 1.0 anda menos que o 1.6, vide os números das versões do Virtus, em que pese a versão 1.6 ser MT e a 1.0 ser AT. É claro que um mais motor moderno vai ser mais econômico e ter uma melhor relação tamanho/potência, mas eu não me empolgaria com esse 1.0 sem antes fazer um teste drive completão (com carro cheio, em subidas, na estrada, etc), nem que pra isso eu tivesse que alugar um modelo e ficar uns dois dias com ele. E quanto ao preço, pois é, né… fazer o quê mesmo?!?!?!

            • mjprio

              Certa vez a 4R fez um teste com o Golf 1.0 Tsi e o 1.6 Msi tanto leve quanto carregado e o modelo turbinado levou vantagem em todas as avaliações. O que de fato eu pergunto e sobre a durabilidade desse motor e a capacidade de reparo pelas CSS.

    • Lázaro Rosa

      Mesmo com esse preço alto ainda é mais jogo que comprar um SUV menos eficiente, pior dirigibilidade, plataforma mais simples e com menos itens.

      • PEDAORM

        Sem falar em segurança, acabemento…

      • Paulo Santos

        Bem melhor um suv. Hatch médio só pros saudosistas.

        • Luiz Oliveira

          Melhor em que sentido? Pois em dirigibilidade, espaço interno e consumo os hatches médios são melhores que os SUVs de preços equivalentes.

      • Hugo Borges

        Um Golf 200 TSI Automático por R$85 mil já é mais negócio que qualquer SUV compacto.

        • PEDAORM

          Pois é, e imagino que venha nessa faixa de preço mesmo.

        • Daytona

          Jamais… 85k num Golf capadão… tem que ser doente por VW pra pagar isso..

          • Ernesto

            7 air bags, controles eletrônicos de tração e estabilidade, etc…capado?

            • Daytona

              A claro… vai vir igual ao de 105k, mas a VW vai te dar 20k de desconto só por ser 1.0 TSI invés do 1.4T…

              Vai SYYMMM AMYGUINHU

              • Ernesto

                Continuo com a mesma questão: um carro com todos esses equipamentos é um carro capado? Pois o 1.0 tem tudo isso.

          • Hugo Borges

            Bom mesmo é um compacto altinho com motor 1.6, sem estabilidade alguma

      • Leonel

        Mas vai enfiar isso na cabeça deste povo…pagam R$100 mil em um Kicks com motor 1.6 e se acham o máximo.
        O mesmo vale para o beberrão Ecosport e Creta e o fraco HR-V, se comparar a um Golf 1.4 TSI Highline.

        Cada um tem o que merece né? Modinha dá nisso…

        • andrei Pereira

          Adicione nesse pacote o renegade, que é beberrão e anda como se tivesse rebocando um trator.

      • Luiz Oliveira

        Concordo, tanto que tenho um hatch médio e pretendo trocar por outro. Mas o mercado não pensa assim, pois prefere SUVs e , pelo jeito, as montadoras também preferem vender SUVs.

    • Denis

      Se o T-Cross chegar com preço bem competitivo, o Golf será descontinuado já em 2019, cabendo a possível expansão no produção do novo SUV do Polo.

    • Rodrigo

      Esse cambio VW tiptronic é excelente, não dá problema, e o óleo é barato, troca, 7 litros de óleo, por apenas 360 reais a cada 35 mil de km.

      • Perivaldo VS

        Só lembrando que Tiptronic é a nomenclatura adota pela VW para os câmbios japoneses da Aisin…

        • mjprio

          Nao sabia que esse câmbio era o japonês

          • Perivaldo VS

            O Up! será o único carro com câmbio automatizado da Volkswagen dentro de poucos meses. Gol e Voyage sairão deste rol, pois passarão a contar com câmbio automático convencional – aquele com conversor de torque.

            Trata-se do mesmo câmbio Aisin de seis marchas com função Tiptronic que hoje é usado por Jetta, Golf e Audi A3 e que também estará no novo Polo 1.0 TSI. (Copiado da internet).

      • TijucaBH

        Tem que ser barato mesmo, pois trocar a cada 35 mil km é coisa do passado. Tem marca que recomenda a cada 100 mil km e outras nem indicam troca, lifetime.
        Nao estou dizenso que o cambi seja ruim, só o periodo de troca do óleo mesmo…

        • euomarcos

          o recomendável é 50k e nao 35k.

  • Matthew

    Cara, que novela o lançamento desse Golf. Capaz da VW acabar desistindo de lançar o carro e desovar o estoque sabe-se lá como.

  • Vitor

    Já tem o Polo com esse motor, pra que Golf também?

    • Wellington Myph13

      Gol não tem mais força pra justificar uma versão GT.
      O Polo fez sucesso e hoje é o carro chefe da VW acima do Gol, mesmo custando mais. Vem ele e o Virtus numa versão GTS com motores 1.4T e AT6… Já foi confirmado uma versão GTS para Polo e Virtus pela própria VW, só tinha ficado a dúvida quanto ao motor, mas jornalistas já “tiraram” do diretor que será usado o 1.4T…
      A VW não está enrolando, ela está vendendo bem e planejando as cartas que vai jogar, porque tem vários lançamentos…

    • Bruno Alessandri

      Esse Golf vai vender bem. É pra quem não liga pra um motor muito forte, mas quer bom comportamento em baixas rotações e um carro muito mais refinado que o Polo, tanto exterior, quanto internamente.

      • Rodrigo

        É pra quem liga pra consumo (acho que quase todo mundo, rsrsr) e não se importa com um desempenho pouca coisa inferior ao 1.4.
        Não sei como se comportará o 1.0 TSI com câmbio automático com conversor de torque, mas no meu manual consigo fácil médias acima de 12 km/l na cidade e mais de 18 km/l na estrada. Já cheguei a fazer 23.5 km/l em uma viagem em boa rodovia e velocidade de cruzeiro.
        Em termos de desempenho, se pisar, anda mais que meu antigo Civic LXR 2.0.

        • Claudecir

          Eu tenho o Polo TSI, ele mantém o comprovante consumo do Golf na estrada, mas, por causa do conversor de torque e mais esperto na cidade e consome mais por causa disso tambem.

          • PEDAORM

            Cambios com conversor de torque roubam potencia do motor, tornado-os menos espertos que os MT e DCT.

            • João

              Mas em contrapartida o conversor de torque multiplica o torque do motor justamente na fase em que a turbina não entrou.
              No Polo é reduzida a sensação de falta de força entre 1000 e 1500 rpm comparado ao Up e principalmente ao Golf.

              • Guedes

                Mas quem precisa de força entre nessa faixa de 1000 até 1500 rpm? tendo todo torque disponível já nos 1500 rpm, não vejo que esse lag seja perceptível…

                • Nhego

                  eu tenho um Up! TSI e te garanto que tem sim, principalmente em curvas lentas e saída de lombadas. No resto…1500RPM e sua alegria está de volta!

                  • cepereira2006

                    Eu tive um e a minha opinião é que a alegria começa mesmo aos 1.900 rpm. A 1.500 rpm ele ainda está meio manco. Esse dado que a fábrica passa que a 1.500 já está todo o torque, creio que não procede. Ao menos no meu carro não rolava.

                    • Rodrigo

                      Mas no motor 1.0 TSI o torque máximo é alcançado aos 2.000 rpm, sendo que 80% deste torque (aprox. 16 kgfm) está disponível a 1.500 rpm. Tanto que a rotação de marcha lenta desse motor é 1.000 rpm.
                      Acho que a galera está confundindo com o 1.4 TSI. Esse sim tem 100% de torque a partir de 1.500 rpm até 4.500 rpm.
                      E sim é fato que em algumas situações (ladeiras e lombadas, por exemplo) o carro perde força abaixo de 1.500 rpm, pedindo uma redução de marcha. No meu Golf isso ocorre particularmente com a segunda e a sexta marcha.

                    • João

                      Porque o que você sente a 1900 é a potência, que é “gerada” pelo torque.
                      A 1500 você sente que o motor começa a acordar. Mas como a rotação ainda é baixa, gera pouca potência.
                      Lembre-se, potência é rotação x torque.

                  • Guedes

                    Mas veja, se a curva é lenta, não precisa de muita força, correto? se precisar tem que passar dos 1500 RPM o que não é nenhum absurdo no meu modo de ver… turbo lag existe, mas não chega a incomodar, pelo menos pra mim. Eu já tive UP TSI e não me incomodava

                  • Guedes

                    Eu acho que vc está confundindo o escalonamento do câmbio com turbo lag.
                    UP TSI tem lombada que vc tem que colocar a primeira marcha, mas isso é por conta do câmbio, não por turbo lag, creio.

                • João

                  Dobre uma esquina ou passe uma lombada em segunda marcha em um Golf 1.0 TSI e entenderá. O carro é morto nesse rotação.
                  Em uma semana você se acostuma a colocar primeira e deixa de ser um problema. Mas o AT mascara isso.

            • Rodrigo

              Essa é a razão na qual o motor do Polo e Virtus tem 3 cv a mais por causa do câmbio AT.

              • PEDAORM

                Nao acredito que seja o caso, até por roubar potência do motor como falamos abaixo, o que se multiplica é o torque saindo da imobilidade. Tanto que não existe diferença de potência para o Golf 1.4 MT ou AT. Pelo que li, a diferença de potência está relacionado a alterações na eletrônica, radiores, e segundo instrutor de pós venda da vw, Cristiano Norberto, dimensão dos turbos e intercoolers.

                • Rodrigo

                  O motor do Polo/Virtus (incluindo seus agregados como radiador, admissão, etc.) é exatamente o mesmo do atual Golf MT. Esses 3 cv a mais no álcool apenas, se refere a diferença na curva de calibração de injeção. Não há peças diferentes entre esses motores e a única explicação plausível é a adoção do câmbio at, alguma compensação por conta do conversor de torque em altos giros (lembrando que potência máxima ocorre no pico de rotação do motor ou próximo dele).

                  • PEDAORM

                    Agradeço o posicionamento pertinente amigo, mas fico com as declarações dos especializados. Mas compreendo que também podem errar.

                    “Mecanicamente, há pouca diferença entre eles. “As características cons- trutivas são exatamente as mesmas. A diferença está nas dimensões dos turbos e intercoolers de cada um”, declara o instrutor de pós-vendas da Academia da Volkswagen, Cristiano Norberto.”

                    “O motor 1.0 TSI passou a entregar 3 cv a mais de potência após alterações no radiador e na eletrônica. As mudanças refletem em desempenho superior ao do Golf, principalmente pelo fato do Polo ser mais leve.”

                    • Rodrigo

                      Assista o vídeo abaixo. Nele há a informação que os motores são os mesmos, apenas ajustes de calibração eletronica:

                      https://youtu.be/eUVElDDVa6E

                    • PEDAORM

                      Valeu, assim que tiver tempo dou uma olhada! abs

                    • Rodrigo

                      Ele é bem longo, mas bastante completo.
                      O que me causa estranheza foi que vc citou alterações alterações nos dutos e intercoolers mas isso não se reflete na prática. Isso falando apenas entre os motores de Polo/Virtus e Golf MK7. O do up! Sim existe muitas diferenças (inclusive na turbina e peças internas do motor).

                    • PEDAORM

                      A primeira reportagem que fala apenas de eletrônica e radiador tratava exclusivamente do motor do Polo x Golf. Ja a citação do Cristiano fala dos 3 motores, mas pelo texto dava a entender que seria uma diferença entre os 3. Esse debate me esclareceu melhor a situação.

          • PEDAORM

            Conforme esclarecido pelo amigo João abaixo, de fato existe também uma multiplicação do torque, principalmente quando saindo da imobilidade.

        • Djalma

          Seu carro é bem econômico e não entendo porque a VW não lança um Polo 1.0 TSi com câmbio manual.

        • Alfredo Araujo

          Sério ?
          Tenho um Civic 1.8 2014 manual… que não chega a ser um foguete, mas tenho medo de pegar um 1.0 TSi e, com isso, fazer um downgrade de motor.
          Então vc me recomendaria essa troca ?

          • Hendel Marques

            Faz um test drive… conversa com o vendedor e pede pra dar uma volta maior. O carro anda bem e empolga. Acho que vc vai gostar.

          • Nhego

            dirigi um Virtus com tiptronic e te digo que o casamento entre cambio e motor é excelente, realmente não parece ter lag e ser um motor com capacidade cúbica de 1000cm3. Faça um test drive, sério

          • Rodrigo

            Com certeza! Já no test-drive (com 2 pessoas + AC ligado) notei a diferença de desempenho entre meu Civic e o Golf.
            O problema do Civic até a geração 9 era o câmbio AT, pois o motor roda muito bem acima dos 4.000 rpm, mas o câmbio tirava um pouco do brilho desse motor. No manual não sei informar (tem gente que diz que o Civic 1.8 MT anda mais que o 2.0 AT).
            Mas na dúvida faça um test-drive.

            • Alfredo Araujo

              O 1.8 arranca melhor que o 2.0 por conta do câmbio.
              Mas nas retomadas, o 2.0 leva todas !

          • PEDAORM

            O TSI Vai ganhar em consumo e em desempenho na saída e em baixas rotações, e deve perder em altas velocidades e altas rotações.

        • Ernesto

          Anda mais por ser manual, né? Fiz o test-drive no Virtus Highline e achei ele mais lento que o Corolla que eu tenho, um XEi 13/14.

    • invalid_pilot

      Concordo!
      Era melhor o Golf vir com o 1,4 Turbo pelado do que com mesmo motor de Polo e Virtus

      • th!nk.t4nk

        O 1.0 TSI é motor de sobra pro Golf, principalmente no Brasil. Anda mais que o 1.6 do Golf antigo (que muita gente elogiava) e consome bem menos, tá ótimo pra quem roda mais na cidade.

        • Franco da Silva

          Se funciona bem no Polo, deve ser a mesma coisa no Golf.
          E, como conheço bem os TSI do up! e do Polo, arrisco uma coisa: dava para o Polo ter a calibração do up! em uma versão mais “em conta”, como existe no MPI da Europa. Aqueles 105 cv andariam tranquilos pela cidade com o Tiptronic e o consumo seria melhor que o 1.6.

          • Edson Fernandes

            Até agora eu não entendi porque a Vw não partiu para essa estrategia. Deveriam ter feito isso.

          • Rodrigo

            Acho que a VW não faz isso por uma simples razão: remap.
            Já há empresas no mercado que conseguem extrair 140 cv e 23.5 kgfm de torque do 1.0 TSI sem mexer em muita coisa (nem turbina trocam). Óbvio que no longo prazo isso acaba com a durabilidade do motor.
            Mas se a VW oferecesse o 1.0 TSI com configuração do up! no lugar do 1.6 MSI certamente canibalizaria as versões Comfortline e Highline.

            • mjprio

              Nao se canibalizaria porque faltam itens no MSI consideráveis. Pra mim podiam abrir mão das RLL no MSI mas deixassem os retrovisores elétricos e o volante com ajuste! Ja no Confortline esse motor de 105CV seria de série

          • mjprio

            Podia ser de série no Confortline e opcional nos MSI

        • Leonel

          Este Golf 1.0 TSI dá para andar junto de muito 2.0 aspirado, economizando muito mais.
          As pessoas ainda tem a mentalidade de focar na cilindrada somente e ignorar todos os outros aspectos…é incrível.

          • Nhego

            Imagino que a Volks queira mudar exatamente este conceito, ao inserir no emblema do carro o torque daquela versão.

            • Leonel

              É o que penso também @nhego:disqus ! E eu espero que consiga, porque é ser muito desatualizado…

        • invalid_pilot

          Mas quem compra um Hatch Médio dificilmente usa só na cidade .Ao meu ver melhor pegar Polo completaço que no Golf 1,0

          • PEDAORM

            Ficaria com o Golf de entrada, única problema é o preço de seguro.

            • invalid_pilot

              Problema que a VW vende Golf 1,0 a preço de Cruze 1,4 ou Focus 2,0, ai fica difícil

              • PEDAORM

                Não é bem assim… Focus 1.6 parte de 77k enquanto Golf 1.0 parte de 78k…

                • invalid_pilot

                  Mas ai voce vai no Golf e coloca Pack pra ter mesmos equipamentos do Focus e o preço vai pra 82k

                  • PEDAORM

                    E os 7 airbags? Motor turbo? Não contam?

                    • invalid_pilot

                      Só acho que a versão 1,0 deveria ter posicionamento mais agressivo de preço, pois paga menor tributo.

                      Essa redução pra desova do carro mostra que o preço tabela ta errado e a VW perdendo negócio.

                    • PEDAORM

                      Na minha opinião o preço está na media do semento, o problema são os altos preços das versões AT, se não teria potencial para ser até líder do segmento que definha. Terá pós facelift.

        • Rodrigo

          Se bobear anda mais que o 2.0 8V do modelo antigo. Pelo menos em números de potência e torque (só que a versão antiga era pouco mais leve).

    • Polo/Virtus GTS foram confirmados pela diretoria da Volks. E outra: o Golf já introduziu esse motor antes mesmo dessa nova geração do Polo ser lançada. Está aí pra ser uma opção de acesso.

    • Rodrigo Pasini

      Polo GTS só em 2019.

    • Fabricio Pinho

      É verdade!
      Tem que acabar com esse tanto de carro com caracteristicas diferentes, e com o mesmo motor no mercado.
      Isso só confunde a cabeça do consumidor que quer só saber quantas cilindradas tá comprando!

      É cada uma que aparece!

    • goias verde

      Sua pergunta não faz o menor sentido. Vamos na PSA com o THP. Poxa, o C4 já tem esse motor thp, pra que 2008, 3008, 5008, 208, 308, 408?
      Resumindo, esse golf 1.0 at, seria minha escolha número 1 até os 80k. Eu não estou nem aí para comandos no volante, eu sequer uso esses comandos, eu sempre tive o hábito de mexer o som no rádio mesmo, quanto a atender telefone, EU ODEIO falar ao telefone dirigindo, seja em situação tranquila ou não. O máximo que eu faço é olhar para a tela do celular que geralmente ou fica no banco do passageiro ou no porta objetos, vejo se o número é importante para mim, e atendo pelo bluetooth. É pura questão de opção… eu não iria de polo sendo que posso ir de golf.

  • Ricardo

    Espero que não tirem um dos últimos remanescentes do manual!

    • Wellington Myph13

      Não duvido nada esse 2019 só ter câmbio automático, seja 1.0 ou 1.4…

      • Emanuel Schott

        O dia que conseguirem colocar conversor de torque em motores 1.0 aspirados de forma eficiente, será o adeus definitivo do câmbio manual. :(

        • Gil de Piento

          Kia Picanto mandou lembranças.

        • Edson Fernandes

          O Picanto mesmo com um At4 é economico. E não anda tão mal qto possa parecer…

    • Lázaro Rosa

      Pelo que andei sabendo o Golf só terá versões automáticas a partir de 2019

    • ViniciusVS

      Nessa faixa de preço ninguém quer carro manual, não adianta lutar contra a realidade…

    • Emanuel Schott

      Câmbio manual tende a virar nicho. Maioria dos carros 0Km já são vendidos com câmbio automático e a tendencia e que virem padrão como no resto do mundo.

      • Ricardo

        Padrão, mas quem quiser tem a opção de manual.

        • Emanuel Schott

          Se pouca gente prefere câmbio manual, não justifica financeiramente mante-lo no mercado.

          Câmbio manual deve aparecer só nos esportivos (e olha lá, como já acontece no GTI).

          • Ricardo

            O GTi tem opção manual? Acho que só na Europa hein!

            • Fanjos

              No lançamento tinha, lembro de em 2014 me oferecerem um mecânico com banco de tecido xadrez por 92k…bons tempos

              • Ricardo

                O verdadeiro GTi.

          • Marcelo Amorim

            Eu estou entre os poucos que preferem manual,tenho uma raiva de cambio AT na estrada…e olha que viajo pouco,devia me preocupar mais com o anda e para da cidade.

          • Ernesto

            Você sabe bem de mercado, hein? Desde quando o GTi aqui no Brasil tem câmbio manual?

            • Emanuel Schott

              E você é bom de interpretação ein??

              Tô dizendo que câmbio manual só vai aparecer em carros esportivos e olha lá. Dei exemplo do GTi justamente por ser um esportivo que não tem câmbio manual.

              • Ernesto

                Seu portuguê não está nada claro, pois o Gti, seu exemplo, não tem câmbio manual aqui no Brasil. (Câmbio manual deve aparecer só nos esportivos (e olha lá, como já acontece no GTI)). Eu estou interpretando errado mesmo?

        • Eduardo

          Querer mesmo, DE VERDADE, 1 a 2% querem. O resto dos câmbios manuais só são vendidos por questão de preço! Não justifica montadora alguma manter no mercado, a não ser em carro de nicho. Até Ferrari é difícil câmbio manual.

    • Ubiratã Muniz Silva

      Golf manual não vende, tá tudo encalhado. Carro médio no Brasil tem que ter câmbio automático.

  • Cardoso (não aquele)

    Se for o mesmo câmbio automático do Polo, é uma pena na minha opinião.

    • Wellington Myph13

      Infelizmente será, porque até onde me lembro, o do 1.4T também é, só que o escalonamento não demonstra alguns “vacilos” como no 1.0T…

      • João

        Não acho que o escalonamento esteja errado, mas sim algumas falhas na programação das reduções.
        Elas acontecem em horas inoportunas e de maneira não muito suave.
        Fora isso o câmbio é bom, bem rápido por sinal.

        • Wellington Myph13

          Eu acho que ele tem sim certos pontos a melhorar, mas em um uso normal, quando a pessoa já acostumou com o carro, quando já acabou a fase “avaliação” pra ver se fez uma boa compra, o cambio não decepciona em nada e até esquece qualquer coisa… Certas coisas no cambio só vão ser sentidas em casos pontuais ou quando levar em pista pra fazer uma graça…

          • João

            Óbvio que o DSG é melhor, mas em reduções forçadas pela borboleta ele faz a aceleração interina, aceita bem as reduções, tem kickdown rápido e não fica patinando muito o conversor de torque.
            Como disse, o que me incomodou foram as reduções em baixas velocidades, como ao entrar em uma rotatória. O câmbio reduz pra segunda onde dava pra seguir em terceira, e essa redução é seguida de um tranco.
            Mas na média do segmento, acho esse câmbio muito bom, mesmo para o Golf.
            Novamente, óbvio que o DSG é melhor, mas eu acho que eu troco sim um pouco da superioridade técnica do DSG pela tranquilidade em relação à manutenção do AQ.

            • Wellington Myph13

              Apesar de ter amado o funcionamento do DSG e ser um dos meus cambios favoritos, eu não tenho bala na agulha pra ficar tranquilo se der algum problema sério de quase 20mil pra arrumar… Também prefiro o AT6 nessa parte…

              Não senti essa redução desnecessária quando andei no Polo nem no Virtus, talvez precisaria de mais tempo com eles pra encontrar algum ponto onde isso pudesse acontecer.

    • th!nk.t4nk

      Câmbio do século passado, essa é a realidade. O DSG é absurdamente superior. A primeira versao teve seus problemas no Brasil, mas aparentemente o DSG atual (de caixa banhada à óleo) nao teve reclamaçoes. Pra mim a VW simplesmente quis economizar oferecendo uma tecnologia ultrapassada no BR, porque sabe que o povo gosta de velharia e compraria da mesma forma. Faz sentido, bobos eles não são.

      • PEDAORM

        Não me arriscaria novamente com DCT seco, se trouxessem a caixa banhada nova (ou ate o dsg6), seria show! Mas bastante improvável, para não dizer impossível.

      • João

        DQ200 não é um câmbio mais caro que o AQ250, diferente do DQ250.
        E apesar do aisin parecer ser o mesmo de sempre, não é. O AQ-250 6F do Polo é o de terceira geração.

        • th!nk.t4nk

          Algo me diz que nem em 10 geraçoes vao fazer esse câmbio chegar aos pés do DSG atual. E se o custo é o mesmo, pior ainda.

          • João

            A questão é o nível de reclamação. O AQ é zero de dor de cabeça nos TSI.

          • Ernesto

            O custo de manutenção é o mesmo?

        • Guedes

          Eu digiri um Polo com esse câmbio e, meu deus, é um horror! mata o motor TSI totalmente.

          • João

            Tira um pouco do brilho do motor, sem duvidas. Mas não é ruim, muito longe disso.

      • Charlis

        Eu acho vocês exageram um pouco nesse assunto.

        Eu dirigi o Polo TSI, este sábado, num longo TD, cidade e pista…
        Sinceramente, gostei bastante do casamento do motor x câmbio, alias, gostei muito do carro como um todo.

        Achei o câmbio muito mais esperto do que imaginava (do que ler besteiras por aqui, por exemplo).
        No modo manual, respondeu prontamente minhas trocas, mudou de marchas muito rápido, inclusive em reduzidas. Inteligente quando está no automático e tem uma saída forte.
        Comparando com o câmbio do Fusion que tive, o Aisin é muito superior.

        Ele também não demonstra o lag do TSI, já que o conversor de torque entra… Isso num transito faz toda a diferença.
        No Jetta, é comum você estar entre os 1000 e 2000 RPM, e ter que acelerar mais forte pois o motor está morto, e de repente o carro sai cantando pneus como se não houvesse amanha.

        E o melhor, não tem que trocar óleo a cada 60 mil km ou por tempo, que custa 1500 reais a brincadeira. E não tem o limite de 240 mil km para trocar as embreagens. Também fica isento dos barulhos indesejáveis.

        É obvio que ele rouba um pouco da potência do motor, e atrapalha o consumo.
        Mas sinceramente, num carro desse padrão, afinal, estamos falando de um compacto, eu prefiro o câmbio padrão, Aisin ao DSG.
        Na minha opinião o DSG (wet) fica exclusivos para os carros mais esportivos, ou de padrão maior, tal como o GTI, Passat, Tiguan.
        No Audi A3 por exemplo, pelo preço e padrão, eu já achei uma sacanagem ele ser feito com esse câmbio por aqui.

        E pra fechar, ainda prefiro esse câmbio Aisin AT6 do que qualquer outro CVT que está virando moda no Brasil.

        []s

        • Rodrigo

          Concordo 100%. ,meu Jetta está com pouco mais de 80 mil de km, e o cambio perfeito, troco óleo do cambio, a cada 35 mil km por apenas 360 reais. Cambio, bom, durável e de manutença preventiva barata.

          • Charlis

            Caramba, onde consegue o óleo nesse valor?
            Isso com a mão de obra?

            • Rodrigo

              Se não me engano o nome da loja é Rei do Óleo no RJ, são 3 litros para enxague e 4 para reposição. (sobra um pouco).

        • PEDAORM

          Se for para ser a seco, também fico com o Aisin. Um pouco pior, mas bem mais confiável e menos custoso.

        • Marcelo

          Colega, sobre a afirmação:

          “No Jetta, é comum você estar entre os 1000 e 2000 RPM, e ter que acelerar mais forte pois o motor está morto, e de repente o carro sai cantando pneus como se não houvesse amanha.”

          Fiz um test drive ontem do Jetta 2.0 TSI e foi exatamente isso que senti.

          Saberia me dizer se o Golf GTI 2017 apresenta este mesmo comportamento?

          Grato.

          • Charlis

            Sim, é basicamente o mesmo motor e câmbio (no GTI o motor tem uma evolução a mais).
            Isso com o tempo, você vai pegando o jeito da coisa, e depois não é mais problema.

            []s

            • Marcelo

              Muito obrigado.

  • Wellington Myph13

    Estranho já ter um pátio semi abastecido e ainda não ter colocado a venda no mercado. Vamos ver o que a VW está aprontando… Só espero o preço igualar ao Cruze (sendo 1.0T mais barato, obviamente)…

    • Dod

      Unidades antigas encalhadas nas concessionárias, esse é o motivo. Tem loja desovando o Highline por menos de 95 mil.

      • Wellington Myph13

        Isso é verdade… E se a VW estiver com a mesma politica de preços dos últimos lançamentos, ele deve muito próximo do preço que estão desovando os 2017…

        • Dod

          Eu tenho certeza que se o Golf 2019 vier por menos de 85k no Comfortline AT e menos de 100k no Highline AT ele vai vender bem mais. A desova com bons descontos já surtiu efeito, em abril foram vendidas quase 500 unidades, praticamente o dobro do que saiu em março. O que assusta o público não é ele ser um hatch médio e sim a ausência de transmissão automática por menos de 110k.

          • Wellington Myph13

            Acredito que se a VW baixar o preço acompanhando o mercado ela deve vender bem o Golf sim, afinal com as ofertas atuais em um modelo 2017 estarem surtindo efeito contra o Cruze que é ano 2018, indica que a preferência maior ainda é ao Golf…
            Minha expectativas são:
            Comfortline 200TSI AT6 – 86.990,00 + 4000,00 Teto Solar + 3000,00 Pacote Elegance + 1250,00 Rodas Liga 17″
            Comfortline 250TSI AT6 – 96.990,00 + 4000,00 Teto Solar + 3000,00 Pacote Elegance + 1250,00 Rodas Liga 17″
            Highline 250TSI AT6 – 108.990,00 + 4000,00 Teto Solar + 3000 Pacote Exclusive + 10000 Pacote Premium

            Comfortline já vai ganhar Piloto Automático e Comandos no Volante de série.

            • Alexandro Vieira Lopes

              tomara q sua estimativa esteja certa, hoje o 1.4 premium mais teto está 143mil e no sua especulação saí por 109+4+13 = 126mil ou seja um preço bem competitivo e considerando a tiguan confortilne por 125mil.

              só uma consideração no 250tsi at6, hoje o premium engloba o exclusive, acho q no caso seria mais interessante o premium ser 10mil, rs, assim como é no jetta atualmente!

              • Wellington Myph13

                Tiguan importada e Golf Nacional, além de ser preço de lançamento, deve subir uns 5mil ou mais.
                O preço base do golf já está acima do normal, os preços praticados hoje são mais reais, e os opcionais então nem se fala. Veja no 1.0T que uma CMM com navegação pula quase 7mil a mais do outro pacote que não tem CMM… Hoje no Polo a CMM 8″ custa 1000 reais dentro do pacote, e o painel digital uns 800, então um pacote de 3000 no Golf já vai englobar muito mais coisa que antes… Os mais caros devem se manter como ACC, FLA e etc…

                • Alexandro Vieira Lopes

                  verdade , os preços dos pacotes são baseados em 2013 quando as cmm eram novidade e do elegance para o exclusive pula 7mil com acrescimo somente de fla e xenon (uma facada)
                  que dessa vez o carro nao tenha pacotes caros como o premium q hoje é 30mil

                • Edson Fernandes

                  Só que na sua estimative eu eliminaria uma possível versão Comfortline 1.4 TSI. Ela já teve e não deve voltar mais com ela. Se for para baixar preço , que seja da Highline.

                  • Wellington Myph13

                    Eu acho que volta.
                    A VW não iria baixar o preço da Highline pra acompanhar o Cruze.
                    Isso, seguindo minhas expectativas de que a VW vá querer acompanhar o Cruze em preço.

                    • Edson Fernandes

                      Deveria.

                      A Chevrolet nesse aspecto é agressiva. A Ford nos descontos tbm é. Então sobra a VW fazer algo pelo carro do que simplesmente ficar barato porque está em epoca de troca devido ao facelift e ao mesmo tempo, não vender bem.

                      Sem contar que o Golf continua com estigma de carro desejado por ladrões e o custo de manutenção altissimo para o porte dele.

                    • Wellington Myph13

                      Custo de manutenção do Golf não é alto, é o mesmo do segmento de sedans médio…
                      E quanto a ser alvo de ladrões, já passou essa fase também, não tem o seguro mais barato do segmento, mas já não é aquele absurdo…

                    • Edson Fernandes

                      O custo dele é por volta de R$4500 a R$5000. Não neessariamente é no preço de todos os sedans. Diante do mercado, tem produtos mais baratos e isso pode ir contra o Golf.

                    • Wellington Myph13

                      Na matéria do NA eles divulgaram manutenção do Golf até 60mil km do 1.0 TSI de 3.388,40, 1.4 TSI 3.461,06 e 2.0 TSI 3.370,50…

                    • Edson Fernandes

                      Assim como do Fluence é R$3000, mas chega na de 80000km é uma porrada (o Golf precisa de troca do oleo do cambio por exemplo)

                    • Wellington Myph13

                      Cara, se isso já foi assim algum dia, não é mais.
                      Acabei de conferir nas revisões de 70, 80, 90 e 100mil, nenhuma delas passa de 600 reais. É 400, 600, 400 e 600 reais.

                    • Edson Fernandes

                      Wellington, vai na Renault e veja o custo da revisão de 80000km.

                      Quando Golf chegar aos 60000km (mas pode ser recomendavel fazer aos 50000km) espere a surpresa da troca do oleo do DSG.

                      Tem custas que as marcas num geral não mensuram ao consumidor que deveriam ser mensuradas.

      • Ubiratã Muniz Silva

        Dod, também tem loja desovando o 1.0 TSI com câmbio manual por menos de 70k. Tem unidade modelo 2017 ainda no estoque de muitas lojas.

        • Wellington Myph13

          Só tem 2017. Não saiu 2018. E talvez nem saia, este novo já deve sair 2019.

          • Ubiratã Muniz Silva

            pra você ver como a vida do modelo tá sendo difícil no Brasil.

      • Rodrigo

        Eu acredito que se a pessoa está querendo um Golf vale muito mais a pena pegar um 17/17 do que esse facelift. Seja pelo desconto praticado (aonde levo o meu tem um GTI premium por 120 mil – de tabela passa dos 150 mil) como pelas modificações desse facelift (pouco justificadas).
        Só troco meu Golf por outro se for o GTE.

        • Guedes

          Esse facelift vai ser bem leve, de fato. o maior diferencial vai ser o cluster digital o que eu consigo viver sem facilmente. Não trocaria o meu tbm não só por causa dessas pequenas perfumarias…

        • Hendel Marques

          Eu fiz isso. Peguei um 16/17 highline com teto e rodas madrid 17. De 115 eles fizeram 98 e me deram enmplacamento total (mais uns 2,5 mil).

        • Marcelo

          Onde tem GTI premium por 120mil? Grato.

          • Rodrigo

            Alta VW São Paulo.

            • Marcelo

              Falei com a vendedora lá, ela disse ser impossível GTI premium por 120mil. Por esse valor eles têm o GTI básico+teto. E com pacote exclusive, 133mil.

              • Rodrigo

                Desculpe, escrevi pacote premium mas na verdade quis dizer pacote Exclusive.
                Há um mês atrás tinha um GTI com esse pacote + teto sendo anunciado por R$124.990,00

    • Djalma

      Li comentários em um site que não me lembro qual; sobre a falta do Display Digital e Central MM de 8″, então a VW segurou porque estava muito atrasada com as entregas do Polo com esses itens.

  • V12 for life

    Uma vez que o torque de 35,7 kgf.m é do motor 2.0, GTI 350 TSI sem chance, isso deve acontecer apenas no Jetta.

  • Victor Hugo

    Será que atualização o 2.0 para 230cv ?

  • Dod

    Já não era-se em tempo o 1.0 TSI ter um câmbio automático, transmissão que é a preferência da maioria que se dispõe a comprar um carro no valor do Golf hoje. As vendas do modelo chegaram no fundo do poço no final de 2017 e início de 2018 e um dos motivos foi ter a transmissão automática apenas no Highline de 110k, um valor absurdo para um Golf “comum”.

  • Cleidson

    350TSI? Vão abandonar o nome GTI?

    • marisa lourdes

      não, mas acho que vai ficar muito poluído com tanta sigla na traseira…

    • Emanuel Schott

      350TSi deve ser o nome do motor (ao invés do “2.0 TSi” atual), o nome da versão continua GTI. O Polo Highline por exemplo se chama “Highline” e conta com motor “200TSi”.

      • goias verde

        não temos como saber. Pode acontecer isso sim, e como a volks tem feito o uso das siglas em vários carros mundo afora, ela fazer o mesmo no gti não custa nada. Acredito que a sigla GTI traseira desapareça, dando lugar pro 350. A sigla na entrada de ar segue lá. Quem não tem interesse na sigla de repente a volks oferece ele a parte na concessionária, até porque o carro é o mesmo do anterior, então eles são obrigados a ter peças de reposição. Acho bobeira tirar o 350 só pra mostrar que é gti. Tudo no gti já é diferente se a vontade do cliente é deixar claro pra todo mundo que ele tem um gti. Rodas, escapamento e o próprio ronco já entregam o “ouro”.

        • Emanuel Schott

          Meu palpite foi baseado no fato de que a VW mudou o nome dos motores no Polo e no Tiguan e não matou sobrenome em nenhum deles. Continua existindo Polo Comfortline e Highline com motor “200TSi” e Tiguan Comfortline e R-line com motores “250TSi” e “350TSi” respectivamente.

          Vai continuar existindo Golf Comfortline, Highline e GTI, só vão mudar os nomes do motores. Ao inves de terem 1.0TSi, 1.4TSi e 2.0TSi, terão 200TSi, 250TSi e 350TSi.

          • goias verde

            Eu entendi, acho que pode acontecer de dois cenários um: sigla xxxtsi de um lado e o nome do carro do outro OU apenas a sigla xxxtsi de um lado e nada do outro lado no caso do Golf gti.
            Imagino da seguinte forma, o nome dos carros golf, polo por exemplo vão continuar a aparecer lá, na lataria, sem mudança em nenhum dos casos. O que não sei o que vai acontecer é no caso do golf gti… o nome golf fica, mas e o GTI sai da traseira ficando apenas o 350tsi? Ou fica as três informações (nome, sigla tsi e sigla gti? acho meio poluido)? O gti seria facilmente reconhecível pelo escapamento, rodas e pela sigla gti na lateral do carro e na entrada de ar.

  • Leandro

    Que novela para lançar esse carro. Era pro final de abril, já estamos em Maio. Tomara Que a espera se traduza em reposicionamento de preços.

    • Alexandre

      vão reposicionar pra concorrer com Classe A, Série 1 e V40 rs

      • Eduardo

        kkkkkkkkkkkkkkk

        DAS AUTO !

      • Rodrigo

        Em termos construtivos o Golf se aproxima bastante desses concorrentes. Lembre-se que na Europa eles são concorrentes diretos, aqui por uma questão de posicionamento de marca é que o pessoal acha que são muito diferentes, mas se surpreende positivamente quando anda em um. A mesma coisa vale para Passat, Tiguan e outros veículos considerados ‘linha premium’ da VW.

  • Leandro

    As novas lanternas traseiras de led são só no Highline?

    • PEDAORM

      Provavelmente highline e GTI.

  • Davi Millan

    Vão trazer o 1.0 tsi mesmo?
    Vi conversas internas que a versão 1.0 tsi poderia sair de linha para não atrapalhar o Polo, caso houvesse necessidade eles iriam colocar à venda somente a partir de novembro.

  • R1 o comentário no1

    Por isso os SUVs farão tanto sucesso.

  • 💀GHOC💀

    Se tem uma coisa que eu não faria, seria comprar um golf 1.0

    • Lucas086

      Infelizmente, não é só vc que pensa assim… se já tem consumidores que torcem o nariz pro 1.4 do cruze, imagina o 1.0 de um Golf…

      • Fabricio Pinho

        É só comprar o 1.4.
        Ou o 2.0.
        Tem opções para todo tipo de cabeça.
        Menos pra quem não curte turbinado.
        Aí é Corolla mesmo!

        • Lucas086

          A questão é que na faixa de cruze e focus, só o golf é “1.0” . Mas nunca deixaria de comprar por causa disso

          • Fabricio Pinho

            É só colocar o preço mais barato na versão 1.0.
            A 1.4 na faixa de preço do Cruze.
            Como qualquer fabricante faria no resto do mundo.
            Aí as pessoas fazem suas escolhas.

            • Edson Fernandes

              Acredito que seja essa a expectativa. O Golf ter um preço mais competitivo. (porque ele já chegou a ter um bom preço).

    • Rodrigo

      Anda mais que o Focus 1.6, gastando pelo menos 30% menos pode ter certeza.

      • Licergico

        o focus 1.6 se der defeito vc leva num ccs e concerta … já o golf …. vai ouvir o famoso: procure seus direitos ! ( vw não concertar nada que não seja uma lampada apagada nos seus autos ) .

        • Rodrigo

          Não entendi. Vc está dizendo que as CSS VW não reparam os veículos? É isso? Se sim, com base em que?

          • Licergico

            meu ultimo vw.
            defeitos: motor 1.6 fazendo 5,5km/l na gasolina , batida seca nas suspensões , ar jogando água pro assoalho ( depois de 1 ano o fundo do carro estava podre ) . etc etc etc uma bomba de carro. ( imagine se fosse os turbos beberrões que eles vendem … )
            Todos problemas sem solução pra rainha das carroças que mais tem fans … VW NUNCA MAIS ! ( sim… eu também era fan da vw … )
            melhor media na estrada 8,9km/l ( gasolina ) andando com pé de moça . Depois de 1 ano com essa encrenca comprei uma ranger cd que tinha a manutenção muito mais barata e era muito mais econômica !!! .
            Atualmente tenho um civic que faz 11 km/l na cidade e 17km/l na estrada . Zero dor de cabeça nem lampada queima. ( ao contrario da vw que tem que ter plano mensal de troca de lampadas … )

            • Ernesto

              Carro premiado esse seu. Tenho VW 0Km há um bom tempo (não exclusivamente) e nunca tive problemas.

          • Licergico

            sim se não for pra trocar lampada ,
            a CSS VW NÃO REPARA SEU CARRO.

            • Davi Millan

              Eu sei o que você está passando e acredito… triste :/

            • Rodrigo

              Engraçado, todos que conheço que tem carro da VW nunca teve problemas de recusa de reparo (em garantia ou fora dele) pela rede.
              Já na Ford meu pai teve muitos, inclusive moveu ação na justiça, tendo obtido reparação indenizatória por isso.

    • Ricardo Blume

      Aí que você se engana amigo. Um motor excepcional em um carro mais ainda. Bom desempenho associado a uma boa economia de combustível. Pena que agora seu caminho cruza com o do com o irmão Polo (mesmo sendo de categorias diferentes) e o futuro de sua categoria seja incerto.

    • Emanuel Schott

      Por isso que a VW mudou o nome desses motores, ao invés de chamar de 1.0 TSi, chamam de 200TSi.. o pessoal tem pré-conceito por conta do tamanho do motor. Acham que é um 1.0 fraquinho.

      • mjprio

        Deve ter sido isso mesmo. Mas achei essa nomenclatura uma babaquice. Igual aos audi, MB e BMW onde os números não dizem mais porcaria nenhuma.
        Por mim botava um TSI somente na tampa e deixa as conclusões pros fofoqueiros de plantão ehehehe.

        • Emanuel Schott

          Ao meu ver essa mudança foi necessária. O que tinha de desavisado que torcia a cara quando via que o motor era “1.0” e ignorava o resto não tá no gibi!

          Pessoal ainda tá acostumado a medir potência e força do motor de acordo com o tamanho dele. A VW está tentando mudar isso aos poucos.

          • mjprio

            Simples mete so um TSI atrás e pronto. Faz como a GM que bota turbo ecotec e ninguém fica especulando rsrsrs

  • Alexandro Vieira Lopes

    tomara q o 1.0 tambem tenha o painel digital e quem saiba o acc!!!

    • PEDAORM

      Painel digital eu duvido muito, não tenho esperávamos. Já o ACC com o sistema city break bem que poderia ser oferecido como opcional.

      • Edson Fernandes

        Poderiam voltar tbm com o freio de mão eletrico para o highline.

        • PEDAORM

          Seria legal Edson, mas não vejo como item essencial, se for para aumentar o preço por causa disso, dispenso.

          • Edson Fernandes

            Diant da precificação da VW para a variante Highline, ele deveria ter sim. Ele perdeu o recurso e veio mais caro… então não foi bem isso que deixou ele caro.

            • PEDAORM

              Concordo, só diria que se fossem aumentar o preço de venda do modelo facelift para agregar o item, não seria minha prioridade.

              • Edson Fernandes

                Se isso for motivo de aumento eu concordo contigo, que não coloquem mesmo.

    • Guedes

      Eu duvido, mas se tiver vai ser uma excelente jogada pra ressucitar o carro.

    • Fanjos

      Acho que nem os Audi de entrada tem o painel digital, mas seria bacana mesmo.

      • PEDAORM

        Nem mesmo o a4 de entrada tem…

  • Erivelton Freitas

    Vamos ver os preços, muito embora, eu imagine que essa versão Confortline apareça por, no mínimo, R$ 85.990, seguido da Highline, que deva chegar aos R$ 119.990 (mesmo preço do Sport6 LTZ) e o GTi deva ficar por R$ 139.990, algo que bate de frente com o BMW Série 1/Lexus CT200h.

    • Alexandro Vieira Lopes

      highline por 120k com todos pacotes ou sem nada?

      • Edson Fernandes

        Se for sem nada… o Cruze de longe bate em cima. Tá na hora da VW começar a abandonar mtos opcionais que ela deixa e trazer o carro equipado criando nome de versões para tal.

  • rodpe

    Desculpem as palavras, mas a VW conseguiu ca**** com as versões do Golf. Totalmente esquizofrênica a divisão e relação entre mecânica/equipamentos/preço.

  • Mauro Schramm

    Mais uma estrofe no samba do alemão doido que a VWB fez com Golf por aqui.

    • Guedes

      Bela analogia kkkkk

  • Gabriel Mazzi

    Esse Golf 1.0 AT deve vim com preço próximo ao do Polo top mesmo. Acho que seria bem interessante. Faria o comprador do Polo ficar com uma dúvida na hora de fechar o pedido.
    Esaa versão pode dar uma sobrevida ao carro.

  • beto

    Já tem uns meses (talvez ano) que a vw matou esse carro no Brasil.

  • leitor

    A gente vai lendo e quando chega no preço a gente perde o interesse.

  • Lennes

    Deveriam colocar um câmbio desse no UP TSI, iria vender pra caramba.

    • PEDAORM

      Nao cabe no cofre.

      • Lennes

        Quis dizer no sentido de ter um câmbio preciso, sem aquele I-Motion que é zoado.

        • PEDAORM

          entendi, seria ótimo, mas pelo que li nao cabem no cofre do carro.

        • Ubiratã Muniz Silva

          o problema é que o único que cabe lá é o iMotion, e ainda assim é um iMotion ESPECÍFICO pro up, com a carcaça menor que a usada nos outros modelos da VW.

    • Mateus

      O que mata o Up é o preço mesmo. Custasse uns 10 mil reais a menos, venderia muito.

      • Edson Fernandes

        Se fosse já 5000, já seria suficiente para bater de frente com compactos e subcompactos.

        Um move up por R$45000 é bem atrativo frente a inumeros modelos de compactos e subcompactos.

  • Licergico

    uma re-estilizada não faria mal ….mais de 10 anos sem mudar nada eternamente o mesmo carro ! credo vw o minimo de criatividade é esperado.

    • Guedes

      Tá sabendo legal. 10 anos?

  • Se não vier a preços absurdos (o que costuma acontecer), eu ainda tenho vontade de ter um Golf desses.

  • Leonel

    Mas seria um erro sem precedentes não trazer o Golf com o 1.0 TSI + AT6.
    Seguinte isto “Outra mudança será na composição dos itens de fábrica e opcionais, o que elevará o conteúdo de série e reduzirá os preços dos opcionais.” e preços agressivos, como foi o caso do Polo, tem tudo para ter ótimas vendas.

    Eu desejo muito que os médios voltem a “brilhar” em nosso mercado que tem sido engolido por SUVs de shopping que ficam bem aquém dos médios que temos disponíveis…

  • Djalma

    Vai ser um erro muito grande se a VW não lançar um 1.4 na faixa entre 95 e 100 mil.
    Por outro lado, essa quantidade grande de carro no pátio deve ser a falta de algum item, provavelmente central multimídia e ou Display digital, já que a marca está privilegiando o Polo e Virtus.

  • Tibúrcio

    Oba! Ansioso pelo Golf 2019 com carinha de 2014…

  • Phantasma

    O maior caso de como enterrar/micar um excelente produto e fingir não perceber que o segmento está morrendo e a única salvação seria preços competitivos.

  • Isaac Ferreira Santo

    Não acredito que a VW do Brasil não vai reprogramar o GTI para 230 cv como aconteceu em outros paises. Ja não basta ter mantido o ARCAICO e HORROROSO freio de mão MECÂNICO?

    • invalid_pilot

      Freio de mão mecânico funciona bem, mas concordo que num carro de 160 mil é zuado demais.

  • Fanjos

    Pessoal odeia os carros da VW, mas todo tópico sobre Polo e Golf gera sempre 150 posts ou mais xD

    • Alexandre

      comentários* rs

      • Fanjos

        Costume de nerd, liga não

  • Abdallah

    Esse carro já deveria de ter nascido com o cambio automático.

    • Perse

      E pra quem curte câmbio manual?

      • Abdallah

        Ficaria como opcional.

  • Cleidson

    O papo tá bom mas… e o Golf Variant?

    • Fanjos

      Apareceu em umas fotos quando vazou as primeiras imagens, finalmente ganha lanternas com leds

  • afonso200

    brother tem um 2014 1.4TSI alemao, teto, sensores frente e tras,,,,,, nao vende por nada. otimo carro

    • invalid_pilot

      Se ele vende pega no máximo um Polo intermediário com a grana e pra pegar algo parecido tem que botar uns 30k

  • David Diniz

    A evolução dos motores é uma coisa maravilhosa mesmo! Há 20 anos atrás para se ter 116cv precisava de pelo menos um 2.0(potência de motor AP 2.0) 128CV era coisa para motor 16V e hoje um motor 1,0 Turbo 3 cilindros tem a mesma potência e praticamente(ou se não mais) o mesmo torque de motores de 20 anos atrás. E finalmente a VW colocou câmbio AT no Golf de 1,0T! Atendeu os pedidos do mercado.

    • PEDAORM

      Mesmo torque, mas entregue muito antes e por uma faixa muito maior.

  • Emilio

    Que interessante! Os modelos da VW agora são batizados com base no torque do motor! Enfim uma medida que faz mais sentido, pois, cilindrada e CV já não significam performance por si só.

  • Luiz Júnior

    O 1.0 e o 1.4 tinha que ser com câmbio DSG 6 e o Gti com DSG 7 que nem na nova tiguan, e auto hold em todas versões!,e suspensão multi link em todos e não só no gti!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email