Europa Lançamentos Super Carros

Gordon Murray T.50 tem mais de 700 cv e um hélice de propulsão

Gordon Murray T.50 tem mais de 700 cv e um hélice de propulsão

Exótico e veloz. O novo carro de Gordon Murray, aliás, da Gordon Murray Automotive, não é apenas mais um superesportivo potente, ele traz algumas coisas realmente interessantes que não se vê todo o dia.


A proposta do ex-engenheiro da F-1, que criou o icônico McLaren F1, agora tem também o T.50 para chamar de seu. Em realidade, vendido pelo próprio.

Super leve, o bólido tem o V12 com a rotação mais alta do mundo e, de quebra, adiciona um fan para propulsão que usa princípios da aeronáutica.

Gordon Murray T.50 tem mais de 700 cv e um hélice de propulsão

Construído em um monocoque de alumínio de apenas 2,4 mm de espessura de chapa, o Gordon Murray T.50 é um carro bastante leve, pesando apenas 986 kg, tendo assim em média quase meia tonelada a menos que os superesportivos rivais.

Na construção do T.50, Murray garante que pedais, volante e assento sejam ajustados perfeitamente ao estilo do condutor, sugerindo uma configuração única de cada carro, totalmente pessoal.

Gordon Murray T.50 tem mais de 700 cv e um hélice de propulsão

Isso dificultaria a revenda, porém, a GMA pode se beneficiar com serviços futuros de readaptação do veículo para terceiros. Os principais componentes são de origem britânica, já que Gordon Murray enaltece que o T.50 como o “verdadeiro carro esportivo britânico”.

Seu motor é um V12 da Cosworth, tendo 3.9 litros e aspiração natural, alcançando 663 cavalos e 47,4 kgfm. verdadeiro carro esportivo britânico”. Gordon diz que é o motor V12 de maior rotação do mundo num carro de produção, chegando a 12.100 rpm, alcançando essa marca a partir da marcha-lenta em 0,3 segundos.

Gordon Murray T.50 tem mais de 700 cv e um hélice de propulsão

Sua transmissão é manual de seis marchas e Murray defende a configuração: “Para ser verdadeiramente notável, um motor precisa ter as características certas: altamente responsivo, um som incrível, entrega de torque envolvente, rotação livre e deve ser naturalmente aspirado”.

A caixa manual pesa 80 kg e o monocoque de fibra de carbono pesa apenas 150 kg. Outro item que chama atenção no T.50 é um fan instalado na traseira, que chega a acrescentar 50 cavalos na impulsão, mas que pode ser invertido para reduzir a velocidade de frenagem. O preço é de £ 2,36 milhões ou R$ 16,36 milhões e terá 100 exemplares produzidos.

Gordon Murray T.50 – Galeria de fotos

 

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

            Quem somos

            O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

            Notícias por email