Finanças Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

Governo adia decisão sobre Rota 2030 mais uma vez – Reunião com montadoras seria dia 12

vw-up-exportação Governo adia decisão sobre Rota 2030 mais uma vez - Reunião com montadoras seria dia 12

O presidente Michel Temer iria se reunir com os executivos das montadoras no próximo dia 12 de abril (quinta) para definir de uma vez o programa Rota 2030, que vem sendo adiado por conflitos interministeriais e pelo próprio governo desde agosto de 2017, quando o regime automotivo anterior, o Inovar-Auto, ainda era vigente no país.



Porém, a reunião com Temer foi adiada, onde o governo pediu mais 10 dias para encontrar-se com os representantes dos fabricantes de veículos, estes ligados à Anfavea. O motivo do adiamento tem relação com a posse do novo ministro interino da Fazenda, Eduardo Guardia, que foi empossado nesta terça (10).

De acordo com fontes da Anfavea e do governo, Guardia pediu esse novo prazo para estudar o Rota 2030 e discuti-lo com o atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Jorge, para então definir a aprovação do Rota 2030. No entanto, a agenda de executivos do setor e do governo pode comprometer a data da próxima reunião para definição do programa, mas como esse assunto é de importância máxima para a Anfavea, provavelmente alguns compromissos serão cancelados para se buscar o objetivo comum.

vw-up-exportação Governo adia decisão sobre Rota 2030 mais uma vez - Reunião com montadoras seria dia 12



Do lado do governo, existem prioridades acima desse assunto, o que pode comprometer a negociação. O temor é que o adiamento e a falta de uma data que coincida com as agendas dos dois lados, leve ao adiamento da decisão por parte de Temer, que assim poderia empurrar o assunto para o sucessor, o que significaria ter o Rota 2030 apenas em 2019.

Para os fabricantes de veículos, o Rota 2030 é imprescindível para a manutenção dos investimentos e até do aumento dos gastos no país. As empresas querem manter o R$ 1,5 bilhão em incentivos para pesquisa e desenvolvimento. Na conta, o governo já teria visto que a arrecadação aumentaria R$ 4 bilhões ao ano por conta da aceleração da economia através das montadoras, o que resultaria em R$ 2,5 bilhões a mais nos cofres do Planalto.

Mas, o governo ainda se mostra irredutível em manter as concessões fiscais resultantes do Inovar-Auto. O temor é a queda na arrecadação, algo que Temer quer evitar a qualquer custo. Por ora, sabe-se que o Rota 2030 terá vigência de 15 anos, divididos em três períodos de cinco anos cada. No primeiro, a redução de consumo médio seria de 12%, mesmo percentual do Inovar-Auto. Há também inspeção veicular nacional obrigatória, novos itens de segurança (13 no total) e regulamentação de carros híbridos e elétricos, inclusão de veículos diesel na tabela do Inmetro, entre outros.

[Fonte: UOL]

COMPARTILHAR:
  • Davidsandro18

    Como pode, esse país é governado por verdadeiros palhaços, jamais seremos levados a sério, JAMAIS!

    • Rodrigo

      A preocupação deles é só as eleições de Outubro. Tanto pra perpetuar o poder como também para garantir o foro privilegiado e escapar da Lava Jato.

    • Danillo Barros

      Se fossem palhaços o negócio seria mais sério…. Mas o importante é que a seleção vai pra copa, a novela está em dia, pablo Todynho Lona está fazendo sucesso…. O lema desse país tinha que ser algo do tipo: Brasil, todo dia um novo 7×1. Que é só isso que o povo entende.

    • Wilson Junior

      Acho que o maior palhaço é quem poe o palhaço lá.

      • Marcos Drawer

        Eu penso que não há opção, toda eleição é a velha história: “O poder do voto”, “saiba escolher o seu candidato”, “temos que votar melhor”, etc… Isso tudo não adianta. Qualquer um que entrar lá e sentar na cadeirinha terá que obedecer ao sistema político corrompido e vai decepcionar DE NOVO quem ainda acredita que existe um salvador na política. Não importa o partido ou ideologia que diga defender. TODOS que forem “eleitos” com promessas vazias e palavras ao vento VÃO falhar e decepcionar o povo que deveria se mexer e lutar por sua conta para melhorar sua vida, sem chorar para o Estado. O politico pensa sim em melhorar a vida: a dele próprio, com malas de dinheiro, restaurantes caros, joias, viagens, sítios, apartamentos… Enquanto o sistema político e o manual de como lograr a população (constituição) forem estes, continuaremos todos a nos decepcionarmos com aquele ou aquela que pareciam “honestos, trabalhadores e que querem o bem do povo”. Mais um circo de eleição vem aí, com quem será que o pagador de impostos vai se iludir de novo?

  • Matthew

    Cara, alguém ainda tem esperança que vão conseguir fazer alguma coisa neste fim de governo? Um monte de ministro está saindo pra concorrer as eleições.

  • Renato Duarte

    Só o próximo presidente poderá aprovar um programa decente pra o setor automotivo. Temer é um fanfarrão que não serve pra nada…

    • Marcos Drawer

      O próximo “presidente” (quem quer que seja) não melhorará em nada. Vai entrar, ficar milionário com o salário + benefícios + auxílios + desvios e melhorar a vida dele e seus familiares, amigos e aliados, pois este é o padrão. Quem acreditar nas palavras ao vento deles para “conquistar o poderoso voto do eleitor” vai se decepcionar. De novo.

    • lucas

      Caçar regime privilegiado na zona. Nem sei o que é essa merlin de ROTA2030, tnc. Soluçao correta é o Mercado aberto, quem acreditou no governo do PT que se lasque. Essas carroças de 60k novas aqui tipo UNO, gol, polo, tnc. Deixa os coreanos comer esses lixo e mercado evoluir. É brincanagem um doblo partir de 85k.

  • No_Name

    A VW já deu o grito: se não sair logo esse “Rota 2030” irão cancelar um investimento de R$ 7 bilhões…

    • Alvarenga

      Chantagem explicita, pressão, terrorismo, fazem isto com seus funcionarios, fornecedores, clientes, governo, ação padrão. Bom, não surpreende nada pra empresas capazes de forjar até resultados de testes pra enganar a legislação ambiental no mundo todo.

    • Edson Fernandes

      Ela não é trouxa. Ela deixa de investir, mas tbm deixa de mamar do que já mama.

      Então assim… ela pode ameaçar… mas qdo se pensa em lucro e dinheiro… ela só treme na base e fica chorando. Veremos as cenas do proximo capitulo. Se tem alguma negação entre o pessoal da Anfavea, ela assim já não se torna tão confiavel assim.(ela quem diz entre as empresas para tbm inovar e coisas do tipo)

    • Rogério R.

      Com esse enrola, enrola que está aqui, não duvido que a VW não invista esse dinheiro na Colômbia, pois agora temos o acordo Mercosul-Colômbia e a VWB tá enviando vários modelos para lá(é só olhar o site da marca lá), portanto, se a VW tiver uma linha de montagem por lá ela poderá fazer o inverso.

  • Rodrigo

    Até entendo que esse Rota 2030 em linhas gerais só beneficia as montadoras, mas ficar protelando essa decisão só descredibiliza e negativa a (já não tão boa) imagem do presidente e do governo.
    É preferível já deixar claro que essa decisão será tomada pelo próximo presidente.

    • Edson Fernandes

      Ou simplesmente se postergada e repensada melhor para um momento futuro. Tem que ter culhão para dar uma resposta aberta tbm.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Pessoal, esqueçam isso. O ano só vai começar em 2019

  • Dick Buck

    Vou fingir que estou surpreso…

  • EXPEDITO ALVES CARDOSO

    Meus caros, o governanta enrolando para receber favores, toma lá dá cá, o faz me rir. O alguém está esquecendo da operação zelote? Dá lava jato? Onde as empresas para para os governantes próprias para ganhar licitação ou leis que os favorecem? O povo tá acoado…

    • Louis

      Exatamente, estão atrasando porque ainda não chegaram a um acordo sobre os valores do “pixuleco”. Mas é bom que fiquem espertos, pois as últimas prisões mostram que políticos corruptos começaram a ser presos na banânia, essa é nossa esperança. Espero agora que as investigações avancem rumo ao Aócio e o picolé de Chuchuzão.

      • Edson Fernandes

        Se o Aécio for preso assim como o Alckmin que naõ tem mais foro privilegiado, eu até acredito. Caso contrario… é só interesse partidario como sempre…

        • Alexandre Maciel

          Exatamente. Até hoje, de fato, NENHUM POLÍTICO foi efetivamente condenado por casos recentes de corrupção.

          • Edson Fernandes

            Espero que seja um começo com o Lula.

            • Alexandre Maciel

              Lula não era político durante o processo. Tanto que foi condenado por juiz singular, visto não ter o foro privilegiado.

              Quero ver, sim, Aécio, Eunício, dentre outros, condenados durante o exercício do mandato. Até isso acontecer se pode dizer que o Brasil continua na mesma.

  • PAULO SANTOS

    É no mínimo imoral ,tanto descaso com um setor vital para qualquer país,quanta incompetência!

    • CanalhaRS

      Hehehehehe…gostei da ironia.

  • Schack Bauer

    Anfavea precisa é de concorrência, não de dinheiro do contribuinte.

  • leitor

    Se não rolar alguma vantagem política vai dar bode. Quem acredita nesse governo e nas montadoras?

  • FrankTesl

    estão querendo uma lata maior de “graxa”…

  • Rogério R.

    Estou vendo que essas novas regras para o setor automotivo só comecem no ano que vem e se bobear com mais modificações e com outro nome.

  • REDDINGTON

    De Gaulle estava certo viu…

  • Raul Pereira

    decidi não me estressar mais com essas decisões, afinal os que não foram pro xadrez, vão logo logo

  • Marcio Souza

    E alguém duvida que será postergado novamente?

  • Marcos Drawer

    O verdadeiro “incentivo” seria o seguinte: Abrir as porteiras pra que qualquer montadora se instale aqui ou importe seus carros com condições de mercado iguais aos nacionais, sem favores, sem cotas de importação, sem burocracia, “ah, mas e os empregos….? E a indústria nacional..?” Quem não tiver competência que caia fora! A concorrência deveria ser cada vez maior e os fabricantes deveriam disputar o consumidor, sem as canetinha$ e favore$ do governo, e que vencessem os melhores produtos. Mas infelizmente sabemos que existem os acordos de comadre entre governo e montadoras e quem perde é o consumidor, que tem carros de 3º mundo com preços de 1º mundo.

  • GeorgeS

    A verdade é que o governo está pouco se linchando pra isso, em um país onde o ano ”começa” em abril e ”termina” em novembro e o mandado dos governantes na prática é de 2 anos (o primeiro só pra receber o governo e o último para ”deixar a batata quente para o próximo”) já era de se esperar.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email