Governamental/Legal Mercado

Governo deve anunciar programa de renovação da frota em janeiro

Pátio-da-Chevrolet2

De acordo com a Fenabrave, o governo deve anunciar ainda em janeiro um programa de renovação da frota de automóveis e comerciais leves. O mercado nestes dois segmentos caiu quase 27% em 2015 e a ideia é reaquecer as vendas.

A ideia é retirar das ruas carros com mais de 15 anos e caminhões e ônibus acima de 30 anos, gerando assim um potencial de mercado de 500 mil unidades. No entanto, as regras ainda não são conhecidas, mas a expectativa é que seja oferecida uma carta de crédito no valor do veículo a ser entregue para reciclagem.

Esse crédito então seria utilizado na aquisição de um veículo novo nas redes autorizadas ou lojas multimarcas. Um fundo financiaria a operação, mas a origem dos recursos ainda será anunciada. De acordo com a Fenabrave, não haverá subsídios do governo por conta do reequilíbrio fiscal.

[Fonte: Valor]





  • Tosca16

    Eu não sei não, especialmente nos caminhões onde sempre se discutiu isso da renovação da frota circulante hoje no país … Mas vamos esperar, quem sabe o governo acerta desta vez, acho difícil mas quem sou eu para duvidar; todavia ainda vejo com mais perspectivas o mercado de usados por um bom tempo, claro que agora é um usado mais novo, os seminovos estão bombando nas revendas. Pessoas que buscariam um carro 2008/2009 agora só querem de 2012/2013 pra cima, pelo menos é o que vejo, e os carros com menos de 2 anos de uso idem, são os mais procurados.

    • Zoran Borut

      Eu pessoalmente acredito que conceder incentivos (em forma de juros mais baixos por exemplo) para quem compra o carro usado iria gerar um efeito cascata, com pessoas que estão acabando de pagar o zero mais dispostas a vendê-lo e partir para um novo zero.

      • Tosca16

        Quem sabe, mas também teve empresas que não tiveram crises mesmo com a queda no mercado; então seria falta de criatividade e competitividade para saber lidar com a crise ? Ah quem pense assim, eu sinceramente concordo em partes, mas sei que num âmbito geral que mais tem participação teoricamente é que mais sofre com as crises.

        • Pedro Rocha

          Eu sou mais simplista: novamente a ANFAVEA obtendo facilidades junto ao PT.
          Só não sei dizer quanto custou em pixulecos dessa vez.

          • Deadlock

            Como não vai envolver o governo diretamente, pense no BB e CEF financiando populares para quem tem um pau-véio. Nenhum banco privado vai emprestar para quem não tem condições de pagar, pois se eles tivessem, não estariam com esses carros velhos, a não ser que seja colecionador, mas este não vai querer trocar. O Brasil está cheio de Pikachu (veículo que foi comprado financiado, que não foi pago e o carro foi passado para frente, e o novo “dono” roda irregularmente). Além disso, o usado de mais de 15 anos vale pouco, logo o candidato vai ter que financiar a maior parte do popular. E a disposição para financiar qualquer coisa está em baixa, dada a incerteza quanto ao futuro. Esse plano não passa de mais uma bobagem, estamos à deriva.

    • Silvio Brito

      15 anos? E um carro 2001!
      Tem muito carro em bom estado desta idade. Da maneira como são as coisas aqui, e com o governo quebrado não deve vir nada tão bom assim.

      • Castle_Bravo

        Não vai vir, não vai vir nada na verdade. O governo não tem mais dinheiro para dar aporte às fábricas, muito menos pra subsidiar juros mais amenos aos interessados. A ideia vai morrer na praia, como tantas outras. O que sinceramente, não acho ruim.

        • Pedro Neto

          rsrsrs neste país tudo morre na praia menos a politicagem, a roubalheira e a incompetência em todas as esferas de governo seja lá qual partido for

          • Rafael Ribeiro

            Não Culpe o governo, e sim o povo. Corrupção é algo endêmico na população brasileira. Todo mundo crítica os políticos, mas quando interessam a si próprios, sempre querem dar um jeitinho pra tudo, mesmo que isso seja por fora da lei. Os políticos são reflexo da população, já que eles também fazem parte dela. Todos que entram lá, mesmo que sejam honestos, não conseguem aguentar a tentação. Então me desculpe, mas a solução para a corrupção no Brasil, seria tentar mudar a mente do brasileiro , e pra isso só investindo muito em educação e rezando pros antigos com a mentalidade tosca morram logo.

            • dCarvalho

              Você me fez economizar 5 minutos que gastaria digitando exatamente o que você colocou aí.

              • Rafael Ribeiro

                Hahaha pois é, é bem fácil entender isso, mas o povo reclama muito dos políticos e se esquecem de olharem pra si próprios para entender porque a corrupção é tão grande nesse país. E quando temos chance de começar a mudar, mantemos o mesmo governo de antes por medo dos novos tirarem benefícios que privilegiem os não amantes do trabalho, enquanto quem é realmente é honesto se f*** então é um caso urgente de reeducação

            • Concordo contigo. Só uma ressalva quanto a questão da educação. Pelo que vejo quanto mais estudo maior a tendência de ser corrupto. Vide caso lava jato e petrobras. Quase todos os envolvidos possuem diploma.

            • Deadlock

              VC descobriu, a vítima é a culpada, acabou a novela…

        • Leonardo Brito

          Seria bom demais para ser verdade hehehehe

      • Tosca16

        Carros de passeio bem, veículos comerciais nem tanto .

      • Leonardo Brito

        Concordo

  • Bruce Wayne

    Não existe cenário algum para isso, não muda nada.

    • Você tem que ser o herói que esse país precisa. Um deputado das trevas!

      • Bruce Wayne

        Penso nisso quase todos dias , meu grande amigo.
        Seria o politico das nossas causas automotivas.

  • Pacheco

    Me da credito q eu troco a Tempra SW 94 por um UP completo. Ainda vou poluir menos, ja q a Tempra fumaça igual carro a diesel. Kkkkk

    • Rodrigo

      E assim o maldito PT sê perpetua no poder… usando a maquina publica pra comprar a alma dos brasileiros que sempre buscam vantagens….

      Uma pessoa que tem um Tempra SW 94 com manutenção negligenciada, não tem condições de financiar quase 100% de UP completo e manter manutenção, ipva e seguro desse veiculo.

      Só lembrando que o dinheiro que esse maldito partido usa é do povo e o mau uso do dinheiro publico esta destruindo nossa economia.

      • Alessa Chalenger

        Assino embaixo.
        muitos acham que carro novo não da manutenção….

        BR quer saber é de usar até quebrar depois de 1 ano só trocar por um novo que ta tudo certo.

        • Pedro Neto

          e pensado nos novos motores de ato rendimento e turbo com injeção direta… trocar o óleo com o dobro da periodicidade e um óleo fora da especificação? adivinha?? vai acontecer como aconteceu com o VW 1000 turbo em 2000

      • Fernando S.

        Muito bem dito. E depois ainda acham ruim quando eu digo que carro velho (sim, um carro de 1994 é um carro VELHO) deve ter um IPVA maior, vem gente dizendo que isso é pensamento fascista e blá blá blá. O cara tem um meio de transporte caindo aos pedaços, poluente e que vive quebrando e acha isso legal.

        • alexandre

          Aqui é justamente o contrário. Alíquota igual, incidente sobre o valor de venda do carro até que um belo dia: isenção! É o incentivo à velharia. Deveríamos incentivar os desmanches de carros velhos, isso sim. Alíquota crescente até não poder mais manter. Daí vende por um picolé de açaí no desmanche e compra um zero (se puder, é claro). Mas aqui na esquerdalândia, é bonito dizer que qualquer assalariado pode ter um carro. Daí bota um GNV, obtém desconto de 75% no IPVA e bota pra rodar, enguiçando e causando engarrafamentos… Fora que pneus e lâmpadas o caboclo aluga na porta do Detran, pra fazer a vistoria….

          • luis batista

            essa politica de carro novo funciona em pais onde o preço nao é abusivo
            o brasileiro nao pode ficar trocando de carro sempre, por causa do valor de um veiculo no Brasil e o baixo poder de compra do assalariado …uma vergonha
            ainda tem ipva de um carro novo + caro
            seguro de um novo + caro
            alem das montadoras abusar do preço, o governo tambem ganha muito com imposto sobre tudo isso citado… vergonha Brasil

        • Pacheco

          Concordo… carro deveria ser isento de IPVA no primeiro ano e ir aumentando o alíquota a cada ano.

      • Pacheco

        Amigo, meu carro não está com manutenção neglicenciada e muito menos não teno condição de manter um carro novo. Muito pelo contrario, o que eu gasto pra manter o Tempra em dia, eu manteria um Sedan 0km. Só esse mês de Dezembro eu deixei mais de 3 mil reais em oficinas na revisão que precisei fazer nele… meu carro está inteiro e vale mais do que a tabela dele.
        Porem, o mercado não paga e me oferecem 4 mil reais nele. Eu já tive Captiva, Zafira, Cherokee, Vectra e inumeros importados. Sou uma vitima do Golpe que a Dilma deu no Brasil chamado Minha Casa, Minha vida. Não pagou nada as construturas que não nos repassaram 1 real. Governo me deve hoje na casa de milhões e reais e eu tive que vender todos os meus bens para que meus funcionarios tivessem salario, 13º, férias e suas recisões trabalhistas pagas.

        Hoje, dentro de um centro de custo bem feito, um UP 0km me daria menos despesas.

        Quando falei de carro que faz fumaça, era falando de como um Tempra Polui. As normas em 94 eram totalmente diferente e hoje um carro 1.0 como o Up não deve poluir o ano todo o que o Tempra Polui em 1 dia.

    • Pedro Neto

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa e nessas condições tem muita gente

    • Mario

      Mas desde que seu tempra vá para o desmanche, e não para outras mãos!

      • Pacheco

        Exatamente… deveria ser adquirido pelo Governo como Sucata.

        Agora um Fusca 1980 no Brasil custa 25 mil reais.
        Uma coisa é carro de colecionador, outra coisa é carro velho.

        Eu tive que comprar um carro velho pq não tinha credito para adquirir um popular que me desse menos manutenção.

        Meu Tempra está inteiro. Gastei 6 mil na compra e mais 4 mil na revisão. Dezembro ficou mais 3 mil em suspensão, freios, velas e correias. Tenho um carro otimo, que anda bem e está redondinho, porem o custo pra manter é maior que um 0km popular.

        Sem falar que 1 dia rodando com o tempra, ele polui mais que 1 ano com o Up.

  • Autofahrer!

    “veículo a ser entregue para reciclagem.” no Brasil? Hahaha… Querem uma maneira de desovar estoque, esta é a real.

    • Hélio

      não teve um post aqui no NA falando sobre seguro com peças usadas? ta ai o destino

      • Pedro Neto

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, bingo!!! Os carros deveriam estar completos com todas as peças no lugar para isso, serem “confiscados” e ir direto para a separação de materiais e aí sim entrar no esmagador como acontece nos EUA

      • Pacheco

        Mas tem veiculos que devem ser eliminados. Por ex, carro acima de 15 anos que vai sumir é Monza, Kadet, Premio, Elba. Tudo isso morre, então não precisa mais do mercado de peças;

        Porem como ficam os carros com placa preta? E se precisar de peças?

    • Vagnerclp

      Ou entregue para a reprodução do mosquido da dengue, como eu ando vendo nos pátios aqui da região.

  • Pedro Cunha

    “Retirar das ruas carros com mais de 15 anos” – Obedecendo quais critérios? Quem/qual empresa estará apta devidamente á realizar a devida “reciclagem” de um carro inteiro aqui no brasil? Ao meu ver, mais um fomento ao mercado negro e mais uma cartada dos fabricantes para pressionar o governo em busca de incentivos/facilidades para vender/empurrar mais carros para as ruas.

    • Pedro Neto

      mercado negro com certeza.
      Na verdade uma entidade governamental deveria fiscalizar, empresas credenciadas fazem a coleta dos carros “inteiros”, fazem a separação dos materiais plásticos, tecidos, borrachas e fluidos, a carcaça vai direto para o rolo esmagador com motor e cambio e tudo mais como acontece nos EUA

      • Pedro Cunha

        No lisarb, com a economia anêmica, politicamente instável e povo sem cultura do bom uso dos recursos materiais e noções de reciclagem só significa que no mínimo nos próximos 200 anos não teremos um sistema organizado e eficiente de reciclagem total de veículos.

        • Pacheco

          Até pq só vai tirar carro de coitado.

          Pq os carros dos verdadeiros bandidos estão em nome de laranja ou são os veiculos NP que vendem por ai.

          • Pedro Cunha

            …nem coitado, pois imagina da onde um “coitado” vai tirar dinheiro para completar o valor necessário para comprar um modelo 0km?

    • Gustavobrtt

      Pois é, a pergunta é QUEM vai fazer a reciclagem?

  • Daniel dos Passos

    Levando em conta o que aconteceu com o IPI reduzido, muito provável esse “crédito” vai ficar grande parte com as montadoras.

    • Pedro Neto

      na mosca

  • dncmotors

    Quando o Governo não põe $, não vai pra frente, empresariado no Brasil são oportunistas. Vide investimentos no Trem Bala, nenhuma empresa quis investir no Projeto, porque? Capital 100% privado. Lá fora a coisa é diferente. Enfim veremos na prática. Essa medida funcionaria melhor se os estados criassem medidas para tal, como já existe no Rio de Janeiro através da MAN LA e o Governo do Rio.

    • João Paulo

      Lógico, a iniciativa privada não investe dinheiro para perdê-lo, já o Estado sim. Trem bala é inviável economicamente na esmagadora maioria dos países.

      • Alessa Chalenger

        que fosse apenas trem lerdo mesmo, aqui nada da certo sempre tem um que quer tirar vantagem.

        • Mas uma empresa tem que ter vantagem econômica (Lucro) para existir. O problema é carregar o sócio deficitário que todo empresário carrega (O governo).

          • João Cagnoni

            Deficitário na sua maneira de ver. O governo brasileiro arrecada muito, mas o problema real está na sua própria resposta, o “governo sócio”. Nosso governo é controlado diretamente pelas grandes montadoras e interesse de poucos.

      • Castle_Bravo

        Fora que não há segurança jurídica em republiquetas como a nossa. Quem garante aos investidores que daqui algum tempo, populistas não achem as passagens “muito caras” e forcem uma redução via Lei? ou deem “benefícios” diversos, a idosos, aleijados, estudantes, negros, índios, entre outros grupos, reduzindo as margens? fora a possibilidade de algum governante imbecil “nacionalizar”, “encampar” ou qualquer outro eufemismo para roubar a empresa dos investidores? O Brasil ainda não está maduro, talvez nunca esteja.

    • zekinha71

      Mas também o projeto que foi apresentado do Trem Bala era pra ninguém se interessar mesmo.
      Pegaram o Google Earth, fizeram um risco ligando Rio/SP e falaram que a passagem ia custar R$ 150,00. Não sabem nem onde vai passar, pode ser 10Km de distância pra um lado ou pra outro do risco que fizeram no GE.

      • Lembro até hoje da imagem que vi no jornal de um comício do então presidente Lula apresentando seu fantoc… Quer dizer, a candidata do seu partido: “Eu não queria dizer não, mas o sucesso do trem bala se deve a ela”.

      • Castle_Bravo

        Sim, o governo dita o preço da passagem sem estudo algum. Desconfie de “números redondos”, por que não R$151,00 ou R$147,70? escolhem arbitrariamente um valor conveniente, independentemente de ser viável ou não.

    • Gustavobrtt

      Nenhuma empresa quer investir poiso modelo de concessão oferecido pelo governo não é interessante.
      Para uma empresa, é interessante o investimento que logo se torne operacional.
      Por exemplo, no modelo proposto, o governo teria que realizar as desapropriações. Quanto tempo isto levaria?
      Quem iria pagar o lucro cessante da empresa/consórcio que investiu, mas está sem retorno pois o governo atrasou a parte dele?

    • Felipe Carvalho

      Se o investidor não aceita investir para perder dinheiro ele é oportunista? Ta serto!

  • invalid_pilot

    Que Governinho meia boca o nosso… ao invés de criar livre mercado vem com essas palhaçadas.

    Certeza que montadoras e mais alguém vão lucrar, espero que o povo não caia nessa furada.

    • dallebu

      Os operários que vão manter seus empregos e sustentar suas famílias também vão sair ganhando.
      (Não voto e sou contra o PT, mas temos que parar de olhar só para o nosso umbigo)

      • invalid_pilot

        Não é olhar pro nosso umbigo, o custo do carro sendo caro toda cadeia acaba sendo inflacionada (peças, mão de obra e etc) pressionando ainda mais a inflação.

        Também fossem os carros mais acessíveis e o país tivesse infra estrutura pra exportar produtos bons, manteríamos empregos de maneira natural e não através de canetada.

        Cambio está extremamente vantajoso pra exportação, mas porque isso não ocorre? talvez Custo Brasil de logística, impostos e etc.

        Governo está dando aval para o cartel manter e aumentar preços usando trabalhadores e caos social como ameaça.

      • Redpeak77

        Manter empregos e sustentar famílias não deveria ser um processo artificial, e sim de mercado. Não deveria ser tirando o meu, o seu dinheiro, para sustentar os outros.
        O governo toma dinheiro de todos, inclusive dos pobres, em forma de impostos para depois retroalimentar num sistema forçado e corrupto, e assim tem funcionado aqui, eternamente.
        Se o povo tivesse mais disponibilidade de recursos e menos interferência do governo, ele mesmo iria aplicar no sistema, gerando empregos e sustentando as suas famílias.

  • Rodrigo

    Vai ser aquele toma lá dá cá: um carro 1995 que no mercado vale, sei lá, R$7000 e a carta de crédito valendo R$5000 pra trocar num popular de R$35 mil.
    Com as restrições atuais (crédito, receio de gastar dinheiro,…) acho que não vai dar vazão nem a 20% do estoque de novos.

    • invalid_pilot

      Estados vão lucrar com IPVA (aqui em SP carro com mais de 20 anos é isento), banco vai lucrar com esse “crédito” já que não existe almoço grátis.

      Como disse ali, espero que o povo não seja tonto e caia nessa, caso contrário vai se endividar mais sem poder pagar.

      • Rodrigo

        Exato. Pra quem cuida bem do seu velhinho vai ser meio que um tiro no pé.
        Só pra ilustrar, em casa temos um Fiesta 1.0 Endura 1996 que nos serve bem para “serviço pesado” (levar os cachorros no vet, material de contrução, etc.), mas a manutenção básica está em dia. Eu não trocaria-o para comprar, por exemplo, um Ka básico e ainda amargar 4 anos de financiamento, sendo que mais da metade desse valor vai parar no bolso do político corrupto ou no do banqueiro extorsivo.
        E tenho a sensação que o Ka não aguentaria metade do uso que hoje o Fiestinha faz… Sem contar que esse ano (o último), o IPVA dele veio R$200. E como é só a gasolina, faz uma média de 15 km/l.

        • invalid_pilot

          Sim, eu tinha um Celta 2003 bem cuidado, só o vendi pq não tinha A/C e com calor era insuportável de usa-lo. Acabei pegando um novo com a intenção de usa-lo pelos menos 8 anos

      • Gustavobrtt

        Sem dúvidas, os estados também poderiam ajudar o programa alterando a progressão do IPVA, para tornar vantajoso ter um carro mais novo.

  • rafa.prebianca

    É apenas um forma descarada de arrecadação, pura e simples, claro, caso isso funcione no Brahuezil.

  • Gustavo73

    Aqui, feito na correria e sem uma estrutura vão dar um jeito de revender os carros e vai ter gente recebendo o crédito sem ter o carro na contrapartida.

  • Rodrigo A.

    Vamos Aguardar cenas dos próximos capítulos.

    • invalid_pilot

      O problema é como isso é feito… atolando em dívida as pessoas menos esclarecidas e não desonerando e abrindo o mercado e com isso baixando o preço e fazendo com que as pessoas troquem naturalmente os carros velhos.

      • Exatamente! Meu carro que vale 10, pagarão quanto? 5? E vou ter que completar para chegar nos 35? Se tivessem carro na faixa de 12, 15 reais não precisaria de política nenhuma de renovação de frota… Seria automático. É impossível fazer um carro nesse valor? Eu acredito, mas quero que me mostrem o porque: Imposto? Não tem tecnologia para isso? Custo de insumos?

        • alexandre

          Êpa! Mas se tivesse carro zero por 12, 15 mil, a curva de preços dos usados já seria outra e o seu carro talvez não mais valesse 10 mil, ok? Na minha humilde opinião, quanto menos intervenção estatal, melhor. Deixa o pau quebrar, inclusive com liberação de importação com alíquotas reduzidas.

          • Exato Alexandre! E eu aceitaria que meu carro não valesse nada (Na verdade, hoje não vale. Nosso mercado é tão distorcido que carros que deveriam estar aposentados como eu ainda tem um valor razoável) se os carros zero fossem proporcionalmente mais acessíveis. Também sou do partido que o governo deve se meter o mínimo possível na economia. Mas não estou pedindo que o governo se envolva, mas que faça sua parte! Se ele baixa imposto mas não controla se a baixa foi repassada ao consumidor, ele não faz sua parte. Se ele tem uma suposta abertura de mercado mas não fiscaliza a formação de cartel, ele não faz sua parte. Se ele não protege a vida de todos aqueles que tentam mudar esse mercado ele não faz sua parte.

  • Alexandre Maciel

    Com o atual momento financeiro, quem diabos vai investir para trocar de carro, ainda mais considerando os preços imorais que andam praticando?

    • Gustavo73

      Sempre tem.meu caro. Parece loucura mas tem.

      • Pedro Rocha

        Eu iria trocar de carro esse ano mas adiei para o próximo e já estou pensando em adiar novamente para 2018.
        Em época de crise e juros altos, melhor aproveitar para investir.

        • Thiago Cesar

          O meu!?!? Meu celtinha comprei zero a tres anos…trocar??puff nao penso nem tão cedo. So em não estar andando de busão lotado, to no lucro!

        • Gustavo73

          Melhor é, mas muita gente não segue essa linha.

    • Thiago Cesar

      Concordo! Mas o pior que ainda existe esses sujeitos que ainda dão cabimento ao governo e as montadoras. O brasileiro precisa para de pensar que carro é investimento.

  • Mario Maia

    Esse governo não aprende né!? Vai tentar artificializar a coisa de novo! Deixa o mercado se ajustar!!

    • rodrigomalc

      Mas tá dito lá que o governo não tem nada a ver com isso

    • Thiago Lamim Matos

      Isso aí, deixa o mercado em paz.
      Tira regulações, subsidios e toda intervenção.

  • JoãoAVR

    Meu Uno tem 12 anos e eu não tenho intenção de trocar ele não.
    Futuramente pretendo comprar um carro 2007/2008 de umas duas categorias acima para deixar como carro de passeio e viagem. Mas carro 0km nem pensar.

  • Adriano

    Ixi lá vem a LCC (Letra de crédito do carro) rssss, se for isento de IR to dentro :D

    • Daniel Bezerra

      Acho que seria menos sólida que uma LCI ou uma LCA, pois em vez de termos imóveis e equipamentos agrícolas de PJs, teríamos nosso dinheiro em vários carros espalhados por aí. Em caso de quebra do banco, o que o FGC não garantir, vai ser mais complicado de recuperar. Em compensação, como os juros são maiores no mercado automotivo, poderia ter uma rentabilidade maior. Mais foi uma boa sacada. Outro problema é o governo sempre vir com história de taxar as letras de crédito…

  • Gustavogm

    Não vai dar certo, já que a maioria dos donos de carros antigos são pessoas mais pobres, justamente os mais afetados pela crise que vivemos.

    Alguém acha que eles vão entregar os seus carros para se endividar ainda mais?

    • Gustavo73

      Nunca duvide da capacidade de alguns. Tem gente que não tem dinheiro, mas tem 4 celulares pré pagos de operadoras diferentes.

      • Daniel Bezerra

        Uma vez fui numa oficina e o mecânico tinha dois iPhones. Um para cada operadora… faltam aulas de educação financeira na rede básica.

      • Mas isso é mais a consequência que o problema em si: Se as tarifas telefônicas e a qualidade do serviço fossem razoáveis provavelmente uma operadora daria.

      • Castle_Bravo

        Os 4 celulares de operadores diferentes, acredite, ajudam a economizar.

        • Gustavo73

          Sempre me pergunto se sim. Com recargas semanais de 10/15 reais por aparelho acho que fica bem caro, mesmo sendo a cada 15 dias não sai barato.

  • Wolfpack

    Se não existirá incentivo porque o anúncio pelo Governo? História mal contada, e isso nunca deu certo por causa do jeitinho, da esperteza do brasileiro.

  • Wolfpack

    Sou contra a qualquer tipo de incentivo a indústria automotiva. BNDES já foi utilizado para isso com crédito fácil aos empresários que desejavam renovar sua frota de caminhões e ônibus e o que vimos, os empresários ficando cada vez mais ricos com estes emprestimos.

  • João Cagnoni

    Tá, então quem tem um carro com 15 anos de uso vai poder comprar um compacto pelado de 50 mil? Nunca.

    • kravmaga

      Pior é que muita gente que anda de Monza, Vectra, Astra, Santana, Tempra e outros carros confortáveis da época não conseguiriam se adaptar num Uno, Gol, March, etc de hoje. E também não conseguiriam comprar os carros equivalentes 0km.

      • João Cagnoni

        Com certeza. Além de que em 5 anos um Uno vai estar em condições piores que o carro de 15 anos dele.

  • Brenno

    Não, obrigado. Completo, econômico, barato, fácil de manter, IPVA anual de menos de 300, pouco visado e ainda sim muito divertido? Fico com meu Fiesta 99 =D

  • Droga! E lá se vai meu Tempra 95… Não era para ser mesmo..

  • Aliás, todo mundo sabe o que aconteceu quando o governo passou a dar subsídio para compra do imóvel… O preço dos mesmos dispararam…

    • Matafuego

      É o governo novamente tentando apagar fogo com gasolina!

    • Gustavobrtt

      idem com financiamento estudantil FIES. Hoje você não faz um curso superior pagando menos de R$1000 a mensalidade.

  • Zé Mundico

    Mais do mesmo.

  • Isaias Freitas

    Muitos mal consegue sobreviver ai tem q fazer financiamento obrigado…

  • Louis

    A primeira coisa que este governinho deveria fazer para ajustar a economia era diminuir seu tamanho e seus gastos. Isso é básico. Mas os assnos socialistas continuam fazendo m….
    Duvido que isso irá melhorar as vendas de carros. A conta chegou.
    E paguem meus juros!

  • Bruno Brasil

    Esse dias tava vendo uma notícia q estavam querendo liberar para as seguradoras usarem peças usadas para consertarem os carros batidos, com isso oferecendo um seguro menor…

  • rodrigomalc

    Qual a lógica? O carro vale 10, o camarada vai receber uma carta de crédito de 10… se ele quisesse trocar de carro, ia conseguir vender o carro normalmente por 9 (exemplo), e ia na loja comprar outro!

    Capaz do tiro sair pela culatra, e o preço dos carros de 15 anos subir, empurrando os demais preços (mais) pra cima

    • Luis Eduardo Bueno

      É só pegar o exemplo do mercado imobiliário.
      Não tem jeito. Governo não tem que colocar o dedo nessas coisas…
      Coisas de PT….

  • Portuga Goleta

    Se pagar o dobro da tabela no meu Gol Bola 95 eu penso no caso.

    • Hehehe… Para pegar alguma coisa razoável teriam que me pagar o triplo do valor do meu carro atual.

  • Marcello Caetano

    Vão aumentar ainda mais o déficit?

    • Martini Stripes

      Vc leu a matéria?

      ” De acordo com a Fenabrave, não haverá subsídios do governo por conta do reequilíbrio fiscal.”

  • Matheus

    Quer retirar das ruas carros com mais de 15 anos e caminhões e ônibus acima de 30 anos?
    Basta aplicar as leis que já existem. Uma parte razoável desses veículos não possui condições de rodagem e/ou está com impostos e licenciamento atrasados.

  • Thiago Lamim Matos

    Tudo que o governo faz para “ajudar” algum setor, ou atrapalha; ou atrapalha outro setor; ou crise uma crise anos depois, como aconteceu com o setor de transporte depois dos subsídios para compra de caminhoes.

  • MarcelloHSouza

    Somente a abertura do mercado resolve, não gera roubo pelos integrantes do conluio governo/corporativistas (ex.:anfavea).
    Liberdade para importar, menos regulamentações, etc, quanto mais capitalismo laissez-faire melhor para todos.

  • Robson

    Hahahaha, grande programa. Vamos lá, vamos supor que alguém que tenha um carro com 15 anos de uso, por exemplo, um 2001. Este carro vai valer quanto? Uns 10, talvez 20 dependendo do carro. Quem tem este carro, geralmente o tem porque não tem condições de pagar um outro mais novo, quem dera um zero km. Ainda mais com a inflação que o País está atualmente, o poder de compra da classe menos abastada se resume a praticamente para a própria subsistência. Brincadeira viu, esse é um programa somente para parecer que está fazendo algo pelo País.

    • Thiago Cesar

      O governo e as montadoras querem escravizar o brasileiro e sugar até a última gota de sangue do nosso bolso! Se o brasileiro não pensar antes de cair nesse conto da carochinha vai terminar se endividando com o financiamento.

      • Robson

        Pois é, esqueci desse detalhe, pois as taxas de juros estão cada vez mais elevadas.

  • Tosoobservando

    É simples para salvar esta industria é so fazer o que o Macri esta fazendo na Argentinha, baixar impostos, extinguir o IPVA (a tendencia é privatizar todas as estradas mesmo entao pra que?) e poderiam tambem incentivar mais hibridos e eletricos talvez num momento inicial zerando impostos pra empresa que investisse imediatamente. Sugiriam varios modelos de entrada com essa tecnologia ae sim a pessoa mais simples que pensa na economia de combustivel acima de tudo pra caber no orçamento começaria a pensar em trocar de carro. OBs: falei isso mas tem aqueles motores Ecoboost tambem populares na Europa, poderiam ganhar mais isenções etc..

    • kravmaga

      Mas o IPVA nunca foi usado para bancar o custo das estradas. Impostos servem só para arrecadar dinheiro mesmo e não possuem destino específico. E não é maracutaias não, está na lei.

      • Tosoobservando

        Por isso mesmo é ainda mais injusto e malefico esse imposto. Impede muita gente de ter um veiculo, por ter de arcar com o custo todo ano.

  • Thiago Cesar

    Isso é decorrente da conciencia que o brasileiro está tomando sobre os seus gastos e prioridades. Antigamente eu trocava o carro de ano em ano, agora meus amigos, so compro carro zero para utilizá-lo até se depreciar totalmente. Apesar do meu carro ser uma “carroça” (celta), nao abro mão dele nem tão cedo. Com as estradas em péssimas condições neste país, todos os carros independente da potência e luxo, todos são iguais. O que adianta ter um carro 2.0 e andar a 80 km nessas rodovias que nao oferecem segurança??!!?

  • Thiago Cesar

    Isso é decorrente da conciencia que o brasileiro está tomando sobre os seus gastos e prioridades. Antigamente eu trocava o carro de ano em ano, agora meus amigos, so compro carro zero para utilizá-lo até se depreciar totalmente. Apesar do meu carro ser uma “carroça” (celta), nao abro mão dele nem tão cedo. Com as estradas em péssimas condições neste país, todos os carros independente da potência e luxo, todos são iguais. O que adianta ter um carro 2.0 e andar a 80 km nessas rodovias que nao oferecem segurança??!!?

  • Marquinhos

    Dilma, liga para o Macri, presidente da Argentina. e peça umas aulinhas de como governar um País… Lá a primeira medida dele foi baixar os impostos dos veículos… Quem sabe você aprenda algo

  • fbl

    Nem assim as 1113 deixarão de atravancar o transito nas estradas…

  • Renato Alves

    A ideia é boa só precisa de refinamento, eu só vejo benefícios na renovação da frota brasileira, se ela for lançada as pressas não irá para frente o projeto, a dica que eu dou aos projetistas é:
    1) o preço do automóvel usado tem que ser tabelado de acordo com a tabela FIPE, nem que seja 80% a 90%;
    2) tem que melhorar as taxas de juros e abrir mais o crédito pelo menos para os carros populares e caminhões;
    3) O nosso modelo econômico infelizmente exige que tenha subsídio do governo, pois só assim que funciona;

    • kravmaga

      Melhor ainda seria o governo isentar ou abrir mão da maior parte dos impostos para a troca dos carros velhos por 0km.

      E ainda acho que o IPVA deveria ter um valor mínimo e fixo por modelo depois de alguns anos de uso, justamente para não incentivar a propriedade de carros muito velhos. O imposto dessa forma ficaria proporcionalmente mais caro à medida que o carro fosse desvalorizando pela idade.

  • pandabr303

    Posso pegar um palio 0km aqui no rj, tenho 10000 pra dar de entrada e teria que financiar 25000, prestação sairia a 770 + ou -, isso em 48x, aquela velha história, a prestação cabe no bolso e tal então dá pra comprar… ou posso pegar o palio elx 2008 que meu pai tá querendo passar por 16000, tendo que pegar um empréstimo de 6000 pra pagar em 24x de 300…. ÓBVIO que vou ficar com o seminovo, o carro tá com 70000km, muito bem cuidado, tá desde 0km com meu coroa. Se quiserem que eu troque por um 0km tem q aparecer situação melhor que essa pra mim, senão tô fora. Mesmo que não fosse esse do meu pai, seria outro seminovo. Só lamento pro governo, não banco essa palhaçada dos preços de carro 0km aqui na huelândia de jeito nenhum.

    • Junoba

      Faz um consórcio, com 10k de entrada você tira o carro na hora. Financiamento é furada, no final vai ter pago 47k, por causa dos juros absurdos. Meu pai fez e depois de 2 anos tirou um Focus 2011 ( já que a entrada foi pequena ), e está pagando uma merreca de 300 Dilmas.

      • pandabr303

        A respeito de consórcio, não tenho experiência nenhuma com isso, nunca fiz, e a vastidão de comentários a respeito dele que se acha na internet…gente que diz que é furada, gente que diz que é bom, que financiamento é melhor, que financiamento é pior, que a parcela dobra ao ser contemplado, que se dado o lance e não for contemplado teria que ter outros 10k pra dar outro lance, e por aí vai… Acho mais seguro pegar um emprestimo de 6k e pagar durante apenas 2 anos e ter o carro já nas mãos, mas fico aberto a demais explicações. Sempre bom ter conhecimento. Grato pela atenção.

        • Junoba

          Na verdade a percela do meu pai quase caiu pela metade quando ele foi contemplado. De fato, o consórcio só vale em algumas ocasiões , como uma boa entrada. Mas fiquei sabendo que como hoje está nessa crise, com 5k você consegue tirar um carro de 30k na hora.

          • pandabr303

            Qualquer dia desses paro num desses estandes de shopping só por curiosidade pra bater um papo com o vendedor e saber como é, vlw.

  • kravmaga

    Não vai dar certo. No Brasil, quem ainda anda de carro antigo, depois de todas essas facilidades que deram para comprar carros 0km ou seminovos, faz isso porque ou não pode ou não quer ter gastos maiores que carros mais novos acabam impondo, como IPVA, seguro (carros mais novos e caros geralmente são segurados), consertos mais caros pela mecânica mais sofisticada de hoje (Fusca carburado qq mecânico conserta), carros mais novos geralmente são mais frágeis e não duram na mão dos cupins de ferro, etc

  • Thiago Cesar

    Quando tenho vontade de andar em um carro de qualidade, deixo minha carroça na garagem com 4 anos de uso e quitado, pego meu dinheiro e vou passear no exterior e ainda aproveito e alugo um importado alemão ou italiano e vou passear nas estradas onde vc pode aproveitar o que um carro importado tem de melhor!

  • Pedro Neto

    Nesse país é tudo errado… sempre invertendo os papéis. A ideia seria tirar dar ruas veículos que não oferecem mais segurança e que poluem em excesso, daí as vendas seriam consequencia disso e não o contrário. é igual radar, não é para prevenir e sim para gerar arrecadação

  • Mario

    Isso é papo furado! Já tentaram no passado e não deu certo! Renovação de frota é retirar as latas-velhas de circulação, e isso não significa que os novos serão vendidos. Tem que baixar os preços dos impostos. esse governo já passou da hora! Isso é porta para cambalachos!

  • Elbert Freitas

    Parabéns Argentina! Esse presidente realmente quer melhorar a frota, aquecer o mercado!

  • Sandro

    Renovação da frota brasileira? Vão trocar porcaria antiga por porcaria mais nova e muito mais cara. Se abaixassem os impostos de importação permitindo assim que carros bons chegassem a preços acessíveis no Brasil nem precisaria de programa para renovar a frota pois todo mundo gosta de andar em carros bons e se tiverem preços acessíveis mais ainda mas se fizerem isso as porcarias montadas no Brasil encalharão mais do que já estão encalhadas. Quanto aos caminhões é absolutamente ridículo o que se paga para andar em uma lata de sardinha sobre rodas naquelas cabines minúsculas que não permitem o mínimo conforto para o descanso que eles necessitam ter. Pelo preço absurdo que custa um caminhão no Brasil deveria ter pelo menos os mesmos modelos dos caminhões americanos, só que o roubo dos impostos para sustentar bandidos de terno não deixa que esses modelos cheguem(se viessem para cá) a preços acessíveis. Pagam o triplo do valor de um caminhão de fora por um que não tem nem um vigésimo do conforto.

  • tjbuenf

    Foi noticiado por aí a criação de um fundo, estilo DPVAT, para financiar esse programa. Logo, quem paga a conta é a gente. Agora não tenho como afirmar veracidade da informação.

  • Antonio

    Não dá pra entender esses tupiniquins, copiam tudo de americanos, mas na hora de fazer a lição de casa ficam no nhem-nhem-nhem, uma frota de latas novas, e consequência do complexo de vira latas, que tem uma cultura de reis da sucata, quanto menos qualidade, menor deveria ser o período de validade, que pelo andar da carruagem (latas velhas) aos dez anos de uso, fim de linha, destino reciclagem- linha de produção de novos modelos, (não falo de impostos) estou falando de qualidade!

  • zekinha71

    O que será que vou conseguir comprar com a carta de credito de um Laika 93?
    Estou tentando vender ela faz vários anos e não consigo e olha que quero só R$ 500,00.

  • leitor

    Que loucura, carros de dez anos são os que a população pode comprar. Se só puder andar mais cinco quem vai querer. Nem na Europa nem nos EUA isso é assim.

  • FocusMan

    Vai acontecer o mesmo que houve com a construção civíl e com as faculdades.

    Apartamentos de 80 mil reais começaram a valer 200 mil.

    Faculdades de 700 reais pularam para 1500.

    Vai ser ma desgraça e vai levar a inflação lá para cima.

    • Junoba

      Vou te fazer raiva um pouco… #PartiuUSA

      Essa é a salvação !…rsrs

      • FocusMan

        Não é bem raiva. Estou aqui porque eu quero. Se achar que ficou ruim, com alguns telefonemas e alguma espera, consigo vaga em outro país.

        • Junoba

          Excelente ! Boa sorte nas suas decisões.

  • Bruno Medina

    FATO: Se não for VANTAJOSO DE VERDADE, vai micar.
    Prefiro andar no meu “velhinho” de 13 anos que tem ESP e 4 airbags do que num ZERÃO de plástico quase pelado de 40 mil.

  • oscar.fr

    Bueno, assim nunca vou realizar o sonho de ter aquele Peugeot 406 2001. Na verdade, a maior parte dos carros que algum dia já foram meus carros dos sonhos deveriam sair de circulação se essa lei entrasse em vigor: 106, 306, Xsara, Mégane, Marea, Astra…

  • Gran RS 78

    Alguém ainda acredita no que esse desgoverno e essa mulher falam? Acho que nem mesmo os mortadelas acreditam neles.

  • Mr. Car

    Abaixa bem estas m*rdas destes impostos extorsivos, e está prontinho o programa de renovação da frota. Cambada de parasitas.

  • Vattt

    Esse desgoverno vai fazer o que pra facilitar??? Quem sabe você colocando sua casa ou a previdencia privada da sua mãe como garantia de pagamento ou criando o programa “Meu Carro Minha Vida” onde o consumidor (bobão) ganha um subsidio de R$ 50,00 na sua carroça básica e agora “segura” que custa R$ 40.000,00 apenas. Tô desesperado!!!!

  • Renan

    Um programa de renovação com foco em reciclagem é interessante. Mas se a reciclagem for só um serviço feito nas coxas, que nunca aconteça.
    No fim, o que não pode é dar de mamar para os fabricantes.

  • Jose Silva

    Governo safado, isso tudo para tirar a frota velha que não arrecada mais com IPVA para colocar frota nova e arrecadar, arrecada, arrecadar… Governo que só pensa em dinheiro e não pensa no seu povo.



Send this to friend