Governamental/Legal Segurança Trânsito

Governo suspende placa Mercosul e adia multas para pedestres e ciclistas

placa-br-1 Governo suspende placa Mercosul e adia multas para pedestres e ciclistas

O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) suspendeu por 60 dias a implantação da nova placa com o padrão do Mercosul. A medida foi anunciada através da página de rede social do Ministério das Cidades, onde o diretor do órgão, Maurício Alves, comunicou que a suspensão se deve ao pedido de grupos de estampadores de placas, que fizeram apelos ao governo para que a medida foi adiada.



A categoria reivindica direitos trabalhistas com a mudança no processo de confecção das placas. Alves disse: “Para preservar o emprego e o trabalho dessa importante categoria decidimos criar um grupo de trabalho especificamente para analisar as revindicações e dar segurança jurídica”. A ideia é proteger os empregos da categoria, que seria prejudicada pela imposição de uma processo diferenciado de produção das placas do Mercosul, que possuem tecnologias adicionais integradas ao material.

Maurício Alves ainda completou: “para que não exista em nenhum estado da nossa federação nenhuma intepretação que possa prejudicar o trabalho desses profissionais e de tantos pais de famílias que dependem dessa função para sobreviver”. A implantação da placa Mercosul estava marcada para iniciar em 1º de setembro de 2018, mas com essa suspensão de 60 dias, deve começar em 1º de novembro. O Brasil está atrasado diante dos demais membros do bloco econômico no que diz respeito à introdução da nova placa.

placa-br-1 Governo suspende placa Mercosul e adia multas para pedestres e ciclistas



Pedestres e ciclistas ainda livres de multas

Mas não é somente isso que foi adiado pelo governo nessa semana. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) adiou para 2019 a aplicação de multas para pedestres e ciclistas que desrespeitarem as normas de trânsito. A vigência começaria em 1º de abril, mas o que parece mentira é a pura verdade, ficará para 1º de março de 2019.

Já prevista em lei desde 1997, a aplicação de multas para os dois grupos está no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mas nunca foi executada por ser de difícil aplicação, uma vez que pedestres e ciclistas não possuem placas de identificação como os carros (embora as bicicletas já tenham sido emplacadas em alguns momentos de sua história no Brasil). Apesar de ser difícil tal aplicação, multar um pedestre não é algo impossível.

No Rio de Janeiro, por exemplo, o aeroporto Santos Dumont aplica multa para pessoas que joguem bitucas de cigarro no chão ou que fumem dentro do terminal, o que é proibido. Porém, fazer o mesmo em um cruzamento com inúmeras pessoas atravessando de forma irregular é problemático, embora as vias de trânsito rápido ou com fluxo grande de veículos inibem a maioria de atravessar, ficando mais fácil “pegar” quem passar com o verde aceso.

E quanto é a multa de pedestre? Ela é de R$ 44,19, ou seja, 50% de uma infração leve. A aplicação se deve ao passar fora da faixa, em vias com passarela e fora do calçamento indicado para pedestres. Já no caso da bicicleta, a multa é de R$ 130,16, que corresponde a infração média. Isso será aplicado em casos de trafegar por calçadas (sem regulamentação), na contramão, com excesso de peso e sem as mãos no guidão. Os dados da bicicleta serão recolhidos, assim como CPF e RG do condutor, o mesmo em relação ao pedestre.

Será que pega? Há alguns anos, determinadas cidades brasileiras impuseram leis locais que permitiam não só multar, mas apreender bicicletas flagradas em situação irregular, seja sem freios ou transitando na contramão, em calçadas ou fora da ciclovia, por exemplo. Quem não pagasse a taxa para retirar o veículo, o veria ser leiloado.

[Fonte: Globo/G1]

COMPARTILHAR:
  • d59

    Esse país não tem jeito. Eternamente em desenvolvimento.

    • Maycon Farias

      Dessa vez não vou reclamar, na crise que estamos isso não faz tanto sentido e não vai ajudar na economia. Precisamos de medidas e mudanças que faça o consumidor poder comprar e girar a roda da economia. Essa placa, como outras regras que aparecem de vez em quando podem esperar.

      • Cesar

        Ok!
        Vamos resolver o problema do desemprego na canetada. Proponho uma medida bem simples:
        A parir de hoje todo edifício seja ele público ou particular deverá contratar um assensorista para cada elevador que o prédio tiver.
        Exemplo:
        Imagine quantos empregos podem ser criados em um prédio com 3 elevadores e funcionamento 24 por 7 (edifício residencial ).
        3 elevadores é igual a 3 assensoristas.
        Não sei se existe uma regra de horário especial para assensorista como em algumas profissões. Suponhamos que não. Portanto a legislação vigente diz que são 44 horas semanais.
        Desta forma em nosso exemplo, este edifício precisaria contratar 9 assensoristas e provavelmente mais uns dois ou três de reserva para finais de semana e feriados.
        Agora multiplique estes valores pela quantidade de edifícios que você imagina existir no Brasil.

        O céu é o limite.

        • Gabriel Medeiros

          Isso foi uma piada, né? Melhor perguntar pq as vezes dou uma de Sheldon.

          • Cesar

            Pode considerar como uma piada. Mas como tudo neste país é uma piada pronta, pode aparecer um gênio e aprovar isto. Veja o caso dos frentistas se não se encaixa no mesmo contexto.

            • José Barbosa

              Cara, NEM ME LEMBRA DESTE CASO. Houve uma época em que os postos começaram a adotar procedimentos autônomos de abastecimento de veículos, e o Estado canetou para garantir empregos desnecessários.
              Por um acaso, nesta semana já tinha relembrado disto. Peguei um posto vazio, mas só tinha dois frentistas, três carros, e os dois frentistas ainda foram fazer uma conferência porque não estavam sabendo receber uma compra com o cartão. Na hora que o frentista veio, só colocou o bico e foi atender outro, a bomba travou e aí já tava tão puto que eu mesmo fui fazer este serviço, mesmo pagando caro por ele, porque até o moço chegar no carro, eu que perderia meu tempo.

              Não tenho nada contra as pessoas que tem tamanha dificuldade de fazer algo trivial como abastecer um carro, seja por preguiça, incompetência ou cabeça social. Mas que elas paguem por isto e não inventem custos absurdos e desnecessários para quem pode fazer sozinho.

              • Cesar

                Concordo contigo. Se queremos que esse país seja algo no futuro, temos que acabar com estas coisas.

          • José Barbosa

            Obviamente.

        • Edinaldo_Tapica

          Pois é, se for priorizar um sindicato, perante um acordo legislativo onde outros países entram em jogo, sinceramente, seremos motivo de piada pro mundo!

        • Temos leis que obrigam posto de gasolina a ter frentista para evitar desemprego em massa.

          • Cesar

            Sim. Meu comentário foi nesse sentido. Vamos criar uma lei para acabar com os 12 milhões de desempregados que estão por aí. Chuta aí quantas vagas conseguimos preencher para ascensorista.

            • José Barbosa

              Mesmo que falte, podemos substituir também as máquinas reprográficas por monges copistas.

          • José Barbosa

            Os postos já adotam escala mínima de frentistas (há muito mais bombas do que trabalhadores), a quem compete mais o trabalho de “fiscalizar” o recebimento do que o de abastecer, em si.

            Aliás, uma coisa importante hoje, nesta escala apressada, é que o atendimento caiu muito em qualidade. Poucos são os postos em que oferecem para conferir água/óleo, ou mesmo que o funcionário tem tempo para tentar fazer uma venda de qualidade, dando ao usuário médio (alguém que não gosta de carro), uma revisão rápida de itens importantes, como água e fluído de arrefecimento, troca de óleo, ou mesmo bugingangas diversas, agregando valor ao próprio trabalho.

            Isto aumenta custos e, por sua vez, diminui o consumo em toda uma cadeia restante. Mas é o desemprego que não se vê. Muito mais importante seria o governo gerar empregos na fiscalização de combustíveis, que é péssima, e no pouco que faz, já constata um quadro absurdo de adulteração.
            https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/donos-de-postos-de-sp-quebram-quem-nao-batiza-gasolina-diz-empresario.ghtml

            • Não é por nada, não, mas faço questão de pedir ao frentista para que calibre os pneus e outras coisas que preciso. Eu pago para manter o emprego dele, não pago?

              • José Barbosa

                Fique à vontade para explorar o subemprego. Só não venha com estas teorias furadas de esquerda. Que tal pagar para que o frentista ganhe o mesmo que você? Trabalho é trabalho, por que então dar valores diferentes?

                • Entre pagar o frentista e “bolsa” de qualquer tipo, o que você prefere?

                • Agora, sendo mais detalhista: esse tipo de subemprego não foi “imposto” por Lei à toa. Deixar de ter empregos para pessoas sem qualificação, num país como o nosso, é pedir para engrossar a quantidade de gente que vai depender do governo, direta ou indiretamente.

        • Guilherme Batista

          Se não me engano tinha um aeroporto no Rio tem ascensorista pra um elevador de três andares..

      • Nicolas_RS

        O Brasil está nessa situação por causa de políticos corruptos, precisamos colocar ao menos os limpos! Que retirem Impostos e a Burocracia! Assim o Brasil cresce como um foguete!

    • Edinaldo_Tapica

      Rapaz, ver a Argentina ter mudado desde 2016, e o Brasil só empurrando com a barriga, me envergonha. Pra mim só denota que o entrave do Mercosul ser um bloco sólido, é culpa do Brasil…

    • Louis

      Em desenvolvimento você foi bondoso…A incompetência impera no setor público. Impressiona a incapacidade de fazer algo dentro do prazo. A palavra planejamento não existe no vocabulário deles.

  • Pedro Evandro Montini

    Ninguém percebeu que esse país é uma fraude por si só. Não é apenas um país falido, econômica e moralmente. Não há necessidade de se viver num país gigantesco, governado por imbecis que, quando não são corruptos, são incompetentes. Na maioria das vezes, os dois. Que os estados brasileiros se separem todos de uma vez e esse país de m*rda seja extinto! Pelo menos há uma chance de recomeçarmos.

  • Pedro154

    Hahaha, eu sabia que iam adiar esse demo dessa placa de novo. Palhaçada! Decide logo uma data certa pra isso.

    • Luciano RC

      Isso nunca vai sair… todos sabemos que isso dai é oportunismo de alguns.

      Pior que nem me deixaram escolher a placa do Tracker por causa dessa porcaria ai.

      • José Barbosa

        Tem um colega meu que vai trocar de carro (sem pressa) e já disse que só troca depois que decidir esta questão da placa, não vai gastar 400 contos agora para daqui a uns meses já estar com uma placa defasada, nem poder escolher.

        • Luciano RC

          Isso dai nem vai sair… pode esperar. Sempre terá alguém entrando com embargo por causa do suposto favorecimento as empresas de placas.

        • pedro

          Onde ele mora que uma placa é tão cara assim? aqui custa R$96.

          • José Barbosa

            Goiás.
            As placas são quase R$ 200,00. Além disto, tem as taxas do Detran. Eu paguei R$ 360,00 para trocar proprietário e mudar uma tarjeta (só ela foi R$ 69,24).
            Não tenho as taxas aqui detalhadas para não passar raiva.

      • zekinha71

        Enquanto isso vc vai pro Uruguai e Argentina e já aos montes nos carro novos.
        E aqui logo vai acabar as letras das placas disponíveis, em SP até o fim do ano deve acabar, e vão ter que começar a utilizar as combinações da segunda opção que são poucas.

        • Luciano RC

          Ok… ter maior combinação é ótimo. O problema é falarem que vão conectar os sistemas para haver fiscalização. Como falei outro dia… nem entre estados a fiscalização consegue ser eficiente. Eu já tomei muita em outro estado e nunca chegou a pontuação.

  • Eskarmory .

    Credibilidade 0 desse denatran. Nem ensinar a dirigir direito sabe.

  • kirig

    Medinho das eleições?

  • Pedro Henrique

    vamos proibir o uso de internet já que essa tecnologia avançada acaba por prejudicar o emprego de tantas pessoas na área de telefonia e cartas.
    vamos proibir o uso de eletricidade também já que essa tecnologia prejudica o emprego de tantas pessoas na área de velas e carvão.
    vamos proibir o uso de carros por si só já que essa tecnologia prejudica o emprego de tantas pessoas no ramo de bicicletas, riquixá, charretes e cavalos.

    • Cesar

      Vamos proibir elevadores automáticos já que tira o emprego de assensoristas

    • Unknown

      Kkkkkkkkkkkkk

  • Lyn

    Milagres de ano eleitoral parte 2.

  • Natán Barreto

    Aqui no Rio não é apenas no Santos Dumont que multam quem joga lixo no chão. Em varios pontos movimentados da cidade tem guardas do Lixo Zero multando em 130,00 quem joga lixo no chão.
    Uma amiga minha foi multada por jogar uma guimba de cigarro. Eles têm uma máquina q sai na hora a multa e depois vai direto pro CPF da pessoa. Inclusive ela não pagou e o nome dela foi pro SPC/Serasa.

    • Jossimar Pádua Júnior

      E quem se recusa a dar o CPF, o agente vai usar força bruta?

      • Zé Mundico

        Não, chama a autoridade policial para conduzir o cidadão a delegacia mais próxima.

        • Jossimar Pádua Júnior

          Tá, se não tiver um policial por perto seria basicamente sair andando sem falar nada, ou na pior das hipóteses, correr? (sendo bem ridículo)

          O controle seria falho

          • Zé Mundico

            Quem corre da polícia é ladrão…..rsrsr

            • Jossimar Pádua Júnior

              Nem ladrao corre da nossa eficiente polícia

            • Unknown

              Mas no caso não seria correr da polícia, mas sim do “guardinha lixo zero” Kkkkkkkkk

      • Natán Barreto

        Não, a pessoa é conduzida coecirtivamente pra delegacia.

        • José Barbosa

          Quero ver fazerem isto na favela.

          • zekinha71

            Nesse caso vão de uzz-18 mesmo.

    • Nicolas_RS

      Tinha é que ser preso, multado e o carro recolhido, e liberado apenas depois de ter pagado a multa!

  • alemigav

    Alguém surpreso? Eu não.

  • Davi Millan

    O que será que vem primeiro ao Brasil? A placa do Mercosul ou o Kia Rio? Façam suas apostas!

    • El Gato Negro

      Primeiro vem a volta da obrigatoriedade do extintor de incêndio e do kit de primeiros socorros. Vai Brasiu!

      • invalid_pilot

        Tem ainda aquele medida imbecil de fazer prova pra renovar carteira de motorista a cada 5 anos.

      • José Barbosa

        Sem falar no imposto sindical obrigatório.

    • Cléber_V

      Até a eterna lesma Ford já trouxe o Mustang e nada desses outros dois…

      • Nicolas_RS

        Mas ai que está, Ford não é do governo.

        • Edinaldo_Tapica

          E a Kia é ?

          • Nicolas_RS

            Ai depende da Kia, pq se depender do governo…

        • Lucas g.

          Mania de perseguir o governo kkkkkk

          • Nicolas_RS

            É mesmo, Brasil é uma maravilha de país, e tudo graças aos políticos!

    • EuMeSmObYmYsElF

      ou a volta da Alfa?

  • TijucaBH

    Ridículo esse argumento parase adiar a aplicação das novas placas. Com o passar do tempo, profissões deixam de existir e são criadas a todo momento. É como atrasar a fabricação de impressoras e computafores atendendo uma solicitação dos trabalhadores da Olivetti. Esse país é uma m*rda mesmo!!

    • Manter o emprego do brasileiro não é importante?

      • TijucaBH

        Importante é, mas nao podemos é atrasar um desenvolvimento em função desses empregos. Como eu disse, com o passar do tempo funções sao criadas e outras deixam de existir, que o digam os ex funcionários da Kodak, mas por outro lado agora demanda gente pra produzir smartphones e tablets que nao existiam antigamente.

  • Rodrigo

    Em ano eleitoral não se aprova medidas impopulares ou que onere o cidadão. Simples assim. Ainda mais agora que o Vampirão pretende disputar a reeleição e ao que parece o Molusco condenado deve também disputar…

    • Cesar

      Acredito que não. Solto acho que ele até fica. Agora se deixarem disputar a eleição aí meu amigo esquece deste país porque já era.

      • Rodrigo

        Campanha ele já está fazendo.

        • Cesar

          Pois é. Antigamente era proibido fazer campanha antes do período eleitoral.

          • Rodrigo

            Pra quem já cometeu todo tipo de crime, até gente mandou matar, vc acha que o PT vai se abalar por fazer campanha antes do período permitido?

      • zekinha71

        Se até o Só Tem Falcatrua já está baixando a cabeça pro pilantra, é capaz de a qualquer momento decretarem ele como novo presidente.

        • Unknown

          Pode ter certeza que uma boa parcela da população quer!

  • Luiz

    Esse país não tem jeito, falta credibilidade, planejamento e vergonha na cara.
    Ridículo!

  • Raimundo A.

    Não oferta infraestrutura e quer cobrar.

    O que mais vejo são calçadas irregulares ou inexistentes fazendo com que pedestres tenham que transitar na via de autos colocando em risco a sua vida. Há locais que a calçada é tão estreita e ainda tem postes que é melhor transitar entre os veículos porque na calçada precisaria se equilibrar.

    Rodovias em trechos urbanos, passarela que é bom é uma raridade e ainda querem convencer ao cidadão há percorrer 500m ou mais para chegar passarela quando o indivíduo em linha reta só precisaria de 20m, 30m para atravessar a via. Mas se colocaram lombadas, os condutores de autos acham ruim. Lombadas eletrônicas pior ainda e não ajuda quem precisa atravessar porque vai depender da boa vontade dos condutores literalmente parar.

    Transito de bike por alguns locais e graças a nossa exemplar infraestrutura, as valetas (entre a via de rolamento e o passeio) possuem desníveis grandes. Então, ou você ocupa uma faixa e força os condutores a invadirem as outras quando há; sobe o passeio para se livrar do aperto na via com veículos passando a menos de 1m mas atrapalha a vida dos pedestres, ou corre o risco de cair na valeta. Bonito, não?

    Andar na contramão é errado, sim, mas vai forçar um ciclista percorrer 100m ou pouco mais a pé para acessar trecho da via que esteja na mão ou se percorrer o percursos dos veículos motorizados, 500m ou mais para fazer trajeto oposto até o ponto que gostaria?

    Como li em uma matéria, cumpram com as suas obrigações de garantir segurança, infraestrutura, para pedestres e ciclistas e depois cobrem dos abusados pelas benfeitorias.

    Detalhe, ainda tem a acessibilidade mal feita que faz cadeirantes, por exemplo, transitar em vias de carros até conseguir uma rampa porque no bendito local onde há uma faixa, o acesso não existe. Tem vários desse exemplo onde resido como tem semáforo com tempo curto para pedestres, etc.

    Se é para punir o cidadão, puna só naqueles locais onde há infraestrutura nos padrões. Não sendo nessa situação, cumpram com as obrigações primeiro.

    • José Barbosa

      Esta é uma obrigação natimorta.
      Quero só ver quem é que vai esperar pela autoridade para ser autuado, por alguma coisinha com a bicicleta.

    • Dario Lemos

      Também multariam em vias onde não existem faixas de pedestres? Considero essa lei mais uma das asneiras que inventam só com o objetivo de aumentar a arrecadação.

  • LKenappe

    Incrível como toda categoria nesse Brazil chora. E dai que eles ficaram sem emprego? Por acaso possuem alguma deficiência que não permita eles se recolocarem no mercado de trabalho ou realizar outra função, de logo uma carteirinha de deficiente pra eles então.

    • Louis

      Pior, nem ficar sem emprego eles ficarão, pois placas continuarão existindo. É que os PELEGOS são tão incapazes que não conseguem aprender como fabricar uma placa com cor diferente.

      • José Barbosa

        Prezado, tenho certeza de que eles estão antevendo a possibilidade de se confeccionar a placa em qualquer local do país (posto que agora vai ser apenas “Brasil” e não mais cidade/estado), de forma que quem produz em volume pode conseguir preços significativamente mais baixos.

  • Danilo

    esse governo eh um lixo. tudo que precisa ser feito, nao fazem.
    tudo o que nao precisa ser feito, eles fazem na hora.

    • Dario Lemos

      Quem elege lixo também o é!

  • Por partes: a não ser que se pare o cidadão e peça os documentos “na hora” multar pedestres e ciclistas será muito difícil. Só vai haver algum respeito por essa deliberação a partir do momento que o indivíduo for imobilizado, a “bike” recolhida (no caso do ciclista) e o infrator passar um tempo detido por desrespeitar o poder do “marronzinho” de multar o cidadão.

    Já quanto às placas, bem… isso é surreal, mas qual é a alternativa? Importar placas para emplacar nossos veículos, deixando gente desempregada por aí? A prioridade é manter o emprego do brasileiro, 60 dias a mais ou a menos não farão diferença.

    • José Barbosa

      Sim, importar a custos bem mais baixos. Tal como o caso da nota de R$ 2,00; que mesmo sendo feita sob emergência, custou significativamente menos que a produzida pela Casa da Moeda. O Estado, se quiser, tem o dever moral de economizar, porque há enormes demandas em áreas fundamentais como saúde, segurança e educação, cuja disponibilidade de recursos poderia ser revertida nestas áreas.

  • José Barbosa

    Resumindo… Não sei quanto custa uma placa paraguaia, mas GARANTO, de olhos fechados, que custa três vezes menos que a do Brasil. Não duvido se custar mais de 10 vezes menos. Querem garantir que uma placa de um carro de determinado Estado sequer possa concorrer com uma UF vizinha, que o diga um dos demais países.

    Enquanto o Brasil ficar garantindo estas cotinhas, vamos dar passos cada vez mais para trás e ter uma economia muito menor para todos.

  • Luis Burro

    No país é tanta falcatrua q as leis já vem bugadas!

  • Rodrigo

    Que máfia

  • Marcio Souza

    Tenho que concordar com multas para ciclistas. Assim como motoristas, existem bons e péssimos ciclistas. Já passei alguns sufocos com esses, pois não respeitam semáforos e locais para a circulação. Mesmo com ciclovias alguns insistem em circular pelas avenidas.

  • afonso200

    E quem anda de bike olhando whatsapp. Om a mina atras na garupa. Kkkkk

    • Dario Lemos

      Pior são pedestres que não conseguem tirar os olhos da telinha nem para atravessar a rua.

  • 1. Essa remodelação da placa é algo tão desnecessário que nenhum setor envolvido demonstra mais interesse nele…
    2. Quero ver depois de algumas abordagens policiais a pedestres e ciclistas o auê que se vai gerar tanto da esquerda como da direita… Sócrates já dizia que toda democracia evolui para tirania e depois caos e anarquia. E o Brasil é um belo exemplo disso, estamos soterrados de leis para compensar a falta de educação e civilidade do povo, cortes de benefícios básicos para compensar o descaso com a gestão dos recursos financeiros do país e tudo se apertando cada vez mais…

    • Dario Lemos

      No caso deste país, pulamos etapas já que nem tivemos uma democracia de verdade.

  • pedro

    É triste ser brasileiro. Aqui, nada funciona no seu tempo e ainda quando implantado, é falho.

  • Ricardo Blume

    Engraçado que para roubar a coisa é rápida e funciona.

  • Abdallah

    Arrumem nossas calçadas, nossas estradas, deem estrutura para as coisas funcionarem de forma correta, depois vc´s do governo um bando de folgados e vagabund*s, podem decidir em cobrar mais do que ja cobram.

  • Fabricio Lima

    O governo só suspendeu a renovação da habilitação,esse novo tipo de placa e multas para pedestre e ciclista é porque esse ano ,é ano de eleição. No próximo ano essas novas leis entram em vigor e ai não vai ter para onde correr.

  • Jose Antonio

    Será que é empregos mesmo ou arrecadação, nosso pais tá longe de ser serio nada funciona como deveria à não ser desvio disso e daquilo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email