Fiat Linha 2020 Sedãs

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Lançado no mercado brasileiro em 2012 para substituir o Siena, o Fiat Grand Siena 2021 faz parte da antiga geração de carros da marca italiana no País, ao lado de modelos como o Uno. Seu irmão Palio foi descontinuado há tempos, mas o sedã segue firme e como o sedã compacto mais barato à venda no Brasil.


A atual linha do Fiat Grand Siena atende bem sobretudo na venda direta, o que inclui frotistas e taxistas, por exemplo. Ele é um queridinho sobretudo dos taxistas e motoristas de aplicativo, visto que tem até um pacote opcional que prepara o motor de fábrica para receber kit GNV (Gás Natural Veicular).

O Grand Siena 2021 pode ser encontrado nas versões Attractive 1.0 e Attractive 1.4 e tem preços na casa dos R$ 50 mil.

Abaixo, você pode conferir os principais detalhes do sedã de entrada da Fiat.

Fiat Grand Siena 2021 – novidades

Anunciado em agosto de 2019, o Grand Siena 2020 chegou com algumas mudanças sutis para dar sobrevida ao sedã compacto. E tais alterações permanecem sem quaisquer novidades na linha Fiat Grand Siena 2021.

O modelo trouxe como uma das novidades o novo design na logomarca Fiat na traseira. Além disso, recebeu faróis com máscara negra, lanternas traseiras escurecidas, rodas de aço com novas calotas ou o novo opcional de rodas de liga-leve de 15 polegadas e pequenas alterações na grade dianteira e molduras do farol de neblina.

Além disso, o sedã compactou recebeu novas cores: incluir rodas de liga leva de 15” (novo item opcional). O modelo passa a contar também com novas cores: Vermelho Montecarlo (sólida) e Cinza Silverstone (metálica), além das já conhecidas Preto Vulcano e Branco Banchisa (sólidas) e Prata Bari (metálica).

Em abril de 2019, o Fiat Grand Siena havia ganhado um pacote opcional para receber kit GNV, com garantia original de um ano para kits de quinta geração instalados por convertedores certificados pelo Inmetro. O modelo passou a ser o único carro disponível de fábrica com motor preparado para receber o GNV.

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – detalhes

Segunda geração do Siena, o Fiat Grand Siena chegou tendo como destaque o espaço interno, numa época onde os sedãs compactos eram pequenos em dimensões e espaço para os ocupantes. Porém, passados oito anos, o sedã de entrada da Fiat tem o mesmo porte dos outros sedãs do segmento.

Nas medidas, ele tem 4,29 metros de comprimento, 1,7 m de largura e 1,5 m de altura, com entre-eixos de 2,51 m. O porta-malas tem capacidade para 520 litros de bagagens, este um dos grandes trunfos do Fiat.

O visual do carro ainda é agradável, mas suas linhas mais retas e a carroceria com pouca profusão de vincos denuncia um pouco a idade do projeto. O interior do Grand Siena também já está um tanto quanto defasado e foi perdendo alguns itens com o passar do tempo – na versão de entrada com motor 1.0, por exemplo, o tecido das portas é opcional.

Atualmente, ele não tem uma participação expressiva nas vendas da marca. Todavia, é uma das preferências sobretudo dos taxistas, visto que o carro é uma das melhores opções para receber o kit GNV. Anteriormente o Fiat tinha uma versão Tetrafuel com GNV de série, mas hoje a marca disponibiliza apenas uma preparação para o kit gás como opcional.

A respeito dos equipamentos, o Grand Siena também oferece somente o básico em ambas as versões. O modelo Attractive vem equipado de fábrica com o famoso “kit sobrevivência”, com itens como direção hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos e travas elétricas.

Há outros recursos mais interessantes como opcionais, como volante multifuncional em couro, rádio com Bluetooth, vidros elétricos nas quatro portas, retrovisores elétricos, rodas de liga-leve, entre outros. Porém, com os opcionais, o Grand Siena 1.4 2021 beira os R$ 64 mil.

O Fiat Grand Siena 2021 decepciona também por oferecer motores relativamente fracos. Há o 1.0 Fire Evo de até 75 cv e o 1.4 Fire Evo de até 88 cv, ambos com câmbio manual de cinco marchas. Ele era oferecido também com o 1.6 E.torQ de até 117 cv, mais adequado para o porte e proposta do carro, mas tal configuração não é vendida desde meados de 2018.

De resto, o Grand Siena aparece como uma opção sobretudo para frotistas e taxistas. Por outro lado, se você busca por um sedã compacto para atender a sua família, há outras opções mais modernas e interessantes no mercado, como o Hyundai HB20S e também o Ford Ka Sedan.

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – versões

A Fiat vende o Grand Siena 2021 somente na versão de acabamento Attractive, com motor 1.0 Fire ou 1.4 Fire, sempre com transmissão manual.

Vale lembrar que anteriormente a gama de versões do sedã era mais ampla. Ele podia ser encontrado no modelo Essence com motor 1.6 E.torQ, por exemplo, com câmbio manual ou automatizado Dualogic. Todavia, a marca “enxugou” a linha de configurações do Grand Siena para abrir espaço para o novo Cronos.

Abaixo, você pode ver as versões do Grand Siena linha 2021:

  • Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021
  • Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021

Fiat Grand Siena 2021 – equipamentos

Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021

Segurança: airbag duplo frontal, freios ABS com EBD, encostos de cabeça dianteiros com regulagem de altura, encostos de cabeça traseiros rebaixados e com regulagem de altura para os três ocupantes, cintos retráteis de três pontos para os cinco ocupantes, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, função auxiliar Lane Change para acionamento das setas indicando trocas de faixa, entre outros.

Conforto: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos com one touch e antiesmagamento, travas elétricas com travamento automático das portas a 20 km/h, porta-luvas iluminado, retrovisores externos com comando interno mecânico, limpador e lavador do para-brisa com intermitência, luzes de leitura dianteiras, iluminação do porta-malas, faróis com follow me home, espelho no para-sol para o motorista e passageiro, console central com porta-copos e porta-objetos, comando interno de abertura da tampa do tanque de combustível, entre outros.

Visual e acabamento: maçanetas e retrovisores externos pintados na cor da carroceria, revestimento externo na coluna central das portas, rodas de aço de 14 polegadas com calotas e pneus 175/65 R14 de baixa resistência a rolagem, faróis biparábola com máscara negra, entre outros.

Tecnologia: computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), preparação para som e tomada 12V.

Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021

Visual e acabamento: se diferencia apenas pelas rodas de aço de 15 polegadas com calotas exclusivas e pneus 185/60 R15 de baixa resistência a rolagem.

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – opcionais

Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021

Kit Creative 1 (R$ 1.900): volante com regulagem de altura, vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento, retrovisores externos elétricos com Tilt Down, banco do motorista com regulagem de altura, alças de segurança traseiras e dianteira do lado do passageiro, apoia-pé para o motorista, soleira das portas, painel de porta com aplique em tecido, friso cromado na tampa do porta-malas, luzes de cortesia traseiras e friso cromado nas portas.

Kit Creative 2 (R$ 2.590): volante revestido em couro com comandos do rádio, sistema de som Connect com entrada USB, Bluetooth, quatro alto-falantes e dois tweeters e sensor de estacionamento traseiro.

Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021

Kit Creative 1 (R$ 2.000): volante com regulagem de altura, vidros elétricos traseiros com one touch e antiesmagamento, retrovisores externos elétricos com Tilt Down, banco do motorista com regulagem de altura, alças de segurança traseiras e dianteira do lado do passageiro, apoia-pé para o motorista, soleira das portas, painel de porta com aplique em tecido, friso cromado na tampa do porta-malas, luzes de cortesia traseiras e friso cromado nas portas.

Kit Creative 2 (R$ 2.590): volante revestido em couro com comandos do rádio, sistema de som Connect com entrada USB, Bluetooth, quatro alto-falantes e dois tweeters e sensor de estacionamento traseiro.

Rodas de liga-leve de 15 polegadas (R$ 1.790);

Predisposição para instalação do kit GNV (R$ 690).

Fiat Grand Siena 2021 – cores

O Grand Siena conta com cinco opções de cores. Entre as opções, somente o Preto Vulcano sólido não tem custo adicional. As demais tonalidades custam entre R$ 990 e R$ 1.790.

Veja abaixo as cores do Grand Siena linha 2021:

  • Preto Vulcano (sólida, sem custo adicional);
  • Branco Banchisa (sólida, por R$ 990 adicionais);
  • Vermelho Monte Carlo (sólida, por R$ 990 adicionais);
  • Prata Bari (metálica, por R$ 1.790 adicionais);
  • Cinza Silverstone (metálica, por R$ 1.790 adicionais).

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – preços

A seguir, você pode conferir os preços do Grand Siena 0 km, conforme o configurador online da Fiat em julho de 2020:

  • Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021: R$ 49.990
  • Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021 + opcionais + pintura metálica: R$ 56.270
  • Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021: R$ 54.990
  • Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021 + opcionais + pintura metálica: R$ 63.850

Fiat Grand Siena 2021 – PcD

Por respeitar o teto de R$ 70 mil, o Grand Siena pode ser adquirido por pessoas com deficiência (PcD) com isenção de IPI e ICMS. Em média, a isenção desses dois impostos garante um desconto de 21% no preço final do carro.

Veja abaixo os preços aproximados do Grand Siena 2021 para PcD:

  • Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021: R$ 39.492
  • Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021: R$ 43.442

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – motores

Os motores do Grand Siena são velhos conhecidos dos consumidores brasileiros. O sedã usa os mesmos 1.0 flex e 1.4 flex da linha Fire Evo, que já equiparam e ainda equipam alguns modelos da Fiat, como Palio, Strada, Weekend, Uno, Fiorino, Mobi, entre outros.

O Grand Siena Attractive mais em conta é dotado do 1.0 Fire Evo flex de quatro cilindros e oito válvulas. Ele consegue desenvolver 73 cavalos de potência com gasolina e 75 cv com etanol, a 6.000 rpm. Já o torque é de 9,5 kgfm e 9,9 kgfm, respectivamente, a partir de 3.850 rpm.

Já o Grand Siena Attractive topo de linha esconde sob o capô um 1.4 Fire Evo flex, também de quatro cilindros e oito válvulas. Neste caso, são 85 cv com gasolina e 88 cv com etanol, a 5.750 rpm. O torque é de 12,4 kgfm e 12,5 kgfm, nesta ordem, a 3.500 giros.

Em ambos os casos, a transmissão é manual de cinco marchas.

Fiat Grand Siena 2021 – consumo

Conforme os dados divulgados pela própria Fiat, os números de consumo do Grand Siena 1.0 e do Grand Siena 1.4 são os seguintes:

Grand Siena 1.0 2021

Etanol

  • Consumo de 7,9 km/l na cidade;
  • Consumo de 9,5 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 11,2 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,6 km/l na estrada.

Grand Siena 1.4 2021

Etanol

  • Consumo de 9,5 km/l na cidade;
  • Consumo de 9,5 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 14 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,6 km/l na estrada.

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Fiat Grand Siena 2021 – desempenho

A Fiat divulga os seguintes números de desempenho do Grand Siena linha 2021 com etanol e gasolina:

Grand Siena 1.0 2021

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 15,8 segundos;
  • Velocidade máxima de 161 km/h.

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 16,4 segundos;
  • Velocidade máxima de 157 km/h.

Grand Siena 1.4 2021

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12,5 segundos;
  • Velocidade máxima de 175 km/h.

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos;
  • Velocidade máxima de 173 km/h.

Fiat Grand Siena 2021 – garantia e revisões

O Fiat Grand Siena linha 2021 é comercializado com garantia de fábrica de três anos, sem limite de quilometragem. As revisões do sedã compacto têm preços tabelados e divulgados no site da Fiat. Veja abaixo:

Fiat Grand Siena Attractive 1.0 2021

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 232
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 472
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 800
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 648
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 444
  • Revisão de 60.000 km ou 6 anos: R$ 1.452

Fiat Grand Siena Attractive 1.4 2021

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 236
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 476
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 716
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 652
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 448
  • Revisão de 60.000 km ou 6 anos: R$ 1.384

Sendo assim, o pacote de revisões do Grand Siena na versão Attractive 1.0 totaliza R$ 4.048. Curiosamente, o pacote de revisões do Grand Siena no modelo Attractive 1.4 é mais em conta, por R$ 3.912.

Fiat Grand Siena 2021 – concorrentes

Ford Ka Sedan SE 1.0 – R$ 53.590

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

O Ka Sedan é o concorrente mais em conta e que mais se aproxima em preço do Grand Siena. O modelo da Ford na versão de entrada SE parte de R$ 53,6 mil e usa um bom motor 1.0 litro flex de três cilindros, de até 85 cavalos de potência.

Ele é equipado de fábrica com recursos como ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, faróis de neblina, Isofix, indicador de troca de marcha, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, sistema de som com comandos de voz, banco do motorista e coluna de direção com ajuste de altura, tampa do porta-malas com abertura elétrica, entre outros.

Renault Logan Life 1.0 – R$ 55.690

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Modelo de entrada da linha Renault Logan 2021, o Life tem preços a partir de R$ 55,7 mil. Assim como o Ka Sedan, o Logan nesta configuração tem um motor 1.0 litro flex de três cilindros, neste caso com 82 cv.

O Logan sai de fábrica com airbags frontais e laterais, freios ABS, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros e travas elétricas, chave tipo canivete, faróis e lanternas com assinatura em LED, banco traseiro rebatível, entre outros.

Chevrolet Joy Plus 1.0 – R$ 56.090

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Velho conhecidos dos brasileiros, o Joy Plus nada mais é que o antigo Chevrolet Prisma Joy. Este modelo tem preço na faixa dos R$ 56 mil e, assim como o Grand Siena, tem motor 1.0 flex de quatro cilindros, com até 80 cv, com câmbio manual de seis marchas.

É equipado de série com alarme antifurto, Isofix, ar-condicionado, chave tipo canivete, direção elétrica progressiva, vidros dianteiros e travas elétricas, banco traseiro rebatível, preparação para som com dois alto-falantes, entre outros.

Hyundai HB20S Vision 1.0 – R$ 56.590

Fiat Grand Siena 2021: versões, equipamentos, motores, consumo, fotos

Recém-lançado no mercado brasileiro, o HB20S de nova geração também pode competir diretamente com o Fiat Grand Siena. A versão mais acessível do sedã da Hyundai parte de 56,6 mil e agrada pelo conjunto. Seu motor é um 1.0 litro flex de três cilindros, de até 80 cv. Ele tem a melhor relação custo-benefício nesta faixa de preço.

Ele oferece equipamentos como Isofix, alarme, rodas aro 15 com calotas, ar-condicionado, direção elétrica progressiva, vidros dianteiros e traseiros elétricos, travas elétricas, retrovisores externos elétricos, computador de bordo, chave tipo canivete, banco do motorista com ajuste de altura, entrada USB para carregamento rápido de celular, central multimídia blueMedia com tela sensível ao toque de oito polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, entre outros.

Fiat Grand Siena 2021 – ficha técnica

Motor1.o Fire Evo1.4 Fire Evo
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm3999,11.368
Válvulas88
Taxa de compressão13:112,35:1
Injeção eletrônicaMultipontoMultiponto
Potência máxima73 cv com gasolina e 75 cv com etanol a 6.000 rpm85 cv com gasolina e 88 cv com etanol a 5.750 rpm
Torque máximo9,5 kgfm com gasolina e 9,9 kgfm com etanol a 3.850 rpm12,4 kgfm com gasolina e 12,5 kgfm com etanol a 3.500 rpm
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDisco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)Disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira)
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço de 14 polegadasAço de 15 polegadas
Pneus185/65 R14185/60 R15
Dimensões
Comprimento (mm)4.2904.290
Largura (mm)1.7001.700
Altura (mm)1.5071.507
Entre eixos (mm)2.5112.511
Capacidades
Porta-malas (L)520520
Tanque de combustível (L)4848
Carga (Kg)400400
Peso em ordem de marcha (Kg)1.1331.094
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

Fiat Grand Siena 2021 – galeria de fotos

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

  • Saraiva

    Esse consumo nem de perto lembra o consumo real. Beirava os 17 km/l a estrada

    • Andre Pestana

      Os dados de consumo devem estar totalmente errado, pois o consumo da versão 1.4 no etanol na cidade é igual na estrada, já com gasolina o 1.4 é mais econômico na cidade que na estrada.

    • T1000

      17km/l tá viajando?
      Cansei de dirigir esses 1.4 da fiat; eu rodava 6mil km no mês.
      Na gasolina o máximo do máximo que você consegue é 13 em rodovia. Na Cidade faz 11. Em etanol, se você conseguir 7 na cidade e 9 em rodovia, tem que levantar as mãos para o céu.

      • Saraiva

        Pois o lá de casa fazia fácil com meu pai dirigindo a 100 110km/h

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Nessa lista Ka sedan e HB20S são melhores

    • Marciofilho Santos

      se a dona fiet colocasse esse motor o carro venderia muito bem

    • RO

      Mais fácil aposenta-lo e colocar o 1.0 no Cronos que o Grand Siena receber o motor mais moderno.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        Acho que no o Cronos é muito pesado pra ter 1.0, igual o Virtus

        • RO

          Cronos pesa só 30Kg a mais de que o Argo. Se considerar a melhor aerodinâmica do sedã frente ao hatch, acaba que da na mesma.

          • Hugo Leonardo Dos Santos

            E quanto pesa o Argo?

            • RO

              1105Kg na versão Drive 1.0.

              E já me corrigindo: o Cronos pesa 1Kg a menos que o Argo nas versões Drive 1.3 (1.139 x 1.140).

              Galera diz que eles são pesados comparando as versões HGT AT6 com versões de entrada dos outros, mas em versões equivalentes eles são até mais leves.

              • Hugo Leonardo Dos Santos

                Poxa, são 100 kg a mais que um Ka sedan, Logan

                • RO

                  Mas não importa muito. Se o 1.0 Firefly dá conta do Argo, vai dar mais conta do Cronos mais ainda, tem 1Kg a menos que o hatch e a aerodinâmica é melhor em sedans.

                  Esse motor tem o maior torque entre os 1.0 aspirados e entrega bem cedo. É um excelente motor. Pra quem quer um sedam compacto pra cidade, dá e sobra. Seria melhor que o Grand Siena 1.0 por exemplo.

  • kirig

    Não entendo ter motores melhores e usar estes que estão aí, Já deu para ajustar custos acredito.

  • Rick Wakeman

    Já tive 2 sienas e 1 grand Siena, esse último era dualogic, comprei usado. Na epoca, era uma boa opção perante os concorrentes. Hoje não, mas de vez em quando a Fiat da descontos, e pode ser vantajoso pra quem quer um sedan pra família e não se importa com desempenho. O dualogic que eu tive tinha piloto automático, aletas pra troca de marcha, etc. Gostei do carro, mas deu problemas elétricos, suspensão e bomba d’água. Ficou a impressão de não ser um carro confiável. Mas claro que pode ter sido azar meu. Além disso, a direção era muito dura. Mas ainda gosto do interior, do design (ainda atual), dos bancos, que são confortáveis, e do espaço como um todo.

    Hj vi que a Lifan tem um modelo sedan por 44 mil. Vende zero o modelo 2018 ainda. Nem sabia da existência desse carro!!!!

    • Sino Weibo

      Onde tem estes Lifans à venda? Andei em um Uber dele e achei bem confortável.

      • Rick Wakeman

        Eu só vi no site da Lifan. Não procurei onde tem concessiorias. mas no site tem fotos e descrição dos carros. Esse é completo, banco de couro sintético, som, etc. Mas pelo que vi é modelo 2018. Não entendi se a fabricação foi em 2018 ou se o carro foi lançado em 2018. O painel é tosco. E eh chinês né…depois vc só deve conseguir vender pro ferro velho!!!!

        • Sino Weibo

          “… E eh chinês né…depois vc só deve conseguir vender pro ferro velho!!!!” Não entendi, realmente, a relação.

          • Rick Wakeman

            Não entendeu? Eu nunca ouvi falar desse Lifan. Nem sabia que existia. Vc TB não. Nunca ouvi falar sobre ele aqui. Aí vc compra esse carro zero, roda uns 60 mil km com ele. Imagina quem vai querer comprar um carro desses? Só doido, ou então vc roda com ele até enferrujar.

            • Sino Weibo

              Ah então não é específicamente por ser chinês, e sim da marca Lifan, no caso, pela operação dela aqui. Eu acho estranho qd falam dessa forma, pq ninguem qd fala mal da Fiat fala, odeio carro italiano, ou pra falar mal da Ford ou GM, que b***sta de carro americano, ou da VW ou Opel, que lixo de carro alemão, ou franceses, coreanos, japoneses etc.. agora com chineses citam uma marca malham a indústria do país inteiro, como se tudo que viesse de lá fosse ruim.

              • Rick Wakeman

                Não é questão de ser ruim…é que gm, fiat, etc, já se estabeleceram aqui…tem história no Brasil , ampla rede, etc. Uma chinesa por vir a ter isso daqui a alguns anos, mas é um risco. Já tivemos carros da JAC que foram lançados e deixados de comercializar em pouco tempo. Essa lifan não inspira confiança de que vai se estabelecer aqui de forma duradoura. Ela já vende carros há algum tempo aqui, e quase ninguém conhece. É um risco enorme pois ela em nenhum momento mostrou que pode conquistar a confiança do consumidor.

                • Sino Weibo

                  Eu falo não das marcas em si, vc tem toda razão em suspeitar de marca A ou B, eu falo da forma que se dirigem ao produto por ser chinês, eu até consideraria isso há uns 10, 15 anos atrás, realmente produtos chineses tinham má fama, mas hoje? É muito desconhecimento falar dessa forma de produtos chineses em geral, inclusive carros, até pq temos internet e todo tida tem notícias aqui de marcas chinesas fazendo coisas novas e bem modernas, com alta tecnologia, em marcas próprias, e já estão começando a entrar nos Eua e Europa. Mas brasileiro continua com essa idéia ou preconceito de produto chinês ruim, infelizmente só irão dar valor quando estiver fazendo sucesso nos países de 1º mundo, como sempre, mas ae já terão perdido o custo-benefício aqui.

                  • Rick Wakeman

                    Nem a Cherry eu confio ainda. Viu o QQ? Face?? Quem tem um QQ usado tá ferrado!! Eu só compro QQ carro chinês daqui a uns 4 anos, quendo terei condições de saber se a empresa pretende ficar aqui mesmo ou não.

                    E tem mais. Quando fui vender meu argo, fui em 5 css próximas. A pior oferta foi 31 mil. A melhor foi 38 mil. Veja quanta diferença!!! Se fosse uma marca com poucas css, como QQ chinesa, eu não teria essa possibilidade de negociar. Comprar carro tem que avaliar tudo. Se vc não se preocupa em perder muito ou pouco na revenda, aí sim um carro chinês pode ser boa opção pra um carro zero. Se for usado, tem que se preocupar com peças, assistência, etc. Já tenho muitos problemas na vida pra procurar outros. Temos muitas marcas mais confiáveis aqui e que não terão esses problemas citados .

                    • Sino Weibo

                      Mano olha o nível do que vcs querem, QQ foi um carro que custava 19.990! Face idem, baratíssimo, Argo custa quanto? 55 mil? Eu falo pq quanto mais concorrência melhor, mas olha o nível de comparação que vcs fazem. Carro, em qualquer país, é bem descartável. Bem de consumo. E estes carros que vcs queriam que viessem com alto poder de revenda e custo-benefício ótimo além de completos e baratos simplesmente não existem! Como qualquer modelo brasileiro alguns modelos chineses tiveram problemas, mas veja o preço que eles eram. Na época se me lembro bem os chineses disputavam com modelos brasileiros que além de serem zero no crash-test eram pelados e ruins, além de caros. O preconceito do brasileiro não tem nenhum sentido! É pura falta de conhecimento de um mercado que não é maduro, o mesmo com celulares, eletrônicos, eletrodomésticos, etc..

                    • Rick Wakeman

                      QQ custava pouco menos que o mobi e kwid sem ar. Uns 32 mil, não 19,9mil. E não estou falando de carro barato ou caro. Falo da empresa abandonar o carro. Kwid e mobi estão aí ..e vão continuar por muito tempo. E tem um mercado de venda ativo e amplo. Tem público. QQ é da mesma faixa de preço. Quem tem um QQ usado está com um pepino nas mãos. E quem tá com kwid ou mobi não está com pepino nas mãos, pois tem mercado pra eles.

                    • Sino Weibo

                      Vc fala do QQ de produção nacional então, pq o importado foi vendido a este preço, e era o carro mais barato do Brasil quando lançado. A empresa não abandonou o carro, aliás a linha QQ na China existe, tem variante elétrica EQ, e inclusive na região aqui vendem não só ele mas também o Celer hatch e sedan, com nome de Fulwin, aliás eles tem o Arrizo 3, que cairia como uma luva aqui neste segmento de Grande Siena e cia. A decisão de tirar de linha foi da brasileira CAOA, por querer focar somente em segmentos acima. Entra no site da Chery internacional que tu ve eles todos lá. Agora é culpa da Chery que o governo fez o Inovar Auto e acabou com a chances dela na época trazer coisas boas, pelos impostos abusivos e cotas? Ou é culpa dela que a empresa que adquiriu sua operação local não queira vender parte de seus modelos, como estratégia? Mas a CAOA continua dando assistência e peças para os modelos Celer e QQ normalmente.

                    • Rick Wakeman

                      Variante elétrica? Estamos no Brasil rapaz! Não me interessa o que ela faz lá fora! Ela abandonou alguns modelos aqui. Não sei de quem é a culpa, mas é um risco isso acontecer de novo. Vc compra um Mobi ou Kwid e tem mais segurança de que esses modelos permanecerão por um longo tempo sendo comercializados. Tem varias concessionárias. São bons no mercado de usados. PRa que vou me arriscar comprando um chinês, de uma fábrica que já deixou consuidores na mão? So compro carro chinês depois de ver o comportamento dela aqui no Brasil por alguns anos. Antes disso é risco de comprar um carro, que não é barato, e ele perder mercado.

                    • Sino Weibo

                      Blz então continua comprando Mobi e Kwid de quase 50 mil e sejas feliz! Passar bem.

                    • Rick Wakeman

                      Com certeza mais feliz e tranquilo de quem comprou um QQ.

  • Ramiro rami

    “atende bem sobretudo na venda direta, o que inclui frotistas e taxistas, por exemplo. Ele é um queridinho sobretudo dos taxistas e motoristas de aplicativo”
    Carro para bater na praça amigo e ainda consegue ser mais bonito que muito projeto ai…..

  • Gabriel Lima

    Alguém sabe informar as polegadas dos altos falantes das 4 portas do grand siena 2021?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email