Great Wall: Brasil terá Haval, Tank e Poer – ORA depois

gwm poer brasil 1

A Great Wall Motors anunciou em Iracemápolis, interior de São Paulo, investimento de R$ 10 bilhões para produzir no país, picapes e SUVs eletrificados.


O investimento será realizado em duas etapas, com a primeira sendo aplicados R$ 4 bilhões até 2025, enquanto a segunda consumirá R$ 6 bilhões até 2032.

A GWM promete 2.000 empregos diretos em Iracemápolis, assim como produção anual de 100.000 carros, porém, tais números só serão alcançados em 2025.

tank 300 2

Para atuar no mercado nacional, a Great Wall contará com três marcas inicialmente, sendo elas Haval (confira: Para fazer volume, Great Wall deve começar com Haval H2 e H4), Tank e Poer.

No caso da Haval, serão vendidos aqui SUVs hibridizados, como os modelos H6 e F7, por exemplo. A empresa já registrou alguns, como o modelo Macchiato, apesar deste ser da marca Wey.

Com a Haval focada em SUVs, a Great Wall terá a Tank para oferecer utilitários esportivos focados no fora de estrada, como o modelo Tank 300 ou seu irmão maior, o Tank 800.

Por fim, a montadora chinesa terá as picapes médias da linha Poer, que aqui será como uma nova marca.

haval f7 f7x 2

Adiante, a Great Wall promete os carros elétricos da ORA, provavelmente incluindo no grupo o Punk Cat, se a Volkswagen não acionar o jurídico…

Sobre o portfólio, a empresa chinesa comentou que as potências variam de 230 cavalos a 430 cavalos de potência e de 41,5 kgfm a 77,4 kgfm de torque.

Na prática, esses números se traduzem em aceleração de 0 a 100 km/h, variando de 7,2 segundos a apenas 4,8 segundos.

punk cat 1

Já o consumo de combustível vai de 75 km/l a “inacreditáveis” 208 km/l no uso combinado do motor elétrico com o motor a combustão, segundo a Great Wall.

Só a tecnologia PHEV garantirá autonomia de 200 km no modo elétrico, dependendo do modelo.

Serão vendidos 10 modelos híbridos, híbridos plug-in e elétricos, com previsão de chegada do primeiro veículo no quarto trimestre deste ano, ainda como importado.

A produção nacional da Great Wall se iniciará em 2023 e a montadora promete carros com condução autônoma de Nível 2, atualização OTA e conexão 5G, quando disponível.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.