HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

O Hyundai HB20S 2015 trouxe ao mercado nacional algumas novidades, especialmente o acréscimo de itens das séries relacionadas com a Copa do Mundo de 2014.


Além de ter sua garantia aumentada para seis anos, o sedã compacto da Hyundai ganhou a cor azul Sky e também a multimídia blueMediaTV, que trazia TV Digital, que passou a ser oferecida como opcional.

O sistema de som blueAudio também foi outra novidade do HB20S 2015, que trazia conexão Bluetooth e compatibilidade com iPhone.

O acabamento em couro também passou a fazer parte do pacote, enquanto câmera de ré virou acessório de concessionário. Com visual bem atraente, o HB20S 2015 vinha nas versões Comfort Plus, Comfort Style e Premium.

Elas eram oferecidas com motores Kappa 1.0 de até 80 cavalos e Gamma com até 128 cavalos, tendo este opção de câmbio automático de quatro marchas.

Projetado na Coreia do Sul, exclusivamente para o mercado brasileiro, o HB20S 2015 é a versão sedã do hatch HB20 2015 e do aventureiro HB20X, sendo um produto único no mundo, apesar do compartilhamento de base com outros da marca.

Com medidas bem arredondadas, o modelo tem 4,230 m de comprimento, 1,680 m de largura, 1,470 m de altura e 2,500 m de entre eixos, sendo este o mesmo do hatch, diferente do Toyota Etios Sedan, que ganhou um adicional em relação ao Etios.

Empregando um conjunto mecânico simples, sem inovações, o Hyundai HB20S 2015 explorava bem o belo visual do hatch, buscando seu lugar ao sol com mais espaço para bagagens, porém, nunca conseguiu se aproximar dele em vendas.

Oferecendo somente 450 litros no porta-malas, o HB20S 2015 não tem muito espaço para quem vai atrás, dado seu entre-eixos curto e bancos volumosos. A Hyundai diminuiu a espessura do acabamento das portas para ampliar o espaço interno.

Utilizando ainda direção hidráulica e ar condicionado manual, o modelo tinha apenas dois airbags e freios com ABS e EDB, obrigatórios por lei desde 2014. Nunca os teve como opcionais antes disso, no entanto.

Apresentando alguma fluidez nas linhas, o HB20S 2015 tinha porta-malas curto e molduras nas colunas C que imitam vigias. O pacote de equipamentos era mediano e o acabamento interno, correto.

Em sua vida comercial, o HB20S 2015 teve ainda a série especial Impress, que trazia bancos em couro perfurado com costuras cinzas, sensor de estacionamento, retrovisores com repetidores de direção e faróis com sensor crepuscular.

Fabricado em Piracicaba, interior de São Paulo, o sedã sofreu com a limitação da moderna fábrica da Hyundai, que só podia fazer 150.000 carros por ano. Duas atualizações elevaram essa cadência para 210.000 ao ano, incluindo o Creta.

O modelo ganhou diversas séries especiais e limitadas ao longo de seis anos, até que chegou a nova geração, que não agradou os consumidores de cara, diferente da primeira, que tinha até fila de espera longa.

Um dos sedãs compactos mais populares do mercado, o Hyundai HB20S continua entre os 20 carros mais vendidos do país, mas sem representar qualquer ameaça ao líder Onix Plus.

HB20S 2015 – detalhes

O Hyundai HB20S 2015 tinha um belo visual, que contagiou o consumidor brasileiro desde o lançamento do HB20, tanto que as mudanças feitas pela marca sul-coreana na segunda geração, provocaram rejeição inicial ao novo produto.

Com frente inspirada no Elantra de geração contemporânea à do HB20, o sedã tinha faróis de desenho fluido e máscara negra, tendo monoparabola e conectando-se à grade quase em “V”, que levava o logotipo da Hyundai.

Essa peça e a grade inferior, bem como a parte central com a placa do veículo, formam um hexágono, que dita a linhagem de estilo frontal do HB20S. O visual cria um “sorriso” amigável na frente do carro, deixando-o mais agradável.

Com fluidez da linguagem de estilo Fluidic Sculpture, o HB20S 2015 adotava ainda molduras triangulares com acabamento preto e faróis de neblina, dependendo da versão.

Tendo vincos que nascem na base do para-choque e seguem até as lanternas traseiras, o sedã compacto da Hyundai tem uma área envidraçada que se eleva da dianteira mergulhada em direção à traseira alta.

As maçanetas das portas podem ser pretas ou na cor do carro, assim como os retrovisores com repetidores de direção. A antena no teto é curta e as colunas C possuem molduras de mesma tonalidade.

Com leve fluidez no formato, as lanternas traseiras eram horizontais e cortadas pela tampa do bagageiro. O porta-malas tinha tampa alta e curta, com moldura cromada sobre a placa, além de um para-choque bem envolvente com refletores.

As rodas de liga leve eram apenas de aro 15 polegadas, tendo pneus 185/60 R15, enquanto as demais eram de aço com calotas e pneus 175/70 R14.

Por dentro, o HB20S 2015 tinha um painel com forma básica em Y, com acabamento preto. O cluster analógico podia ser simples em grafismos e iluminação ou o chamado Super Cluster Vision, de melhor visibilidade e aparência.

Este último estava disponível nas versões mais caras, tendo ainda na instrumentação, velocímetro, nível de combustível, temperatura da água, conta-giros e display do computador de bordo. Ele era acionado por um botão no painel.

O volante de quatro raios podia ter revestimento em couro, tendo ainda comandos de mídia e telefonia, que ficavam em botões mais abaixo. A coluna de direção tem ajuste em altura e assistência hidráulica.

Na parte central, os difusores de ar pareciam “orelhas” junto à tela da multimídia blueMediaTV, que era opcional e custava R$ 1.650. Numa tela de 7 polegadas sensível ao toque, ela destacava o receptor de TV digital com vários canais.

Ela trazia ainda Bluetooth, USB e gestão de áudio e mídia, podendo ainda dispor de câmera de ré, que era vendida como acessórios na rede Hyundai e custava R$ 1.545.

Existia ainda a opção do rádio blueAudio, que trazia entrada USB, MP3 e auxiliar. Tanto ele quanto a blueMediaTV possuíam comandos físicos também, abaixo da tela.

O ar condicionado manual tinha três botões circulares, mas havia a opção do dispositivo automático com display digital. Mais abaixo, o console tinha cobertura retrátil com fonte 12V.

A alavanca de câmbio manual podia ser em couro, assim como a automática, sendo que esta tinha uma base em preto brilhante com detalhes em cinza, além de seletor de marcha em estilo escada.

O freio de estacionamento era manual e entre os bancos. O assento do motorista tinha ajuste em altura, assim como os cintos de segurança dianteiros. Nas portas, o acabamento era bem aprofundado na estrutura para ganhar espaço.

Os botões dos vidros elétricos eram bem posicionados, assim como as maçanetas (que podiam ser cromadas) e controle dos retrovisores elétricos. Nos assentos, havia padronagem de tecido diferenciado e couro na Premium.

Este último também se estendia às portas. O banco traseiro era inteiriço, mas havia opção de encosto bipartido. Eram quatro apoios de cabeça e apenas 4 cintos de três pontos, sendo que o quinto passageiro tinha o subabdominal.

Havia também porta-revistas nos encostos das portas. No teto, alças de mão, espelhos nos para-sois, luzes de leitura e iluminação geral, além de retrovisor interno dia e noite.

Já o porta-malas era todo forrado e tinha iluminação. Seu vão bem aberto, permitia a entrada de objetos grandes, mas o volume era limitado e dispunha apenas de 450 litros.

O estepe temporário ficava sob o assoalho do mesmo. O volume aumentou pouca coisa na nova geração do Hyundai HB20S 2015.

HB20S 2015 – versões

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.0
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.6
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.6 AT
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.0
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.6
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.6 AT
  • Hyundai HB20S 2015 Premium 1.6
  • Hyundai HB20S 2015 Premium 1.6 AT

Equipamentos

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

Hyundai HB20S Comfort Plus 1.0 – Motor 1.0 e câmbio manual de cinco marchas, mais ar condicionado, direção hidráulica, freios ABS com EDB, airbag duplo, rodas de aço aro 14 polegadas com calotas integrais, pneus 175/70 R14, retrovisores externos com controle interno, retrovisor interno dia e noite, painel com conta-giros, computador de bordo, Isofix, Top Tether, abertura interna do porta-malas e do bocal do tanque de combustível, faróis com máscara negra, gaveta sob o banco do motorista, iluminação do porta-malas, iluminação do porta-luvas, espelhos nos para-sois, luzes de leitura, alças no teto, cintos de 3 pontos nas laterais traseiras, subabdominal central traseiro, cobertura retrátil no console, painel Supercluster Vision, volante com comandos de mídia e telefonia, sistema de som blueAudio com rádio/Bluetooth/USB/auxiliar, conexão com iPod, vidros elétricos nas quatro portas, vidro do motorista one touch, para-choques e retrovisores na cor do carro, apoio para pé, travamento elétrico central, alarme perimétrico, maçanetas na cor do carro, entre outros.

Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 – Itens acima, mais motor 1.6 litro.

Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 AT – Itens acima, mais transmissão automática de quatro velocidades com conversor de torque.

Hyundai HB20S Comfort Style 1.0 – Itens do Comfort Plus 1.0, mais retrovisores elétricos, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 14 polegadas, maçanetas cromadas, luz nos espelhos dos para-sóis, repetidores de direção nos retrovisores externos e alarme perimétrico.

Hyundai HB20S Comfort Style 1.6 – Itens acima, mais motor 1.6 litro.

Hyundai HB20S Comfort Style 1.6 AT – Itens acima, mais transmissão automática de quatro velocidades com conversor de torque.

Hyundai HB20S Premium 1.6 – Itens do Comfort Style 1.6, mais rodas de liga leve aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15, alarme volumétrico, ar condicionado com ionizador, detalhes cromados nos faróis, frisos cromados nos vidros, vidros elétricos one touch em todas as portas, volante e alavanca de câmbio em couro, banco traseiro bipartido, controle remoto de vidros e travas pela chave, sensor de estacionamento traseiro e sensor crepuscular.

Opcionais: bancos em couro e multimídia blueMediaTV com tela de 7 polegadas, Bluetooth, TV Digital, navegador GPS, USB e auxiliar.

Hyundai HB20S Premium 1.6 AT – Itens acima, mais transmissão automática de quatro velocidades com conversor de torque.

Opcionais: bancos em couro e multimídia blueMediaTV com tela de 7 polegadas, Bluetooth, TV Digital, navegador GPS, USB e auxiliar.

Preços

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.0 – R$ 41.565
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.6 – R$ 46.800
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Plus 1.6 AT – R$ 50.100
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.0 – R$ 44.315
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.6 – R$ 49.550
  • Hyundai HB20S 2015 Comfort Style 1.6 AT – R$ 52.850
  • Hyundai HB20S 2015 Premium 1.6 – R$ 52.450
  • Hyundai HB20S 2015 Premium 1.6 AT – R$ 55.750

HB20S 2015 – motor

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

O HB20S 2015 é equipado com dois motores, sendo o Kappa 1.0 MPi e o outro Gamma 1.6 MPi. O sedã ainda não havia recebido o Kappa 1.0 Turbo, que fora uma adaptação nacional e não o 1.0 T-GDi sul-coreano.

Construído todo em alumínio, o Kappa 1.0 tem bloco de três cilindros com cabeçote de 12 válvulas, tendo quatro por cilindro, além de duplo comando com variação de abertura e fechamento na admissão.

Pesando apenas 82,4 kg com câmbio, o 1.0 MPi do Hyundai HB20S 2015 é muito leve e eficiente. Possui sistema de injeção eletrônica multiponto com tecnologia flex.

Com acionamento dos comandos por correia dentada, de acordo com o projeto Kappa, ela dura 160.000 km antes da substituição. Equipado com bobinas individuais, o propulsor diminuto tem característica de alto torque em baixa rotação.

O descompasso dos pistões é compensado por um eixo de contrabalanço que ajuda a reduzir a vibração, assim como coxins especiais para filtrar o que passou.

Tendo 998 cm3 de volume e taxa de compressão de 12,5:1, o HB20S 2015 entregava em sua versão 1.0, 75 cavalos na gasolina e 80 cavalos no etanol, ambos a 6.200 rpm.

Já o torque era de 9,4 kgfm no derivado de petróleo e 10,2 kgfm no combustível vegetal. Os dois são obtidos a 4.500 rpm. Trabalhando sempre com um câmbio manual de cinco marchas, esse propulsor conferia ao HB20S em desempenho fraco.

A outra opção, no entanto, era mais atraente, especialmente se equipada com câmbio manual. Essa era o do motor Gamma 1.6 MPi, desenvolvido em 2006 – dois anos antes do Kappa – para substituir a linha Alpha.

Com quatro cilindros, o Gamma tem cabeçote com duplo comando de válvulas, sendo que apenas o de admissão é variável no HB20S 2015. Feito totalmente em alumínio,, possui variações DVVT e GDi, bem como a geração Smartstream.

Também com injeção eletrônica multiponto, este propulsor é conhecido por ter uma boa disposição com seus 1.591 cm3, tendo 16V e entregando 122 cavalos na gasolina e 128 cavalos no álcool, igualmente a 6.000 rpm.

Fora isso, também dispõe de 16,0 kgfm a 4.500 rpm na gasolina e 16,5 kgfm na mesma rotação, mas com etanol. Com ele, o HB20S andava muito bem, mesmo com transmissão automática de 4 marchas, que limitava muito sua performance.

Esta vinha com conversor de torque e era uma variante simples de um câmbio automático mais moderno, de seis marchas, usado no SUV compacto Creta, lançado pouco depois.

Não podia ser ajustado para trocas manuais na alavanca, deixando de permitir ao compacto maior conforto ao dirigir e alguma resposta nas mudanças de marchas pessoalmente.

Tinha seletor tipo escada e com as clássicas posições 3, 2 e 1, que limitavam o câmbio nessas marchas, impedindo ir além delas, a fim de ganhar mais força para vencer um aclive acentuado ou em um declive bem íngreme.

Já o câmbio manual tinha cinco marchas e embreagem de acionamento hidráulico, que trazia mais precisão no uso com o Gamma 1.6 e um desempenho bem melhor, incluindo um consumo satisfatório.

Desempenho

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

No desempenho, o HB20S 2015 é fraco no 1.0, que quase chega a 15 segundos de 0 a 100 km/h e passa pouco de 160 km/h. Já o 1.6 manual é o mais esperto, fazendo em menos de 10 segundos e quase chegando a 190 km/h.

Já o automático tinha uma resposta mais lenta, mas ainda assim não decepcionava como o 1.0, que já era esperado devido sua baixa potência.

  • Hyundai HB20S 1.0 – 14,9 segundos e 162 km/h
  • Hyundai HB20S 1.6 – 9,3 segundos e 189 km/h
  • Hyundai HB20S 1.6 AT – 11,0 segundos e 177 km/h

Consumo

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

Já no consumo, o HB20S 2015 1.0 era que dava o troco, sendo o mais frugal entre as três opções de motorização. Mas, com etanol, ele empatava com o 1.6 manual na cidade. Na gasolina, eles eram próximos também no circuito urbano.

  • Hyundai HB20S 1.0 – 7,8/9,7 km/l e 11,5/14,4 km/l
  • Hyundai HB20S 1.6 – 7,8/8,7 km/l e 11,1/12,8 km/l
  • Hyundai HB20S 1.6 AT – 6,9/8,2 km/l e 10,0/11,7 km/l

HB20S 2015 – manutenção e revisão

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

Premiado após muitos anos, o pós-venda da Hyundai faz revisões a cada 10.000 km do HB20S 2015, descrevendo ao cliente exatamente o que está sendo cobrado, inclusive pela lavagem do veículo e sua higienização com oxi-sanitização.

No caso do HB20S, as revisões até 60.000 km saem por R$ 2.688,33 no 1.0 e R$ 2.885,84 no 1.6, em valores atualizados para julho de 2020.

Neste serviço, são substituídos geralmente óleo lubrificante, filtro de óleo, filtro de ar, filtro de ar da cabine, filtro de combustível, velas, correia em “V”, correia dentada, fluído de freio, fluído da direção hidráulica, entre outros.

Revisão 10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Total
1.0 R$ 201,48 R$ 268,77 R$ 446,92 R$ 755,49 R$ 419,65 R$ 596,02 R$ 2.688,33
1.6 R$ 227,18 R$ 294,47 R$ 472,62 R$ 824,80 R$ 445,35 R$ 621,72 R$ 2.885,84

HB20S 2015 – ficha técnica

HB20S 2015: preços, motor, desempenho, versões, ficha técnica, etc

Motor 1.0 Kappa 1.6 Gamma
Tipo
Número de cilindros 3 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 998 1591
Válvulas 12 16
Taxa de compressão 12,5:1 12:1
Injeção eletrônica Indireta Flex Indireta Flex
Potência máxima 75/80 cv a 6.200 rpm (gasolina/etanol) 122/128 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 9,4/10,2 kgfm a 4.500 rpm (gasolina/etanol) 16,0/16,5 kgfm a 4.500 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas Manual de 5 marchas ou automática de 4 marchas
Tração
Tipo Dianteira Dianteira
Direção
Tipo Hidráulica Hidráulica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson
Traseira Eixo de torção Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Aço ou liga leve, aro 14 polegadas Aço ou liga leve, aro 14 ou 15 polegadas
Pneus 175/70 R14 175/70 R14 ou 185/60 R15
Dimensões
Comprimento (mm) 4.230 4.230
Largura (mm) 1.680 1.680
Altura (mm) 1.470 1.470
Entre eixos (mm) 2.500 2.500
Capacidades
Porta-malas (L) 450 450
Tanque de combustível (L) 50 50
Carga (Kg) 406 423 (MT), 426 (AT)
Peso em ordem de marcha (Kg) 1014 1057 (MT), 1084 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,33 0,33

HB20S 2015 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.