Elétricos Tecnologia

Hitech Electric: Brasil já testa carro elétrico com condução autônoma

Hitech Electric: Brasil já testa carro elétrico com condução autônoma

A empresa Hitech Electric, do Paraná, fechou uma parceria com a Positivo Informática para o desenvolvimento de tecnologia de condução autônoma para veículos. O negócio, que não teve valores divulgados, gerou o primeiro fruto, o e.coTech4 que anda sozinho.


O pequeno veículo elétrico já é comercializado pela Hitech, porém, sem essa tecnologia. Equipado com sensores e câmeras, além de processadores de alta capacidade e algo que parece um radar laser LiDAR, o e.coTech4 permite escanear todo o ambiente em sua volta, analisando os obstáculos e tomando decisões.

Ele monitora velocidade, distância, veículos em movimentos, pedestres, ciclistas, entre outros potenciais obstáculos durante a condução. Pelo anunciado, o produto da Hitech já está pronto para uso comercial, porém, como não existe legislação para carros autônomos no Brasil, a empresa não vai se arriscar em via pública.

Por isso, o e.coTech4 autônomo está sendo oferecido por meio de aluguel para uso em áreas fechadas, como grandes condomínios e instalações industriais de dimensões suficientes para o tráfego interno de veículos. Oferecido como um leasing, o veículo pode ser contratado em planos de 24 ou 36 meses, custando de R$ 2,8 mil a R$ 4 mil mensais.

VEJA TAMBÉM:

Ainda assim, o caminho para as ruas, levará um bom tempo. Rodrigo Contrin, CEO da Hitech, diz: “O modelo autônomo precisa de um suporte maior nesse período de maturação. Pensamos no modelo de locação por isso, com contratos de 24 ou 36 meses. Mesmo sem um preço final definido, por conta das particularidades de cada carro, a proposta é que seja uma tecnologia acessível”. O e.coTech4 tem preço de R$ 72.280, sem opcionais.

No caso da Positivo, a empresa da informática e tecnologia digital, desenvolveu o suporte para que o e.coTech4 possa não só “enxergar” o mundo ao redor, mas tomar decisões com base nas experiências registradas em seu banco de dados, evitando assim acidentes e conduzindo com maior eficiência.

[Fonte: Isto É Dinheiro]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Joao Victor

    Essa geringonça é totalmente chinesa, no alibaba tem vários, aliás tem uma fama horrível no mercado internacional…

    • Pablo Henrique

      Ainda somaram isso ao know-how da positivo… Valorizo o fato de ser uma empresa nacional, mas todas as experiências que tive com essa marca foram péssimas. Espero verdadeiramente que estejam em processo de evolução.

      • Joao Victor

        Os equipamentos usados pela positivo para deixa lo “autônomo” também são chineses, de nacional esse “carro” não tem nada.

    • Sino Weibo

      O que não tem procedência chinesa hoje em dia, no caso de produtos tecnológicos, compliances, eletrônicos etc..? Até o mercado de drones os caras dominam.

  • Eskarmory .

    Esse derrame de notícias de SUV e carro eletrico… Coisa mais chata do mundooooo

  • Finalmente as empresas brasileiras estão trabalhando nessa tecnologia, mesmo que de forma incipiente.

  • Sino Weibo

    A Posiitivo irá vender ele superfaturado para orgãos governamentais, e nunca irá funcionar corretamente, e virará sucata. São empresas que vivem disso.

  • Janio O’ brien

    O Brasil não pode ver uma vergonha que já quer passar

  • zekinha71

    Se esse “carro” tiver a mesma qualidade dos produtos da Positivo é melhor comprar uma Caloi, e o resto da grana recarrega o bilhete único.

  • Alvarenga

    Esquece autônomo no Brasil. Nem em 50 anos!
    Com o nivel de interferencias que temos em nossas vias ( cachorro, buraco, lixo na pista, lombada, ciclista, carroceiro, bandido, motoqueiro costurando, etc….), e a má sinalização ( faixas que não tem continuidade, guias desalinhadas, arvore inclinada na pista, etc…) não tem como um veiculo se auto direcionar corretamente por ai.
    A única possibilidade serão vias especificas para onibus nas grandes cidades por exemplo.
    Esquece.

    • Janio O’ brien

      kkkkkk verdade o automato vai pirar nas ruas do Brasil e se jogar na primeira ponte…

  • RicLuthor

    Se esse carro for no mesmo padrão dos tablets, desktops e notebooks da empresa de informática, vai ser muiiiiito interessante. Rsrsrs…

    • Janio O’ brien

      imagina só se um carro desse travar o sistema no meio do transito super organizado de nossa tupiniquimland

      • RicLuthor

        De uma empresa que coloca (ou colocava) a arquitetura de um tablet numa carcaça de notebook e o vendia como computador, eu espero tudo.

  • Fiquei sabendo por um conhecido que a prefeitura de Divinópolis/MG está com alguns Hitech desses, só que com painéis solares no teto.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email