*Featured Honda Lançamentos Sedãs Test Drive

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

Em sua 10ª geração, o Honda Accord 2019 chega ao mercado nacional com preço alto e proposta de estar acima do segmento de sedãs grandes de marcas tradicionais. Com visual mais sofisticado e dotado de um toque esportivo, o best seller da marca japonesa traz algumas rupturas com a tradição nipônica e também tecnologias em termos de segurança que lhe caíram muito bem.


Com proposta de ser um carro de imagem para a Honda no Brasil, o sedã chega por R$ 198.500 e disposto a vender pouco: 130 unidades em 2019. O objetivo da marca não é volume, mas ter aquele carro topo de linha que muita gente admira. Afinal, desde a chegada da Honda por aqui, o Accord sempre fez parte do portfólio.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

Um pouco menor que o anterior, o Honda Accord 2019 agora tem mais espaço interno com entre-eixos ampliado e também porque o cofre do motor foi reduzido, privilegiando o volume em prol dos passageiros. Agora, ele está mais largo e com assentos mais centralizados, ampliando a segurança. Ele mede 4,889 m de comprimento, 1,862 m de largura e 2,830 m de entre-eixos.


Estruturalmente, o Honda Accord 2019 emprega 29% de aço de ultra alta resistência, ampliando a rigidez torcional em 32%. A carroceria também tem 5,9% de alumínio e pesa 5% a menos que a anterior. O sedã recebeu também suspensão com braços em alumínio e direção com duplo pinhão para filtrar melhor os movimentos.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

Fora isso, a maior mudança foi mesmo o uso do motor 2.0 Turbo VTEC de duplo comando e injeção direta de alta pressão, que torna o propulsor mais eficiente e o faz entregar 256 cavalos a 6.500 rpm e 37,7 kgfm entre 1.500 e 4.000 rpm, superando o V6 3.5 que saiu de cena no modelo, que entrega 280 cavalos, mas tem somente 34,9 kgfm a 4.500 rpm.

Mas não ficou apenas nisso, o Honda Accord 2019 vem com uma nova transmissão automática de 10 marchas, que em realidade se trata de uma caixa com conversor de torque, que utiliza uma trava para engrenar dois grupos de 4 relações, que somadas as duas posições do dispositivo, somam 10 relações. O objetivo é ter trocas suaves e progressão de velocidade com eficiência e performance ao mesmo tempo.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

O Honda Accord 2019 traz ainda multimídia com Android Auto, Car Play e navegador nativo, bem como o LaneWatch para reprodução de imagem da lateral direita e câmera de ré com tripla visualização.

Mas, a novidade mesmo é o Honda Sensing, que traz controle de cruzeiro adaptativo, assistente de saída de pista com correção, alerta de fadiga, alerta de faixa com correção e frenagem automática de emergência com aviso de colisão.

Honda Accord 2019 – Primeiras impressões

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

O Honda Accord 2019 tem um belo visual. A frente é bem expressiva e os faróis full LED dão um destaque a mais para o conjunto, cuja grade mantém a barra cromada da Honda e um centro escurecido e bem chamativo. As rodas de liga leve aro 18 polegadas tem belo desenho, mas os pneus 235/40 R18 são muito baixos e isso é ruim em nível Brasil…

A traseira esticada lembra um fastback, sendo bem elegante e esportiva ao mesmo tempo. As lanternas em LED são grandes e dão volume ao conjunto, que agrada. Por dentro, o ambiente é agradável, mas não tão sofisticado, o que já era esperado do Accord, que nunca foi um carro de luxo, mas um bom automóvel. A aplique estilizado no painel e portas nos faz lembrar disso.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

No mais, a Honda inseriu mais couro e material soft, além de um cluster análogo-digital com velocímetro de ponteiro e uma tela multifuncional de 7 polegadas. A multimídia tem tela de 8 polegadas e não chama atenção, diferente do túnel central com botões no lugar da alavanca de câmbio, onde ainda estão os modos Eco e Sport, bem como o freio de estacionamento eletrônico.

Um slot dispõe de carregador indutivo para smartphones e entradas USB. O ar-condicionado dual zone tem saídas na traseira e os bancos possuem ventilação. Aliás, os assentos são em couro e existem três tonalidades: cinza na pintura preta, preto na pintura prata e marfim na pintura branca.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

O volante tem boa pegada e a posição de dirigir é como deveria ser, tendo ajustes elétricos. O passageiro também conta com isso. Interessante é que o Honda Accord 2019 tem duas memórias para o motorista, mas isso não impressiona.

O que chama mesmo atenção é o carro possuir duas chaves, sendo que cada uma registra dois usuários e quatro memórias diferentes, incluindo espelhos. Isso sem contar que o sedã tem partida remota com climatização automática entre 20 e 22 graus. O HUD configurável tem excelente resolução.

O teto solar é apenas padrão, algo que não estranhamos por se tratar de um carro japonês. O espaço geral é bom, especialmente atrás. O porta-malas tem 574 litros, sendo 68 a mais que o anterior.

Honda Accord 2019 – Impressões ao dirigir

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

O Honda Accord 2019 melhorou muito em relação ao anterior. O carro está muito mais equilibrado e conta com uma dinâmica de condução muito mais aprimorada e agradável. O propulsor 2.0 Turbo tem disposição de “alemão”, entregando todo o torque em regimes baixos e despejando a cavalaria rapidamente, alçando o ponteiro digital até além dos 6.000 rpm.

O ronco típico de motor turbo é encorpado e dá uma noção exata do que ele pode fazer. As retomadas com esse novo câmbio de 10 marchas ocorrem de forma empolgante e isso tudo em modo Drive. Pode-se reduzir quatro marchas de uma vez e ele nem se ressente, buscando sempre a melhor relação para imprimir mais desempenho ou economia, nesse caso, ele roda no trânsito por muito tempo em 1.500 rpm, enquanto na estrada não passa de 1.600 rpm a 110 km/h.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

No modo manual, através dos paddle shifts, dá para explorar bem as marchas, mas com independência mediana, pois o sistema sempre assume em determinadas situações. No modo Sport, ele segura as marchas no modo manual e só muda em caso de extrema necessidade. O modo Eco pouco tira da performance do Accord 2019.

Mas, além do bom conjunto motriz, o sedã nipônico chama atenção por sua direção muito firme. Podemos dizer que é a mais “rígida” que experimentamos até agora. Com o alerta de faixa ligado, ela é que exige certo esforço nos movimentos, tendo “vida própria” em curvas mais abertas ou pequenas correções.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

O pacote Honda Sensing nesse caso tem uma condução semiautônoma bem elevada, já que no controle de cruzeiro adaptativo, mesmo com a vibração de alerta do volante para que o condutor assuma a direção, ele não desliga facilmente, como ocorre em Volvo e Jaguar, por exemplo. Mesmo numa curva, ao detectar um caminhão, ele freia para reduzir a velocidade e mantém a trajetória, sempre dentro do espaço da faixa de rolamento.

O comportamento do Accord 2019 com esse sistema realmente é muito bom no que se propõe e surpreendeu por sua capacidade de automação, que é sim superior a maioria dos carros que a ostenta. Além disso, o conforto ao dirigir ainda exibe um bom handling em curvas, bem como excelente atuação dos freios.

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir

Entretanto, o conjunto de suspensão, embora confortável em estradas e firme em curvas e desvios, não foi feito para a realidade brasileira e sofre nos buracos e irregularidades de nosso asfalto, ainda mais por usar as rodas, pneus série 40. Então, mesmo um buraco pequeno no asfalto parece bater lá no “coração”… No geral, o sedã ficou muito bom.

Honda Accord 2019 – Galeria de fotos

Honda Accord 2019: Impressões ao dirigir
Nota média 4.9 de 8 votos

  • Ítalo Figueirôa

    Carrão… Preção… dá pra comprar 2x Civic EX CVT 2018, que já é caro pra kct….. kkkkk Brasilzão…

    • Delarus Splex

      não gostei da frente nem do farol mais de resto é um carro mais um ai na lista

      • Punta-tacco

        Tbm não gostei, esse cromadão estragou a frente.

  • Raul Cotrim de Mattos

    Carrinho comum e sem graça de classe média americana sendo vendido como carro de luxo por aqui… nenhuma novidade.

    • Matthew

      Não é pra tanto também. O preço pode ser absurdo, mas tá muito longe de ser um “carrinho comum e sem graça”. Nos EUA o range dele é muito maior e o grosso das vendas são de versões relativamente despojadas com motor 1.5+CVT. Lembro de ter visto o review de um Camry de entrada cujo banco traseiro era inteiriço e revestido com um tecido do pior que tem.

      • Charlis

        Exato!
        A versão de entrada dele é a LX, bancos no tecido, volante sem couro, rodas horríveis (ainda que alguns concorrentes nem roda de liga leve vem).

        []s

    • Vinícius

      Pra quem pode comprar, como é o caso dos americanos, não acham tão sem graça assim. É um dos sedans mais vendidos por lá, mesmo tendo diversas opções. O preço, realmente é alto. Mas os principais sedãs médios estão chegando acima de R$ 100.000 então já era de se esperar.

      • Filipe Augustus

        Acredito que o preço ideal seria entre 150 e 160 mil reais, para custar o mesmo que o Fusion ou o Passat por exemplo!

        • Vinícius

          Está caro, porém não faria sentido por alguns motivos. O Camry, que é o principal concorrente do Accord lá fora, está 190 mil aqui no Brasil. Além disso, o Passat é consideravelmente mais barato que o Accord lá fora em suas versões topo de linha. E o Fusion, por mais bonito e tecnológico que seja, é Ford, que aqui no Brasil não é tão admirada e é um carro que está com a vida contada, até onde vi. Talvez por isso o Fusion Titanium veio a 166 mil, pq lá fora é vendido pelo valor do Camry e Accord. Se compararmos o valor do Fusion Titanium lá fora é US$ 36 mil a tiranium, só a conversão direta já dá quase o valor que estão vendendo aqui. Por isso acho que foi estratégia

          • Danilo

            Fusion é o mais vendido e desejado entre todos esses que citou.

          • Só uma dúvida, o Fusion não é montado no México? Nesse caso teria isenção fiscal.

          • Filipe Augustus

            Só lembrando que o Passat americano é diferente do nosso, que vem da Alemanha e é mais caro, por isso que eu não vejo sentido nessa carro custar quase 200 mil reais, assim como tbm não vejo sentido o Camry custar isso, Se não estou enganado eu cheguei ver Jaguar XE por 190 numa promoção! Por esse preço eu compraria um Fusion Hybrid e ainda economizaria uns 25 mil, ou até mesmo comprava um Mercedes C180 de entrada!

    • Daniel D. Fernandes

      Carrinho comum e sem graça? Me diz o que você anda dirigindo…
      E outra, é claro que aqui é carro de luxo, por que aqui é luxo. Não é luxo nos EUA onde a maioria são ricos para padrões brasileiros.

      • Raul Cotrim de Mattos

        Carro de luxo é carro de luxo. Carro de entrada é carro de entrada. Carro esportivo é carro esportivo. Ou vai dizer q um Meriva SS é um superesportivo?

    • Delarus Splex

      concordo tipo corola

    • Pedro Cunha

      Como Civic, corolla, cruze, etc… Carros “de entrada” nos países desenvolvidos, que se tornam artefatos de glamour e luxo na periferia.

  • Baetatrip

    Está pouco + caro que o CRV…… Vale a pena esse Accord com 2.0T com 256 pocotos e quase 38kg de torque!
    Cambio AT10, deve ser gostoso de viajar!!!!!

    • Matthew

      A desvantagem são estes pneus perfil 40 que praticamente inviabiliza o uso em nossa pavimentação. No CRV colocaram “pisantes” bem mais adequados.

      • Augusto

        Ave Maria! 45 já é mto ruim!

    • Lucas

      E desde quando CR-V é parâmetro de preço justo? Não vale à pena de forma alguma, tem Passat zero km por 150 mil.

      • Flight_Falcon

        Lucas, creio que ele quis citar dentro da marca. Esses clientes em regra não mudam de marca, se fidelizam.

        • Lucas

          Bom, esse novo CR-V nem os clientes antigos quiseram comprar, não caem mais no conto das marcas japonesas. Simplesmente não se vê nas ruas.

          • Edson Fernandes

            Mas também… o ultimo custava at´é R$140000. quem comprou antes da atual geração pagou R$115000. Antes dela cerca de R$100000.

            Esse atual custa R$190000. Olha a diferença de preço! Creio que esse mesmo consumidor acabou descobrindo modelos de rivais que tem o preço correto sendo um carro moderno.

      • Baetatrip

        Pois é…….
        Honda quer ser a “Toyota” no momento… Abusando nos custos e nada de atraente!

  • Tommy

    A Honda deveria fazer como a Toyota e fazer um Civic com visual mais refinado inspirado nesse Accord. Pelo preço que ambos tem aqui esse visual esportivinho dos modelos americanos afasta o tiozão que tem dinheiro pra comprar.

  • Gutemberg Ferreira

    Belíssimo carro, sem sombra de dúvidas. Mas ainda ficaria com o Passat.

  • Mr. Pereba

    Esse ponteiro “meio digital” ficou estranho demais. O contraste entre a tecnologia e o extremo conservadorismo (velocimetro com fonte “arial”) deu um nó no meu cérebro. No mais, é um bom carro pra se ter em um país com asfalto decente, porém nos EUA essa versão X-Tudo tem vendas irrisórias, porque o público do carro é outro.

    • Gabriel

      Tbm achei mto tosco, eu não curto nem um pouco os que são inteiramente digitais, gosto dos analógicos, mas tem formas bem melhores de mesclar o analógico com o digital.

  • Robinho

    ainda sou mais o Fusion.

  • Everton de paula

    Achei espetacular, tudo de mais novo e moderno num só carro.
    Aliás, parabenizar o site pela qualidade e detalhamento das reportagens. Assino 4rodas faz trinta anos, site e revista e vou cancelar o site, pois aqui temos tudo bem mais detalhado e explicado. Muito bom.

  • Ricardo

    E aí! Ninguém vai comentar que é tudo igual como os haters da VW!?

    • Retrato do Papai

      eu tô aguardando reclamarem da multimídia flutuante que parece gambiarra como os haters do argo

      • th!nk.t4nk

        O povo só reclama disso quando não é uma das marcas queridinhas que usa essa ideia :)

      • Gabriel

        Eu achei horrível essa tela sobre saliente, acho feia de mais em qualquer carro, integradas ao painel fica muito mais elegante, tem BMWs tbm com telas assim, horrível do mesmo jeito.

    • Duh

      Não, pq não é igual, possuí as características atuais da marca mas não chega perto de confundir com os outros Honda, diferente dos Volks. Agr eu, diferente do povo aqui, achei bem feio esse Accord.

      • Ricardo

        Os fãs da Honda podem não acharem iguais, assim como os fãs da VW não acham.

        • Piston head

          Iguais não são, na verdade falta não diria nem personalidade, mas singularidade.

  • renato dantas

    Depois de ler e pelo preço que vão cobrar achei que era um Mercedes classe E, voltei a realidade e pergunto a Honda porque não R$ 210.000,00 estalecas.

    • O pior que o preço de tabela do Mercedes classe E 250 com motor de 211 cavalos custa 330 mil.

      • cepereira2006

        É o que eu disse em outro post, para o patamar de preço ele oferece muito mais do que qualquer outro. No preço dele você sai com o Classe C de entrada, peladaço, menor e mais manco. O pessoal torce o nariz só porque é Honda.

  • Sasaki

    Ontem eu vi um na Rua Pamplona aqui em SP inclusive igualzinho esse da foto mesma cor e tudo, ele parece um civic de frente com a cara mais achatada é um carro legal porem o preço no Brasil é de matar né,e na mesma rua tinha o novo Camry tambem outro carro bacana mais com preço de carro de luxo no Brasil!!!

  • Juliano Tonet

    Tó só pelo comentário dizendo que o Golf é melhor.

    • Robinho

      kkkkkkkk

    • Fanjos

      Dependendo para que, um GTI faria melhor mesmo, mas no caso o Passat é mais bacana ou mesmo o Fusion, nesse preço o Accord faz -150% de sentido existir no HuEzil, ele JAMAIS vai ser carro de luxo, só para o gado deslumbrado mesmo, carro de luxo da Honda é Acura

      • Guilherme

        Gosto muito da VW e atualmente tenho um GTi 2015 já em fase de transição ( troca )…
        O mais natural seria ir para um Passat, pois o seguro do GTi não é brincadeira e estou com saudades do meu freio de mão com Auto Hold ( do meu finado 2013 alemão ). Mas não consigo ver graça no Passat, nunca vi uma traseira tão feia quanto a dele, claro que isso é minha opinião, e sei que gosto é gosto…
        Para trocar de carro atualmente analiso os seguintes aspectos:

        1) me agrada visualmente
        2) custos estão dentro do orçamento
        3) Possui sensores de estacionamento ( frontal e traseiro ) + câmera de ré
        4) Possui teto solar
        5) ACC
        6) freio de mão eletrônico com Auto Hold
        7) acabamento condiz com a categoria

        Meu próximo carro deverá possuir tudo acima no mínimo, e atualmente só encontro carros com tudo isso acima de R$ 160, que seriam o Tiguan e agora esse Accord.
        Mas ambos extrapolam o orçamento.

        Vou aguardar até o ano que vem para ver se o GTE virá ( e se terá seguro mais baixo ) e se a Honda trará o pacote Sensing no Honda Civic 1.5 T. Essas são as únicas opções que enxergo no horizonte…

        Para trocar por outro carro prefiro o GTI que me atende atualmente sem problemas…

        • Michel Neto

          inacreditável.. to na mesma situação! idêntica! mesmo carro, mesma proposta de itens. mas acho que o passat tem que ser a nossa salvação cara. infelizmente ele entrega alguns itens ainda superiores como o DCC

          • Guilherme

            Hahahah Incrível não…
            Realmente o Passat possui todos os itens que gostaria de ter em um carro, mas para mim o Design é crucial também e a traseira do Golf é belíssima. Não consigo gostar do Passat infelizmente.
            A salvação dentro da VW para mim seria o GTE que prometeram novamente para o ano que vem..
            Que tem o imbatível design do Golf ( na minha opinião ) com todos os itens que eu gostaria além de poder rodar de segunda a sexta sem gastar uma gota de gasolina.
            O problema é se vem e o preço, considero até R$ 140 um bom valor, acima disso encosta muito no GTI e se torna caro pelo que é.

            Mas vamos ver, aguardemos os lançamentos de 2019.

        • Charlis

          E eu querendo ir pro GTI, rs!

          Curioso, um item que pra você é indispensável, e eu abomino, é o freio de mão elétrico. Eu já tive, mas pago para não ter.
          E também o visual do Passat, eu acho ele completamente maravilhoso!
          Mas, ultrapassa o Budget!

          Eu tenho o Jetta, e ano que vem, estou planejando ir pro GTI, ou pra BMW 120i ou 320i (já tive tbm), mas tudo isso, seminovo, com uns 2 anos de uso.

          []s

        • Fabricio

          fusion awd

        • Flight_Falcon

          Guilherme

          Está pagando quanto de seguro no GTI?

          Já fez simulação para o Passat? Deu uma diferença muito grande? Na simulação que fiz não era tanta assim.

          • Guilherme

            5200, 28 anos solteiro SP…
            Não fiz até porque não me agrada tanto assim o carro.
            Lembro que fiz da Tiguan 350( fipe 70 mil maior que do Golf ) e deu por volta de 4800
            O do GTI desde que peguei só aumentou..

  • jfontes

    “Objetivo da marca não é volume, mas ter aquele carro topo de linha que muita gente admira”. Topo de linha só na banânia KKKKK. Lá fora é carro popular. Só aqui é carro de luxo.

    • th!nk.t4nk

      Sedã médio de marca popular vira artigo de luxo no Brasil. Confesso que quando leio comentários como “carrão!! nave!!” sobre Accord, Fusion e companhia chega a me dar um desânimo com a situação do mercado automotivo no Brasil.

      • Piston head

        A diferença é que, por exemplo no meu caso, consigo filtrar e me permito achar o Fusion uma nave. Diferente de um olhar totalmente leigo para automóveis, que deturpa tudo o que qualquer modelo deveria representar.

        • th!nk.t4nk

          Confesso que quando comprei o Fusion tava estava apaixonado no carro. Nunca tinha tido um carro com rodar tão suave e tão bem equipado. Mas hoje em dia pra mim ele é disparado o lanterna da categoria. Já o visual externo continua interessante, apesar de tudo (principalmente na versão wagon).

      • Hélio

        eu ouço/leio nave pra hb20

        • Danilo

          Puts, os piores são esses! Comprei um C4 Cactus e a maioria das pessoas onde chego com o carro novo falam “naaavee”. É um carro excelente, mas longe de ser um premium. Muito longe!

          • Hélio

            autoestima é tudo na vida

  • HugoCT

    O topo de linha que é mais feio que o de entrada, que coisa feia, sou muito mais um Passat

  • Junoba

    Feio e caro. Vou de Fusion.

    • Fanjos

      Eu adorava o Fusion, até sair essa atual geração do Passat que acho lindo, mas sim iria primeiro de Passat, depois de Fusion e depois procurava mais uns 10 carros antes de lembrar que o Accord ou Camry(que é muito mais sem sentido ainda) existem

    • Dod, o verdadeiro

      Se Fusion prestasse americano comprava ele. Toma um couro do Camry e Accord.

  • Klaus Nickel

    carro com testa

  • cefaf

    Grana à parte, o que me tira o tesão de comprar um carro desses são os pneus com muito pouco perfil. Só de pensar nas pancadas de um simples buraco já fico arrepiado.

  • Piston head

    Que genérico. Um tapa na nuca de quem decide usar esses carpetes horrorosos num carro deste porte.

  • Gabriel

    “Com proposta de ser um carro de imagem para a Honda no Brasil” Carro de imagem devia ser o NSX

    Mais de 190 mil em um carro que não é esportivo e diz não ser de luxo, então esse preço não tem sentido.

    Ficou tosto esse painel de instrumentos, um lado analógico e outro digital, eu não curto os painel inteiros digitais, mas tem formas melhores de mesclar os 2.

    Acho horrível essas telas enormes e sobre salientes dos multimídias (integradas é muito melhor)

    Não curto esses cambio por botão, sem a alavanca, mesmo nas lambo não acho legal.

    No mais o carro é ótimo.

  • Domenico Monteleone

    Não usaria essa estratégia: “Aquele carro da marca que muita gente admira” pois, muita gente sequer vai saber que ele existe, muitos não saberão que carro é.

    • cepereira2006

      Verdade pura, o que não é vendido não é visto. E o que não é visto não é lembrado. Estratégia burra e sem sentido. Se não é vendido fica sem peças de reposição e sem capacidade de revender por um preço justo, pois é apenas uma mosca branca, vira resto de rico rapidinho.

  • Vitor

    De lado parece uma BMW, a traseira achei um pouco com cara de antiga, a frente achei legal mas a qualidade dos materiais do interior parece muito baixa para um carro de 200 mil e a multimídia poderia ser maior, sem falar que nenhum painel digital é mais bonito que o da VW (minha opinião).

    • Faheina

      Excetuando os da da audi q parecem do ano de 2025 enquanto o polo parecem de 2005

      • Enzoando

        depende da versão do polo que vocÊ está falando

  • Ufólogo Ricardo

    De que adianta um baita carrão caro se a HONDA não presta um pós venda, não estão nem ai depois que vc comprou o veículo, veja você mesmo no RECLAME AQUI, EMPRESA NÃO RECOMENDADA, não resolvem nada, imagina um carro destes começar a ENFERRUJAR como um honda city com menos de 30.000km com 24 pontos de ferrugem consertado pela honda e voltou a ferrugem lavam as mãos, vai vender depois pra quem, vai ficar com uma bomba, NÃO COMPRE HONDA, veja você mesmo, pesquise no googe: honda ferrugens

    • Enzoando

      até o civic ?

  • Ufólogo Ricardo

    acredito que o site tem que ser IMPARCIAL e publicar tudo que se refere a marca e não escolher o que melhor convém, meu comentário não foi publicado

    • Edson Fernandes

      Foi publicado sim. Só olhar que inclusive te perguntaram.

  • Valdemar Matos

    Preço bom para quem quer vender só 130 unidades, metade vai ficar nas mãos de donos de concessionária. Por um preço mais justo serio um ótimo carro oficial para transportar “autoridades”. Amigo meu que é mecânico fala que accord é um dos carros mais duraveis que ele já viu. Dá um banho em qlqr outro sedã do porte nesta questão.

  • renato dantas

    Temos que perdoar pois ele sofre de miopia aguda degenerativa.

  • Dod, o verdadeiro

    Belíssima barca!

  • Armando_Perez

    Cara na boa, aonde vamos parar com os carros custarem esse valor ? Sinceramente sempre foi caro aqui, mas agora eles perderam noção mesmo dos valores.

  • Miguel

    De longe a coisa mais feia do carro. Aquela parte inferior acabou com a traseira.
    Não gostei também do teto quando visto de perfil, parece que subiram demais na parte central e que faz o parabrisa ficar estranho…sei lá!

    • TimeloRegoFundo

      é pq os caras decidiram fazer o carro mais no estilo cupê, acredito que pra concorrer com outros de alto nível. Deve ser tendencia. Pior q tá assim no Civic tbm.. particularmente tbm nao gostei

      • Edson Fernandes

        E aquela barra cromada na frente do carro? Coisa mais cafona impossivel!

  • Razzo

    Por que não colocar este câmbio AT10 no lugar do insosso CVT do Civic ??

    Em tempo, o desenho da traseira ficou horrível !!

  • DIREITO CEST 2018 DIREITO

    Tela multimídia pequena, lanterna traseira que ainda utiliza lâmpadas comuns na seta e ré não combinam com um carro dessa categoria.

  • Bandit

    Esse carro sempre foi um bom negócio de pegar usado, mas isso com o v6 natural que era praticamente um tanque de guerra, esse 2.0 turbo aí não sei como se comportara com o tempo.

  • Diodo Emissor de Luz

    Pneu série 40? É BMW?

  • Diodo Emissor de Luz

    Oxi, apagou pq? :D com humor a vida é mais feliz, parça :D

  • fsjal

    Nada diferente de qualquer carro da Honda. Muito preço demais, carro de menos.

    Ainda mais quando se olha a etiqueta de preço do Passat e do Fusion

  • Edson Fernandes

    Aí vc olha essa frente que parece de carro batido… pois parece um Civic com a frente menos imponente. Eu achei estranho.

    Ainda que o conteudo seja interessante, creio que daria para eu ir de Fusion até em sua versão hibrida que iria me agradar igualmente j´aque possui diversos dos itens citados aqui.

  • Fавιаио Оłιvеιяа

    Com esse preço eu iria de Volvo V60!

  • kikofar

    Tenho um 2006 e ainda continua sendo o melhor carro que já tive. Um senhor carro!!!

  • cepereira2006

    Carrão. O valor parece muito para um Honda, mas daí você olha para o patamar e vê Classe C com motorzin 1.6 mais caro e mil vezes mais pelado do que essa máquina… Vai roubar vendas das alemãs e com toda propriedade.

  • Abdallah

    Acho um tesao essa carro, mas pelo preco iria de mercedes ou bmw mesmo.

  • Guilherme Martins

    Minha irmã dona de civic 9 , viu e gostou.
    A id da marca , eu gosto tbm , embora mais “tecnológico” parece que o painel do civic está muito na frente.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email