*Destaque Honda Motos Segredos-Flagras

Honda Biz 2018 vai estrear nova geração no Salão Duas Rodas

honda-biz-125-teaser-2 Honda Biz 2018 vai estrear nova geração no Salão Duas Rodas

A Honda Biz é, sem dúvidas, uma das motocicletas de maior sucesso no mercado brasileiro. Lançada há 19 anos, a cub já conseguiu emplacar 3,5 milhões de unidades em nosso País. E para seguir vendendo bem, a fabricante japonesa prepara o lançamento da nova geração da Biz. O novo modelo será a principal atração da empresa no Salão Duas Rodas, que acontecerá entre os dias 13 e 19 de novembro no Expo Imigrantes em São Paulo, na zona sul da capital paulista.



Conforme já divulgado pela marca, a nova Honda Biz 2018 trará uma série de novidades em relação ao modelo atual. A principal delas será o painel de instrumentos totalmente digital, que segundo a Honda “proporcionará melhor visualização e distribuição das informações”, o que inclui nível de combustível, velocímetro, hodômetro, luz de diagnóstico da injeção, entre outros.

Haverá ainda uma tomada 12V posicionada no porta-capacete sob o banco, que permitirá recarregar um smartphone, por exemplo.

honda-biz-125-teaser-1 Honda Biz 2018 vai estrear nova geração no Salão Duas Rodas

Nas demais alterações, a Honda Biz 2018 “chegará com novo design, mais sofisticado e moderno, além de mudanças que contribuirão para o melhor conforto e segurança do piloto e do garupa”. Como dá para reparar nas imagens teasers divulgadas pela marca japonesa, a motocicleta vai manter praticamente o mesmo estilo de antes, mas com uma série de aprimoramentos para entregar uma cara mais moderna.

Outros detalhes ainda não foram divulgados. Espera-se ainda que a Biz 2018 ofereça mudanças no motor OHC, Monocilíndrico 4 tempos, arrefecido a ar, com 124,9 cc de cilindrada; que no modelo atual consegue desenvolver potência máxima de 9,2 cavalos, a 7.500 rpm, e torque máximo de 1,04 kgfm, a 3.500 rpm. Ele está associado ao câmbio de quatro marchas.

A linha oferece ainda a Biz 110i, com um propulsor de 109,1 cc, que é capaz de gerar até 8,1 cv e 0,89 kgfm, também com transmissão de quatro marchas.

Atualmente, os preços da Honda Biz variam de R$ 7.390 a R$ 9.120.

  • Andrew B.

    O que tem de gente saindo da Biz e indo para Yamaha Neo 125…Seria esse o motivo de novidades?

    • Alvaro Guatura

      Com certeza efeito Neo…

    • dallebu

      Aqui na minha cidade além da Neo 125 o pessoal ta indo na Honda SH150…

  • Felippe2010

    Mais de 7 K em uma moto com motor de 9 cv e cambio 4 marchas? Tem que ter muita coragem de queimar dinheiro nisso ai

    • Lucas Fernando

      7? no site da Honda, na concessionária é mais de 9. Minha namorada comprou uma em 2014 ou 2015, caiu, se arrependeu e trocou por um Corsa Wind.

      • Wilson Junior

        Pois é…realmente faz mais sentido andar de carro por esse preço!

  • Tosca16

    Vai sair por uns 15 mil se a Honda por tudo que tá anunciando… mas bem que poderia ser a primeira CUB 150/160cc do mercado.

  • Rodrigo

    LIXO

  • Fanjos

    Motoneta

  • Fabio Marquez

    Quem tem não reclama, já que é uma moto agil, prática, economica e de fácil manutenção, fora que pelo menos aqui no interior não desvaloriza (idem para outros produtos Honda). Mas o preço de compra é salgado.

  • Alvaro Guatura

    Essa ai merecia melhorias, parou no tempo. O problema ainda continua sendo o cambio, verdadeiro lixo.

    • Antonio Carlos Tatau

      Lixo é aquela correia de borracha da Neo

    • leomix leo

      Tive uma Biz ex 2015 e vendi em abril, pontos positivos, econômica é só, bate seco nos buracos, o acabamento das carenagens começa a bater depois dos 3k rodados, os pneus poderiam ser sem câmara de ar, ter que trocar óleo a cada 4k como manda o fabricante é arriscado, raspa em lombadas, o câmbio realmente poderia ser algo melhor, pois limita muito a performance da moto na cidade com outro na garupa. A minha por ser preto fosco, parei na rua, quando voltei tinha uma moto encostada, arranhando a minha, a carenagem custa os olhos da cara + um rim. Vendi e não peguei nada, pois uma agora aqui em minha cidade, custa 10600, uma PCX 11,900.

      • Matuska

        Qual o problema das trocas de óleo a 4k? Praticamente todos os fabricantes substituíram óleos minerais por semi-sinteticos e esticaram o prazo das trocas. As novas com motor 160, 190 (na XRE) e 250 (na Twister) tem trocas aos 6k.

  • Flight_Falcon

    O que vai ter de motoboy teclando no zap enquanto “pilota” conectado nesse carregador kkkkkkkkkk, bateria não acaba nunca mais. Podem esperar pelas gambiarras.

  • Kaian Reis

    Acho que vou de neo 125 mesmo, acham que vale a pena eu comprar uma só para ir para o curso, são 8km de distância em estrada da minha casa até o local? Passagem do ônibus aqui custa R$6,00 e a gasolina R$4,35

    • Andrew B.

      Não sou matemático, nem economista.hahaha…
      Mas,quanto tempo durará esse curso? Meses? Anos? Vai financiar a moto? Vai comprar a vista?Depois do curso a moto ainda vai ser útil?
      Econômica a Neo é. 45km/l faz com certeza. Dê uma olhada no site da Yamaha, no preço das revisões.

      • Kaian Reis

        Então, vamos lá, o curso dura 4 anos (se eu não reprovar rsrs), pretendo comprar à vista, provavelmente depois que acabar eu devo vender a moto. Meu amigo está falando para eu comprar uma factor 150, mas a moto vai ser só mesmo para não ter que ficar dependendo do ônibus e é mais vantagem pois é econômica.

        • Andrew B.

          Ok. À vista,conseguirá um bom desconto.Dependendo cidade/estado, é ‘preço de X valor mais frete’.
          R$8.492 é o preço hoje 0KM. (FIPE)
          R$7.745 ano 2017. (FIPE)
          Faça um teste drive.
          Também estou num dilema se compro a Neo ou outra moto usada para “todo tipo de terreno”.
          Se considerarmos a frase ‘ quem faz conta não compra’,vai ser complicado chegar ao meio de transporte perfeito.

  • Samuel Justus

    Eu não pretendo mais ter nenhuma moto Honda…a Yamaha está bem melhor qdo se trata de durabilidade do motor nas motos até 250cc. Tem amigo meu com fazer 150 com motor que já rodou mais de 140 mil km e nunca abriu o motor da moto. A cg 150 não aguenta 100 mil km sem abrir o bico, criou -se o mito de que as motos da Honda são inquebráveis o que não é verdade. É olha que trabalho de moto e ela é Honda, mas foi uma questão de preço na época e não pretendo ter outra.

  • Samuel Justus

    Aliás, eu teria uma cb 500 dessas novas, andei em uma e achei ela bem legal!

  • afonso200

    PCX

  • riano rodriguez

    A Yamaha Neo 125 além de mais bonita é automática e mais barata…

  • Elfo Safadão.

    andar a pé.

  • Johnata Mirrer

    Parece ser uma boa moto, só tome cuidado pra não tomar muito vento na sua vagina.

  • Matuska

    Torcer pra chegar um ABS nessa linha mais básica (e cara).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend