Honda Lançamentos Motos Preços

Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 partem de R$ 37.900 em pré-venda

Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 partem de R$ 37.900 em pré-venda

A Honda está iniciando a pré-vendas das esportivas CB 650R NSC e CBR 650R 2020, que chegam com preços sugeridos de R$ 37.900 e R$ 39.500, respectivamente.


A Honda CB 650R NSC 2020 é uma Neo Sports Café, inspirada no segmento que surgiu com a CB 1000R. Com visual bem expressivo, a naked da marca japonesa chega com peso reduzido em 4 kg numa comparação com a anterior CB 650F.

Ela chama atenção pelo farol circular full LED, tendo ainda tanque elevado, molduras laterais que protegem o radiador de água, banco em dois níveis e rabeta curta, com para-lama estendido.

Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 partem de R$ 37.900 em pré-venda

Dotada de lanterna em LED, junto ao assento, a Honda CB 650R NSC traz ainda piscas em LED, assim como rodas de liga leve esportivas com pneus 120/70 ZR17 na dianteira e 180/55 ZR17 na traseira.

Além disso, a Honda CB 650R NSC se destaca pelo painel digital escurecido, assim como pelo guidão 13 mm avançado e 8 mm mais baixo que na CB 650F. Os semi-guidões também foram avançados, mas em 30 mm.

Equipada com suspensão dianteira up-side down e monoamortecida na traseira, a Honda CB 650R NSC tem grandes discos de freio com ABS e sistema de frenagem de emergência acima de 56 km/h.

Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 partem de R$ 37.900 em pré-venda

Já a CBR 650R apresenta um visual mais agressivo e proposta de ciclística aprimorada em relação à CB 650F anterior. Ela apresenta carenagem com novas formas e melhor aerodinâmica.

Também vem com novas rodas de liga leve aro 17 com os mesmos pneus da naked, assim como sistema de freios ABS com frenagem de emergência e disco dianteiro com 4 pistões radiais.

Com características semelhantes aos da CB 650R NSC, a CBR 650R compartilha também o mesmo motor quadricilíndrico 4 tempos refrigerado a água, dotado de injeção eletrônica PGM-FI.

Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 partem de R$ 37.900 em pré-venda

Este propulsor DOHC de 16 válvulas com 649 cm3 entrega 88,4 cavalos à 11.500 rpm o torque é de 6,13 kgfm a 8.000 rpm. O câmbio tem seis velocidades. A garantia é de 3 anos e sem limite de quilometragem. As cores oferecidas são: Azul perolizado, Vermelho e Prata metálico para a CB 650R, bem como Vermelha e Cinza metálico para a CBR 650R.

Honda CB 650R NSC 2020 e CBR 650R 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Contador

    Muito cara!

  • globo nao tem japa

    Eu acho perigoso moto

    • Jorge Grégore

      Sua opinião mudou o preço do dólar, agora…

    • MarcosGojira

      Eu acho perigoso cavalo

    • Lenon Slater

      Eu acho perigoso tesoura com ponta

    • Tom Costa

      Olha que risco atravessar a rua, nunca mais saio de casa.

    • leomix leo

      Eu acho perigoso beber cerveja.

  • Vinicius Paes

    Honda tá achando que é BMW, KTM ou Ducati pra cobrar esse preço ai.

    • Não é barata…

      Mas esses são os preços praticados desde a primeira Hornet com injeção eletrônica.

      Praticamente não mudou.

      E uma KTM naked custa 90 mil. Uma Ducati Naked, mais de 45.

      Então fazer essa comparação é forçar a barra.

      • Vinicius Paes

        Não é barata não, é caríssima.

        Mas não justifica, até porque o nome hornet foi abandonado.

        E outra KTM e Ducati entregam os melhores componentes em uma moto, logo justifica o preço, já a honda…

        Forçar a barra??? Olha o preço dessa moto, valor próximo de GSX S750, Z900 e MT-09.
        ( Não é questão de ter cilindradas maiores e sim o conjunto da obra).
        E se for falar em questão de preço de manutenção, consumo e etc. Quem tem moto grande sabe que os valores são bem próximos. E quem tem moto grande tem que ter cacife pra manter.

    • MarcosGojira

      KTM é moto baixo custo. Só é cara pela taxa de importação

  • MarcosGojira

    Demoraram 5 anos para colocar suspensão invertida nessa moto (que já era cara)

  • Luiz Schuchter

    Inspirada na belíssima família MT da Yamaha! Sou mais as MT, torque em baixa é mais divertido, além de todas as demais qualidades.

  • José Luiz Júnior

    37.900 e R$ 39.500 que irão para 44.000 e 46.000 respectivamente nas concessionárias. Preço “sugerido” (sem o frete e o ágio das concessionárias)

    • Esse é o ponto mais absurdo ao se comprar moto. kkkkkkkkkkkk

      É uma loucura isso de frete e ágio, num mercado em crise.

    • Tom Costa

      Sempre acabei comprando kawasaki pq consigo o frete dentro do espaço sugerido pela kawasaki. Na honda descaradamente a moto ganha de 4.000 a 10.000 de ágio travestido de frete. E a taxa de juros na honda é sempre maior. Não compro honda de jeito nenhum.

      • MarcosGojira

        Pq não sai da CC pilotando já? rs

  • Samuel Redivo

    No Salão Duas Rodas apresentaram a azul escuro linda demais! E agora lançam esse azul calcinha metalico! não combinou….

  • Ivan Gorato (RaptorStealth)

    Essa naked é linda!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email