_Featured Honda Lançamentos Sedãs

Honda City 2016 ganha novos equipamentos em todas as versões

honda-city-ex-exl-2016-NA (1)

O Honda City está mais equipado para a linha 2016. A nova gama do sedã compacto estará disponível nas concessionárias da marca a partir de fevereiro e se diferencia pela lista de equipamentos mais recheada em todas as versões (DX, LX, EX e EXL). Os preços do novo modelo, no entanto, serão divulgados posteriormente.

A variante de entrada do City, a DX, agora vem equipada de série com chave do tipo canivete, volante com ajuste de profundidade (além do ajuste de altura), painel de instrumentos e visor do áudio na cor branca, retrovisores pintadas na cor da carroceria e para-brisa degradê. Já o City LX recebeu volante com comandos de áudio e maçanetas internas cromadas.

honda-city-exl-2016-NA (4)

No caso do City EX, as novidades ficam por conta do volante revestido em couro e apoio de braço central dianteiro com porta-objetos. Por fim, o City EXL agregou airbags de cortina, totalizando seis bolsas de proteção, além de sistema multimídia com tela de 7 polegadas, navegador integrado, conexão via Bluetooth e WiFi, entradas USB, micro SD e auxiliar e câmera de ré.

O motor que equipa o Honda City é o 1.5 litro i-VTEC flex, que entrega 116 cavalos de potência com etanol e 115 cv com gasolina, a 6.000 rpm, e 15,3 kgfm e 15,2 kgfm de torque, respectivamente, a 4.800 rpm, com câmbio manual de cinco marchas ou automático do tipo CVT com sete marchas virtuais (os modelos EX e EXL são equipados com paddle shifts).

Galeria de fotos do Honda City 2016

 





  • Gustavo73

    6 airbags pelo menos na top beleza, alguém tem notícias do ESP/TC?

    • Davi Millan

      Esse ESP/TC pelo visto só em 2020… Se o impossível ocorrer, de o City não aumentar de preço, ele continuará vendendo mais que o NF Sedan que está com preços que já passaram do Absurdo com 75mil na Titanium Plus (que por mais que tenha ESP, teto solar e CM) é muito para um carrinho compacto.

      • Chicão

        eu vejo da seguinte forma: sedan nessa faixa é pra tiozão. E tiozão compra mais honda mesmo.

        • Davi Millan

          Eu tenho um sedan mas não sou tiozão. Mas também não curto muito honda não. Muito menos Toyota e Nissan.

        • Bruno Brasil

          Pelo visto vc não conhece os grupos da honda ;)

        • rafael morozini

          Tiozao não compra sedan compacto , gostam de carros grandes como o meu fusion 😂😂😂😂 não sou tiozao tenho 29 !

          • wagner

            kkkk, na minha época de garoto, 29 já era tiozão. Hoje tenho 44 tô me sentido um jovem, você ainda é um bebe. kkkkk

            • Ernesto

              Rsrsrs. Engraçado como as coisas são. Estou com 41 e também me sinto jovem. Acho que nossa geração teve condições de se cuidar melhor.

              • Marcos Souza

                É como aquele “causo” dos 2 velhinhos que estavam no funeral de um outro velhinho de 90 anos.
                O de 101 anos pala pro de 99:
                “-Não te disse que esses garotos novos não iam durar…”

                • Bourgelat

                  Kkkkk dei valor.

            • wagner

              Já comprei corolla, malibu etc. Não compro mais esses carros de tiozão. Depois comprei um cruze hatch, new focus ratch. Acho que os únicos sedans que não são de tiozão são os Audi e BMW. O resto é tudo p tiozão.kkkkk Tiozão é uma idade de espirito.

              • rafael morozini

                tenhi o fusion só porque tenho um filho pequeno, estou pegando uma m135i 2015/15 para ser meu brinquedo!

              • Edson Fernandes

                Se ser tiozão é idade de espirito então impiricamente vc mesmo está se adentrando nele… pq há muitos novos com sedans médios (como eu) que não somos tiozões.

                • wagner

                  kkkk, a qualidade que determina o tipo tiozão não é a idade, mas o gosto por sedan. Isso é que determina um tiozão. Mas as coisa podem mudar, se o censo comum determinar outro gosto. Por exemplo: mini van é carro de mulher, mas muitos homem tem é não são mulheres, apenas uma classificação cultural. Moral da história, vc é um tiozão inrustido. kkkkkk

            • rafael morozini

              Pois é quanto tinha 13 olhava meus primos de 26 e os chamava de idosos kk

          • Marcelo Amorim

            Sou um tiozao de 31 anos que tem um Jetta.

            • rafael morozini

              Sedan médio ja pode ser considerado grande ! E cara tu é só 2 anos mais velho que eu então não se chama de tiozao não que me magoa !😂😂

        • rvmattos

          eu tenho um 308thp que dentre os hatchs ao meu ver é um com apelo mais esportivo, e ja tenho batido martelo que e o bolso der, o proximo é um c4 lounge ou um sentra. tenho só 33 anos. nem todo fâ de sedan é coroa :)

          • wagner

            É verdade amigo, é só uma brincadeira.

            • rvmattos

              Hj eh sexta. Hj pode

        • David Diniz

          Eu tenho 30 anos e tenho um City 2015. E ai?

          • Chicão

            Já é tiozão com 30.

            • David Diniz

              Como você é IDIOTA viu..

              • Chicão

                ui ui ui

                • MauroRF

                  Cara, você é phoda, rsrs.

              • MauroRF

                Calma, veio, eu tenho 39, tenho um EXL 15/15 e não sou tiozão, sou é bem casado e ainda com a mulherada me olhando por estar com o City (e minha esposa ficando brava, claro, rsrs). O Chicão só está brincando, e se ele não estiver, dane-se também, huahuahua.

          • wagner

            Todo dono de sedan é tiozão. KKKKKK

        • Edson Fernandes

          Eu tenho sedan médio e não sou tiozão.

          • Chicão

            Cara, to tendo dificuldade pra entender como vcs não compreenderam o que falei.
            É claro que ter um sedan não te faz tiozão.

      • Gustavo73

        Pelo menos na versão top, o Fit que é uma variação do City tem, o HRV que é outra tem em todas as versões, claro em um carro mais caro e até pelado.

        • Davi Millan

          O Fit EXL tem ESP? Já o HRV eu acredito que já veio com ESP para evitar perdas para a Renegade e talvez para não espantar clientes por uma possível falta de estabilidade, logo a Honda pode ter se precavido nesse sentido. Mas não passa de teorias da conspiração. haha.

          • Gustavo73

            Achei que tivesse. Mas pelo visto não. Agora para quem vendeu por anos o CRV sem o item não acho que esse seja o motivo do HR-V ter o item de série

          • Wellington Myph13

            A Hr-V já veio com ESP por conta da pesquisa de mercado que mostra que a versão mais vendida da EcoSport era a Freestyle que oferece ESP, e por ser um mercado bom de inserir itens e cobrar mais pois o povo acha que é de categoria superior, eles cobriram esse detalhe pra não ficar feio.

            • Davi Millan

              Muito obrigado! Não sabia disso. Agora isso é verdade, o público alvo dos SUV compactos estão dispostos a pagar mais pelos carros por achar que são de categoria superior, haja visto as versões que mais vendem da HR-V, que são EX e EXL.

        • Wellington Myph13

          Fit não tem ESP ainda, nem na top.
          Honda só tem ESP de hr-v e civic pra cima.
          Fit e City não foram abençoados ainda.

          • Gustavo73

            Falha minha. Mas até o Gol tem ESP/TC na versão mais cara…

            • Wellington Myph13

              De que Gol estamos falando? O Fox tem, como opcional, o que acho ridículo. Assim como acho ridículo o Renegade só oferecer mais airbags como opcional…. Quantos de 10mil Renegade vc acha que tem 6ab? Se 10 tiverem é muito… Item de segurança opcional neste país é perda de dinheiros na revenda, e não valorização…

              • Gustavo73

                O Gol Rally. Infelizmente segurança é opcional muito poucos oferecem múltiplos aibags e esp/TC em todas as versões aqui. De cabeça os mais baratos são Cruze e Golf. Daí pra baixo alguns tem mas como opção nas versões mais caras.

                • Marcelo Alves

                  O Gol não tem ESP e pelo que vi no site da VW, nem TC.

                  • Gustavo73

                    Verdade Marcelo seginda do dia. Só a Saveiro Cross, e de série

              • gpalms

                E pra botar os 6 Airbags no Jeep ainda tem que levar junto outro opcional não desejado… Dizem que a fábrica nunca manda só com o opcional segurança, vem sempre o multimídia junto (pelo menos aqui no RS).

      • FocusMan

        A Ford vende todos os Fiestas Sedans que traz. É um carro que tem espaço cativo para quem quer tecnologia sem perder espaço na garagem.

        • Davi Millan

          Sem sombra de dúvidas, pois não há outro carro no segmento com tudo que ele oferece em segurança e tecnologia. O problema é que para quem precisa um pouco mais de espaço pode achar no City e não no Fiesta. Eu gostaria muito de ter um NF Sedan, porém por limitações de espaço tenho que partir para os sedan médios, pagando muito mais para ter os mesmos itens.

      • dallebu

        Assim como o Corolla, ele não precisa de ESP, pois usa uma suspensão especial com braços de Samurai que mantém as rodas como sobre trilhos.

      • Davi

        Me tornei Tiozão aos 22 com Honda City AT. Desde então estou feliz na minha tiozãozisse, nada de precisar ajeitando as coisas para caberem no porta malas, levo parte do meu guarda roupa no porta malas (sobretudo, moletom, calça, guarda chuva, paletó, gravatas), sempre que vou viajar não preciso ficar refletindo se vou usar ou não vou usar, jogo tudo nas malas e coloco no carro. Ah se eu soubesse que ser tiozão fosse tão bom, tinha me tornado antes.
        Hoje no auge dos 26 anos (praticamente a terceira idade), eu sempre pergunto: esse carro tem versão sedan? . SUV, hatch… não empolgam muito… talvez stationwagon, mas esse é muito de funerária e talvez mais tiozão ainda, por hora, estou bem na terceira idade.

        • Davi Millan

          Olá meu xará! Pelo visto se tornar tiozão cedo é coisa de Davi. Porque eu com meus 21 comprei um kia Cerato. Não tem como negar que o público alvo são os “tio”, nós somos exceções. Eu adoro sedan médios, só não mais que stationwagons (peruas). Não me arrependo de ter comprado um sedan e hoje ser um tiozão também. haha

    • DTF

      Peo que li NADA de ESP ainda….ESP, só em 2022….isto é Brasil.

    • Marcos Souza

      Não fala assim que já aparecem os fãs da honda falar que o carro é tão bom que nem precisa de esp…
      e depois eles citam o corolla como “prova” de que não precisa mesmo…

  • Pedro Henrique

    será que é o fim do âmbar no painel dos honda?

    assim espero, pra nunca mais voltar… o coisa horrenda!

    • HelderV6

      Se ficar o âmbar e começar a ter itens de segurança e torque no motor , tá tudo certo

      • RRROL

        Aí vc ta falando de BMW…

    • Cara, aquele painel âmbar matava totalmente as versões de entrada do City! Agora só falta tirar aquele visor LCD de calculadora do rádio e colocar algo mais digno, rs…

      • Pedro Henrique

        pra mim tirando o âmbar, já ta tudo certo…
        aquele visor do radio ali nem me incomoda, funcionando é oque importa.

    • Chicão

      Sem duvida

    • Gustavobrtt

      Ponto positivo por ter tirado o ambar.
      Entretanto, mesmo assim esse interior do dx continua sendo horroroso.

  • Chicão

    Nossa. E nada da Honda acertar no painel do City e Fit.

  • Chicão

    Chave canivete?
    Como assim um carro nesse valor não tinha chave canivete?
    Até o gol tem…
    Existem 2 itens que nem aceito discutir a ausência: chave canivete (a chave normal é horrivelmente feia) e trava interna do tampa do tanque.
    Um carro em 2015 que não tenha esses dois itens me leva a crer que ele pode vir sem as rodas também.

    • Gustavo73

      E o retrovisor só agora na cor da carroceria…

      • Minerius Valioso

        Isso até o Corsa Sedan pé-de-boi da minha mãe tem…

    • Guilherme Eduardo

      Chave canivete eu achava frescura. Mas depois que troquei de carro e peguei uma assim, percebi que os bolsos de mimhas calças estão sofrendo menos!

      • Jackson A

        Já no segmento que compro, que é de 90 mil pra cima, chave presencial é crucial pra min, quando se acostuma é difícil largar.

        Por isso espero fortemente que o Novo All New Civic (ou New new civic, kk) não venha com chave comum.

        Obs: Tbm já achei isso frescura, mas passou rapidinho quando percebi como isso é comodo.

        • Guilherme Eduardo

          Já tive a oportunidade de dirigir um carro com chave presencial por um mês e é uma ferramenta muito boa mesmo!

        • Bruno_O

          Sentra tem

          • Bourgelat

            É show!

        • Gabriel M. Vieira

          Eu também pensava exatamente como você. Mas hoje, com a chave presencial que nem sai do bolso, vejo que é bem útil e prático mesmo.

      • Deadlock

        Eu também. Antes meus milhões se esvaiam pelos furos dos bolsos. Agora, não mais.

    • truco

      “http://caranddriverbrasil.uol.com.br/upload/imagens_upload/fer1_1.jpg”

      E essa? sera que vem sem rodas?

      tbm tem essa SW4 2015 haha

      • leomix leo

        Essa primeira pode vir até aquelas chaves de ligar mobilete que ninguém reclama, oh 😲 povinho fresco viu. Pra mim ligou andou está bom d++.

        • ViniciusVS

          Pois é… adianta uma Chave canivete que ocupa o dobro do espaço que uma comum? No caso chave do Fiat que fechada é maior que uma telecomando antiga Chevrolet…

          Um sistema presencial até vai, é melhor elaborado e é mais prático… agora chave canivete é completamente inútil.

          • Guilherme Batista

            Não é bem assim, a chave canivete previne que a parte metálica quebre o que é muito útil nos carros com chave codificada.
            Além disso, ela não arranha tudo que esta no seu bolso, como por exemplo o celular.

            • Caio SP

              E também não fura o bolso.

      • Chicão

        Muito feia essa chave da Ferrari.

      • Marcelo SR

        Que chave mais fuleira essa da Ferrari!!! Sou mais a canivete do meu reles Palio Sporting!!!

        • leomix leo

          Kkkkk, verdade. Eu tb prefiro a do meu civic 2012. Ironc mode: On…

  • MauroRF

    Tenho um 15/15 EXL e não tenho do que reclamar. Atendimento na CSS impecável. Óbvio que reclamo do preço e dos equipamentos de menos. E se tivessem adicionado ESP, além do que já foi adicionado, até pensaria em “atualizar”, mas sem ESP, não rola. Pelo menos colocaram os airbags de cortina (o meu só tem os 2 laterais). Alguns aqui já sabem que o peguei dando em troca um New Fiesta PS com aquele câmbio que só me deu dor de cabeça. O CVT do City funciona muito bem, com muita suavidade. Eu gostei.

    • Clovislauro

      O desempenho do City é bom com CVT? O motor não berra muito quando se pisa mais forte? Como é em comparação com o Fiesta PS? Pelo preço que pagou no City EXL, não teve nenhum sedã médio que lhe tenha chamado atenção?

      • MauroRF

        É bom sim, para um 1.5. Não espere um megadesempenho, mas também não espere um desempenho ruim. Na arrancada, o mecanismo de variação demora um pouquinho. Mas o CVT é assim mesmo, ele não foi feito para alto desempenho, é mais para economia mesmo es conforto. Porém, se você usar os paddleshifts para trocas manuais de “marchas”, ele nem parece 1.5, parece um pouco mais forte. Mas aí gasta mais.

        Desempenho: na cidade, até uns 80 km/h, o Fiesta arranca mais. A partir daí, acredite se quiser, o City fica pau a pau com o Fiesta em aceleração. E depois dos 120, o City arranca mais. Depois dos 80-100 km/h, quando você pisa até o fim do curso, o City “trava” em 6 mil rpm, e aí ele vai ganhando velocidade bem legal (é aí que não parece 1.5). O ponteiro vai subindo. Depois dos 120, o Fiesta tem mais dificuldade para ganhar velocidade. Ou seja, depois dos 120, o City vai melhor em aceleração, o que é melhor para ultrapassagens, em minha opinião. Os dois, no velocímetro, dão máxima de 190 km/h em retas. Em descidas, consegui 195 no Fiesta e 200 no City, depois limita.

        Sim, depois dos 4 mil rpm, o motor berra sim, mas se conduzir mais na manha (nem precisa ser tão na manha assim), é meio difícil passar dos 4 mil rpm. Mas mesmo quando passa, não me incomoda tanto assim, não é um “berro estridente”, rs. Porém, no plano, quando não se exige, ele fica sempre com rotação baixa, como 2200 rpm em reta a 120 km/h.

        Sim, teve sim médio que me chamou a atenção. O Civic básico e principalmente o Sentra. Porém, eu queria um carro mais econômico (o que o City está sendo) e um carro mais “estreito” (minhas vagas de garagem no prédio são estreitas, o povo que tem médio sofre para estacionar, já eu estaciono bem mais fácil, e como detesto ficar perdendo tempo com manobras, evitei pegar um médio). Apesar de ser mais estreito, ele é comprido e tem excelentes porta-malas e espaço interno, ao contrário do Fiesta, que era um aperto só atrás. Hoje, quando amigos nos acompanham em viagens, ficam bestas com o grande espaço atrás. Mesmo quem senta atrás de mim, pois coloco o banco mais para trás por ter 1,82 de altura, vai sem aperto algum No geral, está me atendendo bem e é mais bem montado que o Fiesta, isso dá para perceber. Só que custa caro, ou seja, deveria oferecer mais ou custar menos. E o Fiesta leva a melhor em equipamentos e segurança.

        • Clovislauro

          Agradeço o relato, sempre achei um carro muito interessante, apenas me assusta o preço de sedã médio, apesar de, na prática, cumprir bem a função de um médio.

        • Davi

          E o consumo? Tive um City 2011 AT, apesar dos trancos, fazia algo em torno de 8 com álcool na cidade. Atualmente temos (não sou eu o dono) Fit 2015 EXL AT (CVT), o desempenho ficou abaixo do que era o meu City e o consumo subiu demais, tem feito 5km/l (álcool cidade) e 7km/l (gasolina cidade). Na estrada o consumo melhora muito.

          • MauroRF

            Ah, dá trancos então? Então, meu irmão tem um Fit EX 2011 AT e sim, dá tranquinhos, mas o dele anda mais porque o CVT dos nossos demora mais um pouco para variar as relações, é o que acontece no seu Fit 2015. Porém, no City, tem as borboletas, que você pode usar para “trocar” as “marchas” (na verdade, ele para o mecanismo de variação em 7 pontos predefinidos). Usando as borboletas no City, mesmo estando em D, o carro vira outro em desempenho, mas bebe mais também.

            Na cidade, estava fazendo em torno de 7,5 com álcool (Santo André, Grande ABC, SP, trânsito de médio a pesado) e agora uns 9 a 9,5 com gasolina, não mais. Nos últimos 15 dias, estou em uma cidade do interior de SP em que tem bem menos trânsito, tem avenidas e poucos aclives, e aí o consumo diminuiu para 10,5, até 11 km/l com gasosa (não testei com gasolina nessa cidade). Na estrada, a 110 km/h em média, eu cheguei a fazer 11, 11,5 com álcool e, na última viagem, na qual usei gasolina, estava fazendo 16 com ar desligado e depois caiu para 15, 15,2 com ar ligado e média de 100, 110 km/h, sem usar o piloto automático, em estradas boas, duplicadas (Castello Branco e SP 127).

            O consumo também é influenciado pelo modo de conduzir do motorista e pelos trajetos. Se usar o carro em trajetos curtos, predominantemente em ruas locais etc., vai fazer essa média mesmo, nenhum carro faz milagres em circuitos assim. Para dar aquelas médias melhores de que todo mundo fala, é preciso pegar avenidas e conseguir desenvolver velocidade nelas, mesclando o tráfego nelas com o tráfego em ruas locais. Agora, se ficar parado no trânsito e ar ligado, deve gastar isso aí mesmo. Teve um dia que fui para a capital SP e fiquei umas 2 horas preso no trânsito com o ar ligado o tempo todo, pois estava quente. Resultado: naquele dia e trajeto, fiz 6,3 com álcool ao chegar na minha casa em Santo André, trajeto de ida e volta de cerca de 40 km.

            • Davi

              Obrigado pelo seu feedback. Eu, na verdade, tenho um Corolla GLI AT 1.8 (2015-CVT). O casamento entre câmbio e motor são perfeitos, o cara tem força em todas as rotações, acelera liso. Mas o consumo castiga um pouco… o computador de bordo chega a indicar 4.7km/l com álcool na cidade se o transito estiver pesado, na maior parte do tempo fica em 6.3km/l e na estrada chega fácil em 10km/l álcool. O FIT CVT 2015 é do meu pai, senti que o carro fica muito fraco em baixo rotação, outro dia tive a oportunidade de dirigir, com 5 passageiros e ar ligado foi preciso forçar o motor e ter paciência, mesmo pisando até o acelerador encostar no assoalho o carro não ganhava folego de jeito nenhum, não adianta mudar a seletora para Sport ou Low, na estrada influencia no giro (sport um pouco mais elevado e low bem mais elevado, em giros altos o carro fica esperto), de fato o CVT no Fit eliminou os trancos, ficou suave, mas tornou o carro mais fraco e mais gastão, pelo menos foi essa leitura que eu tive comparando com o City AT que eu tive, o City dava um tranco forte de 1a para 2a marcha mas no modo manual rendia muito mais que o Fit em qualquer condição. Acredito que esses carros deveriam ser oferecidos em versões de entrada 1.5 manual e as mais tops (ex e exl) automáticos e com motor 1.8. É incrível como o motor 1.8 do Corolla combina bem com câmbio CVT, imagino que no 2.0 deva ser melhor ainda. A tempo, parabéns pelo caro, tive City durante 3 anos e honestamente acho o pós venda da Honda melhor que o da Toyota.

    • CorsarioViajante

      Não tem do que reclamar mas logo em seguida reclama do preço da falta de equipamentos… Não entendi! rs

      • MauroRF

        Acho que não me expressei direito. O carro é bom e está me atendendo, mas deveria ou custar menos pelo que tem ou ter mais equipamentos. Nenhum carro é perfeito, todos sempre terão um porém. Na faixa de preço dele, só o Fiesta tem uma relação custo-benefício melhor, mas de que adianta isso com um câmbio que só dá dor de cabeça? Uma pena, mas mesmo que o Fiesta não desse dor de cabeça, a Ford ainda precisaria ter o atendimento exemplar da Honda, e o Fiesta deveria ter mais espaço interno. Eu tomei um chá de canseira com essa história do PowerShift que não está no gibi. Como Honda (e Toyota) costumam ter histórico de menos problemas, resolvi apostar.

        • CorsarioViajante

          E pelo visto apostou bem, pois está satisfeito!

  • _William

    Tudo o que já deveria ter, só que sem o aumento que eles vão anunciar. Triste saber que ainda falta muita coisa pelo preço que cobram e pelo “status” que colocam nesse carro. O acabamento das versões de entrada é bisonho como o do Fit “pé de boi”?

  • Fabio Marquez

    Palhetas flat e freio a disco traseiro, assim como era no antigo City seria algo interessante. Aliás, se nova geração tivesse seguido uma evolução em sua lista de equipamentos a partir da geração anterior, agora só faltaria o ESP para ele ser um carro completo. Mas não, a Honda preferiu pelar o carro para cada ano ir dando um conta-gota para bobo achar que o carro está cada vez mais equipado.

  • Runner

    De um modo geral o carro é bacana, mas esse acabamento é feio demais, saidas de ar lembram um Santanão 1988. Lanterna traseira é feia, exagerada, e sem Led.

    • Peuooo

      eu tb não sou mto fã da traseira. acho muito grande mesmo a lanterna… assim como acho horrenda a do H-RV, tão grande e tão sem luz… muito estranha…

  • Bruno Brasil

    To pensando em pegar um no fim do ano que vem, será que ja teremos o motor 1.0 turbo?

  • Gabriel

    Em beleza, esse city esta bem melhor que a nova geração do civic

  • CorsarioViajante

    Tomara que também melhorem os pacotes do Fit, que são muito pobres especialmente nas duas primeiras versões, as únicas que tem opção manual.

  • Vitão

    Dps de ver o painel do EXL, dói ver as da versão DX e LX…. Se não me engano o painel das versões de entrada lembra muito o do Civic EX da 7o geração, dos modelos ano 2005….

    • Alexandre Maciel

      Triste é durante o dia. A escuridão aí oculta a feição chinesa que deram ao painel de City e Fit em todas as versões, com exceção da top.

  • duhehe

    Esse carrinho é muito interessante nas fotos e ao vivo, mas basta uma volta no quarteirão para constatar que ele é realmente um ”carrinho”, comportamento dinâmico e conforto ao rodar muito sofríveis.

  • lheu

    Esperando ansioso que essas mudanças cheguem também no Fit. Aquela CMM do Fit é uma vergonha, além de não ter Ac digital

  • FocusMan

    parecia que eu estava lendo as melhorias na linha de um carro popular… lamentável!

  • Marllon Sousa

    Preço como sempre não vale o que oferece.
    Estive em um css honda e a versão top de linha, percebi que da pra ver os trilhos e parafuso aparentes dos bancos. Coisa que carros acima de 60mil não vimos e olhe lá se carros populares também não. A honda faz igual sua concorrente; pela o carro até no painel pra vender barato.
    Uma lastima mesmo!

  • Renato

    Os carros da Honda ganharam a fama de ser um carro bom, durável, assim com a Toyota, mas faz um bom tempo que estão usando essa fama e praticando preços fora da realidade com
    os produtos que oferecem.

    O carro é bom, mas pelo preço que cobram, faz você se tornar um critico mais detalhista, e existem vários itens e detalhes que decepcionam, tais como:

    Freios da tambor no eixo traseiro (modelo anterior eram a disco nas versões top de linha), retrocesso e redução de custos;

    Ausência de controle de tração e estabilidade;

    Fechamento pelo controle remoto não sobe os vidros automaticamente, precisa ser adquirido
    um modulo a parte que não vem de fabrica;

    Ausência de um espelho retrovisor interno fotocrômico (que escurece automaticamente, evitando o ofuscamento da visão do motorista, caso o veículo de trás acenda um farol alto);

    Ausência do sensor de chuva (liga os limpadores automaticamente);

    Abertura interna do porta malas é realizada por uma alavanca manual, assim como a
    abertura da tampa de combustível, em vez de ser um botão eletrico / eletrônico como na maioria dos outros carros desse patamar de valor;

    Acabamento no painel – existem um espaço para 3 botões ao lado esquerdo, abaixo do
    regulador dos retrovisores externos, inutilizados, destoando com o acabamento geral do painel, dando a impressão de adaptação no mesmo;

    Porta malas com ganchos/braços (ocupa espaço e pressionam as malas) em vez de serem
    pantográficos;

    Fiação com conduites expostas nos ganchos/braços dos porta malas, passando a impressão
    de carro mais simples, e não de um carro que pode superar os R$ 70 mil;

    Isolamento térmico no capo;

    Melhoria no isolamento de ruídos no compartimento do motor, pois em altas rotações o motor é ouvido com grande intensidade dentro do veículo, e em viagens longas, isso incomoda;

    Ausência de sensor sonoro de estacionamento (para auxilio as câmeras), entre diversos outros detalhes de acabamento.

    Pneus sobressalente (estepe) com largura fina, o que passa a impressão de simplicidade extrema, e pode gerar uma certa insegurança psicológica (ainda mais se precisar ser ultiizado em uma rodovia com chuva forte);

    Pelo preço cobrado, existem muitas coisas / detalhes a serem feitas para justificar esses valores.

    Só acrescentando mais um detalhe importante, os carros da Honda tem garantia de 3 anos para uso particular e de apenas 1 ano para uso comercial, diferente das demais marcas que oferecem 3 anos ou um limite de km (GM e Toyota são 3 anos ou 100 mil Km, o que ocorrer primeiro).
    Não entendo isso, visto que quem garante o que faz, não priva a garantia!

    • Doyle

      nossa, até o Ka+ é mais tecnológico que isso kkkkkkkkkk

      • Renato

        Pois é, em varios outros itens sim, ainda mais por “disputarem” diretamente nessa categoria. Agora esses detalhes e ausência de equipamentos descritos desanima na hora da compra, para quem for mais critico.

        • Guilherme Batista

          Podem até me crucificarem, mas nesse preço e categoria, sou muito mais um linea do que o city.

          • Edson Fernandes

            Acho eu que a Fiat não acompanhou o timing do que o mercado pede a partir de um determinado valor. Se o Linea, assim como o Bravo já tivessem adotado o cambio automatico, creio que isso já fariam deles um percentual de vendas maior.

            • Guilherme Batista

              Verdade, a falta do câmbio automático é o maior defeito do carro

              • Edson Fernandes

                Isso é verdade. Porque eu já vi Bravo dualogic por R$45000 antes do facelift. Se fosse automatico eu teria adquirido.

                • MauroRF

                  Oi, Edson, tudo joia? Desculpe escrever aqui para você. A gente sempre conversou sobre o fato de eu ter trocado o Fiesta pelo City. Enfim, semana passada, um motoqueiro furou o farol vermelho, eu estava no meio do cruzamento e, pimba, ele bateu bem na minha porta. A força foi tanta que ele estourou meu retrovisor e ainda conseguiu arregaçar a porta de trás. Detalhe que o airbag lateral não “precisou” ser acionado e que nenhuma das portas avançou um milímetro sequer para dentro da cabine. De fato, a estrutura é mais resistente sim. Veja as fotos. Parece que só na prática a gente se dá conta de como uma estrutura melhor faz a diferença.

                  • Edson Fernandes

                    Mauro,
                    Mas é aí que mora a brincadeira: Esses carros atuais já tiveram barras de proteção lateral. Pode parecer bobo, mas faz toda a diferença. Um taxista com um Logan também entrou na lateral do meu C3 e não aconteceu nada.

                    E uma outra situação foi um onibus sem freio que bateu na minha lateral direita traseira. O carro não afundou para dentro em nenhuma das situações.

                    Mas infelizmente é uma pena que isso tenha acontecido contigo. Mas ainda bem que vc esta bem.

    • Marcelo SR

      É Dona Honda!!! Muita economia porca em um carro tão caro!!! Vergonha!!! Pronto, falei!!! (falei mesmo, bem-feito!!!)

      • FearWRX

        Nossa, como você é revoltado, todos ficaram chocados com a sua ousadia e coragem

        • Marcelo SR

          Que bom. Fico satisfeito então.

    • Renato

      Só acrescentando um detalhe, os carros da Honda tem garantia de 3 anos para uso particular e de apenas 1 ano para uso comercial, diferente das demais marcas que oferecem 3 anos ou um limite de km (GM e Toyota são 3 anos ou 100 mil Km, o que ocorrer primeiro).
      Não entendo isso, visto que quem garante o que faz, não priva a garantia!

  • Gavlan The BeerMaster

    Esse prata é um sonho.

  • Doyle

    esse é aquele carro 1.5 manco com freio a tambor por 70 mil?

    • Marcelo SR

      Deve ser, viu?!?

  • Darwin Luis Hardt

    é, galera. Chegou o tempo que o civic foi substituído pelo city, o accord pelo civic e o accord numa categoria mais cara ainda.

    antes com o valor do city se comprava civic. Ou seja, temos um civic com motor mais fraco hoje em dia

  • Marcelo SR

    Um carro desses merecia um motor mais forte. (não necessariamente de maior cilindrada, mas com mais tecnologias de ponta como turbo + injeção direta)

  • Gran RS 78

    A Honda não quis divulgar os preços porque com certeza eles irão subir, e muito, afinal estamos no fundo do poço com esse desgoverno e com a nossa economia em frangalhos.

  • GPE

    Poderia ter colocado 4 airbags na EX e ter aproveitado e jogado o ESP na EXL. A Honda sempre tem a mania de fazer as coisas pela metade.

  • Bruno Luís

    Muito caro esse carro.

  • Thalles

    6 airbags só na top… Deveria vir desde a DX, essas montadoras brincam com a nossa segurança mesmo.

  • Miguel

    Eu não aceito esse rasgo pavoroso na lateral desse carro!
    Pra mim é uma coisa muito mal feita!

    • Marcelo SR

      Agora qua vc falou, fui lá conferir nas fotos e é bem verdade… É mal-feito e feio pra caramba… Se for reparar mesmo como fiz agora, arregaça toda a lateral do carro…

  • Ulisses

    Na verdade só a versão mais cara tem nos equipamentos, porque retrovisor da cor do carro e iluminação branca não são equipamentos.

  • Carolina Vieira

    E mais uma vez, a Honda não colocou o controle de tração e o controle de estabilidade no City…

  • Davi

    Quando é que a Honda vai equipar EX ou ao menos EXL com motor 1.8? Que tal melhorar a suspensão? O City é bom carro, mas tem muita carroceria para pouco motor, na estrada isso fica bem evidente. Na cidade, pequenos buracos fazem com que o carro pule muito, o carro bate seco e se você passar um pouco mais forte os amortecedores. Definitivamente o motor 1.8 do Civic ficaria muito bem no City (ao menos as duas versões TOP) e o Civic somente com motor 2.0, que é também uma combinação melhor.

  • Claudio

    por esses preços tem carros melhores!

  • Diego

    Jj

  • shdn2010

    Gosto desse carro, tanto pela marca como pelo estilo, só acho que falta um pouco de motor.



Send this to friend