Asiáticos EUA Híbridos Honda Manutenção Mercado Sedãs

Honda Civic Hybrid e os problemas de bateria. Solução só com íons de lítio

civic-hybrid-2009

O Honda Civic Hybrid sempre foi um carro confiável nos EUA, inclusive sendo o segundo híbrido mais vendido do país. No entanto, o calcanhar-de-aquiles do modelo era a bateria de níquel, que precisava ser substituída em apenas um ano. Não era todo o lote, mas o número variava entre 10% e 20% das unidades produzidas.

O modelo 2009 foi o pior de todos, já que um em cada cinco donos precisava ter a bateria trocada. Os anos de 2003, 2004, 2005 e 2010 também apresentaram alto índice de substituição de baterias. Por fim, a Honda trocou o níquel pelo lítio na geração atual. Resultado? Nenhuma reclamação até agora, seja com ou sem facelift. Desde 2001, 255.000 unidades do Civic Hybrid foram vendidas.





  • portaltecnicoes

    Caramba o carro existe há 10 anos e enquanto isso no Brasil, quem sabe de repente um dia, poderemos ter carros híbridos acessíveis…….

    • GuilhermeTucson

      muito bem observado, nesse páis vai demorar e muito pros elétricos e híbridos acessíveis.

      • Hellvins

        enquanto estiverem vendendo as carroças com preços de ouro, não estão nem aí, para que implementar tecnologia, e só pegar uma fabrica velha na europa e trazer para cá os equipamentos!

        • Allan_Cruz

          Por esses motivos que não temos o Clio g4

      • PONCIO PILATOS

        aqui tem uns a peso de ouro, diga-se de passagem PRIUS… um ótimo carro a preço de jatinho….

    • leonardoforbrig

      Ja temos um Hybrido acessível…pra classe B+,o Prius kkk

    • Marcio

      Pensei a mesma coisa…..

  • metal_sm

    Lá o governo dá incentivo, aqui o governo desincentiva elevando a carga tributária lá em cima

  • Portuga

    Que roda é essa meu Deus!!!!!

  • Vitão

    Pq todo carro híbrido tem essas rodas feio bagarai?!

    • ToNemAi_

      São rodas tradicionais de modelos americanos, lembra do taurus redondo? As rodas eram parecidas e eu gosto delas mas eu sei que não agrada a maioria.

    • executivo79

      Bem na verdade nos carros hídridos, elétricos e "otimizados" para diminuir o consumo de combustível como os "bluemotion" da VW, sofrem alterações aerodinâmicas para diminuir o arrasto aerodinâmico (Cx) e consequentemente consumir menos combustível, e a coisa que mais produz arrasto aerodinâmico na lateral de um automóvel são os retrovisores, as rodas, pneus e o vão que muitos chamam de caixa de rodas. Por isso nestes carros se nota spoilers, grades, apêndices aerodinâmicos e rodas (mais aerodinâmicas, lisas e planas e com menos vãos) diferentes dos modelos "normais" de fabricação.



Send this to friend