Honda Preços Sedãs

Honda Civic passa os R$ 100 mil e alcança R$ 140.800 no Touring

Honda Civic passa os R$ 100 mil e alcança R$ 140.800 no Touring

O Honda Civic teve aumento de até R$ 4.100 para o mês de julho, lembrando que sua produção e a dos demais modelos da marca japonesa, continua suspensa até o dia 13, quando a montadora completará quase 4 meses parada.


O sedã médio agora parte de R$ 102.200, que antes custava R$ 99.200. A alta aí foi de R$ 3.000. Já a versão Sport, pulou de R$ 105.500 para R$ 108.700, num acréscimo de R$ 3.200.

Na EX, a alta foi de R$ 3.300, passando de R$ 109.000 para R$ 112.300. Agora, por R$ 117.500, o Civic EXL ficou R$ 3.400 mais caro, já que custava R$ 114.100. Por fim, o Civic Touring salta de R$ 136.700 para R$ 140.800, tendo adição de R$ 4.100 ao preço.

Com estes novos valores, o Honda Civic ainda está mais barato na versão de acesso que o rival Toyota Corolla, que parte de R$ 105.990.

Contudo, a versão EXL ficou acima da XEi do conterrâneo, mas a Touring está abaixo do Corolla Hybrid Altis Premium, que já custa R$ 142.490. De janeiro a maio, o Civic emplacou 5.796 exemplares contra 14.792 do rival.

Equipado com motor 2.0 i-VTEC Flex de 150 cavalos na gasolina e 155 cavalos com etanol, além de CVT, o Honda Civic ainda dispõe do motor 1.5 VTC Turbo com 173 cavalos e 22,4 kgfm, também com CVT.

Honda Civic passa os R$ 100 mil e alcança R$ 140.800 no Touring

Tendo recebido mudanças leves no visual, melhor calibração de direção e câmbio, bem como ampliação da conectividade, entre outros, o Honda Civic ainda não se mostrou efetivo contra o Corolla após a geração do New Civic.

O concorrente deixou sua “zona de conforto” com câmbio automático de 4 marchas e sem controle de estabilidade para uma aplicação mais sofisticada, incluindo uma variante híbrida flex e um motor de dupla injeção.

O Civic também evoluiu bem, especialmente na geração 10, mas ainda mantém o velho 2.0 i-VTEC na oferta, apesar da chegada do 1.5 Turbo, porém, este só na versão Touring, bem cara. Repare na distância de R$ 23.300 entre EXL e a topo de linha.

Também não tem uma versão híbrida, o que destacaria o produto e as vendas, já que o Corolla mostrou que seus conservadores clientes aceitarem bem a modernidade da hibridização com quase 40% das vendas. Para reagir, o Civic precisa mudar.

Honda Civic 2020 – Preços

  • Civic LX 2.0 – R$ 102.200
  • Civic Sport – R$ 108.700
  • Civic EX – R$ 113.200
  • Civic EXL – R$ 117.500
  • Civic Touring – R$ 140.800

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Hiboria

    Honda, nesse caso o concorrente niponico, o corolla, eh mais negocio, motor muito mais refinado e atualizado, com excessao do touring.

    • Edson Fernandes

      O curioso entre ambos é que o Civic em itens de série é melhor equipado.

      Só que quem precisa de clientes para seu produto não pode achar que o aumento não surtirá efeito negativo nas vendas né? Curiosamente eu tenho visto muitos Jetta e Cruze, mas poucos Civic como fora antigamente. E aqui onde moro, quem tem ou tinha Civic está trocando de marca. Normalmente ou é Corolla ou está trocando por altinhos (muitos Renegade, TCross e Tracker).

      • Raul Mafra

        Olha edson comprei um Cruze LT zero 2020 facelift(troca de parachoques ne que facelift nao tem nd ehheeh) por R$ 82 mil, aí me questiono pagar 140 num civic? sei que os fan boys virao com 500 justificativas, que nao devo comparar o LT por ser de entrada, honda é melhor que rolls royce bla bla bla, na real galera o que digo é o seguinte com um touring se compra praticamente 2 cruze, na boa se fosse um suv grande ou uma coisa diferente ate se engole, mas são 2 carros da mesma categoria que fazem a msm coisa, nao sou fan boy da gm nem hater da honda, ate acho o civic o mais bonito de todos (jetta, cruze, corolla, sentra, civic)

        • Neto ®

          Além do cruze ainda tem o esquecido Cerato, por 94 na tabela de entrada e já bem completinho… enfim, esses preços aí da Honda estão insanos…

        • D34D P00l

          Nesse exemplo, pagando 84k sim o Cruze vale bem mais a pena, não tem nem o que falar.
          Mas pagando tabela, o civic é mais competitivo por incrivel que pareça. O Cruze é de longe o menos refinado da categoria.

          • Raul Mafra

            82k, a tabela é 104.500 (peguei branco perola), a sim se fosse preco de tabela por tabela eu me inclinaria mais no civic

            • Raul Pereira

              só pra constar, apesar de gostar dos carros japoneses, acho os preços praticados pela Honda absurdos. Entretanto, isso que ocorreu com você também acontece na Honda, a depender da css (em algumas acham que estão fazendo um favor de te vender o carro). Meu tio conseguiu já um modelo de versão superior pelo preço de um de versão inferior nos idos de 2015.

              • marcus mendes

                Só no Brasi,l que os veículos da Honda tem essa aura de veículo Premium.Nos Estados Unidos, é um veiculo que qualquer operário compra.
                O Brasileiro gosta de ser iludido.
                Alguém pode afirmar, que o Civic é melhor que um Jetta, Cruze ou Passat?
                Falam que os Honda são difíceis de quebrar, Mas, quando quebram a conta é alta.

          • Paulo Lustosa

            Sou mais pegar o Cruze que um Civic 2.0 aspirado.

            • Raul Mafra

              A sim, depois que voce anda num motor turbo ve o torque subir em baixa rpm e economia superior a carro 1.0 dificilmente voltará pra um aspirado, a nao ser os motorzoes V8 e afins né

        • Marcelo Amorim

          Quando vc comprou seu Cruze?Em abril aqui em Natal eles tavam pedindo isso pelo LT 2019,sem facelift.

          • GPE

            Paguei 81500 no LT 2020 aqui em Recife. E com taxa zero (real) em 18x com entrada mínimade 60%.
            Isso foi uma promoção nacional que começou em abril, mas que apenas poucas lojas aplicaram.
            As outras botaram o dinheiro no bolso e venderam no preço cheio ou com um desconto menor pros clientes. Tentei ver no RN e na PB mas só preço cheio (pq queria cor clara e os estoques aqui acabaram). Aí foi o jeito pegar o azul escuro. Nesse preço não da p reclamar. Se meu carro der PT hoje a fipe me paga mais de 97mil… pra vc ter ideia tavam vendendo o premier 1 por 90mil e o premier 2 p 100mil

            • Raul Mafra

              É bem isso, peguei o carro em Joinville na metronorte, muita gente nem sabia dessa carta bonus de 7 mil da chevrolet, fiz essa mesma conta paguei 82 se der pt o seguro me paga 97, ate pensei no premier mas uso o carro pra dia a dia pra trabalho aí nao quis gastar mais em carro, vou deixar pra gastar no meu carro pra find ehehhe

          • Raul Mafra

            Peguei em junho, na promo da Chevrolet que o preço dele é R$ 89.500, aí tem mais um bonus de R$ 7mil de fábrica, saiu 82.500 e aquela choradinha de emplacamento na faixa ehhehe ai fechou os 82, eu postei aqui no site e eles fizeram uma materia em maio/2020 tinha cruze bordô a R$ 79.900 zero, quando fui la para comprar já tinha acabado o desse valor, por mim como é carro pra dia a dia eu quero só preco, economia e garantia de 3 anos sem me incomodar

        • 1 Raul

          É complicado… quero trocar meu kicks num sedã até o fim do ano, porque tive mais 1 filho e preciso de mais espaço. O problema do cruze é o porta malas pequeno, o do Civic é gigante.

          Agora com esse preço ficou bem mais complicado ir pro civic.

          Eu cotei um EXL há 1 ano, estavam fazendo por 100k… É claro que na honda tem negociação de preço, diferente da Toyota, mas o valor final também acaba subindo depois da negociação.

          • Raul Mafra

            A Equinox LT está na promo por R$ 106 mil é de se cogitar, ja que voce precisa de espaço e ela tem o motor 2.0 turbo 262cv, meu amigo tem e te digo ela é um canhao tem mt carro medio que nao acompanha a tocada

            • 1 Raul

              Esse é um dos carros na minha mira, mas preferiria a 1.5, mais especificamente a midnight. 80% do trajeto que faço é urbano, e a 1.5 é bem econômica, embora a 2.0 seja um canhão.

              Até mês passado tinha promoção de desconto pra amigo de funcionário GM. Como sou do ABC, tenho bastante amigo que trabalha lá. A midnight saía por 106k. Como só posso vender meu carro em setembro e tenho um consórcio que não saiu ainda, não deu pra encarar. Agora resta torcer pra manterem o preço e a promoção.

              • Raul Mafra

                Hoje a gm está com melhor c x b em tempos de carros carissimos, imagina uma equinox mais barata que a tracker ehhehe, cara em relacao a 1.5 e 2.0 tem que ver as avaliacoes de consumo e tal, mas a midnight pretona é a mais bala de todas, tomara que de certo seu negocio

        • GPE

          Peguei essa mesma promo que vc. 81500 aqui em Recife tem 15 dias.

          • Raul Mafra

            Show, ganhasse 500 a mais que eu eheheh, pegasse branco tb?

            • GPE

              Azul eclipse. Não tinha mais cor clara. Aí ou era preto, azul ou vermelho (que na verdade é um vinho pra roxo).

              • Raul Mafra

                show azul é linda tb, esse vinho roxo achei bonito, pq de dia é essa cor e a noite é preta, depois que comprei um amigo se interessou tb e comprou um sport6 premier marron, pq diz ele que combina com interior hhehheh pagou 97

        • Edson Fernandes

          Eu já acho o Corolla mais bonito de todos atuais…rs

          Se a Nissan abrisse o olho e colocasse o motor DIG no Sentra (novo)… poderia ser um belo concorrente.

          Mas não tenha duvidas que nesse preço que tu pagou, sem duvida eu pensaria com muito carinho no Cruze. Ainda que, caberia um Cruze LTZ além do Premier pela escalada de preços.

      • Hiboria

        Pois eh para mim a seguencia de decisao eh: 1 – Seguranca 2 – Durabilidade 3 – Motor, itens de serie eu nao doi muito valor para penduricalhos (telinhas, teto solar, ….) .
        Ja tenho meus 40 anos com 2 filhos, entao nao vou apostar corrida e tenho contas enormes para ficar gastanto com manutencao e combustivel.
        Nessa linha acabei ficando com um corolla usado mesmo kkkkk.

        • Edson Fernandes

          Acredite ou não, mas o Corolla atual 2.0 com injeção direta tem sido alvo de alto consumo de combustivel. E o curioso que ele teria tudo para ser mais economico né?

          Quanto ao que vc diz de penduricalho, eu considero por exemplo um sensor de estacionamento importante, já que esses carros cada vez mais encorpados fazem vc ter diversos pontos cegos.

          E o Corolla… não tem.

          Nem em sua versão de topo. Tudo é acessório. Acho um erro num carro tbm caro. Enfim, eu estou na mesma turma que a sua, a de usados.

          • Hiboria

            Entendo seu ponto, mas um sensor de ré vc pode inserir na concessionaria por 500 a 600 reais sem perder a garantia, um motor e uma plataforma melhor vc não troca.
            Eu fiquei um tempo com o 2.0 (o meu q adquiri é o 1.8 AT 2017), a questão que senti no 2.0 é q anda bem e passa pouca sensação ao motorista, ou seja vc pisa mais sem perceber. Esta foi a impressão que tive.
            Não consegui viajar com ele para testar, meu 1.8 já consegui fazer 17,5 km/l com o carro cheio no trajeto Campinas – Ribeirão Preto.

            Quando comprei ele não tinha central, acabei colocando com câmera de ré e também o módulo de vidros na concessionaria de campinas, gastei 4000.

            • Edson Fernandes

              Perceba que é aí que a pessoa pode pensar em não adquirir tais acessórios porque eles no final não irão dar tanto valor ao preço final do carro.

              Por isso citei a questão do Civic ter mais itens. Sobre questão de plataforma… sejamos justos que ambas estão bem alinhadas ao que temos de modernidade nesse tipo de produto. O que realmente é o revés do Civic fica por conta do conjunto CVT + motor 2.0 que não tem um bom casamento, ainda que não seja um carro de alto consumo, ele carece de respostas mais imediatas ao acelerador. E apaga em boa parte o brilho do produto como um todo.

              Nem mesmo o 1.5 turbo apesar de andar mto bem, agrada a maioria das pessoas devido ao ajuste que a Honda fez.

              • Hiboria

                os dois produtos possuem boa plataforma, porem o novo toyota aumentou bastante o uso de aços de alta resistência e consequentemente a rigidez torcional.

                A plataforma do Civic já não recebe uma atualização grande faz algum tempo, é um carro extremamente durável, não tenho duvida, mas hoje a plataforma do concorrente está melhor.
                Meu o que vc falou do conjunto cambio e motor do civic é mais pura realidade, é um carro muito confortável de dirigir, porém o motor é bem manso para um 2.0, anda junto com meu 1.8.

                • Edson Fernandes

                  Olha, eu já andei junto com o Civic 2.0 com meu Fluence… então anda menos mesmo.

                  Sobre conjunto, ambos usam plataforma moderna, com aços de alta resistencia e são seguros.

                  O fato do Corolla ser mais novo, não tira do Civic o que ele é. E tanto que esse Civic é super elogiado por fazer muita curva e transmitir esportividade sem abrir mão de conforto (mas ele é bem baixo, raspa com facilidade).

                  O problema no Civic nesse momento seria esse conjunto de cambio e motor. Se a Honda repensasse isso e fizesse um ajuste para melhor resposta sem abrir mão da economia, acredito que ganharia mais clientes.

                  Porque ela sempre cita que nos facelifts mudou o comportamento da transmissão dos carros. Mas como eu já andei no HRV antes e depois do facelift, digo que no máximo deixou o arranque de imobilidade mais rapido. De resto continua igual.

      • zarath rocha

        Pra desequilibrar, corolla evoluiu motor/câmbio, projeto mais novo, 5 anos de garantia. Tenho um Civic EXL, 16/17, se eu resolver trocar por outro CIVIC, já q o meu fará 4 anos, praticamente será o mesmo carro perto de sair de linha e perder dinheiro. Garantia de 5 anos do Corolla faz diferença, o meu CIVIC pifou o ar e paguei 2300 reais… se p CIVIC tivesse 5 anos de garantia era ponto pro CIVIC.

        • Edson Fernandes

          Curioso, o carro ter que dar manutenção em ar em 4 anos de uso. Eu estou com o meu que deu apenas problema no bico de pressão do ar (de alta) e paguei 30 reais para resolver. Aproveitei e pedi para verificar mais vazamentos (contraste 110 e colocar mais gás, porque vazou + 150).

          E o carro atualmente tem 9 anos de idade e 5 comigo. Eu confesso que eu iria pensar em Cruze e Jetta. Mas isso é pelo meu perfil e o que procuro no carro. Já que os japoneses acabam pecando em outros pontos.(na falta de itens que considero relevantes)

          • zarath rocha

            Foi azar mesmo, o primeiro civic da cidade q deu problema. Mas vc tá certom jetta e Cruze são os melhores custo benefício.

            • Edson Fernandes

              Eu concordo que foi azar. Isso pode acontecer em qualquer marca. Como ADM do clube do Fluence já vi ocorrer igualmente no Fluence.

              No caso dos carros que citei, eu confesso que a oferta de itens de série me atrai. E são carros para quem pensa em revenda, meio-termo em desvalorização, o que acho interessante.

  • radiobrasil

    Se a fabrica está parada, são carros de “estoque antigo”, não custaram MAIS pra serem feitos (com a alta recente do dólar), ou estou errado? Igual dono de posto, tanques cheios com gasolina mais barata, sai anuncio do aumento na REFINARIA no mesmo dia sobe na bomba. Eita Brasil!!!!!

    • Gran RS

      Exatamente. Isso prova mais uma vez que a alta do dólar é a desculpa perfeita para as montadoras aumentarem ainda mais seus preços. Infelizmente aqui no Brasil, o consumidor é passado para trás na maior cara de pau.

      • RSM

        É só não comprar. As montadoras só praticam os preços que praticam porque há quem pague, mas deixe de comprar para ver se rapidinho o mercado não se ajusta.

        • Gran RS

          Será? Lembra da crise em 2014, que as vendas desabaram, mas mesmo assim os preços só aumentavam? As marcas preferem ganhar muito vendendo pouco, e quando não compensa mais para elas, simplesmente tiram de linha ou não importam mais para cá. Temos muitos exemplos, como o Sonata, Elantra, Optima, Altima, Focus, Fiesta, Golf etc.

          • RSM

            Fato é que o setor automotivo vive da especulação. 2014 é um exemplo clássico disso, lançava-se um veículo com um valor de tabela surreal, mas ao mesmo tempo se fazia “mega promoções”, feirões, “condições imperdíveis” para ajustar o valor ao que o consumidor realmente estava disposto a pagar. Hoje, 2020 não é nada diferente, o valor de tabela é esse 140k, mas o veículo, no caso o Honda Civic, só vai se consolidar nesse preço se o consumidor estiver pagando, caso contrário, a montadora vai ter que praticar as “mega promoções” e congelar o preço (orgulhosamente) até chegar no nível de vendas aceitável, caso contrário, a debandada para a concorrência acontece mesmo. Por isso friso, é só não comprar.

          • Raul Pereira

            verdade, mas esse tesão por carro do brasileiro uma hora acaba, ainda mais agora que o covid gerou uma crise que afeta vários setores

        • Sino Weibo

          Mercado fechado tem outra lógica, não tem concorrência praticamente, se todas estão combinadas nos aumentos, é ganha-ganha pra elas, e perde-perde para o consumidor.

          • RSM

            Não é bem assim. 6 meses de vendas muito abaixo do esperado e elas se ajustam! O consumidor opta por não trocar de carro, descer de categoria ou migra para uma opção em semi-novo. Já houve outros episódios no Brasil em que a frota envelheceu, e pelo andar da carruagem, certamente 2020 ~ 2021 será um mais um deles.

            • Sino Weibo

              Elas se ajustam tirando os modelos de linha ahah vide Ford.

        • T1000

          Está lei não vale para mercado cartelizado como o nosso, amigo.

    • Ducar Carros

      Os royalties e a dívida com a matriz são dolarizados.

  • fsjal

    eu até ia xingar a Honda pelo absurdo que é vender esse carro ordinário, com acabamento meia boca, com um motor jurássico por 100 mil reais, mas a culpa não é dela. ela está é certa.
    a culpa é de quem compra e ainda acha que está fazendo um bom negócio. sai da concessionária arrotando “honda é honda”.

    como que GM e VW conseguem oferecer motores modernos desde a versão de entrada dos seus sedans e ainda ter um preço mais competitivo?

    enquanto tiver trouxa no mundo, malandro não morre de fome.

    • Bruno Silva

      Exagero, nem de longe o Civic é ordinário ou tem acabamento meia boca.

      • biscoitao

        A qualidade do acabamento do g10 caiu muito em relação aos anteriores.
        Então sim, o acabamento é meia boca, pois o preço subiu absurdamente

        • GPE

          Eu tive um G9 (vendi semana passada) e meu pai tem um G10.
          O G10 é bem superior em acabamento, a começar pelo painel que emborrachado e pelo tecido do teto que é bem mais “fofo” e de melhor aspecto que o G9. Tem nem o que discutir

          • Raul Pereira

            sim, o g10 tem mais soft touch. Mas apesar das marcas japas em tese serem mais confiáveis (no sentido de conduzirem mais testes antes de por no mercado, pra tudo tem lote bom e lote ruim

          • biscoitao

            Já tive o g9 e ele não tinha nenhum grilo
            Andei num g10 e ele parece uma escola de samba

            Então, como não dirijo com a mão no painel, mas escuto tudo o que acontece dentro do carro. Prefiro painel rígido sem grilo no habitáculo do que teto fofo com barulho

      • Leonardo

        O acabamento do Civic, é BEM ruim, principalmente considerando o preço dele…

      • fsjal

        Meu irmão tem um Touring.
        O carro tem acabamento com plásticos normais, mas com falhas medonhas, do tipo ponto de solda exposta (nas colunas da porta dianteira), defeitos na costura do couro dos encostos de cabeça (que são fixos atrás), baixa qualidade na borracha das portas (é comum a queixa da borracha descascar na área de contato com o braço – aconteceu no do meu irmão).

        E o que o Civic oferece pra ser extraordinário? Equipamentos de condução semi autônoma? Não. Airbag de joelho? Não. Teto solar nas demais versões? Não.
        Lembrando que até dois anos atrás era possível comprar um Fusion AWD por pouca coisa a mais que um Civic Touring.

        O carro não é ruim. O Touring tem uma das melhores dirigibilidades que eu já senti num carro, mas tá longe, mas muito longe de custar o que custa. E o Touring ainda oferece o ótimo 1.5 T. E os demais?

        • Fellipe Z

          Honda só de Accord pra cima. Aliás o Civic mesmo vc vê que dentro nada alinha com nada, por fora é até legal mas dentro eh todo torto. O Accord novo por outro lado é muito lindo e tem um acabamento excelente, foda é o preço totalmente insano

        • D34D P00l

          Não tenho um Civic, mas se o acabamento dele é ruim os outros são horríveis. O Cruze então, é feito de papelão.
          Ele tem pós venda, não mete tanto a faca nas peças, e tem a melhor suspensão da categoria.

          • fsjal

            Acabamento bom eram os dos franceses. Do Jetta só piora a cada geração e do Civic também. Porém o Civic custa muito mais que um Jetta.

            Quanto ao pós venda, depende da região. O atendimento da Honda onde eu moro consegue ser disparado o pior. Até pior que da Ford.

          • Paulo Lustosa

            Já se foi a época que a Honda tinha ótimo pós venda… agora o que mais vejo é justamente reclamação de pós-venda em relação à Honda. E sobre o acabamento interno… os franceses sempre tiveram o melhor acabamento interno da categoria.

    • Dead Lock

      Estou pensando em comprar um consórcio de carro novo só para ganhar dinheiro, parece que estamos na época da inflação alta, em que os aumentos eram constantes…

    • D34D P00l

      O Jetta por exemplo tem mais motorização, mas capa suspensão, acabamento e pós venda.
      A Honda só capou o que é menos exigido pelo público alvo.

    • renato dantas

      Cê esqueceu que “não quebra”.

      • fsjal

        é, tem esse papo mole também

  • TchauQueridos

    Se a VW tem a audácia de vender T-Cross beirando os 140K, porque a Honda não poderia?

    • biscoitao

      Quanto que está custando o HRV Touring e a RAV híbrida?

      • RSM

        Beirando os R$ 200k, sem dó nem piedade….

    • Rico Kowalski

      faz sentido

  • Claudio

    É, não tem mais o que fazer com este país. Agora é torcer para que a hecatombe que está por vir na indústria automobilística mundial, transforme profundamente esse mercado e, quem sabe, mude alguma coisa aqui na banânia.

    • Lukoh

      hecatombe automobilística??

      • Felipe Gonçalves

        Eu entendi o que ele quis dizer, é por conta da eletrificação dos carros e o compartilhamento, muitas empresas e novas montadoras estão surgindo, creio que a industria automotiva em 20 anos irá mudar completamente.

        • Claudio

          Exatamente, Felipe. Acredito que em até menos tempo, talvez uns 10 anos, a indústria automobilística mundial será completamente diferente do que vemos hoje. A Europa , o Japão e a China já estão passando por grandes mudanças. E isso é só o começo. O Brasil, ah o Brasil, sempre o último da fila… mas fatalmente chegará aqui……

          • Felipe Gonçalves

            Sim, concordo, falei 20 anos para não ser apedrejado pelos aficionados e sonhadores que vemos por aqui, eu amo o setor automobilístico, mas estou ciente de que o fim da forma como conhecemos está próximo.

        • Marcelo

          O pior é que por ora, a tendencia ao compartilhamento irá diminuir por causa da pandemia. O modal de transporte individual por veículos irá aumentar por medo de contaminação. A consequência disso são mais vendas de veículos apesar da crise e novos aumentos oportunistas.

    • T1000

      Sim, o ‘great reset’ está vindo, janeiro de 2021.
      Aguardemos.

  • Emygdio Carlos

    Caramba! Em plena crise, os preços desse modelo já estão nas alturas. Imagino após a pandemia!!!!!!!!!!!!

  • los hermanos

    Parabéns aos envolvidos!!!
    Valorizando mais que imóvel… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • André Pira

    Bitcoin que se cuide…🤭😁😂

  • Lukoh

    Pior que sequer é linha 2021… ou nem agrega algum item de série pra justificar o aumento!! estamos perdidos

    • McLovin

      O mais hilário é que na linha 2020 usam a mesma roda para toda a gama de versões. Mesmo a Touring de 140 mil reais, tem a mesma rodinha da LX pintada de grafite escuro. É o cúmulo da avareza, e ainda têm a pachorra de meter esses aumentos.

  • Felipe

    Chery Arrizo 6 pede passagem…

  • VR6icardoW

    E achavam o Golf GTi caro!

    • Certeza q o Golf GTi hoje estaria custando quase 200 mil.

  • renato dantas

    A Honda e Toyota podem cobrar o que der na telha afinal “não quebram”, afinal há quem pague.

  • BRC

    Uma bagatela pra não poder parar em ladeiras…

  • Rodrigo

    Preparando a tabela pra enfiar o novo City entre 75 e 100 mil.

  • Sino Weibo

    Nossa, eu tinha projetado que a Honda iria aguardar lançar o City pra subir os preços e arriscar não ter nada no lugar, mas não se importam com isso, a valorização é grande na Honda ahaha bom pra quem tem usado né? Por isso os japonses são sucesso, lideram nos aumentos, e isso valoriza seu usado. Seria cômico se não fosse trágico, mas são coisas do mercado local.

  • milton baptista

    O que acontece no Brasil é o mesmo que acontece na Venezuela. A procura é pequena, mas a oferta é menor ainda, com as fábricas paradas as montadoras metem a faca

  • Asobrab

    Sou muito fã de Honda e de Civic, mas cobrar esses valores é um tiro no pé por parte da Honda. Por 140 mil tem muitas opções infinitamente melhores, como Audi, BMW, Mercedes, etc

    • Roberto Dias

      Vc está falando de 0 km?Se for, é melhor vc se atualizar nos valores das marcas de carros importados. O bmw mais barato é a série 1, custando mais de 190 mil. O a3 sedan está por aí tb.

      • Asobrab

        Foi só um exemplo, mas acredito que quem paga 140k em um civic pode guardar um pouquinho mais ou financiar e pegar uma BMW de 190k… Mas tem opções nacionais como Jetta, Cruze, entre outros. Fora que a tecnologia da Honda está cada vez mais atrasada… Só agora “descobriram” o turbo

  • Carlos AM

    Se a Honda não quiser perder de lavada para a Toyota terá que começar a oferecer motores turbos nas demais versões e não apenas na Touring.

    • DANIEL PIROLLI

      Concordo plenamente…

  • Junior Siqueira

    Disputa pra saber quem vende mais, ou pra saber quem tem maior preço?

  • Renato Almeida

    Nessa pegada de aumentos, podem apostar que o resultado de vendas em 2020 vai ser muito pior do que as piores projeções.

  • Milton Fabiano Camargo

    É o famoso teste de marcado que elas fazem no Brasil. A meta era chegar aos R$ 100.000,00. Perceberam que pagam fácil este valor e agora, segundo a Dilma Roussef, é a meta da meta, ou seja, chegar aos R$ 200.000,00.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email