*Destaque *Featured Cupês Esportivos Honda Test Drive

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Com apenas 60 unidades em seu lote inicial, o Honda Civic Si 2019 chega para satisfazer o desejo dos entusiastas por velocidade. O cupê esportivo é importado do Canadá e chega com preço sugerido de R$ 159.990. Seu retorno nessa décima geração do Civic marca a carreira da Honda no segmento de alta performance, que aqui no Brasil se iniciou ainda no New Civic e depois na geração anterior do Civic Si.


Issao Mizoguchi, presidente da Honda Automóveis do Brasil, explica: “Trata-se de um modelo que já tem uma tradição no Brasil e que possui uma legião de entusiastas apaixonados pela performance e pelo design esportivo que ele entrega. Essa nova geração eleva essas qualidades à um novo patamar e é muito aguardada pelos fãs brasileiros”. O foco da marca no desenvolvimento do Honda Civic Si 2019 foi a agilidade e a direção precisa.

Por conta disso, o desenvolvimento do Honda Civic Si 2019 foi além do que se espera simplesmente de uma versão esportiva. Sob alguns aspectos, pode-se dizer que é quase outro carro em relação ao Civic que conhecemos. Feito para ser ao mesmo tempo um carro de uso diário e também um membro assíduo de track day, o cupê dificilmente será visto com frequência nas ruas, pois o número de unidades é limitado.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir


Honda Civic Si 2019 – Impressões gerais

De qualquer forma, trata-se de um carro especial para quem gosta de acelerar. Compartilhando com o Civic a mesma plataforma, o Si é mais curto, medindo 4,52 m de comprimento, mas tem os mesmos 2,70 m de entre-eixos do sedã. Mais alto que o anterior, essa impressão não tão boa das primeiras fotos oficiais nos EUA se dissipa quando o carro aparece ao vivo. Com linhas bem atraentes e esportivas, o cupê chama atenção pelos faróis full LED e acabamento em preto brilhante bem destacado na frente.

O perfil mais aerodinâmico agrada, assim como a ligeira queda do teto em direção ao porta-malas, onde um vistoso aerofólio se expõe sem receio. As lanternas em LED são unidas por um feixe sobre a tampa do porta-malas, que tem boa abertura, por sinal. O volume deste é de 334 litros, um bom espaço para um cupê sem nenhuma pretensão familiar.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

O banco traseiro pode ser rebatido através de travas na parte superior do porta-malas, ampliando ainda mais o volume. Já o escape central e retangular é simplesmente muito legal. As rodas de liga leve aro 18 polegadas com pneus 235/40 R18 não impressionam esteticamente, mas cumprem sua proposta visual e técnica. Um teto solar elétrico está presente, mas a sensação ao volante nos faz ignora-lo completamente.

Por dentro, o Honda Civic Si mantém o layout do Civic Sedan, o que inclui o mesmo volante que, apesar da costura vermelha e dos detalhes diferenciados, se apresenta pouco esportivo, mas tem boa pega. O ambiente é obrigatoriamente escuro, tendo um aplique no painel que imita fibra de carbono. A iluminação da instrumentação é basicamente vermelha, sendo reforçada nesse aspecto com o modo Sport ativado.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

O cluster é análogo-digital e tem diversas funcionalidades exclusivas do Si, entre elas a indicação do centro de gravidade durante a condução ou o percentual de aceleração e frenagem, tempo de volta, luzes de mudança de marcha e pressão do turbo. Já a multimídia com Android Auto e Car Play segue a mesma tonalidade e conta com navegador e câmera de ré. Já os bancos esportivos são dignos de nota. São volumosos e personalizados visualmente, tendo enormes abas laterais para segurar bem o corpo nas curvas. Eles não são duros e garante um conforto acima do esperado.

A alavanca de câmbio é curta e tem pomo metalizado, com o apoio de braço centralizado, garante um apoio extra na hora das trocas se necessário. Na frente, a altura é boa e o espaço idem, mas na traseira, o volume é apenas para duas crianças ou adultos de baixa estatura. O Civic Si 2019 conta com vários equipamentos de conforto e comodidade.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

O que muda? No Civic Si, muita coisa mudou em relação ao Civic sedã. A primeira e mais óbvia é o motor 1.5 VTC (que tem duplo comando no cabeçote, diferente do i-VTEC com apenas um) Earth Dream com 208 cavalos a 5.700 rpm e 26,5 kgfm entre 2.100 a 5.000 rpm, mostrando uma curvatura de torque bem plana. A turbina tem pressão de 1,4 bar. O câmbio tem relações curtas e seis velocidades, sendo apenas essa configuração old school oferecida por aqui.

A suspensão foi rebaixada em 8 mm e apresenta discos de freio maiores na frente e atrás, bem como amortecedores adaptativos, novas buchas, coxins sólidos no lugar de hidráulicos, barras estabilizadoras e braços de suspensão mais fortes, tendo coxins e braços tensores traseiros oriundos do Type-R, por exemplo. A carroceria ficou 25% mais rígida e 45 kg mais leve que a anterior. O câmbio manual tem trambulador mais forte e agora há diferencial de deslizamento limitado.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Outra mudança importante é em relação ao modo Sport, que altera os parâmetros de resposta ao acelerador, assim como direção elétrica e suspensão (amortecedores adaptativos). Mas, assim como o Civic Touring, o Honda Civic Si 2019 aponta para o uso do Lane Watch, que é uma câmera instalada no retrovisor direito para ampliar o campo de visão, sendo sua imagem reproduzida na multimídia. Controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa e seis airbags estão presentes também.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Honda Civic Si 2019 – Impressões ao dirigir

Mogi Guaçu-SP – O teste do Honda Civic Si 2019 se deu somente no circuito fechado do autódromo Velo Cittá, no interior paulista. Por isso, experiências no trânsito e em estrada ficarão para uma Avaliação NA. Mas, em termos de pista, pudemos andar bastante na pista. O motor 1.5 VTC Turbo é bem forte, produzindo um ronco agradável, mas de funcionamento suave. Ligado, nem parece que está funcionando quando se está dentro do carro.

O propulsor ganha giro rapidamente, não se intimidando em chegar aos 7.000 rpm. O vigor na aceleração é empolgante, assim como a rapidez nas retomadas, graças também ao bom escalonamento de marchas, curtas e precisas, mudadas em uma alavanca curta, firme e na medida certa para uma condução esportiva. A embreagem é estranhamente macia para um esportivo, mas agrada. A direção já é bem direta no modo conforto, mas no esportivo, ela fica mais direta e precisa, dando mais controle e emoção ao condutor.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Em entradas de curvas, o Honda Civic Si 2019 se mantém bem neutro, sem saídas de traseira e, mesmo de frente, consegue-se manter a trajetória sem ter que ficar tirando o pé para trazer o carro de volta. A suspensão adaptativa tem um bom trabalho nesse caso e garante o equilíbrio necessário para uma condução agressiva, porém, segura. Nesse ponto, o ronco do motor é alto e dá ainda mais emoção (e incentivo) para continuar com o pé embaixo.

Nas frenagens, o conjunto de pinças e discos grandes garante boa estabilidade direção e estrutural, fazendo com que o cupê melhore corretamente nas curvas e saía delas do jeito certo. Consegue-se facilmente atingir altas velocidades em poucos metros. De acordo com a Honda, o Civic Si faz de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e tem máxima de 238 km/h.

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir

Embora não impressionem tais números, quando se está numa pista com o esportivo, isso não faz a menor diferença, pois o carro entrega uma performance realmente emocionante. Depois de algumas voltas, já conhecendo os pontos ideais da pista e o comportamento do carro, fica mais fácil se ater a outros detalhes do Civic Si, tais como o centro de gravidade variando no cluster e perceber que os bancos “musculosos” cumprem muito bem sua missão.

Rodando próximo de 110 km/h em sexta, o ponteiro aponta para 2.500 rpm. Num rodar mais tranquilo, percebe-se algum conforto. Um ponto interessante é que o modo Sport não retorna para o normal imediatamente após uso prolongado. Depois de muitos segundos, ele é desligado. No mais, a visibilidade é muito boa, mesmo para trás, além de uma excelente posição de dirigir, que não deve esmagar quem está atrás. Como a Honda diz, dá para usar no dia a dia. Sim, realmente, mas será sem dúvida uma emoção a mais no corre-corre diário.

Honda Civic Si 2019 – Galeria de fotos

Evento a convite da Honda. 

 

 

Honda Civic Si 2019: Impressões ao dirigir
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email