_Featured Honda Tecnologia

Honda confirma motor 1.5 i-VTEC Turbo para o Novo Civic nacional

honda-10-turbo

A Honda acaba de confirmar oficialmente que o Novo Civic 2017, já apresentado nos EUA, chegará ao mercado brasileiro com motor 1.5 i-VTEC Turbo Earth Dream.

O propulsor será disponibilizado na próxima geração do Novo Civic, que já está sendo feita em Alliston, Canadá. Aqui, o sedã será feito em Sumaré, região de Campinas.

novo-civic-2017-28

Na versão americana, o motor 1.5 i-VTEC Turbo Earth Dream – que tem turbocompressor e injeção direta de combustível – entrega 174 cv. Aqui, o motor deverá ser Flex com pré-aquecimento do combustível.

O novo motor faz parte de uma família composta por um 1.0 de três cilindros de 127 a 140 cv e 2.0 de 200 a 280 cv, bem como o novo 1.5, que entrega de 150 a 174 cv. Espera-se que o 1.0 venha a substituir futuramente o 1.5 Flex atual nos demais modelos da Honda no Brasil.

Galeria de fotos do Novo Honda Civic 2017:





  • Thiago C

    Ansioso para colocar as mãos nesse carro. Espero que o motor turbo não venha só na versão top de linha.

    • Bruno_O

      se na terra do Tio Sam só o top tem, por que aqui seria diferente? Tem que ficar feliz que o básico deve (talvez) aposentar o 1.8 e adotar o 2.0 também, que junto com o novo CVT, estariam excelentes pra mim =)

      • Regina Campos

        Além do Touring, o EX-T também tem o 1.5T ;-)

      • Pacheco

        Porem aqui o Civic tem um mercado diferente de lá. Não duvido que a Honda coloque ele somente com o motor Turbo e Cambio CVT. Deixe o mercado do Civic LXS para o City.

        O legal será o 1.0 Turbo no lugar do 1.5. A Honda tem tudo para dominar o mercado.

        • Gustavo73

          Motor turbinado no Brasil? Com nossa gasolina e com nossos mecânicos que não entendem nada e os consumidores que não trocam óleo. Sei não hein e a manutenção é muito cara. Rsrsrs

          • Diego

            Mas o público que a Honda quer atingir (especialmente nas versões top) é oq compra o carro zero e revende em 3 anos, fazendo todas as manutenções na concessionária…

            • Gustavo73

              Não conheço ninguém que compre carro 0km e não faça as revisões na css no período de garantia. Então seria o padrão até aí.

              • Rodrigo Sanvido

                Eu… Faço as primeiras revisões apenas. As próximas apenas em mecânicos de confiança. Pagar mais de 600,00 para trocar óleo e filtros não dá, né? Se o carro não der problemas até 30.000km não dá mais…. E se vier a dar a concessionária vai arrumar um jeito de se eximir da culpa.

                • Gustavo73

                  As mais caras normalmente trocam bem mais que isso como velas e correias. Mas concordo que fora sempre será mais barato. Se você abre mão da garantia a probabilidade de acertar ma garantia algum problema é mínima. Mas estando tudo certo é maior nem que seja na justiça. Mas é uma opção, tenho um tio que não faz seguro de carro. Mas ele tem bala para bancar os custos dele e de terceiros se acontecer algo. Como não usou o seguro nos últimos 30 anos acho que já lucrou mais. Inclusive bancando o furto do carro do meu primo no passado. Mas novamente é um risco.

                  • Lucas de Lucca

                    Seguro não tem como ficar sem pra uma pessoa de condições financeiras normais rsrsrs. Meu medo maior é de furto, apesar da região tranquila que vivo.

                    • Gustavo73

                      Ele tem bastante dinheiro mas para coisas é bem low profile. Poderia ter um Classe E ou coisa parecida, mas tenho certeza que deve ter um nacional na garagem. Tem tempo que não o vejo, e quando acontece é no Rio e ele está de táxi (mora em SP). Mas quando é saúde educação e viagens não tem economia. Já levou as namoradas dos filhos, lá nos anos 90 para viagens de família de quase um mês pela Europa e EUA.

              • Lucas de Lucca

                Só fiz 3 revisões na css, as demais fiz por fora faltando 2 anos ainda de garantia hehehe

                • Gustavo73

                  Não duvido que tenha. Mas eu não sei se faria. Mesmo nunca tendo nenhum problema grave durante a garantia.

                  • Lucas de Lucca

                    Sempre tem o risco de ter que assumir o abacaxi caso venha a ter algum problema. Mas penso que um motor/câmbio que rodou 30.000 km dificilmente dará algum problema desse ponto em diante que seja coberto pela garantia. Motores quando vem com algum problema apresentam logo, como foi os VHTs da VW que antes de 10.000 km já batiam.
                    Fora que tenho uma enorme desconfiança no serviço das CSS da Ford. A fama de péssimo pós-venda não nasceu por acaso, e como não tenho tempo de ficar acompanhando o serviço sempre ficava com a pulga atrás da orelha, o tal “será que fizeram”.
                    Já no meu mecânico tenho mais confiança.
                    Mas claro, se hoje eu comprasse um Fiesta PowerShift por exemplo, iria fazer todas as revisões com ele, por medo do câmbio. E talvez se tivesse um veículo Honda também, pois sempre ouvimos elogios do pós-venda dos donos. Tudo é relativo.

                    • Gustavo73

                      Das 4 grandes nunca tive um Ford então não posso falar nada. Mas concordo que se não deu nada com 30 dificilmente vao dar depois. De resto é um risco calculado.

              • afonso200

                conheço um dono de Camaro que nao fez nem a 5 mil km de graça, e nem a de 10mil km, ou seja em 12 meses perdeu ja a agarantia

                • Gustavo73

                  Mas nem a gratuita? Não confia na css nem pra isso. Bom enfim cada um sabe do seu.

            • afonso200

              revendem em 6 meses, fala isso de 3 anos pro meu coroa ele fica loko, ele sempre fala que carro é pra usar só 6 meses

              • Diego

                Em 6 meses vc pode andar com o pé em baixo vida loka que não dá problema nenhum… (desviando de poste e lembrando de trocar de marcha antes dos 7mil rpm)

              • DougSampaNA

                Afonso, se tá falando sério? que desprezo ao dinheiro, mas se não faz falta sejam felizes…

                • afonso200

                  perfeitamente amigo, é como meu pai faz, mas compra em CNPJ e em 6 meses ja pode vender, dai ele vende quase com o preço de PF depois de 6 meses. ou seja quase empata no valor que comprou depois de 6 meses

            • DougSampaNA

              e detalhe…vai fazer um marketing excepcional, carro isso , carro aquilo, não quebra, imortal, highlander com 2 espadas (porque é Honda né)…AÍ o coitado que compra usado vai fazer a revisão de 40 mil, 50 mil kms….aí já não sentirá tão fantástico assim no bolso.

          • Jose Silva

            Esse papo seu é papo ruim. Isso é problema do proprietário, se não troca óleo problema é do proprietário e não da montadora e concessionária.

            • Gustavo73

              Você percebeu que fui irônico, já que muitos falam assim quando os motores turbinados são de outros fabricantes.

        • xyzR2

          Sim, aqui o mercado tem o incrível 1.8 de 106 cv da chevrolet.
          Faz muita falta modelos turbo, eficientes de verdade no nosso mercado.

      • Mauro Schramm

        A versão intermediária tem opção de motor turbo lá nos EUA.

      • BillyTheKid

        Bom, é possível. Por exemplo, na geração atual aqui temos o 2.0 na LXR e na EXR, enquanto lá nos EUA eles só tinham o 1.8, mesmo na versão topo de linha…

      • duhehe

        pq aqui desde as intermediarias possuem motor mais forte, aqui quanto mais anda, melhor.
        Definitivamente sera a minha escolha.

      • David

        1,816v sera exclusivo da HRV.. Civic ficará com 2.0 e 1.5T apenas.

      • kravmaga

        O pior é que tem muito fã de Civic achando que a Honda vai colocar o motor 1.5 turbo em todas as versões e que poderão comprar com menos de 90 mil reais um Civic turbo.

        Posso apostar que o Civic com turbo será só na versão top e vai custar acima de 100 mil reais de hoje.Ou seja, quem vai comprar o Civic turbo no final de 2016 ou início de 2017 já poderia estar andando com um carro turbo se comprasse um Jetta TSI, Golf TSI ou 308, 408 ou C4L THP hoje…

        • Lucas de Lucca

          Por 100 mil acho que eu iria de Jetta TSI sem pensar muito.

        • DougSampaNA

          Eita…os nóinha ostentação vão ficar em cima das madames de civic novo..perdeu véia, é nóis vida loka…

    • Guilherme Eduardo

      Acredito que vão manter o 2.0 aspirado em versões de entrada/intermediárias e o 1.5 turbo nas intermediárias/topo. Estou pensando no fato de que o Jetta terá o 1.4 TSI em versões intermediárias pra cima, talvez até em versões de entrada.

      • É o que acredito que seja mais plausível. O 2.0 não poderá sair, pois os “tiozão” que não compram carro com turbo fixariam na Toyota, logo, tem que se pensar neles também para recuperar a liderança.

      • Gustavo73

        Na versão de entrada duvido o VWB colocar o 1.4tsi.

        • Guilherme Eduardo

          Também penso assim, mas será que mantém o 2.0 8v ou colocam o 1.6 16v num Jetta Trendline, igual o Golf? Acho que vão manter o 2.0 8v.

          • Gustavo73

            O 2.0 8v é feito no México, e acabou de sair de linha do Jetta americano e mexicano. É maos barato (pois não teria o custo em dólar) colocar o 1.6 16v nacional ou até melhor colocar o 1.0 tsi ajustado para 120 cv. E ainda teria queda no valor do IPI.

            • Lucas de Lucca

              Acho que uma versão Trendline com o 1.0 TSI ajustado para 120cv venderia bem. Andaria bem mais que o 2.0 8v atual e bebendo menos. Só não sei o câmbio se tem algum AT que dá certo nesse 1.0 porque se tivesse, ficaria bem honesto pelo preço.
              Só o que acho proibitivo no Jetta é o seu seguro. Muito alto.

              • Gustavo73

                O dsg funciona bem, inclusive Golf/Polo A3/A1 usam com esse câmbio. O Tiptronic 6 que parece ser o nosso destino deve funcionar bem, mas não será tão eficiente no consumo.

          • Deadlock

            ou o 1.o TSI

        • Filipe Machado

          Há rumores de Jetta com 1.6 MSI do Fox e Golf

          • Gustavo73

            Sim essa deve ser a linha. Mas que o 1.0 tsi seria bem melhor seria.

    • Darwin Luis Hardt

      acho que vai ter 2.0 e 1.5 turbo, e esse turbo acima dos 95k

    • DougSampaNA

      preço inicial de experimentação no melhor estilo pega trouxa…99.900,00; mais o ágio nas ccs 110.000,00.
      Em breve na Dilmalandia

    • Deadlock

      Também estou ansioso. Não vejo a hora de fazer um test drive…

    • predadordemarea .

      Motor 1.5T somente na versão topo de linha e para as demais versões o motor será o 2.0 flex usado no Civic atual.

  • Freaky Boss

    Confirma o já sabido, ok, mas faz parte…. Aliás, com o mercado todo sabendo desse novo civic, o atual já não está virando mico nas concessionárias????

    • Regina Campos

      De 81.900 no LXR chega a ser vendido por 76.000, um bom desconto para quem não se importa com a nova geração

      • Thiago C

        O lxr nova geração deve chegar com preço próximo do corolla XEI… Na casa dos 90 mil. Eu aguardaria a nova geração, mas a diferença de preço realmente talvez compense para quem não liga para a mudança.

        • Louis

          Só com a inflação que temos, pode colocar pelo menos R$95k na versão intermediária daqui a 1 ano, quando provavelmente será lançado.

        • Ernesto

          Faz sentido, já que o Civic normalmente tem a versão EXR que deverá concorrer com o Corolla Altis.

        • Load

          Nada contra pra quem é Fã do Civic, mas pagar 95k ? Eu passo..

          • Thiago C

            Melhor uma saveiro a 70k? Ou um i30 top a 105990k? Ou quem sabe ainda um golzinho a 65 mil? Qual você prefere? Não temos opções baratas no mercado brasileiro, infelizmente. 95 mil estaria na média do mercado.

            • Load

              Depende do que vc opta por comprar.
              O que EU fiz? paguei 97k e peguei um fusion 2.5 15/16. São categorias diferentes, mas vai de cada necessidade =D

              • Thiago C

                Ótima compra, mas existem outros fatores a considerar. Para mim, valeria mais o motor turbo no sedan médio que um sedan grande (se for o caso de haver civic turbo abaixo dos 100k). Além disso, a Ford já decepcionou alguns familiares e conhecidos, não confio na marca e o fusion tem algo que não me empolga , não sei se é o painel ou a traseira que não me convence, mas sem dúvida é um ótimo carro.

                • Load

                  Sim, concordo plenamente. Hoje em dia um motor turbo é infinitamente mais interessante e economico. Meu cenario é de 30km por dia entre casa e trabalho. Apesar de morar em SP, não pego transito pois saio em horarios alternativos e já é meu 4° Ford (Ka, Focus, Fusion, Fusion) em 11 anos e nunca tive problemas em nenhum deles. É meu primeiro 0km, vamos ver !. Esteticamente acho também que o Civic virá mais bonito, mas eu acho absurdamente caro o que a Honda cobra pelos seus carros. Pagar hoje em dia 70k em um FIT CVT é o fim… Mas, tem gosto pra tudo..rs

          • Não tem quem pague 100.000 em versão equivalente do Corolla? Então…
            É apenas uma versão. Os Corolla que mais vendem são os GLi e os XEi, bem longe do valor do Altis (“Assaltis” para os “inimigos”).

      • Pacheco

        O Civic atual é um otimo carro… e por ser Honda, duvido que tenha problemas de desvalorização. Compensa comprar.

        • Regina Campos

          tb acredito… mesmo o “new civic” de 2007 vende-se por um bom preço ainda.

          • Lucas de Lucca

            Sei que isso é subjetivo, mas em beleza, nenhum outro carro me impactou como aquele New Civic de 2007. Ele junto do Mitsubishi Eclipse de 2ª geração de 1995 são dois exemplo de design a frente do seu tempo. Continuam atuais, acho incrível isso.

            • Regina Campos

              Os dois que vc citou sim… este apesar de não ser nenhuma revolução, eu pirei kkkkk

      • Lucas de Lucca

        Fui na Honda esse dias ver um Fit. Mas, agora que tocaram nesse assunto vou voltar lá chorar descontos no Civic LXR, apesar de eu querer um hatch premium e esses 76.000,00 passarem do meu teto quem sabe consigo mais desconto hahaha, por um bom desconto vale a pena. Nem me importo que vai mudar, o carro continua sendo atual e por ser Honda, mesmo mudando desvalorizará dentro do esperado.

        —-EDIT—-
        Eu quis dizer hatch COMPACTO premium, apenas esqueci de digitar…

        • Bruno Wendel Marcolino

          Hatch premium? Seria Audi A1 ou DS3?

          • Marcos Lopes

            pode ser o mini também e ….só esses que eu me lembre…

          • Lucas de Lucca

            Desculpa meu caro. Esqueci do “compacto” ali entre hatch e premium. Mas acho que você entendeu desde a primeira vez né, já que me referi ao Fit…

            E sou contra essa nomenclatura que só serve para encarecer compactos de entrada, que é o são em todo resto do mundo, mas enfim, o mercado chama assim, não posso fazer muito a respeito.

            • Bruno Wendel Marcolino

              aham kkkk foi só pra encher o saco mesmo. kkkkk

              Mas enfim, pode realmente pensar num DS3 seminovo, está na faixa de 55k e é muito mais carro que qualquer um que citou. hehe Mas se quer 0km realmente o Fit não é a melhor opção, concordo nesse aspecto.

              • Lucas de Lucca

                Então, eu queria ficar nessa categoria de hatch compacto mesmo. Ela me serve muito bem, pois sou solteiro e acho vagas facilmente pelo seu tamanho. Vou trocar o meu atual em breve e não queria ir para os médios só para ter uma pitada de diversão. Não faço questão de ser 0km e queria algo no máximo de 66.500,00. O DS3 seria uma boa opção se o seguro não fosse tão alto para o meu perfil, ficando na casa dos 6 mil hehe

                • Bruno Wendel Marcolino

                  é, o seguro judia o peão!!! kkkkk

                  Ia sugerir um 308 THP, mas como não quer um médio hehe…

                  Sugiro ir nessas opções mesmo, eu iria de 208, particularmente nesse valor acho a melhor opção, porém no cambio manual. O AT4 não é ruim, porém já está defasado, parece que virá o AT6 por agora, porém se não pode esperar sugiro o manual.

                  • Lucas de Lucca

                    Então, meus planos é de trocar em fevereiro… Aí vou ficar nesses 3 meses garimpando e chorando descontos por aí rsrs.
                    Como sei que vai ser difícil achar algo mais “esportivo” e que seja viável (seguro, manutenção, revenda) então nesse caso queria um AT.
                    Você sabe de alguma previsão do AT6 no 208 e se será o mesmo Aisin usado em outros modelos? Gostei do Fiesta PowerShift mas pelo sim e pelo não, devido ao grande número de problemas prefiro evitar. E pegar outro Fiesta manual sei lá, não animo, só se fosse com Ecoboost 1.0 turbo pelo menos, pois do aspirado enjoei nesses quase 100.000 km que rodamos juntos hehe.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      a data exata não lembro realmente, mas é pro inicio de 2016 o cambio AT6 que eu saiba.

            • Eu os chamo de compacto globais.

              São apenas isso.

              Compactos premium são A1, mini, entre outros.

              • Lucas de Lucca

                Eu os chamo de compactos premium, que é como o mercado brasileiro resolveu batizá-los. Como já disse, não concordo com esse nome, pois não passam de carros de entrada no mundo todo, mas isso já é outra história…

        • Roberto Souza

          Nesta crise, pagamento a vista só compre com no mínimo 12% de desconto sobre o preço de tabela. Carro que vai sair de linha no mínimo 15%. Não acredite em papo de vendedor, que alguns aqui replicam, que para a concessionaria tanto faz receber a vista ou a prazo, pois a financeira paga eles o mesmo valor. è mentira. Paga menos e não paga no mesmo dia. Chega no final do mês já com a proposta pronta – 70.000 – que voce leva.

        • Regina Campos

          Bacana, hoje eu vi anunciando por R$ 75.000!! Quem sabe dá pra tirar algo mais

      • Alfredo Araujo

        Um amigo de trabalho acabou de comprar um LXR por 75 mil.
        Os descontos estão bons mesmo

    • Mauro Schramm

      Acho que não. O Civic atual não deve nada aos seus principais concorrentes e o novo certamente virá mais caro. Para quem quiser comprar o atual, é o momento de exercer o poder da negociação…

  • Jose Montenegro

    Pelo que eu vi, o motor 1.5 turbo da versão americana não possui i-VTEC. Será que vão colocar só no Brasil?

    • Jose Silva

      pra que i-vtec ?
      turbo encheu a 1.500 rpm e vai embora… Não precisa disso mais.

      • Bruno_O

        Se for um turbo de baixa rotação (o que parece, já que entra bem baixo), deve perder desempenho acima de 5k, então o V-TEC que adora altas rotações casaria perfeitamente.

        • Jose Silva

          Motor turbo não precisa de 7.000 para ter potência. Em 5500 já tem potência máxima e torque máximo vem muito cedo. Não precisa de ivtec e blablabla… Isso é para motor aspirado com esses da honda que precisa chegar nos 6000 rpm para ter a força que um motor turbo tem 1.500 rpm.

      • Gustavo73

        1800 no Honda.

  • Augusto

    Eu gostei demais do design desse novo Civic

    • Pacheco

      Também gostei… realmente revolucionário.

    • MG

      Somos 2. Adora uma carroceria cupê.

  • Pedro Henrique

    Motores com injeção direta não precisam de pré-aquecimento do combustível.

    • Deadlock

      Não precisa, pois são injetados em alta pressão, como o BMW320. Mas, em algumas situações apresenta problemas de funcionamento com o álcool.

      • Guilherme Eduardo

        Deve ser o famoso “na dúvida, é melhor sobrar do que faltar” !!!

  • Jose Silva

    Deveriam apostar também no motor 1.0 TURBO. Não sei porque eles perdem tempo em não oferecer já que motor 1.0 tem IPI mais barato, paga menos impostos e o carro vai andar tão bem quanto o 1.8 e vai gastar 3x menos e ficando com um preço final muito atraente.

    • Guilherme Eduardo

      Deve ser para guardá-lo como “carta na manga”, pra ir lançando as novidades no mercado de pouco em pouco e manter uma idéia de “empresa inovadora” na cabeça do povo.

    • Lucas de Lucca

      Levando em conta que o público alvo de médios aqui no Brasil, principalmente dos japoneses é de tiozão conservador que gosta de “motorzão” simples que não dá dor de cabeça não sei se seria uma boa. Imagina o tiozão acostumado com o Civic 2.0 ou Corolla 2.0 entrando na revenda e vendo um minúsculo 1.0 embaixo do capô. Teria um treco.
      Deviam sim trazer esse 1.0, mas destiná-lo – pelo menos até sua aceitação aumentar – ao Fit/City.

      • Jose Silva

        Se é tiozão, imagina na cabeça do tiozão o hondão 2.0 fazendo 4 km/l de álcool na cidade com falta de torque em baixa e o 1.0 turbo com muito torque em baixa respondendo melhor na cidade e igual na estrada fazendo 10 km/l de álcool…

        Tiozão iria gozar litros toda vez que iria abastecer carro…

        Brasileiro não entende de carro, nem sabe de motor de nada, tanto faz ser 1.8 ou 1.0 turbo, o que falta é CORAGEM destas porcas montadoras em oferecer um produto melhor, mais eficiente e barato. Ninguém vai deixar de comprar um honda 1.0 turbo mais barato que um honda 1.8 aspirado que precisa abrir o motor para fazer regulagem de válvula.

        • Lucas de Lucca

          Tenho um tio que tem um Jetta 2.0 8v, famoso “Santanão”. Antes ele tinha um Vectra 2.0 Elite e quando saiu o Cruze achou um absurdo o jurássico 2.0 8v ter dado lugar ao Ecotec 1.8 16v e por isso optou pelo Jetta. Pasme, o Cruze tem mais potência, mais torque e é mais econômico. Mas ele apenas viu: 2.0 “motorzão”, 1.8 regressão “xoxo”.
          Fui falar do Jetta que ganhará o 1.4 TSI e ele soltou: vou ter que ir pro Corolla ou Civic 2.0 então, porque esses motorzinho de dentista não é pra esse porte de carro.
          Esse pessoal mais idoso, não adianta, a grande maioria ainda só olha a litragem.

          • Jose Silva

            Não tem problema, idoso é idoso, a maioria não evoluem mesmo, não procuram se atualizar, especializar, conhecer as novas tecnologias. Esse tipo de cliente são pequenos e não compromete em porra nenhuma. Deixa o 2.0 para os otários e oferece 1.0 e 1.5 turbo e pronto.

  • Castle_Bravo

    Aqui vai ser mico. Consumidor brasileiro desse tipo de carro quer motor de dois litros, não importa a tecnologia, precisa ser 2.0.

    • Louis

      Vai nada. Partindo da Honda, vai é popularizar o uso do turbo. Pessoal confia muito nessa marca.

      • Castle_Bravo

        As vendas do Civic anterior só decolaram mesmo depois de lançarem o motor dois litros.

        • Pacheco

          Por que a Toyota colocou o 2.0 no Corolla e o Civic 1.8 ficou meio lerdinho.

        • BorisAWD

          desde 1997 o civic nacional só veio a ter 2.0 nos ultimos 3 anos.
          Vendeu muito 1.7 e 1.8

      • Gustavo73

        Mas já está popularizado mesmo aqui afinal tem compacto de entrada com motor turbo injetado. PSA e VW já oferecem há um tempo motores assim.

    • Frederico Araripe

      Foi-se o tempo que o povo era desinformado, esse FDS mesmo a mãe de um amigo já estava comentando sobre esse novo Civic.

      • Castle_Bravo

        Então espere pra ver. O histórico recente da mesma marca, da Toyota (com o Corolla) e da Hyundai (onde as vendas do i30 despencaram) não dizem isso. O tempo ainda está longe de ir embora, afinal, o consumidor é basicamente o mesmo.

        • Pacheco

          A Hyundai colocou um 1.6 Aspirado do HB20 no i30 e aumentou demais o preço. Se ela tivesse colocado um motor Turbo e mantido o preço, ele venderia bem até hj.

    • V12 for life

      Você diz isso da marca que introduziu um 1.6 na categoria dos médios quando chegou ao país e só na atual geração chegou ao 2.0.

      • Pacheco

        Eu acredito que a GM terá mais problema com o 1.4 Turbo do Cruze do que a Honda com o 1.5 Turbo do Civic.

        • visanpai

          “Problema” ela está tendo por não ter trago logo o 1.4 turbo no Cruze.

    • duhehe

      Quando o corolla chegou com seu 1.8 16v …. falavam a mesma coisa…. motor bom é 2.0 8v ….ai veio corolla e civic com o 1.8, geral amando o motor.
      Espere só para ver.
      Uma coisa é turbo pela mão de PSA, Fiat e outras bombas.

      • Louis

        Cambio AT mesma coisa, quem popularizou mesmo foi a dupla Civic/Corolla, antes deles AT era carro pra deficiente.

      • Thiago

        O motor que a PSA utiliza e que dá o nome de THP é o motor “prince” desenvolvido pela BMW/MINI para utilização em carro menores, usado no mini da geração passada, BMW série 1 entre outros.
        Esse motor chega até 300cv na configuração mais potente, sendo o motor 1.6 mais potente feito até hoje.
        Dentre outras tecnologias possui coletor de admissão variável e duplo fluxo, double vanos (tecnologia de motor BMW), injeção direta e indireta, turbo twin scroll.
        Esse motor 1.5 da honda não possui nem a metade dessa tecnologia.

        • Gustavo73

          Negativo o THP /Prince são um projeto conjunto da BMW PSA. Inclusive a BMW saou da Joint venture e a PSA manteve a produção sozinha.

        • duhehe

          Concordo, é um excelente motor, eu particularmente teria, eu tbm teria um 1.4 T jet, se a Fiat tivesse algum carro automatico com esse motor.

          Mas meu pai, mão, avô, nem pensar ! pq ? pq é peugeot/citroen/fiat

          A marca tem um peso muito grande.

      • Lucas de Lucca

        O motor Prince THP usado pelo grupo PSA é excelente cara…
        Que bobagem.

      • Minerius Valioso

        De onde você tirou que o turbo usado na PSA é bomba? Sabia que o motor foi uma parceria da PSA e a BMW, utilizado também em modelos da Mini?

      • Gustavo73

        Ué nos Mini e BMW era a maravilha mas na PSA é bomba?!

      • Bruno Wendel Marcolino

        O THP é ótimo, o T-Jet também não é tão ruim, não sei qual sua experiencia, mas falar que são bombas é generalizar demais.

        • Gustavo73

          O Tjet está atrasado já que não oferece a injeção direta, mas pelo menos na Europa tem o comando Multiair. Mas o motor não é bom porque não tem o símbolo da Honda ou Toyota. Já prevua isso há pelo menos 2 anos. Agora é bom.

          • Bruno Wendel Marcolino

            pois é, o T-Jet não é o simbolo da modernidade, mas pra bomba está longe também. Cada um ¬¬

            • Gustavo73

              Já previa esse comportamento. Até semana passada motor turbinado era coisa de manolo, manutenção cara tinha que trocar a turbina com 30 mil km, óleo especial de 100 reais o litro a injeção direta ia dar problema com a nossa gasolina e ninguém iria querer usado pois o motor só durava até 50 mil km. Agora é uma maravilha a coisa mais moderna do mundo (mesmo que bem atrasado frente a concorrência inclusive no Brasil). Vimos o mesmo com o câmbio CVT, enquanto era usado no Sentra e Fluence eram um mico agora são melhores que o ZF8 da BMW. E o preço não importa,, caro é o Jetta 2.0 tsi por 100 mil ou o C4 louge por 90. Agora até o futuro Civic aspirado pode custar 95 que é uma maravilha.

            • tiago

              Completamente infundada a afirmação… Se não me engano, o Tjet chegou em 2008 e ajudou a apagar a má fama do motor VW 1.0 turbo, utilizado no gol, no começo da década passada.

              • Bruno Wendel Marcolino

                que eu saiba é de 2009, mas isso não vem ao caso, já que é um longo período sem carro compacto com turbo(gol).

    • Alexandre

      Eu acho que com a facilidade de informação este conceito está mudando. Low emissions e tal. Eu pesquisei mto e fiquei de c4 thp. Te digo: se puder, nunca mais pego aspirado.

  • Tiago

    2017?

    • Gustavo73

      Chega no meio do ano que vem e será linha 2017 já que estamos na linh 2016.

  • Arthur Lima

    Pena que a Honda vai turbinar o preço também…

  • Lucas de Lucca

    Podiam colocar o 1.0 de 127 cv no Fit com um câmbio CVT com marchas virtuais e criar vergonha na cara e colocar ESP e TCS no carrinho, mesmo que fosse somente na caríssima versão top de linha. Sinto falta de um hatch divertido na linha Honda.
    O atual 1.5 + CVT convencional é muito frouxo.

    • Pacheco

      Mas eu acredito que isso deve acontecer em breve… Pelo que parece, esse motor é da mesma familia. Então iria baratear a produção produzindo os dois aqui no Brasil.

      Sem falar que vai precisar modernizar a linha por causa das exigencias que o Governo está fazendo no Inovar-Auto.

      • Gustavo73

        Mesma linha mas blocos diferentes p 1.0 é 3 cilindros.

    • Bruno_O

      0-100 em 10,5 não é exatamente frouxo, e pra proposta do carro, está bem suficiente.
      Mas claro que um 1.0T seria bem bacana, e 6AB + ESP/TCS já passou da hora da Honda colocar da versão intermediária pra cima.

      • Lucas de Lucca

        Vou trocar meu New Fiesta atual em breve. E ando fazendo test drive em todos os hatchs dessa categoria para ir conhecendo os carros e o Fit não me empolgou nem um pouco em desempenho. Sei que não é a proposta dele, mas o Fox 1.6 16v, o 208 1.6 e o Fiesta 1.6 são bem mais gostosos de tocar (só deixando claro testei Fox e 208 na versão manual e o Fiesta andei no PowerShift).
        Fora que achei ele muito capado pelo preço salgado dele. Por isso, desses 4 modelos citados, seria minha última opção de compra. Ainda irei ver o Punto e o C3, mas esses só por ver mesmo, pois já estão praticamente descartados.

  • Bittencourt

    Que Toyota e GM sigam essa tendência por aqui!

    • Ernesto

      A GM sim, deverá lançar o novo Cruze com seu 1.4 Turbo, porém a Toyota, nenhuma informação sobre novos motores. Ela que se mexa, senão ficará muito desatualizada nessa questão.

      • Pacheco

        Parece que a GM não mexeu no 1.8 exatamente pq no proximo ano chega o Novo Cruze com motor 1.4 Turbo Flex. Espero que ele se estenda a toda a linha.

        E a Toyota só vai lançar depois que todos os concorrentes estiverem com suas linhas atualizadas. E irá cobrar mais por isso e vender q nem água.

        • Lucas de Lucca

          Sinto falta de um compacto premium na linha GM.
          O Sonic que ela tirou de linha, se recebesse esse 1.4T + câmbio AT6 e fizessem uma plástica na sua traseira seria muito interessante.

          • Quer coisa mais Premium que o Cobalt? Rsrsrsrsrsrs. #IronicON

      • Bittencourt

        Com certeza!
        Mas ainda não tenho tanta certeza quanto ao 1.4 da GM; nesse aspecto, ela é quase tão conservadora como a Toyota.
        Vamos torcer para ele não levar bomba nas “clínicas”, razão pela qual o Cruze não foi equipado com ele desde o início (segundo a GM…).

        • Lucas de Lucca

          Pelo menos do segmento médio em diante acredito que não tem mais volta. A GM e Toyota vao ter que se mexer e melhorar seus powertrain. As outras já estão fazendo isso.

          • Gustavo73

            A Toyota não tem motores turbinados nem na Europa.

            • Lucas de Lucca

              Justamente por isso que eu disse que ela precisa se mexer e melhorar sua linha de motores, assim como as concorrentes estão fazendo aqui e já fizeram lá fora.

              • Gustavo73

                Só agora a marca Premium da Toyota comeca a oferecer um motor turbinado inclusive com câmbio DCT(dupla-embreagem). Até chegar aos Toyota deve demorar. Até porque ela disse que não aeguiria por esse caminho.

                • Lucas de Lucca

                  Acho arriscado insistir em ir contra a tendência do mercado. Pode ser que venha a perder venda conforme o sucesso do turbo nos concorrentes e traga de vez, já que know-how pra isso eles tem.

                  • Gustavo73

                    Se não me engano ela disse que investiria nos híbridos e motores de ciclo Atkinson. Mas provavelmente veremos mais turbo injetados, mesmo que em menor escala.

    • Iran Borges

      Toyota é tradicional… Duvido corolla receber turbo nessa geração.

      • Bittencourt

        Também!

  • Cesar Mora

    É bom eles prepararem um baita estoque, porque eu arriscaria dizer que se o Corolla atualmente tá vendendo 5.500 em média por mês, os primeiros 2, 3 meses desse novo Civic, com a expectativa que estão criando ( até quem não liga para carros tem comentado comigo sobre ele) ele vai vender coisa de 8mil carros nos primeiros meses… não sei se sumaré até lá consegue dar conta, se vão produzir na argentina e trazer também.. porque não vejo a HR-V também caindo muito de volume de vendas, e eles já estão no limite la…

    • Mauro Schramm

      Acho que com a fábrica nova (a entrar em operação no início de 2016) eles devem resolver os problemas de oferta de produtos.

      • Cesar Mora

        eu diria que com o novo civic e os gargalos atuais que eles tem em produção, essa nova fábrica pode dobrar a capacidade produtiva e assim atenderá toda demanda reprimida..

        • Pacheco

          A Honda sacrificou o Civic para produzir e vender mais HR-V. Espero que essa fabrica fique pronta logo e eles tenham capacidade para produzir os dois. São otimos carros.

          • Cesar Mora

            sem duvidas, se essa nova fábrica tiver a mesma capacidade que Sumaré, eles podem vender 6000 HR-V e 6000 Civics que não faltará Fit nem City…

  • shdn2010

    Perfeito! So falta a honda mandar com a mesma potencia utilizada lá fora e nao limitar ela nos 150 cv.

    • Pacheco

      Não duvido que no Flex ele chegue nos 180cv aqui.

    • Guilherme Eduardo

      Há chance de ficar nos 179 soh pra falar que eh mais potente que o Ford Focus, OU limitarem em 150/160 e apenas em uma versão especial “liberar” os outros cavalos

  • pedro rt

    pra 2016 as novidades da honda serao essas;

    motor 1.0 turbo com injecao direta pro fit e city
    novo civic com o novo motor 1.5 com injecao direta e turbo

    • Pacheco

      Otimas novidades.

      Com Cambio CVT bem afinado e bem equipado, poderia dominar o mercado.

  • Danilo Fernandes

    A grande pergunta é: sendo este Civic modelo 2017 (EUA) será que eles começam a vendê-lo quando no Brasil? Se lançarem como 2017 aqui também será que dá pra sonhar num lançamento para o segundo semestre do ano que vem?

    Em tempo. Não podemo ser tolos de achar que esse carro viria com os mesmos preços do Civic atual (que já é beeem caro). Certamente ele virá custando os mesmos 90k do Corolla. Resta saber se já com o 1.5 turbo ou se este motor ficaria restrito somente à versão top de linha. Tomara que não.

    • Danilo Fernandes

      Respondendo a mim mesmo: A Honda confirmou que ele chega no Brasil no segundo semestre do ano que vem e com o mesmo 1.5 turbo, “porém” não flex, apenas gasolina, o que é até melhor pra mim. Com certeza segurarei a ânsia gastadeira para esperar este carro.

  • Bruno Brasil

    Hum… 200cv da para tirar fácil…

  • Marcos Villela

    Será que finalmente a Honda vai começar a fabricar os motores aqui?

  • VW fazendo escola com motores turbo. Que venham todas as montadoras com esses motores, muito mais eficientes energeticamente e prazerosos de dirigir.

    • Danilo Fernandes

      VW? Pelo menos no Brasil ela não chegou nem perto de ser a primeira a colocar motor turbo. #existevidaalemdogolf :)

      • Jetta TSI, amigo. O que eu quis dizer é a existência de turbos em carros médios sedãs. Antes só tinha mais em sedã de luxo. E não podemos esquecer do UP TSI agora, que vai forçar as montadoras a trazerem os seus .1.0 turbo pro Brasil.

        • Leo

          O Fiat Tempra Turbo foi o pioneiro nesse segmento (sedã médio)

          • Tempra turbo era uma serie especial como por exemplo o Civic SI. Além disso, era duas portas.

            • Leo

              Que eu saiba foi uma versão normal de produção. Mas vamos lá, tem o Marea Turbo também.

              • Marea turbo tbm, não durou mto. A questão aqui e perpetuação de motorest turboob em toda gama. Motor turbo em carro dito esporte sempre existiu mas com a eifiencia energética atual não

            • Leo

              Série especial é aquilo que é vendido em quantidade limitada, pré-determinada, como o Gol Copa ou Fox Rock in Rio. Não era o caso desses carros (Tempra Turbo e Civic SI)

              • Me expressei mal, vou explicar: civic SI, tempra turbo, marea turbo eram carros tidos como chamariz de venda, para dar nome pra a marca: ou são os mais caros carros da marca na época (tempra e marea) ou tem produção pequena/ não vendem bem( ultimo civic si). Eu nunca vi um novo SI de coupet, mas jetta tsi, golf tsi vejo td dia. O pulo do gato é botar esses motores extraordinarios pra vender mesmo, não para ser exclusividade, tem que virar padrão. Entendeu?

                • Leo

                  Mas se venderam pouco não foi por estratégia das montadoras, e sim pelo preconceito do consumidor brasileiro que só agora começa a diminuir. De qualquer maneira, foram os primeiros sedans turbo de série do país…

  • Charlis

    Eu li em outros sites, que corre o risco dos primeiros Civics 2017 1.5 turbo, não serem flex.
    E na sequencia, se tornarem flex…
    Quem tem a intenção de comprar, tem que ficar esperto com esse detalhe!

    • Gustavo73

      O motor será importado então deve ser assim mesmo.

    • Danilo Fernandes

      Provavelmente será isso mesmo. Bom para os que tem uma mente mais esclarecida e abominam essas aberrações flex que inventam no Brasil.

      • Charlis

        Desde que essas pessoas que “abominam essas aberrações” morem em algum país de primeiro mundo, aonde a gasolina não tenha 1/3 de etanol, não?
        A propósito, a própria Honda, foi MUITO mais feliz no seu motor Flex, do que no antigo só a gasolina, que no caso, eu fui proprietário de ambos.
        Enquanto o New Civic fazia seus misesos 13, 14 km/l na gasolina…
        O meu atual está esbanjando economia …
        https://uploads.disquscdn.com/images/70957200bad85e5bc8b5da66bf2aeca4bfdb4988ae4001865e281a7902af4733.jpg

        • kravmaga

          Mesmo carros a gasolina modernos podem rodar com o percentual de etanol que se usa no Brasil.

          Carros flex só servem para quem quiser usar 100% álcool ou uma mistura de álcool e gasolina em qualquer proporção.

  • Lucas Irrthum

    Mesmo que o Civic tenha um design muito agressivo e imponente, tenha opção de motor turbo e etc, duvido que venderá mais do que o Corolla. Antes que alguém fale, não sou fanboy da Toyota. Até porque, aqui em casa tem um Civic LXS 1.8 AT 14/14. Muitos continuarão comprando Corolla Altis de 100k, com propulsor 2.0 convencional, ao invés de optarem pelo turbocompressor da Honda. Não adianta, o modelo da Toyota tem compradores muitos fiéis.

    • Cyro

      Rapaz…
      Pode até não passar ( eu aposto que passa sim )….
      Se nao passar vai ser igual Renegade x Hvr ( sempre lá em cima brigando pela posição e os 2 isolados disparados na frente do restante da categoria).

      • Danilo Fernandes

        Não vai passar mesmo. É bom lembrar, que ao contrário do resto do mundo, no Brasil estes dois carros são tidos como “carro de executivo”, o carro que o cara tem que comprar pra mostrar que ele venceu na vida. E o civic é um carro jovem (ainda mais esse novo), ao contrário do Corolla que é um carro mais sóbrio, de senhor, ideal para mostrar que o comprador é bem sucedido. 90% não está nem aí pra motor, torque, consumo, tecnologias, muito menos segurança.

      • Lucas Irrthum

        Com certeza os dois modelos brigarão no topo, disto não restam dúvidas. Mas que o Civic será líder, eu não creio. Pode até ser que eu me engane, mas acho difícil.

  • Cyro

    Civic 1,5 turbo….
    Cor: Cinza prateado ( ou algo do tipo…)
    Interior: Claro

    já pode fechar o negócio??? XD

    • Danilo Fernandes

      Pode. Só deixar 100k lá na honda. :)

  • Alfredo Araujo

    Couro claro de novo não Honda !!!!
    É bonito mais é um inferno p manter limpo… =/

    • C.A.

      As montadoras parecem ter aprendido a lição no Brasil. Lançam carros com interior mais escuro (preto, marrom…) É bom mesmo, porque dá um trabalhão manter limpo os carros mais claros, como você disse.

      • Alfredo Araujo

        Sei não…
        Meu Civic tem interior cinza + adoro calças jeans pretas = uma semana indo de carro para o trabalho e meu banco já fica escuro… =/

  • Pedro Henrique

    intercooler e tudo…
    krl, esse lançamento promete, já vou começar penhorar os rins kkkkkkkkkk
    só honda br, se vocês leem o NA, por favor, mantenham ao menos os faróis ç.ç

    • que eu saiba tds esses turbos mais recentes de fábrica possuem intercooler, até o UP TSI tem, não?

      • Pedro Henrique

        não sei também, mas eu não vi nada de intercooler no motor, nem no desenho, e também não vi nenhum tubo de intercooler saindo
        se alguém souber por favor nos conte, fiquei curioso também…

        • Sim, o UP TSI tem intercooler, bem como o GOLF TSI e por conseguinte o Jetta TSI tbm. Tanto que o UP TSI leva quase um litro a mais de óleo em relação ao MPI, precisamente 750mls a mais. Intercooler é condição sine qua non para não dar merda em turbo e estragar a turbina e o motor. Acho que só turbo de fundo de quintal que não tem intercooler hoje em dia.

          • Pedro Henrique

            mas o intercooler serve pra refrigerar o ar e não a turbina…
            pra turbina é usado o óleo, porém pelo que eu li, tem 2 tipos de intercooler o ar/ar e o ar/água
            Pelo que li ao pesquisar agora sobre, o intercooler ar/água (que eu presumo ser o do up) não necessita estar na frente do radiador pra tomar ar frio, pois sua refrigeração é feita através de um sistema de água (tipo um radiador separado do radiador normal do carro)
            já o sistema ar/ar que é oque me parece ser usado no civic, precisa estar numa posição de grande tomada de ar frio pois a refrigeração é feita através deste.
            em baixo aqui um exemplo de cada um

            eu acho que é isso.. se tiver errado me corrijam por favor xD

            • Mas enfim, a função do intercooler é preservar a integridade do sistema turbo. Sem intercooler, dá merda.

  • Daniel Silva

    alguma estimativa de preço?

  • Fábio

    Adeus Corolla…
    Não é a mesma proposta mas…adeus Golf…

    • Lucas de Lucca

      O Golf não deve nada pra ele (o alemão/mexicano, não esse capado nacional qie virá) e olha que me arrisco a dizer que é até mais carro…
      Enfim, como você mesmo disse nem é mesma proposta, sem sentido comparar.

  • Gutemberg Ferreira

    Alguém sabe dizer qual o torque da criança ?

  • Roger Rosato

    Uma lástima não seguirem a receita dos EUA/Canadá e oferecer opção com câmbio MT6… :( O pior de tudo é que a opção única será de um CVT! ECA!

  • Roberto Souza

    Estes carros japoneses mais novos estão sofrendo da síndrome de Jaspion!!! Eta design estranho. A Toyota com aquele Prius novo bateu todos os recorde de breguice! Este novo Civic tem a frente até interessante, mas a traseira, o que é isto??? Deprimente.

    • kravmaga

      Eu acho que os japoneses acabam ficando com esses designs cheios de vincos exagerados de tanto praticar origami.

      Acho que o designer deve testar o design antes fazendo dobradura de papel…

  • Cláudio Moisés

    Nenhuma novidade para mim! Sempre rebati aqui a galera que vivia dizendo que esse motor não vinha. Estou acompanhando o desenvolvimento dessa geração há muito tempo e sempre disse que esse motor já estava em testes no Brasil desde o final de 2013. Para aquele que não acreditavam, tomem aí mais um tapa! Agora, como não têm o que falar, ficam chutando besteira, como: “aposto em R$120mil nessa nova versão!”. Ora, seria insano a Honda aumentar mais de R$30mil na versão top! Além de ficar mais caro do que Fusion, Altima e vários outros de categoria acima, seria um tiro no pé nas pretensões de fazer sucesso (fato iminente se não subir muito). Esqueceram que existe um turbo parecido, que é o THP e você acha em um C4 de menos de R$80.000,00? E que lá nos EUA essa geração subiu pouca coisa em relação ao anterior? Então, sem essa de que pq vai virar turbo o preço vai pra estratosfera! Não gosta da Honda, não gosta do Civic, não compra! Simples assim! Parem de mimimi!!!!

    E pra finalizar, aproveitando minha onda de acertos, aposto que a versão top não passará dos R$100.000,00. Hoje custa R$92.000,00 e não acredito que suba mais de R$8.000,00. Pelo menos lá nos EUA não houve uma diferença tão grande em nenhuma versão comparada com o aspirado!

    • Ricardo

      Amigo, pode acreditar… a Honda é insana e os seus consumidores insanos ao quadrado. Aquele city bombadinho que atende pela sigla HR-V já está custando R$ 95.000,00 em sua versão (não tão) completa. Vai por mim, esse Civic topo de linha vai beirar os 115 mil após alguns meses de lançado.

    • Freaky Boss

      Cláudio
      pelas suas informações, quando será lançado aqui? (maio, abril,etc etc??)
      abraços

      • Cláudio Moisés

        Nesse caso há muita controvérsia. Tem sites chutando desde abril de 2016 até primeiro trimestre de 2017. Eu acredito no máximo em agosto do ano que vem. O carro já foi flagrado rodando camuflado por aqui e acho que a Honda não iria lançar uma informação dessa se o lançamento não estivesse perto. Ela sabe que o Civic atual tende a perder mais mercado ainda depois dessa nota do motor turbo.

  • afonso200

    cara de ACURA

  • mike

    traseira feia

  • CyberSilvio

    100mil 100mil 100mil

  • Romulo Moreira

    Novo hipster da Honda……brzada vai pirar quando ver o 1º na rua….kkkkk……e turbo em motor Honda? Ha, não vai ser mico, vai ser exxxportivo……

  • Ricardo

    Vamos deixar de oba-oba e tentar adivinhar o preço: chuto R$ 109.900,00 no lançamento. Logo após as filas de espera, irá aumentar para R$ 111.900,00. Depois de 2 meses, pula pra R$ 114.900,00. E assim, a cada bimestre mais um aumentozinho gostoso…

  • Joildo Dias

    Se no Civic atual o motor 2.0 estão nas versões intermediária e top, então provavelmente esse motor turbo vem para a LXR E EXR e o atual 2.0 na versão de entrada LXS e se realmente isso acontecer o Civic tem tudo para retornar ao posto de mais vendido no segmento, mas até lá…………

  • Daysan Medeiros

    Painel parece do lounge! Não igual… parecido…

  • MaCaRyS

    Muito, mas muito mais bonito que o atual e seus concorrentes diretos, carrão!



Send this to friend