*Destaque *Featured Honda Lançamentos SUVs Test Drive

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

O Honda CRV 2019 já está entre nós. O SUV de porte médio da marca japonesa deixou de ser importado do México e agora vem dos EUA, onde é feito em Greensburg, Indiana. Com preço sugerido de R$ 179.900, o modelo agora parte para uma nova fase, com volume menor, estimado em 500 unidades para 2018, mas com um nível de conforto e sofisticação maiores. Assim, ele agora só está disponível na versão Touring, mais refinada que a antiga EX-L.


A proposta da Honda agora é oferecer um produto mais completo e luxuoso, diferentemente da geração anterior, que buscava bater de frente com os SUVs médios com preços mais competitivos. De fato, o CR-V 2019 deu um salto enorme de preço, abrindo uma lacuna enorme entre ele e o HR-V Touring, que custa R$ 107.900. Infelizmente não há previsão de versão mais em conta e nem de um modelo novo para servir de intermediário.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Feito sobre uma nova plataforma, que compartilha elementos com a décima geração do Civic e Insight, assim como do atual Accord, o Honda CR-V 2019 chega com um porte maior, medindo 4,59 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,66 m de altura e 2,66 m de entre-eixos, entregando agora um porta-malas de 522 litros até o teto ou 1.084 litros com o banco traseiro rebatido. Pode-se abri-lo apenas com o pé.


Com mais aços de alta e ultra resistência, o Honda CR-V 2019 ficou mais rígido e cortou 1,5 kg de peso com a nova arquitetura, que traz um novo revestimento acústico, sistema de cancelamento de ruído e melhoria na condução com a integração da direção elétrica com os controles de tração e estabilidade, que agora inclui também vetoração de torque em curvas e um novo sistema de tração AWD com 40% mais de força nas rodas traseiras e melhor distribuição de torque entre as rodas.

Além disso, o Honda CR-V 2019 finalmente traz um motor turbinado, mas nada de VTEC. Agora é VTC, um motor de construção tradicional com duplo comando de válvulas variável ao invés do comando único já conhecido. O pequeno 1.5 VTC Turbo é Earth Dream, ou seja, vem também com injeção direta de combustível. Assim, ele oferece 190 cavalos e 24,5 kgfm, este entregue de 2.000 a 5.000 rpm. Para trabalhar com ele, câmbio CVT com simulação de sete marchas, mais modo Sport e Econ, além de paddle shifts.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Impressões visuais

O Honda CR-V 2019 ficou bem mais sofisticado visualmente, além de que agora apresenta uma carroceria mais encorpada e aparentemente mais robusta. A frente é                                                                                                           bem mais expressiva, ainda mais por causa dos faróis full LED com luzes diurnas dotadas de diodos emissores de luz. De olhos complexos, o SUV realça o diferencial em relação ao anterior com uma adição à grade, que liga as ópticas. O para-choque tem ainda faróis de neblina em LED e uma proteção preta que envolve toda a base do modelo.

As colunas D continuam destacadas como na geração anterior, mas agora de forma mais suave. Já as lanternas saltam para as extremidades e apresentam um formato em “L” entre as colunas e a tampa do bagageiro. O visual corresponde ao que se vê na frente, um estilo mais agressivo, pouco amigável até. Mas é assim que o Honda CR-V 2019 quer conquistar mais clientes. Com traseira bem elevada e para-choque com duas saídas de escape, o SUV ganhou um toque de esportividade. Porém, ele engana bem visualmente, parecendo menor em comprimento e com uma vigia traseira achatada, um belo golpe de vista quando se vê por trás.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Enquanto a tampa do bagageiro é elétrica para abrir e fechar, o teto solar é apenas de tamanho padrão. Os retrovisores também não chamam atenção, embora tenham rebatimento elétrico e repetidores de direção. Sentimos falta de um desembaçador. As rodas de liga leve tem um aspecto esportivo e atendem bem à proposta de estilo do carro. Antes de entrar, o dono agora pode liga-lo à distância na chave, um recurso interessante em dias de sol forte ou inverno rigoroso.

Por dentro, o Honda CR-V 2019 apresenta um ambiente mais requintado com imitação de madeira mais convincente e forração em couro em bancos, portas e parte do painel. Materiais macios nas portas e no conjunto frontal estão presentes também. A instrumentação análoga-digital não impressiona, mas traz o que é preciso e algo a mais: animação com a distrição de torque nas rodas. A multimídia é diferente daquela do Fit, mas também vem com Android Auto (com Waze) e Car Play, bem como câmera de ré e GPS nativo com imagens de faixas.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

O LaneWatch é aquela câmera lateral (no retrovisor) que permite ver se há um carro no lado direito do veículo. Liga com as setas ou pode ficar direto. O Honda CR-V 2019 ainda possui comandos de climatização na tela da multimídia, além da base elevada para alavanca com Econ, freio de estacionamento eletrônico e Brake Hold. O botão de partida é vermelho e o volante agora tem ajuste do HUD. Sim, este visor pode ter mais ou menos informação adicionada pelo volante, mas possui ajustes e ativação perto do controle de estabilidade.

Ponto mesmo é para o arranjo central de apoio de braço e três posições de uma capa-suporte, que esconde duas entradas USB e uma HDMI, além de auxiliar. Há mais duas USB para o banco traseiro, mas são para recarga e com 2,5 amperes. As demais tem 1 e 1,5 ampere, mas conectam ao dispositivo de entretenimento do Honda CR-V 2019. Agora, os bancos dianteiros tem ajustes elétricos com lombar e o do motorista vem com duas memórias, bem como três tonalidades, dependendo da cor: Marfim, Cinza e Preto. Interessante também é o porta-óculos com espelho convexo para se observar quem está no banco traseiro.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Impressões ao dirigir

São Paulo-SP – O Honda CR-V 2019 foi testado em um trecho com muita estrada e também trânsito urbano pesado, inclusive sob forte chuva. Nesse primeiro contato, o SUV se mostrou um carro muito comportado, mas não em performance, em conforto mesmo. Com bom nível de ruído interno, graças também ao cancelamento de ruído através dos alto-falantes, o utilitário esportivo está mais na mão. A direção elétrica é mais direta, leve e progressiva.

Já a suspensão ficou mais macia, mas não mole demais para comprometer a estabilidade. Pelo contrário, o conjunto filtra muito bem as imperfeições e também ondulações do asfalto, especialmente em curvas. Nestas, o Honda CR-V 2019 também cumpre a tarefa de contorna-las de forma segura e confortável.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Suave ao rodar, o SUV médio tem freios bem capazes. A posição de dirigir é correta e agora há memória para mais de um. Sob chuva forte, houve embaçamento dos espelhos externos, mas o LaneWatch ajudou em um dos lados. O sistema de som é bom também, mas o recurso do espelho convexo no porta-óculos ajuda a manter as crianças sob vigilância… Falando em família, o porta-malas grande não provoca uma tendência de saída de traseira, visto que o modelo está mais equilibrado agora.

E então, anda ou não? Quando se tem um câmbio CVT na mão, a primeira ideia é a de que ele não vai andar tanto assim. No entanto, o 1.5 VTC Turbo se ajustou muito bem à transmissão continuamente variável e o resultado não é bom, é muito bom! Mesmo que a relação correias x polias sempre apresente um deslizamento característico, com o novo motor turbinado, há uma compensação enorme, que faz com que o giro suba até a casa de 6.000 rpm sem demora.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

E isso com resposta direto no asfalto, ainda mais com o AWD adaptativo. O motor reage muito rapidamente e tem disposição para vender. Rodando na estrada, a 110 km/h, ele fica a apenas 1.800 rpm, bom para consumo e ruído. No modo Sport, ele se transforma e tende a se aproximar muito da faixa vermelha.

Mesmo com 1.607 kg, o Honda CR-V 2019 é empurrado com desenvoltura, fazendo ultrapassagens sem muito esforço. O legal, porém, é o modo manual nos paddle shifts, que seguram a marcha escolhida até 6,5 mil rpm. Até aí, os 190 cavalos sobram no cofre do SUV e assim pode-se explorar mais esse novo propulsor. Apesar da agilidade e performance do 1.5 VTC Turbo, o modelo tem proposta para conforto e economia, tendo uma condução linear com o CVT.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

A tração nas quatro rodas age de forma igualmente suave e perceptível apenas pelo display no cluster com a animação do AWD. O controle dinâmico é muito bom. O HUD é bem funcional e ajuda bastante na hora de manter a atenção na estrada. A visibilidade geral é boa. De certa forma, o Honda CR-V 2019 mescla bem essa pegada esportiva com conforto e sofisticação.

Não se trata de um carro de luxo e essa nem é sua pretensão, mas já sabemos que num ponto ele derrota os luxuosos: pouca desvalorização. No geral, melhorou bastante, mas ainda não é a opção mais completa que existe. Faltou o Honda Sensing com piloto automático adaptativo ou leitor de faixas, por exemplo. Bom, a Honda estuda traze-lo, mas isto vai depender dos clientes.

Honda CR-V 2019 – Galeria de fotos

Evento a convite da Honda.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir
Nota média 5 de 1 votos

  • Matthew

    Essa lanterna traseira que combina elementos verticais e horizontais numa única peça ficou muito estranha. Tinham que ter escolhido um caminho ou outro. Na dúvida jogaram os dois. Apesar de ser um baita Carro (com “C” maiúsculo), o preço está completamente fora da realidade, mesmo para os padrões sem noção do mercado brasileiro. Definitivamente Honda virou marca de luxo da banânia. A própria estimativa de 500 unidades vendidas por ano denota que eles não têm a pretensão de “popularizar” o modelo. De qualquer forma, tem louco pra tudo. Acho que terão bastante facilidade pra vender o que for importado e não duvido que as concessionárias cobrem ágio nele.

    Uma fonte de preocupação é o motor monocombustível em tempos que o governo discute tornar a nossa “gasolina” num rabo de galo compulsório na próxima década.

  • José

    A Honda não tem vergonha na cara! Esse carro na versão top de linha nos EUA, inclusive com os assistentes de direção ao motorista (que não tem pro br) custa pouco abaixo dos 36k! Já o Equinox exatamente igual ao que vem pro Brasil lá custa entre 39-41k!

    • Fanjos

      Se tem gente que acha que esse carro é superior a GM pq Honda é carro “se luxo” .. Então a Honda pode cobrar o que quiser.
      Aqui no a Huezil o pessoal acha que Toyota e Honda são Lexus e Acura para estar acima das concorrentes, mesmo oferecendo menos por mais ou igual por muito mais

      • Luciano RC

        Pior que tem essa visão mesmo.. cheguei de Tracker em casa e um vizinho fala: Puxa, trocar um Honda por Chevrolet é complicado hein.

        • REDDINGTON

          kkkkkkkkkk

        • Unknown

          Deixa ele achar o que quiser e curta o seu carro!

          • Luciano RC

            Estou curtindo… gostei demais do carro. Alguns itens sem necessidade, mas o carro vale a pena.

            • Unknown

              Parabéns pela aquisição.

              • Luciano RC

                Obrigado

            • Marcelo Cordeiro

              E como está o consumo da Tracker?

              • Luciano RC

                Passei o fds todo passeando com ela e posso falar: bebe mais que a HR-V, mas anda mais. Na vdd, a Chevrolet acertou o carro mais para desempenho do que economia, o que pode frustar alguns.
                Na cidade, tem feito média de 9km/l e na rodovia uma média de 14,5km/l. Tudo isso com gasolina comum.

                Porém, ela acelera demais…. é pisar fundo que o cambio baixa marchas e o carro fica um foguete. O motor turbo é maravilhoso e o cambio foi todo reprogramado (nada lembra o AT6 do meu Cruze 1.8).

                • Marcelo Cordeiro

                  Eu só acho este consumo exagerado demais para um carro que tem, inclusive, start/stop. Imagina se não tivesse ou se o dispositivo não fosse intrusivo como a maioria dos modelos que permitem seu desligamento? Espero que você tenha escolhido o modelo sabendo do consumo. Eu gosto da Tracker, só não curto este consumo, bem como a ausência de itens obrigatórios para a faixa de preço em que atua, como, por exemplo, ar condicionado digital. Mas todo modelo tem prós e contras. Felicidades com sua Tracker.

                  • Luciano RC

                    A minha HR-V é bem mais econômica. Cada uma tem sua característica.

                    Eu não estou usando o Start/Stop, estou parando com distancia e fico soltando o freio e me aproximando do carro da frente. Ele atua raras as vezes e a noite quando está mais frio. De dia, o ar ligado eu não deixo ele atuar. Achei muito ruim porque parece não ter um sensor… o ar começa a vir quente e nada do carro ligar para refrigerar.

                    Ela tem uma dinâmica bem legal… curti o conforto e a tecnologia dele. Falta uns detalhes, mas outros impressionam.

        • Luis Carlos Saccon

          Acredito que seu vizinho quis dizer na palavra “complicado” , que o maior problema seu agora em diante , vai ser o pós venda …. e , a bem da verdade , já tive carros de quase todas as montadoras nacionais ( Fiat , Chevrolet ,Toyota , Nissan, Honda ) , e posso te afirmar que seu vizinho , se for mesmo isso o que ele quis te transmitir , tem uma certa lógica ….. não tenho nenhuma reclamação da Honda , nem da Toyota , nem da Nissan , mas das outras quero distância …. agora que o Tracker é um grande carro , sem dúvida que é ….

          • Marcos Porto

            A verdade é que pós venda boa é aquela em que você conhece o chefe da oficina, e os demais trabalhadores do setor de revisões da ccs. É claro que um pós venda é importante, mas conhecer os atalhos sempre é importante! Tive carros da FIAT desde que me lembro e nunca passei raiva em pós venda!
            Depois disso, troquei por um corolla XEi em 2011, caramba paguei R$ 74K nele, nem sei quanto custa um hoje. E confesso que preferia o atendimento da FIAT! Era muito mais legal!
            Mas decidi não mais ficar nessa minha agonia de ter um carro zero (maior que 100K), pois um com o valor do IPVA aqui em MG, eu pago praticamente o ano letivo do meu filho na escola; isso sim é importante!

            • Geraldo Xavier

              O máximo que fiz nos carros que tive foi a primeira revisão. Fui sempre bem atendido no css gm aqui do rj. Mesmo quando levei o carro pra recall não tive nada a reclamar. Pelo contrário acompanhei ao lado do carro todos os serviços com os mecânicos sempre explicando e conversando normalmente comigo e com os outros donos de carro. Tive um fit que além de parecer a bateria da mangueira de tanto barulho interno quando fiz revisão não deixaram eu acompanhar o serviço.

            • Marco

              Realmente, sou belorizontino mas tenho que admitir: eita Estadozinho que gosta de cobrar um imposto alto viu. Em tudo, IPVA, IPTU e por aí vai… os comerciantes que o digam…

          • Luciano RC

            Tenho um Honda em casa e pensei muito nisso quando fui comprar o Tracker. Se tiver o mesmo atendimento que tenho com a HR-V, a Chevrolet estará de parabéns.

      • Zeca Piroto 🤘🔥

        velho… essa frente ficou parecendo um EcoSport Bombado… ixi… e por esse preço… compro Compass a Diesel, pode ter menos coisas, mas sobra dinheiro economia e desempenho, também.

    • edgar__rj

      Mas agora o CR-V tem HUD…
      O carro ficaria muito bonito se não tivesse uma briga dos designers da lanterna traseira kkkkk parece que dois designers diferentes botaram um pedaco do seu projeto ali kkkk
      R$ 180.000,00 , sem palavras meritismeri…

      • ObservadorCWB

        HUD HUD…HURRA….!!!!! Como disse antes a lanterna é lindona na posição Verticadeitalizada…..kkkk

    • Pedro Henrique

      o preço sempre depende de quanto o consumidor acha que vale
      o carro pode custar 5 mil nos eua, chegar aqui se o consumidor acha que ele vale uma fortuna, então ele vai valer.
      montadora não trabalha ali por caridade.

    • Miguel

      A estratégia da Honda é sempre oferecer menos por mais… Gananciosos!
      Ficou bonito, mas aquele console central e a parte onde fica o câmbio são horríveis! Quem fez aquilo? Pra mim acabou ali…

  • 1 Raul

    Gostaria de ver essa matéria :

    Honda CR-V 2019: Impressões ao sair 180.000 reais da minha conta..

    • Luciano RC

      Olha… minha mulher iria adorar esse carro. Mas se souber que custa 180 mil reais, eu durmo 2 meses na garagem. KKKKK

    • Vinicius Lima Santos

      “Logo que saí da concessionaria, comecei a chorar. Com mais ou menos 2 semanas, eu estava em depressão…”

    • NYC_Man

      Pior que eu tenho um amigo que mora em Curitiba que faz isso fielmente a cada nova versão do CRV.
      O dinheiro é dele e faz o que quiser eu sei mas…
      Bom sei lá

  • JCosta

    É um bom carro, mas não vale nem o que custa o HR-V Touring.

  • Léo Dalzochio

    Em meio à moda de rodonas com pneus perfil fita-isolante, gostei de ver um pneu perfil 60.

    • Freaky Boss

      eu também. MUITO mais apropriado para nossas ruas.

      • Fernando Rodrigues

        Pensei que era só eu que achava isso. Temos uma tracker com aro 18″ e perfil 55 ai fico imaginando o quanto esse carro poderia ser mais confortável e macio com aro 16 ou 17 e um perfil 60 ou 65 pelo menos aqui em Aracaju que, de tanto buraco, já apelidaram de BURAcaju.

  • Igor Guimasi

    A lanterna traseira sofre de um sério problema de identidade. Não sabe se fica na vertical, na horizontal, no alto, embaixo, na lateral…

  • Rubem

    nesse preço compro um compass diesel, muito mais harmonioso e completo e ainda sobra troco para comprar um popular pelado

    • REDDINGTON

      A CRV tá cara??? SIM…Mas faz assim… Vai no site da Jeep, monta a Compass diesel COMPLETA como vc falou e me fala se sobra uns 10 reais ao menos…vai na fé.

      • Matheus

        Ele não disse que iria comprar a Compass diesel COMPLETA, e sim que é mais completa que a CR-V

        • REDDINGTON

          Não é não…mesmo assim ele está mal informado, a diesel de entrada só apresenta air bag´s duplos…

      • ObservadorCWB

        Mas daí o Compass virá com mais itens.

        • REDDINGTON

          Oferece o teto maior, o park assist e o que seria o Honda Sensing, mas o preço se equipara, lembrando que por dentro e porta-malas o Compass tem menos espaço que a atual CRV já. Ele focou no preço e é igual.

          • ObservadorCWB

            Erro seu. Ele focou no que realmente FAZ A DIFERENÇA….a Compass pode ser DIESEL neste preço. A CRV anda com mijolina.

            • REDDINGTON

              Faz a diferença pra VC NÃO PRA MIM. UM carro diesel com 2 air bags ou um gasolina turbo com 6???

              • ObservadorCWB

                Para alguns hoje o que serve é um diesel SEM AIR BAG = TROLLER. Para outros ficam no OU / OU. Fica uma dica: Não se contente com pouco. Porque não juntar diesel + quantos Air Bags quiser ? Só apontei seu erro de interpretação, pois o foco da resposta foi o combustível. Se tem bolsas a mais, HUD, etc e tals não foi o ponto principal. Mas encerro por aqui.

                • REDDINGTON

                  Então AGORA vc me entendeu!!! Um vai escolher a CRV top pelos 180 mil. Outros vão preferir a Compass diesel de entrada ou mesmo a top pelos mesmos 180 mil e perder no espaço interno e porta malas… SÃO ESCOLHAS, NECESSIDADES. Vejo MUITOS especialistas aqui (que NÃO foi o seu caso, já adianto) defenderem com unhas e dentes a Compass diesel, um carro que depois do lançamento já AUMENTOU 20%!!! A CRV está cara??? LÓGICO, ÓBVIO que está…MAS a Compass também não está de graça né. Abrçs!

                  • Hiboria

                    Estou com o site da Jeep aberto, a versão Limited Diesel R$ 164.490, Air bags dianteiros, de cortina e laterais.
                    Lembrando, motor DIESEL TURBO, cambio 9 marchas.
                    Não sei se o CR-v tem, controle de estabilidade para trailer mopar, sistema anti capotamento, lembrando o modo de tração inteligente da jeep para 4 modos com controle de descida, monitoramento de pressão dos pneus.
                    Meu pai comprou um, na pista está fazendo 17km/l, anda muito bem, não está solto ainda, pois consta somente com 5 mil km rodados.
                    Eu particularmente optaria pelo Longitude, menos equipado, porém me atenderia muito bem por R$ 146.490.

                    • REDDINGTON

                      Eu disse a de ENTRADA, ou seja, é diesel mas vem com 2 air bags certo…a Longitude que vc citou é essa mesmo! Na CRV vc não escolhe o modo de tração, nem aqui nem nos Estados Unidos, até por que a capacidade off-road do Compass não pode ser comparado com a CRV, o Compass “sobe em árvore” na versão diesel, mesmo que comparar com Land Rover, Mitsubishi, são carros pra off-road, a CRV não, óbvio que não foi feita pra isso. Pressão dos pneus tem sim. O resto que vc citou acho que não tem não.

                    • Hiboria

                      Mas REDDINGTON, acho que o foco é esse, um carro mais barato, bastante mais barato e mais versátil. Não compensa esse CRV.
                      A Honda realmente viajou no preço, mas ela está tentando puxar o mercado para cima, tentando mostrar aos concorrentes que cabe aumento de preço e ainda haverá compradores.
                      Hoje fico babando em um Compass Longitude diesel, pelo consumo, resistência e conforto que vivenciei, até a segurança dele é boa, levando em consideração o mercado brasileiro,mas não tenho condições $$$$.
                      O CRV é um baita carro, mas ficou sem custo benefício, se fosse uns 30k a menos seria um sério player, mas aí venderia mais do que a honda deseja, o que ela quer mesmo e vender compacto que a margem fica melhor.

                    • REDDINGTON

                      Cara tenho uma CRV 2015 vinho…AMO o carro. Compraria a nova??? NÃO!! Amo mais o meu dinheiro kkkk. A Honda é uma marca forte, pós-venda de qualidade, desvalorização baixa ok. Mas tem errado a mão no preço dos carros. Errou no Civic, hoje não vende nada. O Fit caiu nas vendas, ela lançou o novo e “só aumentou” 1 mil reais. Achei que ela iria pensar melhor com a CRV e não ia arrebentar no preço…ela faz isso. Até 160 mil completa estava na média, mas 180 mil não vale, mesmo sendo um excelente carro. É o que vc disse ela quer vender compactos e melhorar a margem. A pergunta é: Até quando dará certo?? Igual o Civic. Vende pouco, aumenta o preço, ganha mais em cada unidade vendida. Um dia a bolha estoura, óbvio que não se sustenta né.

                    • Hiboria

                      Perfect.

                    • Luis LC

                      Compass sobe em arvores????? É um crossover, vai bem até as rodas patinarem demais, dai em diante….melhor optar pelo LR e Mit

                    • REDDINGTON

                      SE comparada com a CRV! NUNCA vai ter o pedigree de uma Mit ou Land Rover, outros Jeep sim, o Compass não.

                    • Luis LC

                      Ahhhh, entendi que havia comparado o Compass com os LR, ok

                    • GPE

                      Ai vc paga o opcional dos airbags extras, fica com 6 e um carro mais barato. Qual a dificuldade?

                    • REDDINGTON

                      Com o kit Pack Safety que a Jeep criou agora ficou mais fácil, antes se vc quisesse os 6 air bags só na versão TOP que custa SÓ 180 mil reais…

                    • GPE

                      Sempre teve os airbags extras como opcional. SEMPRE

                    • Tadeu Menegardo

                      Realmente, montei um Compass Longitude, com teto, com todos os arbags, mais alguns itens que não servem para o Brasil e ficou em R$166.170,00, e é a diesel e turbo. Acho que a Honda ta viajando na maionese.

                  • Ernesto

                    Creio que ele não tenha entendido, REDDINGTON. Esse cara é um hater de Honda, então será muito difícil ele entender o seu ponto de vista.

                    • REDDINGTON

                      Trágico, trágico!!!

              • Rafael

                Calma, compra a jeep com o pack 6 airbags por 3 mil e poucos reais. pronto.

                • REDDINGTON

                  Foi o que eu disse, HOJE tem essa opção, antes vc só conseguia na top por módicos 180 mil…

    • Luis LC

      Se precisar de espaço para família grande em viagem sua estratégia falhou

  • Igor Guimasi

    A lanterna estilo “pinça de caranguejo” sofre de um sério problema de identidade. Não sabe se fica na vertical, na horizontal, no alto, embaixo, na lateral…

    • ObservadorCWB

      Só para você não ficou óbvio. Trata-se de uma lanterna VERTICALDEITALIZADA. Anote aí…..será padrão daqui para frente..kkkk

  • essa traseira é uma ofensa

  • Contador

    Gostei dos Bancos!

  • Tochio

    Essa traseira é de um mau gosto sem tamanho !!

  • No_Name

    De que adianta “pouca desvalorização” se custa muito mais que os concorrentes diretos… No fim das contas dá na mesma. Mas esse CRV venderá sim, pois a “aura” da Honda fala mais alto no mercado BR.

    • Luciano RC

      Pior que essa desvaloriza legal… porque vende pouco e poucas pessoas se interessam em pagar caro nesse modelo.

      • REDDINGTON

        Depende…se vc analisar IX 35, RAV 4 e comparar com a CRV a desvalorização da CRV é mínima…se vc comparar com X1, Q3 do mesmo ano…ai o tombo fica maior ainda.

        • Luciano RC

          Nesses casos sim, mas esses não são concorrentes dele. Olha a desvalorização do Compass e perceba que infelizmente a Honda errou em preço.

          • REDDINGTON

            A Honda errou e MUITO no preço. Mas esses concorrentes que citei não é a nova CRV é essa “atual” aquela que ainda está no site.

    • NYC_Man

      Essa conclusão poucos chegam.
      Vai entender.

  • Luis LC

    Independente de preço gostei do painel, interior de maneira geral, muito bem resolvido.

    • Luciano RC

      Nisso a Honda é boa… interior dos seus modelos estão todos lindos. O problema mesmo é quanto cobra por isso.

      • Luis LC

        concordo, não justifica os preços

    • NYC_Man

      A própósito, vc tem um Suzuki?
      Se sim qual modelo?

  • Freaky Boss

    4,59 m de comprimento. Se for isso mesmo, nada mal…Menor que um sedã como o corolla e o jetta.

  • Freaky Boss

    Gostaria de ver um comparativo entre esse CRV e o equinox AWD.
    E se esse carro custasse uns R$ 150mil diria que ia vender bem. Por esse preço não sei não.

    • Lucas

      O problema e que o modelo anterior com motor aspirado e beberrão já custava 150 mil em 2015!

  • oloko

    Esse modelo da crv tinha que custar o que custava o modelo antigo, porque finalmente veio com um pacote de itens e motor decentes

  • CanalhaRS

    Agora entendi o porque do preço absurdo, o carro evoluiu muito, perdeu 1,5Kg…parabéns Honda!!!
    Seria o carro perfeito para roubar mercado do Compass, mas a marca é olho grande demais para isso.

    • Luis LC

      hahahaha, também me chamou a atenção esse detalhe mas o carro cresceu, foram maiores as perdas

  • Luciano RC

    Linda… muito eficiente… mas por esse preço, a concorrência é melhor. 5008, Compass Limited Diesel, Equinox e até mesmo o Sportage e New Tucson. Honda ficou louca viu.

    • Luis LC

      Acho que na concorrência em tamanho só sobram 5008 e Equinox não?

      • ObservadorCWB

        Pelo preço até o Hyundai Santa Fé entra na dança.

        • Luis LC

          A Honda subiu um patamar com o CR-V, preço bem alto, entrou em briga de cachorro grande

  • Alexandre TRE

    Como proprietário de uma CRV e já tive duas. Estava aguardando faz tempo o novo modelo, mas…..Adeus Honda com esse preço quando for trocar a minha não vou nem passar perto do concessionário. Hoje tenho mais opções

  • GrandeMacBurger

    essa traseira é de chorar sangue. Escolheria o compass

  • Freaky Boss

    Preço à parte, esse carro tem o que eu gostaria num SUV: AWD, motor turbo e bom câmbio (leia-se ótima dirigibilidade e baixo consumo), e bom pacote de segurança.
    E pela fama da Honda no Brasil, gostem ou não disso, esse carro vai desvalorizar pouco. Vai “valer ouro” usado.

  • Unknown

    Dianteira bonita e traseira feia. Custo-benefício muito ruim, apesar de ser um excelente veículo!

  • Fernando W

    Que horror! A dianteira até achei ”ok”, mas essa traseira… Terrível!

  • Vitor Santos

    Troco pelo peugeot 3008

  • pedro

    O NA faz umas avaliações muito amadoras. Não tem sequer um 0 a 100, para entender como o carro é de torque efetivo, e nem teste de consumo.

  • Natán Barreto

    Pareceu publi-post. O carro não tem defeito nenhum? Não comentaram direito nem sobre esse preço absurdo de quase 200 mil reais.

  • Felipe Meyer

    Tem q ser mt idiota pra comprar isso, com esse valor da pra levar um Touareg usado ou mesmo um Audi Q5…

  • Sigi Vilares

    R$ 180 mil? To fora!!

  • Abdallah

    Sempre achei esse carro muito bonito, mas pelo valor eu levaria a equinox sem pensar.

  • Romualdo Vieira

    Não vale!

  • Wanderson Perin

    Eu gostaria que o mercado brasileiro fosse diferente…eu preciso de um carro de sete lugares para minha familia, porem esta tudo tão caro…e os diponiveis sao tao feios…spin…lavina…tal tal… Nos mercador mais maduros as pessoas compram carros para suprir necessidades…não apenas para prazer ou ostentação… aqui parece ser tudo invertido…um carro desse enorme…gigante…e ainda continua sendo um carro de 5 lugares…caro pra caramba…sei la….Mas sim ficou bonito…mas eu ainda gosto mais das CRV de 2011 pra traz…onde tinha o tunel central dianteiro livre…maior sensacao de espaco.

  • eduardo_

    o console central do cambio me lembrou os consoles dos porsches, quem nao tem grana pra comprar um porsche, vai de honda CR-V que da pra imaginar vagamente :-)

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email