*Destaque *Featured Honda Lançamentos SUVs Test Drive

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

O Honda CRV 2019 já está entre nós. O SUV de porte médio da marca japonesa deixou de ser importado do México e agora vem dos EUA, onde é feito em Greensburg, Indiana. Com preço sugerido de R$ 179.900, o modelo agora parte para uma nova fase, com volume menor, estimado em 500 unidades para 2018, mas com um nível de conforto e sofisticação maiores. Assim, ele agora só está disponível na versão Touring, mais refinada que a antiga EX-L.


A proposta da Honda agora é oferecer um produto mais completo e luxuoso, diferentemente da geração anterior, que buscava bater de frente com os SUVs médios com preços mais competitivos. De fato, o CR-V 2019 deu um salto enorme de preço, abrindo uma lacuna enorme entre ele e o HR-V Touring, que custa R$ 107.900. Infelizmente não há previsão de versão mais em conta e nem de um modelo novo para servir de intermediário.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Feito sobre uma nova plataforma, que compartilha elementos com a décima geração do Civic e Insight, assim como do atual Accord, o Honda CR-V 2019 chega com um porte maior, medindo 4,59 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,66 m de altura e 2,66 m de entre-eixos, entregando agora um porta-malas de 522 litros até o teto ou 1.084 litros com o banco traseiro rebatido. Pode-se abri-lo apenas com o pé.


Com mais aços de alta e ultra resistência, o Honda CR-V 2019 ficou mais rígido e cortou 1,5 kg de peso com a nova arquitetura, que traz um novo revestimento acústico, sistema de cancelamento de ruído e melhoria na condução com a integração da direção elétrica com os controles de tração e estabilidade, que agora inclui também vetoração de torque em curvas e um novo sistema de tração AWD com 40% mais de força nas rodas traseiras e melhor distribuição de torque entre as rodas.

Além disso, o Honda CR-V 2019 finalmente traz um motor turbinado, mas nada de VTEC. Agora é VTC, um motor de construção tradicional com duplo comando de válvulas variável ao invés do comando único já conhecido. O pequeno 1.5 VTC Turbo é Earth Dream, ou seja, vem também com injeção direta de combustível. Assim, ele oferece 190 cavalos e 24,5 kgfm, este entregue de 2.000 a 5.000 rpm. Para trabalhar com ele, câmbio CVT com simulação de sete marchas, mais modo Sport e Econ, além de paddle shifts.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Impressões visuais

O Honda CR-V 2019 ficou bem mais sofisticado visualmente, além de que agora apresenta uma carroceria mais encorpada e aparentemente mais robusta. A frente é                                                                                                           bem mais expressiva, ainda mais por causa dos faróis full LED com luzes diurnas dotadas de diodos emissores de luz. De olhos complexos, o SUV realça o diferencial em relação ao anterior com uma adição à grade, que liga as ópticas. O para-choque tem ainda faróis de neblina em LED e uma proteção preta que envolve toda a base do modelo.

As colunas D continuam destacadas como na geração anterior, mas agora de forma mais suave. Já as lanternas saltam para as extremidades e apresentam um formato em “L” entre as colunas e a tampa do bagageiro. O visual corresponde ao que se vê na frente, um estilo mais agressivo, pouco amigável até. Mas é assim que o Honda CR-V 2019 quer conquistar mais clientes. Com traseira bem elevada e para-choque com duas saídas de escape, o SUV ganhou um toque de esportividade. Porém, ele engana bem visualmente, parecendo menor em comprimento e com uma vigia traseira achatada, um belo golpe de vista quando se vê por trás.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Enquanto a tampa do bagageiro é elétrica para abrir e fechar, o teto solar é apenas de tamanho padrão. Os retrovisores também não chamam atenção, embora tenham rebatimento elétrico e repetidores de direção. Sentimos falta de um desembaçador. As rodas de liga leve tem um aspecto esportivo e atendem bem à proposta de estilo do carro. Antes de entrar, o dono agora pode liga-lo à distância na chave, um recurso interessante em dias de sol forte ou inverno rigoroso.

Por dentro, o Honda CR-V 2019 apresenta um ambiente mais requintado com imitação de madeira mais convincente e forração em couro em bancos, portas e parte do painel. Materiais macios nas portas e no conjunto frontal estão presentes também. A instrumentação análoga-digital não impressiona, mas traz o que é preciso e algo a mais: animação com a distrição de torque nas rodas. A multimídia é diferente daquela do Fit, mas também vem com Android Auto (com Waze) e Car Play, bem como câmera de ré e GPS nativo com imagens de faixas.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

O LaneWatch é aquela câmera lateral (no retrovisor) que permite ver se há um carro no lado direito do veículo. Liga com as setas ou pode ficar direto. O Honda CR-V 2019 ainda possui comandos de climatização na tela da multimídia, além da base elevada para alavanca com Econ, freio de estacionamento eletrônico e Brake Hold. O botão de partida é vermelho e o volante agora tem ajuste do HUD. Sim, este visor pode ter mais ou menos informação adicionada pelo volante, mas possui ajustes e ativação perto do controle de estabilidade.

Ponto mesmo é para o arranjo central de apoio de braço e três posições de uma capa-suporte, que esconde duas entradas USB e uma HDMI, além de auxiliar. Há mais duas USB para o banco traseiro, mas são para recarga e com 2,5 amperes. As demais tem 1 e 1,5 ampere, mas conectam ao dispositivo de entretenimento do Honda CR-V 2019. Agora, os bancos dianteiros tem ajustes elétricos com lombar e o do motorista vem com duas memórias, bem como três tonalidades, dependendo da cor: Marfim, Cinza e Preto. Interessante também é o porta-óculos com espelho convexo para se observar quem está no banco traseiro.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Impressões ao dirigir

São Paulo-SP – O Honda CR-V 2019 foi testado em um trecho com muita estrada e também trânsito urbano pesado, inclusive sob forte chuva. Nesse primeiro contato, o SUV se mostrou um carro muito comportado, mas não em performance, em conforto mesmo. Com bom nível de ruído interno, graças também ao cancelamento de ruído através dos alto-falantes, o utilitário esportivo está mais na mão. A direção elétrica é mais direta, leve e progressiva.

Já a suspensão ficou mais macia, mas não mole demais para comprometer a estabilidade. Pelo contrário, o conjunto filtra muito bem as imperfeições e também ondulações do asfalto, especialmente em curvas. Nestas, o Honda CR-V 2019 também cumpre a tarefa de contorna-las de forma segura e confortável.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

Suave ao rodar, o SUV médio tem freios bem capazes. A posição de dirigir é correta e agora há memória para mais de um. Sob chuva forte, houve embaçamento dos espelhos externos, mas o LaneWatch ajudou em um dos lados. O sistema de som é bom também, mas o recurso do espelho convexo no porta-óculos ajuda a manter as crianças sob vigilância… Falando em família, o porta-malas grande não provoca uma tendência de saída de traseira, visto que o modelo está mais equilibrado agora.

E então, anda ou não? Quando se tem um câmbio CVT na mão, a primeira ideia é a de que ele não vai andar tanto assim. No entanto, o 1.5 VTC Turbo se ajustou muito bem à transmissão continuamente variável e o resultado não é bom, é muito bom! Mesmo que a relação correias x polias sempre apresente um deslizamento característico, com o novo motor turbinado, há uma compensação enorme, que faz com que o giro suba até a casa de 6.000 rpm sem demora.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

E isso com resposta direto no asfalto, ainda mais com o AWD adaptativo. O motor reage muito rapidamente e tem disposição para vender. Rodando na estrada, a 110 km/h, ele fica a apenas 1.800 rpm, bom para consumo e ruído. No modo Sport, ele se transforma e tende a se aproximar muito da faixa vermelha.

Mesmo com 1.607 kg, o Honda CR-V 2019 é empurrado com desenvoltura, fazendo ultrapassagens sem muito esforço. O legal, porém, é o modo manual nos paddle shifts, que seguram a marcha escolhida até 6,5 mil rpm. Até aí, os 190 cavalos sobram no cofre do SUV e assim pode-se explorar mais esse novo propulsor. Apesar da agilidade e performance do 1.5 VTC Turbo, o modelo tem proposta para conforto e economia, tendo uma condução linear com o CVT.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir

A tração nas quatro rodas age de forma igualmente suave e perceptível apenas pelo display no cluster com a animação do AWD. O controle dinâmico é muito bom. O HUD é bem funcional e ajuda bastante na hora de manter a atenção na estrada. A visibilidade geral é boa. De certa forma, o Honda CR-V 2019 mescla bem essa pegada esportiva com conforto e sofisticação.

Não se trata de um carro de luxo e essa nem é sua pretensão, mas já sabemos que num ponto ele derrota os luxuosos: pouca desvalorização. No geral, melhorou bastante, mas ainda não é a opção mais completa que existe. Faltou o Honda Sensing com piloto automático adaptativo ou leitor de faixas, por exemplo. Bom, a Honda estuda traze-lo, mas isto vai depender dos clientes.

Honda CR-V 2019 – Galeria de fotos

Evento a convite da Honda.

Honda CR-V 2019: Impressões ao dirigir
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email