China Honda Sedãs Segredos-Flagras

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord

Parece que o estilo do Novo Accord está ganhando força dentro do portfólio global da Honda. Após o Insight, que é derivado direto do Civic, mas com propulsão híbrida, o visual com a frente truncada do sedã grande, vendido nos EUA, foi adicionado ao sedã compacto barato Amaze, que passou a a dispor de aparência semelhante.


Agora mais um entra na lista, o Crider. O sedã compacto “grande” da Guangqi-Honda (negócio que envolve a empresa GAC) é uma criação local feita sobre o City, ficando este muito maior e com entre-eixos de 2,65 m. Em flagrante recente, o modelo foi visto com a frente bem chapada, uma característica conhecida do Accord e dos modelos citados acima, exceto o Civic.

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord

Chama atenção o tamanho dos faróis, que parecem ter prolongamentos sobre os para-lamas. A grade fica bem evidente com a barra cromada na parte superior, sustentando o logotipo da marca. O para-choque também é mais robusto e pouco envolvente. Por conta do desenho da carroceria e das portas, podemos estar observando como será a próxima geração do City. Foram introduzidas vigias laterais no desenho.


O Crider assumirá um estilo também mais próximo de um fastback, como visto no Accord e Insight, transmitindo mais fluidez visual. O teto é mais curvado e as colunas C são bem inclinadas sobre a tampa do porta-malas. O layout das portas é muito diferente daquele usado pelos City e Crider atuais. As lanternas também são uma releitura do conjunto oferecido no sedã executivo.

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord

Por ora, o próximo Crider não tem medidas reveladas, lembrando que o sedã tem 4,65 m de comprimento, 1,75 m de largura e 1,50 m de altura. Desenvolvido para atender o consumidor chinês, que exige maior espaço na parte traseira, o sedã da Honda deverá ser oferecido com motores 1.0 VTC Turbo de 130 cavalos ou 1.5 VTC Turbo com 150 cavalos, além do 1.8 de 140 cavalos usado atualmente, segundo fontes chinesas. O câmbio CVT é opção obrigatória para o modelo.

Mas, será assim o próximo Honda City? Como se sabe, o Crider assumiu um design mais localizado, assim como outros produtos da Honda feitos pelas sócias chinesas da montadora nipônica. Se este, que é dedicado ao mercado interno, recebeu um layout diretamente associado ao global Accord, então provavelmente o sedã compacto feito no Brasil e em outros países, deverá seguir o mesmo caminho.

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord

O Honda City nacional tem atualmente 4,44 m de comprimento e 2,60 m de entre-eixos, porém, menor que outros dois derivados chineses, que pouco passam de 4,50 m (Greiz e Gienia). Por aqui, a próxima geração poderia até assumir um entre-eixos maior e se aproximar dos 4,50 m, a fim de brigar mais com VW Virtus e Chevrolet Cobalt.

Honda Crider: City alongado na China assume estilo do Accord
Este texto lhe foi útil??

  • mjprio

    Achei interessante. O problema é que um City já bate quase nos 90 mil o topo de linha. Imagine esse modelo!

    • Maycon Farias

      A tendência desse City, Virtus, Yaris e Cronos é ficar na faixa de preço dos médios de hoje que agora estão na casa dos 100 mil e até passam, porque em breve o preços dos médios será proibitivo na casa dos 150 fácil fácil. Algo que não deve ocorrer em lugar nenhum do planeta mas…

      • Pedrov

        Lembro que até 2013, R$ 60 mil a R$ 85 mil era a faixa de preço dos sedans médios mais vendidos.

        Hoje, 2018, essa faixa corresponde aos sedans compactos.

        Hoje, os médios transitam entre R$ 90 mil e R$ 125 mil.

        O que esperar de 2023?

        • Rafael Lima

          Prisma por 100 mil reais

        • Maycon Farias

          Pois é, pouco tempo para uma mudança tão grande.

      • mjprio

        Onde isso vai parar?

        • Maycon Farias

          Acho que deve acontecer algo como aconteceu na Venezuela. Determinados carros ficarão tão caros que irá inviabilizar a compra. Capaz dos carros compactos e de entrada custar essa faixa de 60 a 100 mil reais. Se levar em conta o curto espaço de tempo que todos carros subiram de preço em mais alguns poucos anos estarão mais caros ainda. Um prisma por exemplo tem chances reais de chegar nos 98 mil do Cruze. Estamos acostumados a achar que mesmo caros ainda vendem muito, mas uma hora vai pesar, não somos um país rico por mais que tenhamos Corolla e Compass no top 10.

  • Pedrov

    Se disfarçado assim já dá medo, melhor nem tirar as camuflagens! Hahaha

  • Delarus Splex

    chega de falar de chineses e carros chineses coisa chata já noticia automotiva tem falado muito disso querendo mostrar o que não é

  • Mayck Colares

    Esse carro tem um design muito carregado. Tem até matéria no Google falando que ele é o Honda com o pior design…pode ser que atenda ao gosto chinês…

    • El Gato Negro

      Pô cara, eu gostei! Achei muito bacana, principalmente esse preto da foto. Só acho que merecia um aro maior.
      Aliás… todas as fotos são do Crider? A foto do carro preto foi um flagra, é isso? Ou a matéria está mostrando fotos do Crider e do Amaze? Fiquei na dúvida.

  • CanalhaRS

    Honda não consegue fazer carro bonito na china. Fato.

  • invalid_pilot

    Olha ai ideia pra Honda quando o CIVIC 11 chegar…. remendo do City pelo preço do Civic

  • Luis Burro

    Ao menos o nome é o certo,pq de vista é de fazer chorar (Cry-der).

  • Luis Fernando Pozas

    A aparência não me importa tanto… O fato de melhorar o motor não estar no horizonte, isso sim me preocupa…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email