Honda Fit 2014: detalhes, preços, motor, consumo

aventureiro twist

O Honda Fit 2014 apareceu com a versão CX, uma novidade que retirou do catálogo temporariamente a versão DX, apresentando melhor relação custo-benefício por um preço pouco maior.


Produzido em Sumaré-SP com o Honda City, o Fit é um monovolume que vem mantendo regularidade no mercado nacional desde 2003, passando já por três gerações, sendo esta a segunda.

O modelo 2014 tinha as versões LX, EX e Twist.

Leia aqui tudo sobre o Honda Fit 2014:

Honda Fit 2014 – detalhes

Honda Fit Twist: história, detalhes, motor e concorrente

As versões CX e LX ainda empregavam o antigo motor 1.4 i-VTEC, que era na verdade um 1.3 (1.339 cm3) derivado do primeiro Fit, mas com cabeçote de 16 válvulas e sistema VTEC, apresentando assim mais potência e torque.

Ele assim entregava até 101 cavalos no etanol e tinha 13 kgfm, mas tinha opção automática de cinco marchas, tal como o 1.5 i-VTEC, que oferecia até 116 cavalos e 14,8 kgfm, tanto com duas opções de transmissão.

Este equipava as versões EX e Twist, sendo esta última aventureira e intermediária entre a topo de linha EX e as demais. Com visual diferenciado, a Honda aposta num segmento de mercado que já tinha vários players.

Este contemplava para-choques diferenciados, saias laterais, spoilers, rodas exclusivas, faróis escurecidos, lanternas transparentes, barras no teto, entre outros, sendo o Fit Twist bem chamativo.

Interior do esportivo da Honda

Aerodinâmico e bem espaçoso, o compacto não era barato, mas os clientes pensavam no custo-benefício ao longo do tempo, o que se prova muito bom no caso do Fit, sendo ainda hoje um modelo bem valorizado nesta geração.

A mecânica baseada nos motores L13 e L15 era igualmente fora de questionamento, trazendo refrigeração selada, comandos VTEC e bom desempenho, além de economia com gasolina, sendo gastão no etanol, como outros japoneses.

No entanto, em parte a transmissão automática de cinco marchas não contribuía para um melhor resultado em frugalidade, porém, permitia aos 1.4 e 1.5 andar com mais desenvoltura em relação ao CVT da primeira geração.

Embora o modelo seguinte tivesse mais eficiência, a segunda geração tinha um visual mais atraente e uma performance mais comum, visto que o CVT voltaria com o mesmo motor L15 na sequência e ainda com conversor de torque…

Funcional ao extremo, o Honda Fit 2014 não era dado ao luxo, mas focava na versatilidade e usabilidade diária. Porta-copos no painel e entre os bancos dianteiros dava uma ideia disso, assim como os comandos bem à mão.

O para-brisa bem avançado ajudava na sensação de maior espaço interno, reforçado ainda pela grande área envidraçada, com enormes vigias nas colunas A. Simples até, o painel resumia o necessário, com cluster de iluminação laranja presente.

As portas tinham ângulo de abertura de 90 graus e havia também vigias nas colunas C. Os bancos dianteiros apresentavam ainda um sistema de deslizamento acionado no alto do encosto, facilitando assim quem ia atrás.

É bem verdade que isso era mais válido na geração anterior do Fit, visto que o segundo aumentara o entre-eixos em 5 cm e isso permitia mais espaço para quem ia atrás. Havia saídas de ar-condicionado também sob os bancos dianteiros.

honda fit 2014 1

Até hoje o computador de bordo da Honda é por haste no próprio painel de instrumentos, então o Fit 2014 nunca será antiquado nesse aspecto. Para quem já teve o Fit anterior, o da segunda geração reproduz a boa posição de dirigir.

O rádio 2din com CD player e USB era a única opção de entretenimento, enquanto a GM já usava a multimídia MyLink no Chevrolet Onix e Prisma, por exemplo. Mas, havia um dispositivo integrado na EX e com Bluetooth.

Vidro com one touch só para o motorista e nada de chave com telecomando para acionamento dos mesmos, atuando só nas travas. Ainda assim, tinha abertura interna do bagageiro e tanque.

Mas, apesar dos deslizes da Honda, o Fit tinha o sistema ULT, que permitia o dobramento do banco traseiro para colocação de objetos verticais, direto no assoalho ou longos sobre uma base (quase) plana.

honda fit 2014 2

Com 383 litros, o bagageiro do Fit 2014 já era generoso, mas o banco bipartido e o sistema ULT permitiam ampliar muito a coisa, podendo-se levar muita bagagem em várias disposições. Ele tinha até dois porta-luvas e fonte 12V.

Mais alto que a primeira geração, o Honda Fit 2014 tinha suspensão dianteira McPherson com barra estabilizadora atrás do motor, além de eixo de torção atrás. O tanque central de 43 litros ficava sob os bancos dianteiros por causa do ULT.

Razoavelmente equipado, o Fit – como já mencionado – nunca apostou em luxo, tendo ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, rodas de aço ou liga leve, piloto automático, sistema de áudio, bancos em couro ou tecido, etc.

Na segurança, a Honda ainda estava flertando com as regras de mercado, pois, o 2014 fora lançado em 2013, ainda vigente a não obrigação de airbag duplo e freios ABS, contudo, o Fit sempre teve o primeiro. Já o segundo só a partir da LX.

Aliás, havia uma diferença também em relação aos motores L13 e L15, os freios traseiros. O compacto nipônico tinha tambores nas versões CX e LX, ambas 1.4. Nas EX e Twist, por terem o 1.5 litros, empregavam discos não ventilados.

honda fit 2014 5

Com isso, o Honda Fit 2014 tinha um conjunto equilibrado e boa oferta de itens de série, que eram justificados pelo preço maior. Bem estável em curvas e de boa dirigibilidade, o monovolume tem boa relação custo-benefício, mesmo usado.

O Honda Fit 2014 teve três padrões de visual, sendo um para a versão CX, outra para as LX e EX, assim como o Twist. No primeiro, a grade era preta e os faróis amendoados tinham lentes escurecidas na parábola simples com pisca e lanterna.

Os faróis eram os mesmos da versão Twist, mas a grade preta era exclusiva, enquanto o para-choque liso tinha somente uma grade inferior na CX, assim como na LX. Na EX, foram adicionados faróis de neblina ovalizados.

Na LX, a grade era cinza, sendo cromada na EX e no Fit Twist, porém, este tinha um contorno a mais no acabamento. Esta versão vinha ainda com para-choque exclusivo, com linhas mais modernas e acabamento preto centralizado.

Ali se instalavam os faróis de neblina ovais, assim como a placa e conectando-se aos spoilers laterais. A grade inferior tinha ainda um protetor inferior de cor cinza para dar um clima de fora de estrada ao Honda Fit 2014.

No Twist, as saias de rodas protegidas por acabamento plástico preto se conectavam com os spoilers dianteiros e saias laterais, que ainda tinham apliques em cor cinza. As portas tinham frisos protetores diferenciados.

No teto, havia barras longitudinais, deixando o Fit Twist de acordo com a proposta. A suspensão era ligeiramente elevada, tendo esta rodas de liga leve exclusivas em aro 16 polegadas com pneus 185/55 R16.

O Fit CX tinha lateral limpa, assim como nas demais comuns, tendo rodas de aço aro 15 polegadas com pneus 175/65 R15. Na LX, havia rodas de liga leve de mesmo tamanho, enquanto a EX tinha aro 16 de liga leve e desempenho exclusivo.

Esta última também tinha retrovisores com repetidores, lembrando que todos tinham acabamento na cor do carro, assim como as maçanetas das portas. O Fit 2014 tinha lanternas com lentes transparentes nas versões CX e Twist.

Nas demais, as cores eram padronizadas do projeto original. A vigia traseira tinha limpador e lavador, assim como desembaçador. A tampa do bagageiro portava placa e iluminação da mesma, com para-choque pronunciado na cor.

No Twist, o para-choque era preto e tinha aplique central cinza com refletores incorporados. A tampa sobre a placa era preta em todos, exceto no EX, que era na cor do carro.

Por dentro, o Honda Fit 2014 tinha um painel bem funcional com alguns recursos e visual interessante na EX, contando com cluster analógico com iluminação laranja (tradicional do modelo) no contagiros, velocímetro e nível de combustível.

Havia display para computador de bordo com controle na haste externa, mas o medidor de temperatura da água não existia por não ser necessário (refrigeração selada). A coluna de direção era ajustável em altura nas versões CX e LX.

Nas EX e Twist, tinha ajuste em profundidade também, sendo todas com assistência elétrica. O volante era o mesmo do Civic (New) e com acabamento cinza e preto, atraente, mas multifuncional nas duas versões mais caras.

O volante tinha paddle shifts na versão EX, que ainda acrescentava couro, como na Twist. O piloto automático só estava disponível com câmbio automático nessas versões. Ao centro, os difusores de ar eram curvados.

Abaixo, havia um espaço com tampa na versão CX, mas com rádio 2din dotado de CD player, MP3, USB e auxiliar com comando de áudio no volante, presente nas versões LX e Twist.

Na EX, o dispositivo era integrado ao painel como no New Civic, tendo a mais Bluetooth, com comando também no volante. Ele tinha display digital grande e laranja, tendo comando de volume circular e uma moldura prateada.

Alguns comandos de climatização ficavam nas laterais, mas o aparelho era automático e digital, com display laranja e circular mais abaixo. Nas demais versões, esse era substituído por um botão físico giratório e botões de on off quadrados.

Nas portas, havia tecido desde a CX, mas na EX e Twist, empregava couro, mesmo material dos bancos dessas duas versões, sendo que as demais eram em tecido. O assento do motorista tinha ajuste em altura.

Os encostos dianteiros tinham comandos de recuo e avanço para manipulação traseira, assim como o encosto do passageiro dianteiro podia ser dobrado para frente na EX. Atrás, o banco era bipartido com três apoios de cabeça.

O Honda Fit 2014 tinha cintos de segurança de 3 pontos para todos os ocupantes, assim como Isofix e Top Tether, recursos que muitos carros, especialmente compactos, não tinham na época. Tinha ainda o ULT e 383 litros no bagageiro.

Honda Fit 2014 – versões

  • Honda Fit CX 1.4 manual
  • Honda Fit CX 1.4 automático
  • Honda Fit LX 1.4 manual
  • Honda Fit LX 1.4 automático
  • Honda Fit EX 1.5 automático
  • Honda Fit Twist 1.5 manual
  • Honda Fit Twist 1.5 automático

Equipamentos

Honda Fit CX 1.4 manual – Motor 1.4 e transmissão manual de cinco marchas, mais sensor de estacionamento traseiro, faróis com máscara negra, lanternas traseiras translúcidas escurecidas, ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travamento central elétrico, retrovisores elétricos, rodas de aço aro 15 polegadas com calotas, pneus 175/65 R15, revestimento interno das portas e bancos em tecido, retrovisor interno dia e noite, retrovisores na cor do carro, maçanetas na cor do carro, para-choques na cor do carro, vidro traseiro com desembaçador, limpador e lavador da vigia, banco traseiro bipartido, sistema ULTra Seat, cinto de segurança de três pontos, cinto com pré-tensionador e limitador de força com regulagem de altura nos bancos dianteiros) porta-copos, porta-objetos, computador de bordo, airbag duplo, coluna de direção ajustável em altura, entre outros.

Honda Fit CX 1.4 automático – Itens acima, mais transmissão automática de cinco marchas e modo Sport.

Honda Fit LX 1.4 manual – Itens do CX, mais faróis com lentes claras, lanternas traseiras normais, rodas de liga leve aro 15 polegadas, grade cromada, frisos laterais, sistema de áudio com CD player e MP3, USB e auxiliar, porta-revista atrás do banco do passageiro, freios ABS com EDB, entre outros.

Honda Fit LX 1.4 automático – Itens acima, mais transmissão automática de cinco marchas e modo Sport.

Honda Fit Twist 1.5 manual – Itens do LX manual, mais motor 1.5, suspensão elevada, para-choques com molduras exclusivas, grade personalizada, coluna de direção era ajustável em altura e profundidade, faróis com máscara negra, lanternas traseiras translúcidas escurecidas, faróis de neblina, protetores inferiores nos para-choques, spoilers nos para-choques, saias de rodas protegidas, saias laterais, frisos laterais reforçados, aplique metalizado nas laterais, barras longitudinais no teto, retrovisores com repetidores de direção, rodas de liga leve aro 16 polegadas com design exclusivo, freios a disco nas quatro rodas, pneus 185/55 R16, cluster personalizado, bancos em couro, portas revestidas em couro, entre outros.

Honda Fit Twist 1.5 automático – Itens acima, mais transmissão automática de cinco marchas e modo Sport, além de piloto automático.

Honda Fit EX 1.5 automático – Itens do LX 1.4, mais motor 1.5, transmissão automática de cinco marchas e modo Sport, retrovisores com repetidores de direção, rodas de liga leve aro 16 polegadas com design exclusivo, freios a disco nas quatro rodas, pneus 185/55 R16, bancos em couro, portas revistas em couro, volante multifuncional em couro, piloto automático, ar-condicionado digital, volante com paddle shifts, sistema de áudio integrado com Bluetooth, descansa-braço individual para motorista, entre outros.

Preços

  • Honda Fit CX 1.4 manual – R$ 49.900
  • Honda Fit CX 1.4 automático – R$ 53.900
  • Honda Fit LX 1.4 manual – R$ 52.890
  • Honda Fit LX 1.4 automático – R$ 56.890
  • Honda Fit EX 1.5 automático – R$ 63.590
  • Honda Fit Twist 1.5 manual – R$ 57.990
  • Honda Fit Twist 1.5 automático – R$ 61.990

Honda Fit 2014 – motor

O Honda Fit 2014 usou dois motores (veja também Honda Fit 2015: versões, motor, etc), sendo eles o L13A e o L15A, ambos com comando VTEC, que gerencia eletronicamente abertura e fechamento de válvulas com um sistema eletro-hidráulico de levantamento.

Com comando único, ele aciona as 16 válvulas através de balancins específicos e pode, por exemplo, manter apenas oito delas em funcionamento num regime de baixa rotação, garantindo mais torque, mas abrindo todas em alta.

Feitos de alumínio e com refrigeração selada (sete anos ou 80.000 km), os motores L apresentavam injeção eletrônica multiponto com tanquinho para injeção de gasolina na partida a frio, mas havia portinhola externa para abastecimento.

Protegido por aço naval, o reservatório consumia todo o combustível durante a partida, fosse no inverno ou no verão, assim uma luz de alerta de nível era acionada no painel e havia um comando interno para acesso ao bocal externo.

O 1.4 (L13A) entregava 100/101 cavalos a 6.000 rpm e 13 kgfm a 4.800 rpm, com o 1.5 fazendo 115/116 cavalos e 14,8 kgfm nas mesmas rotações. O câmbio era de cinco marchas, manual ou automático.

Desempenho

honda fit 2014 8

  • Honda Fit 1.4 manual – 13 segundos e 177 km/h
  • Honda Fit 1.4 automático – 15,3 segundos e 170 km/h
  • Honda Fit 1.5 manual – 12,5 segundos e 170 km/h
  • Honda Fit 1.5 automático – 13,5 segundos e 172 km/h

Consumo

honda fit 2014 9

  • Honda Fit 1.4 manual – 8,1/9,2 kml e 11,8/13,3 km/l
  • Honda Fit 1.4 automático – 6,6/8,5 km/l e 11,0/12,5 km/l
  • Honda Fit 1.5 manual – 7,6/8,5 km/l e 11,3/12,2 km/l
  • Honda Fit 1.5 automático – 6,8/8,2 km/l e 10,5/12,2 km/l

Honda Fit 2014 – manutenção e revisão

 

As revisões do Honda Fit 2014 eram feitas a cada 10.000 km ou 12 meses, sendo que a rede de concessionárias realiza inspeção de vários itens e mantém um banco de dados do carro com todos os serviços feitos. Não há valores para este ano.

Óleo do motor, arruela do dreno, filtro de óleo, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine, velas, correia em V, fluido de freio e líquido de refrigeração são comumente trocados, assim como complemento do câmbio automático.

Honda Fit 2014 – ficha técnica

Porta-malas Twist

Motor1.41.5
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm313391496
Válvulas1616
Taxa de compressão10,5:110,4:1
Injeção eletrônicaIndiretaIndireta
Potência máxima100/101 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)115/116 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo13,0 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)14,8 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
TipoManual de 5 marchas ou automática de 5 marchasManual de 5 marchas ou automática de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoElétricaElétrica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga leve aro 15 polegadasLiga leve aro 15 polegadas
Pneus175/65 R15185/55 R16
Dimensões
Comprimento (mm)3.9003.900, 3.930 (Twist)
Largura (mm)1.6951.695, 1.715 (Twist)
Altura (mm)1.5351.535, 1.570 (Twist)
Entre eixos (mm)2.5002.500
Capacidades
Porta-malas (L)384384
Tanque de combustível (L)4747
Carga (Kg)374 (MT), 370 (AT)384 (MT), 370 (AT)
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.096 (MT), 1.130 (AT) 1.096 (MT), 1.130 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDND

Honda Fit 2014 – fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.