Honda Minivans Preços

Honda Fit 2019 ganha mais conteúdo e parte de R$ 60.500

Honda Fit 2019 ganha mais conteúdo e parte de R$ 60.500

O Honda Fit 2019 chega com mais conteúdo e uma nova opção de cor, mas os preços subiram em até R$ 900. Agora, o monovolume da marca japonesa parte de R$ 60.500. O modelo passa a oferecer a cor Vermelho Vênus (metálica), que se junta às demais: Azul Boreal, Branco Estelar, Branco Tafetá, Prata Platinum, Cinza Barium e Preto Cristal.


Uma das novidades da linha 2019 do Honda Fit são as luzes de rodagem diurna em LED, que agora passam a fazer parte de toda a gama do modelo, sendo que o dispositivo é integrado ao para-choque nas versões DX, Personal e LX, enquanto EX e EXL possuem o DRL de LED no conjunto ótico principal.

Honda Fit 2019 ganha mais conteúdo e parte de R$ 60.500

A multimídia com tela de 7 polegadas passa a ser um item de série na versão EX e é oferecida também na EXL, sendo que o diferencial entre as duas versões é o navegador GPS integrado na opção topo de linha.


Ambos oferecem sistemas Google Android Auto e Apple Car Play, câmera de ré com três visualizações, Bluetooth, comandos de voz e hot spot Wi-Fi. O app Waze pode ser usado apenas através do Android Auto.

Com essas alterações, o Fit 2019 agora só aguarda a próxima geração. Atualizado em meia vida na linha 2018, o monovolume compacto recebeu novo conjunto ótico dianteiro full LED, lanternas em LED, revisão do para-choque traseiro, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, retrovisores com basculamento elétrico, vidro do passageiro dianteiro one touch, entre outros.

Honda Fit 2019 ganha mais conteúdo e parte de R$ 60.500

O Fit também adicionou à gama a versão personalizável Personal, que também atende aos clientes PCD, assim como manteve os bons atributos, como banco traseiro com ajustes modulares Magic Seat (ULTRa Seat), porta-malas com 363 litros, amplo espaço interno e economia.

Equipado com motor 1.5 i-VTEC FlexOne, o Honda Fit 2019 entrega 115 cavalos na gasolina e 116 cavalos no etanol, tendo câmbio manual de cinco marchas apenas na DX, enquanto as demais possui a caixa CVT.

Honda Fit 2019 – Preços

  • Fit DX – R$ 60.500 (antes era R$ 60.200)
  • Fit Personal CVT – R$ 68.700 (sem aumento)
  • Fit LX CVT – R$ 72.800 (antes era R$ 71.900)
  • Fit EX CVT – R$ 78.300 (antes era R$ 77.800)
  • Fit EXL CVT – R$ 83.300 (antes era R$ 82.900)
Honda Fit 2019 ganha mais conteúdo e parte de R$ 60.500
Nota média 5 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Josh Pádua

    Tem foto do modelo com os DRL’s fora do conjunto óptico?

    • Lucas086

      Procura pelo EX que ele já traz, tem que ver se essa DX vai vim.neblina dianteira

  • O Coringa

    Partida por botão ficou pra outro dia né. Não entendo o porque da Honda ser tão relutante nesse quesito, tanto o City quanto o Fit tem esse item em outros mercados, sem contar que a maioria dos concorrentes já possuem.

    • Phantasma

      É meio que uma “tradição” não oferecer itens que eles consideram “desnecessários”, todas as marcas as Japonesas costumam ficar devendo algumas coisas.

    • catucadão

      não faz muita diferença a partida pelo botão é uma frescura adicional

      • Mr. Pereba

        Na minha opinião faz muita diferença sim e é uma funcionalidade que você utiliza todo dia, diferentemente de sensor de chuva ou retrovisor elétrico, que você pode passar semanas sem usar.

        • Rafael Neves

          Tb acho. A possibilidade de acessar o veículo e liga lo sem tirar a chave do bolso, especialmente em dias chuvosos faz toda a diferença!

        • xyzR2

          Foi bom vc falar sobre sensor de chuva, a utilidade dele é inversamente proporcional ao farol automático.
          Nunca vi alguém dirigir 10km da chuva e pensar “puxa, esqueci de ligar o limpador”. Já o sensor crepuscular… é muito comum, especialmente se sair com o carro de uma garagem bem iluminada.

  • Baetatrip

    Acho roubo do que pedem nesse “carro”……
    Deveria valer uns 40, nada de tecnologico nesse carro…!
    Honda esta no caminho da Toy em valores…… para que colocar preço nas alturas se nao tem tanta tecnologia atualmente?!

    • Gabriel Torque

      É um dos carros mais irracionais do nosso mercado

      • Edson Fernandes

        Nem tanto pela versatilidade. A solução de espaço interno dele, pode fazer a pessoa abrir mão de um sedan para ter um carro compacto e ainda assim ter soluções para carregar tralhas ou pessoas. (ou os dois)

        O negocio é que essa solução de versatilidade não deveria custar tanto. O problema éque falta produto inteligente para disputar diretamente com ele nesse quesito. E a Honda sabe disso.

    • Phantasma

      Mas ele vale 40, o problema é que tem uns 30 mil em impostos embutidos no preço.

      • Marcelo Eugenio

        Se o Corolla de 90 pode sair por 63 sem impostos e com desconto, o Fit de 60 também poderia sair por 40. Ou por 50 com impostos e margem de lucro ainda boa.

    • catucadão

      55 pelo modelo mais básico 75 pelo modelo top já estaria bom e bem pago principalmente para a montadora, os 40 mil que vc ta falando já seria impossível

    • REDDINGTON

      Sim como um Up deveria valer 15 no de entrada. E a executiva da Emirates deveria custar 2 mil reais.

  • Diego G. de Lima

    Essa versão DX é só pra inglês vê, pelo menos a Css daqui do meu estado não trabalha com ela.
    Eu tenho um e uma das coisas que me deixa bala nele é o fato de quando aperta para travar os vidros estes não fecham, associa isso ao fato de que só tem one touch no vidro do motorista.
    Ligou o ar o motor sente, nem o HB20 1.0 que eu andava sentia tanto, e o freios você tem que acostumar, acho eles meio fracos.
    Mesmo assim se eu tivesse grana eu comprava esse 2019, a Honda já me tem pelo emocional, é um carrinho que sempre quis ter, e depois que adquiri pretendo casar com ele, acho bonito e cumpre sua função muito bem.

    • Edson Fernandes

      Eu já vi alguns poucos em SP.

      Só que infelizmente, ela é uma versão mega simples. Sinceramente, a Honda não deixa bem cadenciada em itens de série. O proprio modelo Personal poderia ter um pouco mais de itens para PCD.

  • jfontes

    60 conto! Se ta de sacanagem.

    • catucadão

      55 mil pela versão de entrada estava mais que bem pago

  • Gabriel Torque

    Nada justifica comprar um fit

    é caro, feio, pelado, itens de segurança iguais dos carros de entrada

    mas as mulheres amam… vai entender

    • Marcelo Eugenio

      O que justifica é a modularidade, mas somente para quem precisa disso. Por exemplo, pequenos comerciantes que transportam produtos leves e querem usar o mesmo carro para passeio (por morar em apartamento com uma só vaga por exemplo).

      • Edson Fernandes

        E até espaço de garagem que faz uma diferença mto boa um carro compacto.

  • Maycon Farias

    Só perfumaria. Certeza que na próxima geração vai custar o mesmo preço do CRv de hoje.

  • Louis

    Deixa ver se eu entendi, a versão EX agora tem também farois de Led?
    A falta da cor vermelha foi um dos fatores que pesaram pra eu deixar de levar o Fit e partir para o Yaris. Sem falar que o Fit continua mais caro e menos equipado.

    • Edson Fernandes

      E apesar do Fit ter a modularidade do interior, creio que o Yaris deva ser bem mais confortavel.

  • AlbertoNeto

    Pensa em um carro que não tem CxB legal é essa linha Fit/City…

  • FFSB

    É um preço elevado, certamente. Mas, considerando as opções de mercado (Yaris, Polo, Argo etc etc etc), o FIT, que é um carro muito bom, está dentro do contexto. Oferece excelente espaço para passageiros e bagagens, mecânica confiável, acabamento razoável (melhor que Polo e Argo), equipamentos interessantes, bom pós-vendas e excelente valor de revenda.

    • Lucas086

      Tirando o espaço, está atrás do Polo. O acabamento é o mesmo, o que muda são as cores usadas pela Honda, o preto cai melhor que o cinza do Polo, mas carro por carro, o Polo é mais carro, um Fit LX por mais de 70 mil é brincadeira de péssimo gosto

    • Anderson Trajano

      O problema são esses “equipamentos” que são apenas interessantes mesmo. Falta teto solar, falta partida no botão, falta sensor de ré, crepuscular e de chuva. Uma mecânica mais moderna, quem sabe. Sou ex cliente da Honda, e me cansei do básico.

      É um carro racional, apenas.

      • MauroRF

        Opa, Trajano, tudo joia? É bem isso mesmo que você disse. Foi isso que me fez voltar à Ford com a Eco Titanium. Ela é bem equipada e me traz prazer ao guiar. Poxa, tem vários equipamentos, um silêncio a bordo na estrada muito bom, os amigos e familiares que viajam no banco de trás não se cansam de elogiar o conforto dos bancos traseiros (dos dianteiros eu posso falar que são uma delícia, rs), anda bem, ultrapassagens seguras etc. Só o consumo que é um pouco alto, mas este 2.0 gasta menos que o Focus 2.0 2012 que tive. Mesmo o Civic LXR 2016 que tive não me proporcionava esse conforto, apesar de ser um sedã médio. Claro, o atendimento na Honda é bem melhor, mas só isso era melhor, no frigir dos ovos. E como o câmbio agora é AT convencional, não tie medo de comprar. Se não me engano, você comprou uma Eco também, né? Abraços.

        • Edson Fernandes

          Lembra o que eu te falei do conforto do Civic? Pois é… ele é muito duro e não necessariamente isso faz a pessoa se sentir confortavel nele da forma que pensam que ele transmite. Vc está provando na pratica isso.

          • MauroRF

            Pois é, Edson, minha esposa comenta isso direto, acredita? A Eco é muito macia e confortável, mas sem ser molenga. Muito pelo contrário, tem uma estabilidade que me surpreende para um SUV. Faz curvas como carro normal (mais baixo). Já forcei em curvas para ver a atuação do ESP, perfeito também. O rodar dela na estrada é o mais silencioso de todos os carros que tive. Você está a 120 km/h e nem percebe nada. Nessa velocidade, a RPM é de 2750-2800 em sexta. Mesmo em acelerações mais fortes, o barulho não invade a cabine a ponto de incomodar. O funcionamento do câmbio é muito bom, suave, trocas rápidas. A Ford acertou bem a mão nesse carro. Confesso que me surpreendi positivamente. Curiosamente, o carro mais barulhento que tive em acelerações fortes foi justamente o City. Segundo meu sogro, o motor chorava muito, rs. Falando da Eco, acho que esse modelo 2018 (e 2019) será boa opção de usado daqui um tempo.

            • Edson Fernandes

              Eu imagino que sim.

              A Ford qdo renovou a Eco pensou no mercado para conquista-lo mesmo. E isso trouxe um produto mto bom principalmente pelo que ele oferece. Dificil esse mercado porque tem muito altinho mal equipado.

              Mas eu tbm te dizia isso. É bom vc ter parametros e perceber que não necessariamente percebe que o Civic era tudo aquilo. Não a toa, as pessoas mesmo essa geração do Civic sendo bem mais atual que o Corolla de geração anterior, as pessoas ainda optavam pelo Corolla pelo rodar do carro, comportamento de suspensão e claro, casamento do motor e cambio.

              Eu costumo pensar que o Civic se deu bem na oitava geração unicamente porque ele mudou os conceitos até então dos sedans médios da epoca. Em seguida, ela quis se manter com a ideia de sucesso do Civic só que inserindo um porta malas aceitavel para o porte. Só que as pessoas começavam a conhecer novos produtos e que fez a Honda até mudar o comportamento do carro, mas está pagando em parte pela geração anterior (além do HRV fazend sucesso).

              Enfim, é otimo qdo estamos com um carro que nos atende e nos deixa feliz.

  • Paulino Lino

    Carrinho muito bacana e que sempre teve um bom comércio….mas…. a partir da versão LX é extremamente emocional e inviável pagar 72k num Fit. Jamais!

    • MauroRF

      Acho o Polo opção melhor. Se bem que tem gente que busca a versatilidade que o Fit proporciona. Meu irmão mesmo, ia surfar na praia e adorava o Fit para essa finalidade. Mas eu mesmo procuraria outra opção.

  • Douglas Silvério

    E pensar que em 2016, era o líder dos compactos premium, vendia quase o dobro do Fiesta, e hoje segue sendo mais um dos coadjuvantes do mercado.

    • MauroRF

      O Fiesta é dose, pois se a Ford tivesse colocado o 1.5 3 cilindros nele e o câmbio AT, venderia muito mais. Mesmo assim, tenho visto muitos Fiestas 2018 por aqui (ABC, Santo André). Inclusive aqui no prédio tem dois. Outro “queridinho” aqui no prédio é o Creta.

      • Douglas Silvério

        É uma coisa que vivo me perguntando, o Fiesta é montado sobre a mesma plataforma do Ka e EcoSport então não haveria dificuldade nenhuma em introduzir o motor 1.5 e o câmbio AT, mas acho que ela fez foi desistir do carro mesmo.

        • Edson Fernandes

          Iria canibalizar muito entre Ka e Fiesta. A Ford sabe disso e também sabe que no ka, ela não precisa investir pesado em itens de conveniencia que já é cobrado no Fiesta.

          No final das contas o que fica ressentido é por conta disso.

      • Edson Fernandes

        Eu tbm até vejo em SP… mas a quantidade é bem inferior a quantidade de ka por ai. Agora, entre o ka 1.5 (sigma) e o Fiesta 1.6, eu iria de Fiesta. Não dá para entender porque esse motor sigma 1.5 é tão beberrão perto do motro 1.6. Do Dragon eu já não sei dizer.

        No meu prédio começou com o HRV, mas tem uma mescla entre HRV, Kicks e Creta. Mas eu acho horrivel a versão 1.6 de entrada e automatica do Creta, mto mal equipada. Mas eu não teria um Kicks tbm. O HRV eu creio que seria o meio termo e com motorização superior, mas a Honda salga o preço… aí o cara se volta a esses. Curiosamente aqui não tem nenhum Renegade.

        • MauroRF

          Sim, o 1.5 sempre foi mais gastão que o 1.6, curioso isso. O Dragon, quem tem (na Eco) fala que é econômico. Eu acho que o Ka 1.5 Dragon manual vai ser muito econômico, além de andar superbem.

          Aqui no prédio tem todos esses. Renegade tem também, Compass tem um na minha vaga ao lado, rs. O que mais tem é Eco e Creta. Mas, no geral, a predominância é de sedãs médios ainda, com destaque para o Corolla. O que tenho notado é que quem tem sedã médio anda trocando por SUV, compacto ou médio.

  • Lucas086

    Esse ano, fui atrás de um Dx na ccs, a vendedora disse que esse carro não existe, aí eu disse que podia pedir, ela disse que nem condição de pedir tinha… Aí eu liguei pro SAC da Honda, depois de muito enrolar, a moça do atendimento disse que o foco da Honda era carros automáticos e que essa versão era chamariz e bla bla bla… mas eu já tinha vi City dx desse último, mas Fit ainda não

    • Marcelo Eugenio

      Ou seja, não existe. A midim precisa divulgar isso e parar de mencionar essa versão.

    • Vinícius

      Eu acho que a loja na qual você foi não possuía essa versão e te enrolou. Pois se você fizer uma simples pesquisa na internet, em um dos maiores sites de vendas de automóveis, você encontra essa versão a venda 0km e também de veículos seminovos.

      • Lucas086

        No webmotors? Eu vi uns anúncios com fotos do site da Honda, mas do carro mesmo, nunca vi não

  • FREDRED

    Sinceramente é um bom carro, falar de preço virou utopía, mas esse motor não desce, carro manco, se andar na alta para ganhar mais velocidade o consumo vai pra casa do C#%*&°×, pai de um amigo tinha, vendeu e pegou um Polo Highline com o pacote da tela colorida sei lá o nome, pergunta se ele tem saudade do Fit?!

  • Razzo

    Cadê o motor 1.5 Earthdream de 130 cv como no exterior ?

  • No_Name

    Não existe justificativa alguma para esse carro custar R$ 10 mil a mais que os compactos do segmento B+ (Polo, Fiesta, 208 etc). Mas a Honda deve ficar muito feliz que, mesmo caro, venda consideravelmente.

  • Anderson Trajano

    Sigo dizendo que quem regula o mercado é o consumidor. Se a Honda disponibiliza o mínimo possível para o nosso consumidor e nós pagamos, por que oferecer o melhor ?

    Para mim não justifica, mas o fã clube Honda (e também Toyota) banca.

    • Mauro Schramm

      No caso do Fit ainda há o agravante da falta de concorrência. Ninguém mais oferece tanto espaço interno interno e versatilidade em um pacote compacto.

      • Geruzzus Filho

        Isso é verdade. O POLO é bom, mas o FIT é imbatível nisso. Aquela “brincadeira” do FIT de arrumar os bancos é sensacional. Nada fica de fora.

      • Emilio

        Exatamente! Não tem carro melhor que o FIT em termos de versatilidade. Que precisa ou precisou sabe bem do que estou falando. Tenho um da primeira geração e sempre que avalio as opções, acabo caindo novamente no FIT. Seminovo é a melhor opção. Há os que insistem em comparar com Polo, Argo, Fiesta e cia mas não faz o menor sentido.

    • Samuelson

      Penso da mesma forma, mas as pessoas nunca assumem isso sempre culpam os impostos, lucro das montadoras e etc.

  • Geruzzus Filho

    É um bom carro mas falta motor nele, pois o 1.5 não dá conta e fica temeroso entrar em uma rodovia rápida com ele carregado e com cinco pessoas. Tem que afundar o pé e fazer o motor berrar bastante para ele deslanchar. Carro por carro o POLO é mais negócio que ele.

    • catucadão

      sim é outro nível.. nem tem como comparar

    • Dod

      O Polo é mais negócio se o comprador não ligar para aquele acabamento lixoso que ele tem.

      • Geruzzus Filho

        Temos dois FIT EX na família: um de 2a geração 2014 e outro de 3a geração 2016, além de um POLO Comfort Tech-II. O acabamento do FIT de segunda geração é muito melhor do que o do FIT de terceira geração e o POLO não deve NADA ao FIT de terceira geração em acabamento, mas o FIT fica devendo um monte de tecnologia que o POLO oferece e o FIT não traz nem como opcional.

      • invalid_pilot

        Acabamento do Fit é tão lixoso quanto.

  • Mestre Dc

    Polo TSI highline com roda 17” + banco de couro e pacote tech sai por 79mil.
    Mais esportivo, mais tecnológico, melhor custo beneficio, melhor motor, melhores opcionais…

    Honfa Fit é bonito mas não tem tecnologia pelo preço que se pedi.
    simplesmente parou no tempo e vive do nome, outra coisa 83 mil + pintura metálica sai por volta de 85 mil, só que nas concessionarias de POrto Alegre estão pedindo incríveis 88.900 mil ABSURDO…

    • Emilio

      Mas o Polo não tem a versatilidade do FIT, esse é o problema. Atualmente, com um bebe em casa é impensável pegar um Polo apesar de desejar.

  • Mauro Banqueiro

    Está querendo ficar premium nem?

    Próxima geração já terá motor turbo.

    Atenção vírtus e polo… os japunas vem aí… eles são bons nisso…

    Terá versão rs como manda o figurino japonês, cheio de apetrechos esportivos …

  • invalid_pilot

    Paga quem quer, eu não sou um desses.

    Com 60k a 85k tem opções mais tecnológicas e superiores ou então belos “restos de rico”

  • Laércio S.

    Parece que a Honda ainda não está preocupada com a concorrência. A marca já está consolidada no mercado mas não pode ignorar os lançamentos superiores em nível de equipamentos com preços inferiores, senão pode acontecer o mesmo que o Civic que perdeu o reinado para o Corolla e nunca mais reconquistou…

  • Heisemberg Confuso

    É muito dinheiro pra pouco carro

    • renato dantas

      Eu diria pouco carro para muito didin, é um escárnio pagar 82.900 pelo carrinho

  • renato dantas

    Tem um detalhe, procure essa coisa usado o preço também é exorbitante.

  • Frederico

    “Muito dinheiro pra pouco carro.”

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email