Hatches Honda Matérias NA

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

O Honda Fit DX é a versão de entrada da família Fit. Consequentemente, ela também é a configuração mais em conta e mais simples.


A DX surgiu após a necessidade de atender um público que procurava por um modelo Fit mais em conta e acessível. Além dessa inicial, há outras quatro versões à venda. São elas: a Personal, a LX, EX e a topo de linha EXL.

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

Mesmo pecando em alguns pontos que iremos mostrar logo abaixo, o Honda Fit DX ainda é referência no segmento e está consolidado no Brasil há um bom tempo. No ano passado (2019), foram mais de 24 mil unidades comercializadas.

Confira a seguir todos os detalhes, os prós e os contras da versão de entrada do Honda Fit DX.

Honda Fit DX – detalhes

O Honda Fit DX é a única versão a trazer câmbio manual (cinco marchas). Se quiser o automático, terá que optar pela configuração Personal, que oferece de série transmissão automática do tipo CVT. O motor é 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne.

Espaço e versatilidade continuam sendo o forte do Fit. Para quem vai atrás, o duto central (nos assentos traseiros) é quase plano e isso ajuda na hora de se movimentar por ali. Um diferencial na família Fit é o sistema chamado Magic Seat.

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

Com o Magic Seat, você pode levar itens mais altos como uma bicicleta, por exemplo, pois o motorista pode levantar os assentos traseiros. No entanto, esse diferencial só está disponível a partir da versão Personal. Um carro que passa dos R$ 60 mil poderia trazer o Magic Seat mesmo na versão de entrada.

Com relação ao espaço traseiro, o porta-malas do Honda Fit DX possui 363 litros e passa de 1 mil, quando rebatidos.

O modelo possui acabamento bem simples, porém o material é de qualidade. Não espere muita tecnologia do Fit DX. O veículo entrega ar-condicionado analogico, computador de bordo básico, não há controle de multimídia no volante, tampouco piloto automático, que só aparece a partir da Personal.

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

O rádio é convencional com uma tela LCD de 5 polegadas com bluetooth e entrada para pendrive. Itens mais completos de conectividade estão disponíveis a partir do Honda Fit EX, que possui Android Auto e Apple Carplay.

De série, o Honda Fit DX entrega ar-condicionado manual, retrovisores elétricos, vidros elétricos e acionamento dos vidros elétricos com função AUTO para motorista, trava de segurança central dos vidros dos passageiros, sistema de alerta de frenagem emergencial ESS (Emergency Stop Signal) e sistema ISOFIX de fixação de cadeirinha infantil.

Apenas para efeito de comparação, o Chevrolet Onix 2020 mais barato (versão MT) que custa R$ 49.690 vem equipado com seis airbags (duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina), alerta do cinto de segurança para todos os passageiros e controles do rádio e telefone no volante. Ainda fazendo uma comparação com o Honda Fit DX, há outras configurações mais em conta do Onix como a LT, Turbo AT, LT Turbo e LTZ Turbo.

Para quem gosta de porta-treco, o Fit DX traz vários. Também há porta-garrafa na frente da saída do ar-condicionado. Claramente que a estratégia não irá deixar sua bebida gelada, mas pode ser útil em dias quentes como no verão.

Honda Fit DX – equipamentos

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

Confira abaixo todos os itens de segurança, conforto, visual e acabamento, e tecnologia que estão presentes no Honda Fit DX:

Segurança: dois airbags (frontais), sistema VSA (Vehicle Stability Assist/) – Assistente de tração e estabilidade, sistema HSA (Hill Start Assist/) – Assistente de partidas em aclives, chave tipo canivete com controle de abertura e fechamento das portas, sistema ABS e EBD, sistema Immobilizer, trava de segurança central dos vidros dos passageiros, trava de segurança na portas traseiras, travas elétricas com travamento automático acima de 15 km/h, sistema ISOFIX de fixação de cadeirinha infantil, estrutura de deformação progressiva ACE com Barras de proteção lateral, pino de segurança para tapete do motorista, aviso sonoro do cinto de segurança para motorista e passageiro e sistema de alerta de frenagem emergencial ESS (Emergency Stop Signal) e cintos de segurança traseiros de 3 pontos para todos os ocupantes.

Conforto: ar-condicionado manual, apoio para o pé, banco do motorista com regulagem de altura, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, console central com porta-copos, desembaçador do vidro traseiro, encosto de cabeça para todos os ocupantes, para-sóis com espelho para motorista e passageiro, porta-objetos nas portas dianteiras, porta copos na saída de ar-condicionado, porta-revistas atrás do banco dianteiro do passageiro, revestimento dos bancos em tecido, vidros elétricos e acionamento dos vidros elétricos com função AUTO para motorista.

Visual e acabamento: para-brisa degradê, limpador de para-brisa do tipo flat blade, limpador do vidro traseiro, antena na parte traseira do teto, lanterna traseira em LED, brake light, retrovisores elétricos na cor do veículo, DRL (Daytime Running lights) em LED, grade frontal com acabamento black piano e detalhes cromados, maçanetas externas na cor do veículo, abertura do bocal de abastecimento com alavanca interna e vidros verdes com filtro UV.

Tecnologia: áudio 2DIN (AM-FM, USB, bluetooth), dois alto-falantes (dianteiros), painel de instrumentos com iluminação azul e branca, e tomada 12 Volts.

Honda Fit DX – preço

O Honda Fit DX 2020 é a versão de entrada da família Fit e está à venda no Brasil por R$ 62.800.

Além da DX, o Fit está disponível em mais quatro versões: Honda Fit Personal (por R$ 68.700), Honda Fit LX (por R$ 75.600), Honda Fit EX (por R$ 81.400) e a topo de linha EXL (à venda por R$ 86.500).

Honda Fit DX – cores

O Honda Fit DX está disponível em sete cores diferentes.

  • Azul Boreal Metálico
  • Branco Tafetá Sólido
  • Branco Estelar Perolizado
  • Prata Platinum Metálico
  • Cinza Barium Metálico
  • Vermelho Vênus Metálico
  • Preto Cristal Perolizado

Honda Fit DX – motor

Como mencionamos anteriormente, o Honda Fit DX é o único da linha a trazer transmissão manual (de cinco velocidades). O carro tem motorização em alumínio 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne, é o mesmo motor presente nas outras quatro versões.

A embreagem do Fit é curta e leve, logo, o motorista pode estranhar no início. Com relação ao desempenho, o modelo está de acordo com a proposta. No entanto, a motorização pareceu fraca em testes realizados em subida com muitas pessoas e objetos pesados.

Honda Fit DX: detalhes, equipamentos, motor e desempenho

Honda Fit DX – consumo

Conforme os números divulgados pelo Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), os números de consumo do Honda Fit DX com motor 1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne são os seguintes:

  • Consumo de 8,3 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada com etanol;
  • Consumo de 11,6 km/l na cidade e 13,6 km/l na estrada com gasolina;
  • Nota “C” na comparação relativa na categoria e “B” na comparação absoluta geral do Inmetro.

Honda Fit DX – desempenho

Em desempenho, o Honda Fit DX apresenta os seguintes números:

  • Aceleração de zero a 100 km/h em 11 segundos;
  • Velocidade máxima de 175 km/h.

Honda Fit DX – revisão e garantia

Confira abaixo os valores e serviços de revisão do Honda Fit DX. A Honda não faz a cobrança da mão de obra, com exceção de 30 mil km / 3 anos a 80 mil km / 8 anos. Vale destacar que os preços apresentados são referentes a São Paulo.

A consulta foi realizada em janeiro de 2020.

RevisãoValores   Serviço Honda Fit DX
10 mil km ou 1 anoR$ 308,22Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter) e filtro de combustível

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas e inspeção dos componentes da suspensão

20 mil km ou 2 anosR$ 469,15Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter), filtro de ar do motor, filtro do ar condicionado e filtro de combustível

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas, inspeção dos componentes da suspensão, inspeção de mangueiras e tubulações, inspeção dos fluidos e inspeção do sistema de escapamento

30 mil km ou 3 anosR$ 525,43Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter) e filtro de combustível

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas e inspeção dos componentes da suspensão

40 mil km ou 4 anosR$ 1.908,61Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter), filtro de ar do motor, filtro do ar condicionado, filtro de combustível, junta da tampa de válvulas, junta do coletor de admissão, arruela de dreno (transmissão), fluido de transmissão CVT e junta do corpo do acelerador

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas e inspeção dos componentes da suspensão, inspeção de mangueiras e tubulações, inspeção dos fluidos, inspeção do sistema de escapamento e ajuste da folga de válvulas

50 mil km ou 5 anosR$ 525,81Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo filtro de combustível e arruela de dreno (cárter)

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas e inspeção dos componentes da suspensão

60 mil km ou 6 anosR$ 1.441,58Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter), filtro de ar do motor, filtro do ar condicionado, filtro de combustível e velas de ignição

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas, inspeção dos componentes da suspensão, inspeção de mangueiras e tubulações, inspeção dos fluidos e inspeção do sistema de escapamento

70 mil km ou 7 anosR$ 525,81Itens substituídos: óleo do motor, filtro de óleo, arruela de dreno (cárter) e filtro de combustível

Serviços executados: rodízio de pneus, inspeção dos freios dianteiros e traseiros, inspeção da caixa/terminais de direção, inspeção das coifas, inspeção dos componentes da suspensão

80 mil km ou 8 anosR$ 1.908,61Itens substituídos: todos os serviços de 40 mil km ou 4 anos

Serviços executados: todos os serviços de 40 mil km ou 4 anos

Honda Fit DX – ficha técnica

Motor

1.5 16V SOHC i-VTEC FlexOne
TipoInjeção multiponto
Número de cilindros4 (quatro) em linha
Cilindrada em cm31.497
Válvulas4 (quatro) válvulas
Taxa de compressão11,4:1
Injeção eletrônica de combustívelInjeção multiponto
Potência Máxima116 cavalos a 6000 rpm
Torque Máximo15,3 kgfm a 4.800 rpm

Transmissão 

TipoManual de 5 marchas
TraçãoDianteira

Freios Honda Fit DX

TipoDiscos (dianteiro) e tambor (traseiro)

Direção

TipoElétrica

Suspensão

DianteiraIndependente, McPherson
TraseiraEixo de torção

Rodas e Pneus Honda Fit DX

RodasLiga Leve de 15 polegadas
Pneus185/60 R15

Dimensões

Comprimento total (mm)4096
Largura (mm)1694
Altura (mm)1536
Distância entre os eixos (mm)2530

Capacidades

Peso bruto total /(Kg/) (kg)1520
Tanque (litros)45,7 litros
Porta-malas (litros)363
Peso vazio em ordem de marcha (kg)1052

 

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • Willie Cicci

    Isso é um exemplo de carro caro, já que ofercee pouco e cobra muito.

  • Cleidson

    Ano passado procurei muito um Fit DX 0km nas concessionárias pois queria um carro manual. Em todas me disseram que essa versão não existe. E que só existe Fit AT. Depois as montadoras vem dizer q manual não vende, mas quando queremos as concessionárias enrolam e oferecem só o AT.

    • Silvio

      Comigo foi a mesma coisa, falaram que só por encomenda e demoraria de 3 a 6 meses para chegar, ou seja, não queriam vender… Aí fui na concessionária da cidade vizinha e tinha 2 opções de cores no estoque. Depende muito da boa vontade do vendedor de atender o cliente, ou tentar empurrar outra versão mais cara ainda, já que a DX MT já é bem cara.

    • Eskarmory .

      Câmbio manual tá virando a cor azul do catálogo ;/

    • Toyo_Highlander fan

      No dia 24 de Janeiro conseguimos um na cor cinza barium. É verdade que essa versão é bem rara pois a grande maioria dos Fits vendidos são com câmbio automático. A relação das marchas são bem longas em comparação ao do Nissan March manual com motorização 1.6, mas não espere desempenho surpreendente. Ele não é tão rápido assim afinal a proposta do carrinho não é ser pra correr. No valor de nota fiscal ele saiu por 59.590 reais.

      • Silvio

        Deve ser por conta da topografia e intensidade do tráfego de sua cidade, pois aqui sempre fez acima de 12 km/l na gasolina. Quando o trânsito piora a média cai para a faixa de 11 km/l.

        • Toyo_Highlander fan

          Fortaleza é uma cidade ao nível do mar. Creio que seja por conta dos congestionamentos que são grandes por aqui.

    • Eduardo Sts

      Comigo aconteceu o mesmo. Então eu saí pela porta dos carros zero quilômetros e entrei na porta dos carros semi-novos, na mesma loja. Falei para o vendedor dos semi-novos que queria um zero mas teria que ser com ele – ele conseguiu pra mim. Na cor que eu queria, para pouco menos de uma semana.

      No fim das contas, eu enxerguei lá um EXL semi-novo pelo mesmo preço do DX, e cabei optando pelo EXL. Mas a dedicação do vendedor dos semi-novos me ensinou um novo truque ;)

  • Mayck Colares

    Um dos piores custo beneficio q temos no marcado.

    • Ricardo Silva

      Tudo depende do que você procura em um carro, o fit é pequeno por fora, tem um espaço considerável por dentro, tem o maior porta-malas, é confortável … claro que o preço é caro, mas acho que se chegar a vista no vendedor deve conseguir um bom desconto …

      • Silvestre

        Desconto e Honda na mesma frase, acho difícil…

    • Claudio

      Se não for o pior.

    • Toyo_Highlander fan

      Nenhum carro da Honda tem bom custo benefício. Isso não é exclusivamente do Honda Fit.

  • Bruno Silva

    Essa versão ao contrário do que dizem, era uma boa opção. 58mil com motor 1.5, ar, direção elétrica, vidros e travas, retrovisor elétrico (Polo 1.6 não tinha até pouco tempo), roda em liga, som, ESP, ASR, lanternas traseiras em LED, DRL noturno etc. A Honda sempre escondeu essa versão, quando deveria divulgá-la mais. Agora já foi, esse carro morreu, só uma nova geração.

    • T1000

      fit era para ter sua versão top na casa dos R$50mil.
      Nenhum fit vale o preço.

      • Bruno Silva

        Clichê barato. Quem vale mesmo é Kwid a 45mil?? O Fit concorre com Polo (MSI 1.6 na casa dos 60 mil), HB20 (1.6 na casa dos 57-58mil), todos eles.

      • Ricardo Silva

        Nenhum carro vale o preço …

      • Natán Barreto

        Qual o concorrente top custa 50 mil? Assim, só pra saber pq não sabia que os outros carros do mercado tinham versões top nessa faixa

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Essa versão se já fosse CVT nesse valor e a manual por 57 mil até seria pensável.

    • Silvio

      Na prática, com uma conversa sai um descontinho e cai para os 57 ou um pouco mais.

      • mjprio

        Meu amigo, na Honda dificilmente tem desenrolo. Pelo menos nas css que eu fui em busca desse carro, o que eu vi foi arrogância por parte dos vendedores. Saí de uma atravessei a rua e entrei numa css Nissan e sai de lá com um Versa SL completao por 57 mil na época, enquanto esse pé de boi iria me sair por uns 60

        • Silvio

          Aconteceu comigo esta arrogância que você citou em uma concessionária, porém fui em outra da Honda em uma cidade vizinha e além de ter a versão que eu queria (DX MT) ainda consegui melhorar o desconto.
          Sobre o preço do Fit, é isso mesmo custa um valor igual ou parecido com os concorrentes, porém estes vem com mais “recheio”, como você disse, o Nissan veio completo pelo mesmo preço de um Fit “pé-de-boi”.
          Carro nenhum no Brasil vale o que custa, e o Fit vale bem menos do que custa. Não dá para dizer que o carro é ruim, mas não tem nada demais, essa aura “Premium” que ronda o modelo é uma farsa. Pessoalmente teria adquirido outro modelo, porém como quem usa mais o carro é a esposa a opinião dela pesou, e cedi nesta escolha.

      • Hugo Leonardo Dos Santos

        com a Honda? duvido

        • Silvio

          Bom, eu consegui um desconto razoável. Devo ter dado sorte de pegar o vendedor querendo bater alguma meta.

      • Antonio_Brust

        Uma vez fui na Honda negociar um HRV e a vendedora, antes mesmo que eu perguntasse, disse que o preço praticado era o de tabela e nem um centavo a menos.

        • Silvio

          Além de pesquisar preço, temos que também pesquisar vendedor hehehe.
          Tem cada um que a gente não entende como ainda está empregado. E não vejo que depende de marca, já fui bem atendido e mal atendido em concessionárias de mesma marca. Ou as vezes na mesma concessionária, porém com diferença de alguns meses.

  • Toyo_Highlander fan

    Detalhe:
    O rádio é convencional com uma tela LCD de 5 polegadas com bluetooth e entrada para pendrive. (ESSE SOM VEM APENAS NA VERSÃO LX que custa 79 mil. .

  • Toyo_Highlander fan

    Recentemente adquirimos essa versão DX pela proposta de ser o Honda mais barato disponível zero km. De fato o carrinho é bem versátil, motor forte (fica devendo e muito em desempenho ao Nissan March 1.6), ar condicionado gela muito bem, confortável e bastante espacoso. O ponto negativo é por ser muito baixo em relação ao solo facilitando as raspagens em valetas e entradas em estacionamentos de prédios com rampa.
    Só achei o valores da revisão apresentados no quadro muito altos. A revisão dos 40 mil km mostra que esse carro não é tão resistente como se imagina. Manda inclusive trocar a junta da tampa de válvulas e a regulagem das mesmas. Em muitos carros hoje vendidos esse tipo de serviço se faz a partir dos 100 mil km. Apesar de possuirmos esse carro a Honda não é como muitos pensam.

    • Silvio

      A maioria dos carros atuais usa tuchos hidráulicos, o Fit usa tuchos mecânicos, que demandam regulagem de folga das válvulas.

      • Toyo_Highlander fan

        Uma mancada da Honda, na minha opinião.

      • Toyo_Highlander fan

        O motor HR16 da Nissan também usa tuchos mecânicos e não se faz ajustes em tão baixa km como da Honda.

  • Claudio

    Que revisões são essas de 2. mil reais?

    • Silvio

      Fluido hidráulico para CVT é bem caro, mais a mão de obra da troca. Além da regulagem de folga de válvulas devido os tuchos mecânicos e das demais trocas.

      • Claudio

        Revisões mais caras que meu velho Grand Vitara 2011 AT

  • carnero

    Essas revisões totalmente fora do padrão do mercado.
    Motor de tucho mecânico de 1994, e empurram para o consumidor a conta da “medição da folga de válvula”….
    Vergonha na cara faltou…..

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email