Crossovers Honda Mercado

Honda HR-V 1.5 Turbo pretende resgatar vendas do modelo em 2019

Honda HR-V 1.5 Turbo pretende resgatar vendas do modelo em 2019

Assim como já anunciado para a Europa, o Honda HR-V ganhará no mercado nacional uma versão turbinada em 2019. Por lá, a opções é a Sport, mas aqui no Brasil, a Touring deve assumir a nova motorização, padronizando-a com a do Civic Touring, igualmente equipado com o motor 1.5 VTC Turbo.


Porém, na Europa, o HR-V Sport tem 182 cavalos e 22,3 kgfm quando com câmbio CVT, já que o manual de seis marchas tem mais torque: 24,4 kgfm. Aqui, o mais provável é que o propulsor 1.5 VTC tenha os mesmos 173 cavalos e 22,4 kgfm a 1.700 rpm, sempre com câmbio CVT.

Já atualizado, o Honda HR-V 2019 com essa motorização deverá chegar com acabamento em couro, multimídia com Google Android Auto e Apple Car Play, câmera de ré, teto solar elétrico, faróis full LED, lanternas em LED, rodas de liga leve aro 17 ou 18 polegadas, múltiplos airbags, controles de tração e estabilidade, assim como assistente de partida em rampa.

Honda HR-V 1.5 Turbo pretende resgatar vendas do modelo em 2019


Com a introdução do HR-V Turbo, a Honda buscará resgatar parte das vendas do crossover, que na primeira quinzena de dezembro, perdeu a segunda posição entre os SUVs no acumulado do ano para o Creta, embora a diferença seja ainda muito pequena. Se continuar no mesmo ritmo, o utilitário esportivo da marca japonesa fechará 2018 na terceira posição, tendo o Compass como líder.

De janeiro a novembro, o HR-V vendeu 44.240 unidades, estando em segundo no período. Entretanto, as vendas do modelo caíram bastante em relação ao Creta, seu principal concorrente em vendas, chegando mesmo a ficar no limiar do Top 20 mensal entre os automóveis mais vendidos.

A atualização recente foi bem-vinda e o motor turbo será um bom acréscimo mecânico ao produto, que ainda usa o motor 1.8 i-VTEC FlexOne com 139 cavalos no etanol e 140 cavalos na gasolina. Os preços do HR-V 2019 entre R$ 92.500 e R$ 108.500 também não ajudam nas vendas.

Honda HR-V 1.5 Turbo pretende resgatar vendas do modelo em 2019
Nota média 4.2 de 6 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Alvarenga

    Tem versão 4wd ???? Não né…..Tô fora !

    • Lucas de Lucca

      Pra que versão 4wd num carrinho pequeno desses feito pra cidade? Só pra ficar mais pesado, lento e gastão?

      • Acredito que todos esses pseudo SUV’s deveriam ter opção AWD com tem a EcoSport. Sistema dinâmico por demanda, controlado eletronicamente, útil sim em cidades com aclives e em dia de chuva, bem como na melhora da aderência e estabilidade na estrada. Não gosto de SUV’s mas se um dia baixar algum nível de insanidade a preferência vai ser por aquele que tenha AWD.

        • Lucas de Lucca

          Olha, nunca na minha vida passei por uma situação dentro da cidade que me fez falta o AWD, mas se você diz… Agora que melhora a segurança em curvas até melhora, mas isso numa tocada agressiva com as babás eletrônicas desligadas, o que a maioria não faz, ainda mais com SUVs.

          • TijucaBH

            em BH que tem muito morro eu só senti necessidade de AWD uma vez que fui fazer uma baliza na descida e estava em uma Ranger. Como a tração é traseira e ela é mais leve, simplesmente na tracionava no asfalto molhado. Liguei o 4×4 e tudo resolvido! Em carro como HRV, Creta, etc nao tem necessidade, ainda mais porque possuem controle de tração. Pode ser que em uma situação muito específica em uma subida de calçamento molhado ajude de fato, mas é tão pontual que eu nao pagaria o preço no consumo e na perda de desempenho por conta disso. Preferia dar a volta no quarteirao e evitar essa subida.

            • Lucas de Lucca

              Concordo totalmente com você.

        • TijucaBH

          Alex, concordo que deveriam ter, porém nosso mercado é relativamente pequeno para esses nichos.
          Veja que o Ecosport AWD vende pouquissimo. Renegade e Compass vendem um pouco mais AWD porque pela nossa legislação, é a unica forma de ter um carro desse modelo com motor Diesel (ou teria que transportar mais de 1000kg de carga ou acima de 9 passageiros).

      • Sergio

        é que se é pra rodar só na cidade não faz sentido ser suv. melhor uma carro com centro de gravidade mais baixo.

        • Lucas de Lucca

          O mercado parece discordar de você. Basta ver as vendas altas e onde a maioria estão rodando.

        • TijucaBH

          muitos detonam SUV de “brinquedo” como alguns dizem, mas vamos à vida real.
          Eu tinha um Golf 1.4. Adorava o carro, muito bom mesmo, mas tinha que tomar maior cuidado do mundo pra sair da garagem daqui de casa pra nao raspar a frente do carro.
          Pra entrar na casa da minha sogra, se tivessem mais que 2 pessoas no carro, ele raspava no meio.
          Passar em quebra molas com 4 pessoas e mala, tinha que ser bem devagar, quase parando pra nao raspar.
          Quando ia pra SP nele, nas valetas nos cruzamentos na regiao do Chacara Sto Antonio, tinha que ir com maior cuidado também. Olha que essas valetas sao justamente no cruzamento e quando voce nao tem a preferencia, precisa arrancar rápido pra atravessar, frear forte pra nao raspar e depois voltar a acelerar normalmente.
          Ir pro sítio do meu cunhado que tem apenas 2 km de estrada de terra (boa), só dava certo quando tinham só 3 pessoas no carro, mais do que isso raspava por baixo.
          Descer do carro era outra tortura porque a porta pegava na calçada. Entrar era terrível também. Muitas vezes entrei no carro e a porta ficou travada na calçada e eu tive que sair, suspender um pouco o carro pela parte de cima do vão da porta pra conseguir destrava-la.
          Emprestar o carro pra esposa era outro martírio. Toda vez que ela parava em uma vaga 45°, a quina do parachoque vinha com uma marca nova.
          Mesmo amando o Golf, cansei e comprei um SUV que nao chega nem perto do VW em termos de desempenho, consumo, estabilidade, etc, mas nunca raspou por baixo, nunca raspou o parachoque. Além disso, pra colocar minha filha na cadeirinha é mais fácil e até mesmo pro meu pai que já tem uma certa idade, ficou mais fácil pra ele entrar e sair do carro pelo fato de ser um pouco mais alto.
          Gasto mais um pouco de combustível, perco alguns segundos nas acelerações e retomadas mas estou bastante satisfeito.
          Ah, já ia esquecendo, ainda tem a questao dos pneus mais altos. No Golf caí em um buraco e o pneu deu bolha. Com o Suv já caí em buraco maior ainda e nao tive nenhuma consequencia!

          • Schack Bauer

            Exatamente. O pessoal que critica só se fixa na falta de desempenho de fora de estrada, mas esquece da praticidade de colocar/tirar crianças das cadeirinhas, idosos entrando e saindo do carro, melhor visibilidade pra quem vai atrás, melhor desempenho nos alagamentos urbanos, bateção de queixo em rampas e meio fios, quebra-molas raspando. Também já tive sedãs, e esses suvs crossovers altinhos (chamem como quiserem) são muito mais práticos pra quem tem família.

            • Cláudio Modesto

              Alguns tem desempenho que beira o perigo. SUVs tem que ter motor bom, com torque de 20 pelo menos, nem precisa ser tão potente. Agora esses Renegades e kicks são piada pronta.

          • Marcus

            Qual o seu SUV?

            • TijucaBH

              Comprei um Creta Prestige. Coração bateu forte pelo Tracker por ser turbo e depois de um 1.4 Tsi seria difícil acostumar com carro aspirado de novo, mas o espaço do Tracker não me agradou.

              • Marcus

                Parabéns, boa compra.

              • mjprio

                Rapaz estou namorando um carrinho desses ,mas o consumo alto me assusta, sabendo que ele e pesado e tem motor 2.0. Tb pudera, meu Versa faz quase 13 na cidade. Em tempos de gasolina a JB$5,00 o litro faz diferença.
                Se puder passe suas impressões… sao sempre benvindas

                • TijucaBH

                  MJ, estou gostando bastante do carro. O espaço interno é muito bom e o porta malas bom tambem, ainda dá pra guardar algumas coisas junto com o estepe, tipo ferramentas, roupa de academia, etc.
                  O acabamento, apesar de ser todo em plastico, é extremamente bem montado e só se percebe que nao utilizaram material mais caro quando voce toca e sente o plastico rígido. O carro está atualmente com 11 meses de uso e 10 mil km. Mesmo andando em estrada de terra de vez em quando, o carro nao tem um ruido interno, nadica de nada!!
                  O que me impressionou positivamente é o quanto o carro ainda está novo. Posso mostrar o carro pra qualquer pessoa e falar que o carro tem 15 dias de uso, que irão acreditar. Esse fato foi inclusive elogiado pela revista 4 Rodas no teste de 60 mil km que eles fizeram e eu confirmo!!
                  Eu estava em dúvida entre o Creta e o HRV. O preço do HRV EXL estava acima do Creta Prestige aqui em BH, sendo que o Creta é bem mais equpado e tem motor 2.0 versus 1.8 do concorrente. Além disso, como frequentemente ando viajo com 3 pessoas no banco de trás, achei o banco traseiro do Creta mais largo e com espaço para pernas um pouquinho melhor também.
                  A estabilidade em curvas era algo que me preocupava, pois estava saindo de um Golf. Me surpreendi. O carro é MUITO estável, claro que nao é igual ao Golf, mas acho que a estabilidade dele é até melhor do que a do Bravo que eu tinha antes do Golf.
                  O desempenho do carro é muito bom, principalmente usando o cambio no modo manual. Digo isso porque o cambio procura manter sempre rotações mais baixas pra diminuir consumo e com isso, dá a impressao que anda pouco, mas quando voce vai ver no conta giros ele está a míseros 1700 RPM, mas basta uma pisada mais forte no acelerador pro motor acordar forte!
                  O que eu nao gosto nele: os botoes do vidro eletrico são iluminados só na porta do motorista (corrigido no modelo 2019), nao tem luz no porta luvas (eu coloquei uma por conta própria, mas devia vir de fábrica) e também em reduçoes mais fortes, em que se reduz 2 marchas no kick down o motor hurra bem quando passa de 4500 RPM, chegando a incomodar o ruido. Em situações normais o carro é extremamente silencioso e rodando a 120 km/h quase nao se ouve ruido do motor, no mesmo nível do Golf. O consumo com gasolina fica na faixa de 8,0 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada. Com o Golf eu conseguia 10,5 km/l na cidade e 15 km/l na estrada, ou seja, estou gastando uns 22% a mais com combustível o que dá uns 70 reais a mais por mes no meu caso. Pra mim nao chegou a pesar esses 70 reais, pois só a diferença de preço do seguro cobriu esse custo e a manutenção do Creta também parece ser mais barata (acabei de fazer a primeira revisao).

                  • mjprio

                    Obrigado. Vou avaliar com carinho… a princípio fiquei balançado entre o Pulse Plus 1.6 e o prestige 2.0 em função do consumo, diferença de preço etc..

          • Marcelo Alves

            Depois o pessoal reclama da suspensão elevada dos carros nacionais… Na VW eu gosto da altura do Fox e do Polo (geração de 2002 a 2014) pois a suspensão deles é bem alta e dificilmente raspa em algo.

            Jamais compro esses carros baixinhos (pior que isso, só os SUVs baixinhos, aí é um trambolho sem utilidade), imagina isso com mais de 2 pessoas dentro, raspa em tudo e como meu uso não é estritamente dentro da capital, não compensa os transtornos, saiu da capital para pegar rodovias, cidades do interior, estradas de terra para ir em chácaras/fazendas/sítios, é dor de cabeça na certa…

          • RVM

            compartilho da sua historia.
            Sempre fui um cara dos hatchs, astra SS, stilo, golf, i30, 308thp.

            vendi 308 e comprei um kicks de nariz torto. As vantagens que ele me apresenta hoje compensam em muito a visão negativa que eu tinha desse tipo de carro.

            Aqui vai uma ressalva pra kicks e HRV, eles são ainda menores em altura que os demais pseudo suvs então diria que são literalmente hatchs altinhos… talvez por isso minha rejeição seja baixa.

            mas hoje, se eu fosse trocar, seria outro na mesma linha, mesmo nao tendo o torque, pegada, grip, etc etc etc do meu ultimo, o 308…

            • TijucaBH

              Isso aí!! Comprei um SUV igual a voce, de nariz torto, mas para as condições de piso (ou a falta dele) que temos aqui, é a melhor opção sem ter que pular para 4×4 ou Pick Up. Provavelmente se eu morasse na Europa, nunca teria um SUV, ainda mais se fosse na Alemanha…

              • RVM

                sim sim, temos que ser sensatos. Foi uma criação do mercado, mas que é super conveniente a muitos…não é atoa que vende tanto.

                Eu vou mais longe que só o piso. Eu gosto de dirigir ele!!!

                quanto a estar numa BMW/AUDI/MERCEDES, seria certo na alemanha.. um belo sedan!

          • Matthew

            Então, compreendo seu relato. Mas isso aconteceu com as gerações recentes do hatches médios. Hoje qualquer um deles vem com rodas aro 17 no mínimo com pneus de perfil 50 pra baixo. Só a versão mais básica do Jetta recém lançada é que vem com rodas aro 16 com pneus de perfil 60. Só nisso já fica beeeeem mais aceitável para as nossas condições de pavimentação. Só o entre-eixos longo dos atuais sedãs médio na faixa dos 2,70 metros que não dá pra mudar. Lembrando que o Vectra GLS 1997 vinha com rodas aro 14 de fábrica com pneus perfil 70. Não me recordo de alguém reclamar que o sedã da GM era inviável para ser usado na cidade. Só o bico que raspava um pouco, mas nada demais.

          • Rodrigo Rodrigues

            Tô nessa tbm campeão, tenho um polo tsi mas a próxima comprar vai ser um suv, não dá não pra andar com carro baixo onde moro.

          • el punidor

            Por isso, todo esse cuidado que quem gosta do próprio carro, quem fica p. da vida como eu com detalhes na pintura, acabamento externo, rodas, etc, comprei algo ainda mais resistente e longe do solo, uma picape média, que “me libertou”. Nunca mais me preocupei com todos esses detalhes, aliás nem as lombadas me incomodam mais. Mesmo abusando em buracos inclusive no off-road,
            Zero roda amassada, roda raspada, pneu com bolha, bico raspado, motoristas batendo na traseira ou dianteira em manobras de estacionamento. Foi uma decisão radical, já que sai de um DS3, ótimo carro, mas tinha que ter cuidado com tudo. Cansei e fui p um veículo rústico. Não saio mais da categoria.

      • Alvarenga

        Negativo, pra te permitir ir com sossego a alguns lugares mais criticos eventualmente. É ruim voce comprar um SUV de mentirinha que so pode usar na cidade. Amigo te convida pra ir no sitio no domingo, cai uma chuvinha e voce passa vergonha ou nem vai. Então compra um sedan que cabe mais coisa e custa menos uai !

        • Edson Fernandes

          Meu tio mora em um sitio e anda com um Sandero Stepway. Só vendeu o Honda Fit pq esse é realmente baixo.

          Os carros: Sandero, Fluence, Versa, C3, Grand Siena, Palio e Fiesta (esse raspa) passam na boa no caminho do sitio. E há um lugar que vc pega um lamaçal pq tem mtas arvores e não tem periodo que recebe luz solar, ou seja, não seca.

          Nessa região vc passa por volta de 30km/h com o carro e apesar de deslizar, vai na boa. Se quiser andar bem devagar, aí atola. Mas já antecipo,qualquer altinho sem ser 4×4 atolaria. Entretanto é um trecho de menos de 10 metros. Nem compensa.

          Tanto que tirando o Fiesta que citei antes, em nenhum momento os demais carros raspam ou precisam ter uma altura ou tração superior, mesmo em dias chuvosos.

      • Nicolas

        4wd aumenta muito o consumo e se um dia precisar provavelmente vai ficar na mão pois os pneus não tem grip. Hoje o controle de tração, estabilidade e vetorização dão conta do recado.

      • Ricardo Blume

        Concordo. Não é um veículo para ser utilizado no barro ou na travessia de rios e lamaçais. Para isso, o sujeito iria com uma pick up. Na Europa e EUA até teria utilidade, devido ao fato de terem longos períodos de neve.

    • Raul Pereira

      Honda é assim, colega, oferecem BEM menos que a concorrência por um preço maior. Fui numa css esses dias por curiosidade.
      Davam 8k a menos do preço de mercado (webmotors) no meu Onix completo AT (parece que só querem seu carro se for ‘de patrão’, carro popular esquece) e cobram 73,5k num fit sem multimídia e espelhamento, sem freio a disco nas 4 rodas e quando comparei com o Polo (civilizadamente, numa boa mesmo) pra tentar melhorar as condições o vendedor se ofendeu todo.

      • Lucas086

        O que percebo na Honda, que é pior ainda que a Toyota, que eles não tem interesse de negociar… eles querem que o consumidor chegue, eles falam e o consumidor paga. Pronto. Nas poucos vezes que tive na Honda, prestei atenção que quanto mais a pessoa demonstra entender um pouco de carros, valores e tal , mais eles se incomodam… negociação!? Jamais, o preço é esse, o juros é esse e tchau… pq o slogan deles é ” vc não está comprando um carro, está comprando um Honda”.

        • Rodrigo Pasini

          VW também está praticando essa política, é o cliente que depende deles e não o contrário, esse deveria ser o slogan da nova VW.

          • Edson Fernandes

            Curioso, pq ao menos em SP, o Polo tem descontos gordos para até comprar.

          • VW? Sempre deram bons descontos, o ruim deles é o pós vendas, venderam, tratam o cliente como peso.

          • mjprio

            Vamos c…. e andar na cabeça deles…. sao eles que dependem da gente pra ganhar o salário. Tem que respeitar o consumidor. Por isso o Brasil é esta bagunça. Se nao me atender bem eu dou cajado no gerente. Ele e responsável por isso!

        • Navaman

          Aqui em Salvador chegam a cobrar ainda mais em relação às outras capitais, pois todas as concessionárias são a mesma empresa.

        • Raul Pereira

          Sim! Bem lembrando! Não tinha me atentado a isso, quando você demonstra que entende de carro, mecânica, mercado, eles meio que não gostam e cortam o assunto. Quando fala do Polo, então, mesmo que amistosamente comparando os itens de segurança e freios nas 4… começam a te tratar com desdém, como se o consumidor não tivesse direito de pesquisar sobre o produto ou fazer comparação de livre mercado

          • Lucas086

            Quando comentando Polo ou Virtus, eles dizem que Honda não se pode comparar com marcas nacionais kkkkkkkkkkkkk a Honda quer ser premium de qq maneira

            • Raul Pereira

              premium que vende carro seco e às vezes até sem rádio XDDD só no Brasil

        • Osmar Tellos

          Vai em uma revenda Chevrolet, amigo. Já comprei 3 carros dela… O tratamento, é só de interesse, para eles, lógico. E tenho Honda, também, cujo tratamento na revenda é bem melhor.

      • fsjal

        O atendimento da Honda é detestável. Eu juro que não sei de onde vem essa fama de bom pós venda deles.
        Minha esposa teve um Fit EX 2016 e eu achei o carro extremamente superestimado, tanto no carro em si como no pós venda (que foi o pior que eu já vivi)

        Depois voltamos pra ver um outro carro e entre as opções estava um 208 (que a Peugeot dava 14% de desconto no CNPJ) e outro Fit.
        Cheguei na Honda e o cara falou mandou na lata “desconto no CNPJ é 5% e não tem choro”.
        Fui de 208 sem nem pensar duas vezes e não me arrependi nem um pouco.

        • Alexandro Vieira Lopes

          sera q o bom atendimento é nas revisoes ou algum problema?
          pois na compra sao deuses conforme varios relatos aqui no site

          • fsjal

            Os atendimentos nas revisões pra mim foram os piores possíveis. Conseguiram ser piores que a Ford aqui na minha cidade.

            – nunca atenderam no horário marcado
            – nas 4 vezes que o carro foi pra revisão, não resolveram os inúmeros barulhos internos
            – nunca entregaram o carro lavado
            – na revisão de 30 mil ligaram pra minha esposa orientando-a a trocar as pastilhas de freio por módicos 800 reais, somando-se a revisão de 700 que já era um absurdo. minha esposa negou prontamente. quando foi retirar o carro, na hora de pagar, descobriu que eles tinham trocado as pastilhas. pra tentar reparar o erro, ofereceram 5% de desconto (!!!) ou uma parcela a mais. a emenda saiu pior que o soneto. minha esposa pediu que voltassem as pastilhas antigas pois ela não pagaria pelas novas. chamaram o chefe da oficina que chegou com o peito estufado e falou “você quer que eu pare toda a oficina só pra mexer no seu carro”. coitada da minha esposa que é muito boa.
            Por sorte eu tenho um amigo que trabalha na concessionária que conseguir “agilizar a troca” – para o fim da tarde, o que fez com que a minha esposa perdesse o dia de trabalho (trabalhava com vendas na época).

            meu irmão hoje tem um civic touring e nas duas revisões que já fez, teve dissabores. a honda, por não trabalhar com revisões de preço fixo, deixa os clientes nas mãos das concessionárias.
            na primeira revisão, ao ver a materia do próprio NA, viu que o preço médio era de 160 reais. ao liga na css aqui da cidade se assustou: 600 reais.
            estava cogitando fazer a revisão em uma cidade próxima quando conseguiu negociar o valor e pagou algo em torno de 300 reais.
            na segunda revisão, ele estava viajando e pediu para que eu agendasse o serviço.
            liguei lá, falei com um funcionário que me passou algo em torno de 280 reais. conferi aqui no site, vi que estava na média e fiquei de retornar com a data.
            quando retornei a ligação, falei com outro funcionário que me passou outro valor, muito mais alto. pedi pra rever o valor e me retornaram com o correto.
            na hora de deixar o carro lá, disseram que a revisão era rápida, e que ele poderia aguardar, mas passaram um outro valor, também acima. ele negou, pediu que revisassem e corrigiram, mas aí o consultor falou que “nesse meio tempo outros carros entraram na oficina e a entrega do carro dele ficaria para o fim do dia”.

            eu, particularmente, não piso numa concessionária da Honda pra comprar um carro pra mim. os carros não são ruins, mas são extremamente supervalorizado. MUITO longe de ser o que falam. o serviço é horroroso, parece até que você faz um favor de comprar um carro deles. mas quem faz a fama, deita na cama, então é óbvio que eles podem cobrar o que quiserem dos carros deles que uma legião de fãs vai lá pagar 85 mil num Fit, 125 num Civic, 200 mil num CR-V/Accord…

        • mjprio

          Olha estou na Nissan ha 3 anos e estou me surpreendendo. Vendedor muito cordial na negociação e atendimento muito bom no pos venda inclusive em garantia, trocando o sensor de re por um novo completo e pintado pela avaria de um dos transdutores. E o condensador do ar tb trocado sem problemas. Inclusive vc pode agora acompanhar a revisao expressa na oficina. Pretendo trocar meu Versa por outro, agora CVT, cujo preco ainda esta bom.

          • fsjal

            Eu estou há dois anos na Peugeot (primeiro com um 208 1.2 e agora com um 308 RG) e também estou positivamente surpresocom o pós venda. Carro francês você já compra com os dois pés atrás, mas gostei tanto do carro e do pós venda que acabei pegando outro.

            No 208 precisei trocar o cabo de acionamento do freio de mão que estava com um rangido e foi coisa de 2 semanas pra chegar e trocar.
            Com o 308, houve uma trinca no teto… novamente o vidro chegou e foi trocado rapidinho, e ainda deixaram um carro deles comigo, padrão da Peugeot para serviços que levam mais de 3 dias. Fiquei com um 308 igual ao meu, novinho, com 2500km.

            A cordialidade e pontualidade também me agradaram.
            Como nem tudo são flores, a concessionária aposta muito na empurroterapia. Oferecem de tudo. Por sorte, no site da Peugeot tem todos os valores da revisão, então dá uma segurança a mais.

            Hoje, é muito mais fácil eu comprar um 3º Peugeot, ou outro Ford (que também é ruim demais aqui, mas o carro vale a pena) do que pisar na Honda de novo.

            Eu cheguei a ver um Kicks quando estava pra pegar o 308. Carro elogiadíssimo e o pós venda na minha cidade idem. As condições eram excelentes, mas o tempo de entrega superava 30 dias e eles não iriam pegar o 208 por um bom valor.
            A Peugeot tinha o 308 a pronta entrega e pegaram meu 208 pelo mesmo valor que eu paguei um ano antes (peguei com 14% de desconto no CNPJ).
            Isso foi determinante pra mim.

        • Raul Pereira

          Cara, minha mãe comprou um 208 PCD por causa de um desvio sério de vértebra. Trataram-nos super bem na css, deram desconto, pós venda excelente (quando fui fazer a revisão pra ela a vendedora fez questão de acompanhar o processo).

      • Luconces

        Mas o Civic de entrada oferece mais do que o Corolla de entrada

        • Raul Pereira

          Ah, sim. Nesse caso… mas tem outros fatores que influenciam na compra, atendimento é um deles pra mim, do contrário, poderíamos fazer direito pelo site a compra e eliminar o intermediário.
          Lembro quando a Hyundai chegou, antes de levantar a crista, oferecia preços muito bons com equipamentos bem completos.

      • mjprio

        Bando de vendedor arrogante vendendo carro com ferrugem de série. Arrego pra eles. Depois do constrangimento que eu passei numa loja com um vendedor velho gagá na AB Mobara, vao ter que me agradar muito pra eu comprar um veiculo com o H na grade… de uma grosseria sem. Igual. Simples: armei um barraco na css e comprei no concorrente inclusive do mesmo grupo Ab. A gente tem que ser assim,toda a vez que formos maltratados por um comerciante.
        Sei que nao deve ser a imagem de todas as css honda, mas achei um absurdo. Dei meia hora de esporro no gerente que ficou sem graça e fui embora

  • Raul Pereira

    Se na EXL já estão cobrando 108k, a Touring não vai vir por menos de 130k, e olha que vai ter gente que vai pagar com gosto

    • Pedrov154

      108k na tabela, quando chega lá na concessionária eu não duvido nada que seja 115k. Aqui na minha cidade uma concessionária está cobrando 90k por City 1.5 EXL.

      • Raul Pereira

        caramba, O fit que fui ver aqui perto, 3 dias depois o cara me mandou um whatsapp dando 3 mil de desconto na tabela

    • Luis Carlos K.

      Carro para quem tem bala na agulha. Não para quem anda de Onix…

      • Edson Fernandes

        Essa mesma pessoa compra o rival até citado na noticia por menos e aí essa “bala na agulha” é usada para o cara fazer outras coisas que não é gastando mais por menos.

        • Luis Carlos K.

          Você tem Onix ou Hb20?

          • Raul Pereira

            e você é dono do engenho, né?
            Engraçado que em outras css que fui seguem uma regra muito clara de administração, negócios e decência humana: TODA pessoa é um cliente em potencial, não interessa se hoje ele não consegue comprar o carro mais top, um dia ele pode ter essa condição ou vontade. Aí você que tratou ele mal porque não era bom o suficiente pro produto vai ver ele fazer negócio com o concorrente. No passado um cidadão chamado Lamborghini fez isso com a FERRARI e olha no que deu

          • Edson Fernandes

            Não , tenho um Renault Fluence Privilege.

            • Luis Carlos K.

              Uau

              • Edson Fernandes

                Pergunta o carro e depois desfaz? Legal isso.

      • Até você ver ele chegando a preço de Equinox, principalmente quem tem bala na agulha racionaliza sua compra.

        • Luis Carlos K.

          E quem tem Hb20 e Onix morre de inveja kkkk

          • Do cara comprando o Equinox? Não entendi, sinceramente.

      • Raul Pereira

        Não interessa, super faturamento é superfaturamento.
        E conheço muita gente de bala na agulha que critica os preços do mercado e não incentiva esse tipo de prática pelo absurdo que é e gasta a grana que tem de maneira equilibrada com outras coisas, como a família. Além do mais, muita gente rica tem um carrão em casa e outro popular pra fazer os corres do dia a dia, falar que não é pra quem anda de Onix… bem, se olhe no espelho.
        Agora, se você defende os preços, elitização de carros e css tratar cliente igual lixo, parabéns, você não ganha nada com isso XD
        Outra: já fui muito mais bem trata nas lojas da Av Europa aqui em São Paulo, onde os vendedores mostram os carros e te tratam bem (com destaque pra Lamborghini), só vendedorzinho de css de esquina que precisa ser esnobe assim. Mas fazem porque tem quem defende, como você

        • Luis Carlos K.

          Rico vai deixar o carro top na garagem e sair de carroça pra “fazer corre”? Kkkkkk rico faz corre? Só se for filho de papai que ganha carro e usa pra vender droga, parece ser o seu tipo… Rala pé rapado.

          • Raul Pereira

            já dá pra ver o nível de maturidade pelo tipo de comentário

  • D34D P00l

    HR-V vai ser vitima da ganancia da Honda, ela esticou tanto o preço que não tem mais como colocar uma versão melhor sem entrar no range de outros produtos melhores de segmentação superior.

  • Tratando-se de Honda..vejo um preço não abaixo dos R$120 mil. Muito dinheiro.

    • Cláudio Modesto

      Boto fé que vai ser o mesmo preço que o Civic touring.

      • mjprio

        Agora veja so isso……

        • Cláudio Modesto

          Agora veja só isso o quê?
          Bicho, o HRV ELX tá 108.500 o Civic Touring tá 127.600 no site da Honda.
          Vc acha que o HRV turbo custará quanto? 110 mil? O civic ELX já custa o mesmo preço do HRV no site.

          Eu acho que vai ser o mesmo preço ou mais, a honda tá de lixando pro que a gente pensa aqui no NA. Metem o preço no limite mesmo.

          • mjprio

            Me referi a impafia da Honda em cobrar esse absurdo, amigo. Estamos falando de um city mais alto com eixo de torção na traseira. Nao tem a metade do refinamento mecânico de um Civic G10. Por isso foz o comentário . Nao foi critica a vc

            • Cláudio Modesto

              Heheh, pode crê.
              E vai vender…

  • sigma7777777

    Como a Honda consegue comprar tanto por um veículo que utiliza a plataforma do Fit? Que loucura!

    • Oliveira

      simples: porque tem quem pague..

    • Jefferson

      É a plataforma do primeiro Fit ou do mais novo?

  • Matafuego

    Resgatar as vendas com uma versão mais cara ainda? Perderam a mão, isso aí é um Fit alto!

    • Baetatrip

      Ele e pouco + superior do que e WR-V…Outra merdinh@ da Honda!

  • Louis

    Eu jamais deixaria de levar um Civic touring pra levar o HRV.

  • No_Name

    Até na Europa onde os japas não são muito relevantes em vendas, eles já estão a cobrar mais por seus carros em relação a concorrência. É incrível. O céu é o limite para a Honda e Toyota. O povo precisa dar um basta, pagar caro apenas por uma suposta confiabilidade melhorada é como mendigar esmola. Eles não fazem mais do que a obrigação.

  • Abdallah

    Acho lindo a hr-v mas façam suas apostas, chuto 130 mil pra cima o preço dela com novo motor!

  • RicLuthor

    O que poderia ajudar nas vendas do HR-V seriam uma revisão nos preços (promoções) e uma melhora no produto (acabamento interno, especialmente das portas e melhor isolamento acústico, principalmente quanto ao ruído do motor).

    Não é um veículo medíocre, longe disso, mas a percepção que não vale o que cobram é clara, o Civic é bem mais equilibrado nesse sentido.

    • Jefferson

      E os problemas com ferrugem, é simplesmente ridícula essa questão da ferrugem em carros saídos de fábrica. E não é só o HR-V, Fit e City também apresentam esses problemas.

      • RicLuthor

        Justamente os modelos que compartilham plataforma e componentes entre si.

    • Luconces

      Eles já estão pintando o cofre do motor sem aquela economia?

      • RicLuthor

        Ainda não vi o cofre do motor desse modelo 2019, talvez a Honda já esteja pintando-o na mesma cor da carroceria (sem o verniz obviamente).

      • RicLuthor

        Teste de 1 mês iniciado hoje pelo site Best Cars comprova que o cofre continua sem pintura!

        • Luconces

          Obrigado!

  • le0gt-r

    Chegará custando o mesmo que um XC40.

  • Eu tenho lá minhas dúvidas que vão inflar as vendas do HRV, mas acredito que a versão turbo possa ter uma boa fatia no mix.
    Pra ser franco acho o HRV um guerreiro por conseguir vender tanto, praticamente sem vendas diretas.
    Se levar em conta o tanto de concorrentes no segmento do SUVinhos e que Compass e Renegade tem quase 70% das vendas com até 17% de desconto nominais, Creta também uns 50% de vendas diretas, bem como todos os outros que atendem a versão PCD. Para quem vende 90% no varejo, acho um feito incrível.
    Se Honda quiser vender mais teria que lançar uma versão pelada para PCD e Locadoras, aí voltaria a liderar e passar até o Compass. Coisa que não é difícil de fazer já que vão ativar a fábrica nova, mas acho que não é o perfil da Honda.

  • CarloAndreiDiniz

    Isso, exatamente o que as montadoras querem incentivar cada vez mais o uso de SUV que tem um valor considerável de agregado embutido, querem que discutam que falem, para fazer pensar neles, em quem não tem que continuem incentivando a lotar as ruas com carros de plástico caros beberrões e etc…

  • Lourival Cliente

    Sedan nunca mais. Por 108 mil reais voce compra um jeep renegade diesel sport. Super resistente, econômico, completo, 4×4.

    • oscar.fr

      Renegade diesel mais barato sai na faixa de 126 mil reais.

      • Edson Fernandes

        Com desconto de PJ possivelmente deve chegar nesses 108000.

        • Quando fui na CSS ofereceram por 105k na verdade, no cnpj

          • Edson Fernandes

            No meu caso, o maior problema do Renegade é seu porta malas. Talvez por isso eu não teria um hoje.

  • Paulo

    Salvar as vendas? Duvido. No máximo teria um HRV mais atualizado para concorrer com outros veículos com motor turbo. Aí vem o outro problema, preço. Provavelmente vai chegar no preço do Civic Touring ou mais caro. Nesse preço começa a ter outras opções muito mais interessantes.

  • ALEXANDRE Carvalho

    O HRV 2019 em sua versão EXL a 110 mil reais é um absurdo.
    Duas opções mais completas e com custo beneficio melhor já que custam na faixa de 100 mil:
    – Renegade Limited.
    – Creta Prestige.
    Ainda tem o Compass Sport por 110 mil que é de um outro patamar.

  • ALEXANDRE Carvalho

    Esse HRV touring vem por 125 a 130 mil.
    Escreve aí.

  • David Diniz

    Sério mesmo que não tem chave presencial?

  • Razzo

    Vai depender muito do preço da brincadeira, o que não é o forte da Honda…

  • Wagner

    Preço com certeza acima dos R$ 120k

  • Luconces

    A se julgar que é o terceiro mais vendido mesmo custando entre 92 e 108, os preços ajudam sim.

    Se estivesse patinando nas vendas como o 2008, eu concordaria.

  • Razzo

    A atualização recente do câmbio CVT (meia-boca) pode ser propagada aos antigos HRV e Fit/City, através da reprogramação do módulo central da caixa de câmbio (TCU) ?

  • Mauro Banqueiro

    No Japão tem opção 4×4.

  • Sustentabilidade Alexandre Kar

    Recomendo que os amigos façam um test drive em um Subaru, na serra e com chuva, assim terão uma verdadeira dimensão do que é se sentir seguro em um AWD. Não me vejo mais dirigindo um veículo sem AWD, minha integridade física acima de qualquer comentário.

  • RVM

    belo carro que a GM matou… bebia demais, mas era um carrao. O SS então puts!!!! epoca áurea da GM!

    • mjprio

      Tenho um amigo que tem um SS novinho… muito bonito. Realmente um carrao. Com motor 2.0 vc vai na estrada com ele sussurrando… a GM fez besteira mesmo

      • RVM

        é um dos carros que se o bolso desse eu teria em casa pra passeio de domingo a tarde…

        o astra SS, e o Stilo Blackmotion, ambos que tive… O stilo era algo espetacular, pra epoca.. e ainda hoje!

        • mjprio

          Nao tinham motores superpotentes, mas tinham seu charme, coisa que esta em falta hoje….

  • José Henrique

    O preço é um verdadeiro ASSALTO, engana trouxa. VERGONHA TOTAL

  • José Henrique

    139.990,00 em um carrinho deste, é um engana trouxa mesmo. VERGONHA PARA HONDA. Continuo com meu velho Corolla e pretendia trocar o Jeep Renegade, visto o esse preço anunciado, irei trocar o Jeep, mas, agora por um Jeep diesel. ADEUS HONDA a nova Ford do Brasil.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email