*Featured Crossovers Honda Preços Test Drive

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Desde sua chegada ao mercado nacional, em 2015, o Honda HR-V não havia recebido outro motor, além do 1.8 i-VTEC Flex One, que curiosamente no modelo é o único que oferece mais potência com gasolina do que com etanol, invertendo uma regra do mercado. Agora, a partir de R$ 139.900, ele também vem com motor 1.5 Turbo na versão Touring.

O HR-V Touring chega como parte da linha 2020 que, entre outras coisas, teve aumento de preços. Nessa gama com motor 1.8 de 140 cavalos no derivado de petróleo e 139 no combustível vegetal, as versões LX, EX e EXL recebem modificações, que já foram anunciadas previamente.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

As versões EX e EXL ganham paddle shifts no volante, além de itens de série como ar-condicionado, trio elétrico, direção elétrica, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, freio de estacionamento eletrônico, Brake Hold, luzes de frenagem de emergência, airbag duplo, freios ABS, faróis de neblina, piloto automático e vidros com levantamento a partir da chave.

No Honda HR-V 2020, as versões EX e EXL passam a dispor de ar condicionado automático touchscreen, o mesmo que vai na versão Touring, que por sua vez tem faróis de neblina em LED. Além disso, as três versões recebem a mesma roda de liga leve aro 17 polegadas, tal como volante em couro, simulação de sete marchas e airbags laterais.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Airbags de cortina, sensor crepuscular, bancos em couro, retrovisores com rebatimento elétrico e tilt down e multimídia com navegador GPS nativo são itens incluídos nas versões EXL e Touring. As versões LX e EX passam a dispor de multimídia com Google Android Auto e Apple Car Play com câmera de ré.

Mais caro

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Com estas alterações na linha 2020, o Honda HR-V ficou mais caro, em relação ao 2019, tendo aumento de quase R$ 2.800, sendo que o maior acréscimo foi para a versão EXL com alta de R$ 3.400, enquanto a EX ficou R$ 3.000 mais cara e a LX com acréscimo de R$ 1.900. Agora o crossover parte de R$ 94.400. Confira os preços abaixo:


  • HR-V LX: R$ 94.400 (antes era R$ 92.500)
  • HR-V EX: R$ 101.700 (antes era R$ 98.700)
  • HR-V EXL: R$ 111.900 (antes era R$ 108.500)
  • HR-V Touring: R$ 139.900 (novo)

Após estas mudanças, a Honda espera novamente elevar as vendas do HR-V, que de janeiro a abril emplacou 15.646 unidades, sendo o quarto mais vendido os utilitários esportivos, ficando atrás de Jeep Renegade, Jeep Compass e Nissan Kicks, mas à frente do Hyundai Creta. Desde o lançamento, já vendeu mais de 215 mil unidades no país.

Touring

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

O Honda HR-V Touring não chega apenas com motor mais possante. Ele tem uma série de modificações, a começar pelo visual. Na frente, o crossover compacto da marca japonesa traz como diferencial os faróis full LED, incluindo repetidores de direção e luzes diurnas, dando um aspecto mais sofisticado ao produto.


Além disso, a frente ainda dispõe de faróis de neblina em LED. Nas laterais, porém, a roda decidiu manter as mesmas rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 215/55 R17. Os retrovisores com rebatimento elétrico tem um diferencial importante, a câmera do sistema LaneWatch no espelho direito, cobrindo uma área grande onde o condutor tem pouca visibilidade.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Aliás, ela pode ser acionada tanto pela haste na coluna de direção (através de botão) quanto pela seta de direção, na mesma haste, tendo a imagem reproduzida na multimídia. Outro item que chama atenção no Honda HR-V Touring é o teto solar panorâmico, que tem acionamento de persiana interna e vidro com toque. Há também antena barbatana.

Na traseira, as lanternas em LED realçam a proposta do HR-V turbinado, que tem apenas um badge discreto com o nome Turbo. Mas, o que identifica mesmo essa versão, olhando de trás, são as duas saídas de escape de aço inox. As ponteiras estão ligadas a um sistema de escape totalmente novo, que é maior que o da versão 1.8.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Isso exigiu que a Honda mudasse o assoalho traseiro do HR-V, reduzindo assim o volume do porta-malas de 437 para 393 litros. Mesmo assim, o crossover ainda tem um bom espaço para bagagens.

No entanto, nos pareceu um pouco exagerado a inclusão de duas saídas num carro cuja proposta não é esportiva. Só apenas uma saída ou até ponteira dupla ficaria interessante e representaria bem o poder do 1.5 VTC Turbo.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Essa alteração fez com que a Honda adicionasse um enorme silencioso central sob o lado do passageiro, que é facilmente visível fora do carro e que, dependendo do tamanho da lombada ou rampa (especialmente de garagem subterrânea), o mesmo pode vir a pegar no solo. Pelo menos a altura livre do solo é de 177 mm.

Por dentro, o Honda HR-V Touring traz como novidade atraente o interior em cinza claro, revestindo assim painel, console elevado, bancos e portas, todos com material soft e couro costurados. O crossover mantém inalterado seu espaço interno, onde o banco traseiro oferece o sistema modular ULTra Seat para colocação de objetos altos ou longos.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

A iluminação interna possui luzes de leitura em LED. A multimídia com navegador integrado tem Android Auto e Car Play, bem como câmera de ré com tripla visualização e entradas USB (2) e Bluetooth. Com o acabamento mais claro, oferecido apenas nas cores Branco Estelar, Cinza Barium e Azul Cósmico, bem como teto panorâmico, o ambiente fica mais convidativo.

Impressões ao dirigir

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

O Honda HR-V Touring recebeu outras mudanças mecânicas para receber o propulsor 1.5 VTC Turbo, que tem duplo comando de válvulas variável, diferente do VTEC, que tem apenas um. O propulsor é o mesmo usado no Civic Touring e vem com 173 cavalos a 5.500 rpm e 22,4 kgfm a 1.700 rpm.

Com boa oferta de torque em baixa, o propulsor é acoplado ao câmbio CVT de sete marchas virtuais, usado no Civic Touring. O conjunto tem uma performance boa, mas o sistema de polias e correias continuamente variáveis não é a melhor opção para um motor turbinado, pois, sua ênfase é a economia e uma linearidade que dá conforto ao dirigir.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Assim, boa parte do que o 1.5 VTC Turbo oferece, se dilui nos deslizamento dessas duas partes do CVT, que mesmo com simulação de marcha, ainda poderia oferecer mais. Rodando a 110 km/h, ele aponta para 2.000 rpm. Em retomadas, ele espera um pouco até reagir adequadamente (em relação ao que o motor oferece…), subindo até por volta de 5.000 rpm.

Num kick down, ele alcança rapidamente 6.000 rpm, onde ocorre o corte. O HR-V Touring entre essas duas rotações tem um desempenho animador. No modo Sport, a rotação fica 1.000 rpm acima, mesmo aos 110 km/h e deixa o motor mais cheio, melhorando mais as respostas nas retomadas.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

Na dirigibilidade, o Honda HR-V Touring vem com calibragem mais firme de molas e amortecedores, assim como melhor isolamento acústico (tal como na linha 2020) e barras estabilizadora dianteira maior. O crossover tem direção com resposta direta do controle de estabilidade, ajudando muito em curvas fechadas e mudanças rápidas de direção.

Mais “no chão”, o Honda HR-V Touring, nesse aspecto, se mostra mais ágil que, por exemplo, o Volkswagen T-Cross Highline, pois, sua suspensão é mais firme e o handling mais acertado para a performance do carro. Ainda assim, o utilitário esportivo passa bem por pisos imperfeitos e ondulações exageradas. Os freios também atendem muito bem no crossover turbinado.

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir

No geral, a condução do Honda HR-V Touring foi a esperada, com o CVT matando parcialmente a grande força do 1.5 VTC Turbo. Mas, como a própria marca indica, não se trata de um esportivo, mas de um carro com uma performance melhor para qualquer situação e, nisso, o modelo parece cumprir bem sua tarefa.

Honda HR-V Touring 2020 – Galeria de fotos

 

Honda HR-V Touring 1.5 Turbo: Impressões ao dirigir
Nota média 2.7 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Bruno Melo

    Muito bonito! porém tem opções melhores.

    • andrei petreira

      E não são poucas.

    • Edgar

      ” bonito! porém tem opções muito melhores.”

    • Dante Moore

      Se vc for ver o T Cross completo e este ai, tô achando o Honda melhor. Acabamento, câmbio e economia são superiores. Não vi este Honda ainda, mas o T Cross me decepcionou muito e o valor é próximo ao Honda. Eu iria de Renegade Trail Halker :Valores próximos,Renegade é diesel, mais econômico e bem completo, com uma multimidia grande, bom acabamento. Ainda dão bons descontos no PJ e pessoa física TB (em dezembro estavam dando 6% para pessoa física e 9% para jurídica).

      • Samuel Jesus de Sousa

        Ouvi dizer que o maximo que o VW chega é 125 k, se 15 K é considerado um valor próximo então vc tem muito dinheiro

        • Saulo Bezerra

          depende 140 com desconto de 9% cai para 127 +/- para um carro diesel de baixa desvalorização é bom negócio d+

          • Dante Moore

            Tenho um tio que pagou 125.000 numa trailhalk em dezembro. Ótimo carro. E acho uma opção muito melhor que T Cross e HRV. Carro a diesel, super econômico, ótimo acabamento, câmbio de 9 marchas : )

        • Dante Moore

          Semana passada fui ver um T Cross e estava 127.700,00. Achei muito ruim o acabamento ainda mais com este preço.

    • Problema está mesmo no preço. Se tivesse um valor mais racional na etiqueta, poderia ter viabilidade para ser mais que uma versão de marketing. Vai vender muito pouco. Mas acaba que vai chamar a atenção para o resto da gama, mais ou menos nos moldes do que ocorre com o Civic Touring.
      Aliás, o valor pedido nesse H-RV acabou por tornar o caríssimo Civic Touring uma “pechincha” por menos de 130 mil.

  • Henrique Guedes da Silva

    Essa rodinha de borracharia de esquina mata

    • Darlon Anacleto

      Pois é, falta um desenho mais inspirado. Também é pobreza absurda aquela multimídia, que poderia ser integrada ao painel de modo mais harmônico.

    • Itamar

      primeira vez que vi de longe achei legal ate, depois de perto vi a parte preta e me pareceu realmente pintada em borracharia kkkkk

      • Henrique Guedes da Silva

        na verdade os carros da toyota dá para contar uns 2 ou 3 de todos fabricados aqui que tinha roda llegal

    • Eskarmory .

      Não bastasse a Honda usar roda diamantada em todos os carros, conseguiram se superar na feiúra desta. Ia falar que é roda de híbrido mas não merece, borracharia de esquina define melhor.

    • Rafael Neves

      Poderia ter vindo com a roda do Accord… bem mais bonita!

  • João Senff

    Nunca gostei dele e agora as pequenas mudanças conseguiram deixar mais feio.

  • CanalhaRS

    Aquele silencioso aparecendo na lateral (pronto para raspar nas lombadas) e essas rodas xunning são lamentáveis num carro de 140 mil.
    Para quem gosta de SUV é um prato cheio.

    • Chap

      Um absurdo esse abafador intermediário daquele jeito, falha de projeto. Os 1,8 também são assim? Nunca reparei… Acho que a foto foi proposital, no sentido de mostrar essa falha.

    • Thiago

      Sem falar na CMM que parece aquelas xing-ling com botões bem grosseiros.

      • Gabriel Torque

        Só eu acho esse ar digital do HRV horrendo ? Parece ar digital da década de 90

  • renanfelipe

    Com 2008 THP a 100k da até vergonha.

    • Eduardo Zacchi

      Inclusive dá vergonha pagar R$ 100K num 2008, mesmo THP…

      • TijucaBH

        kkkk, gostei!!! Realmente o 2008 THP tem um bom conjunto mecanico (motor e cambio) e só!

        • Eduardo Zacchi

          E num é meu irmão?
          Uma amiga minha comprou essa trapizomba e pensa numa “muié” que ficou brava com meu amigo (o marido dela)!!!

  • Fanjos

    Prefiro me abster a comentar sobre essa coisa…

  • Marcos Villela

    Versão top de linha sem cinto de 3 pontos para o passageiro central no banco de trás ????

    • Raimundo A.

      O cinto central, salvo engano, vem do teto. No banco central há duas travas, sendo a primeira convencional e a segunda para a parte subabdominal. É similar ao Uno.

      • ricmoriah

        sim, ele vem do teto em todos os utilitários e minivan da Honda. os sedãs são fixos.

  • dallebu

    Por 110.000 tava Ok, mas por 140.000 eu iria de Renegade Trailhawk Diesel 4×4 AT9 completasso sem sombra de dúvidas. #Pas

    • Mendes

      Se quiser o refresca-chifre no Renegade Trailhawk, o preço vai a assustadores R$ 148.130.
      Isso naquela horrível cor verde sólida.
      O Honda está um verdadeiro assalto à mão desarmada, mas a Jeep não deixa barato.

      • Domenico Monteleone

        Mas o Jeep é diesel e tem tração 4×4, e por ser diesel o ipi dele é 25%, contra 11% do Honda flex, isso deixa o preço do Honda ainda mais sem noção.

        • Cristiano_RJ

          “Mas o Jeep é diesel”

          Ainda não consegui entender qual é a vantagem absurda de ser diesel.

          • leomix leo

            O barulho do moedor de cana, ontem mesmo estava ao lado de um, o cara só pode andar de vidros fechados, pq o baixinho é ruidoso, Deus é mais, essa economia não me faz ter esse desejo. Até um eporq eu iria mais diesel com barulho de moedor de cana não.

      • dallebu

        Eu troco qualquer teto panorâmico por uma tração 4×4, motor Diesel 170 cv, 35 kgfm, robustez e um câmbio automático de verdade ao invés daquele câmbio de Scooter, mas gosto cada um tem o seu…

        • Cristiano_RJ

          170 cv e 35 kgfm que não conseguem o mesmo desempenho dos 176 cv e 22,4 kgfm do HR-V Touring.

          • Marcos megdA

            Esses diesel não são pra apostar corrida. Pra quem quer SUVinho e pega estrada de terra de vez em quando, vale mais a pena que o Honda.
            Revisoes a cada 20mil km, durabilidade do motor a diesel, combustivel mais barato. Tem várias justificativas pra alguem pegar o Jeep ao inves do Honda

            • Cristiano_RJ

              Nenhum desses carros é para apostar corrida. É que a forma como ele colocou leva os incautos a pensarem que esse motor diesel confere ao Renegade melhor desempenho, o que não é verdade. Com relação à decisão de compra de um ou outro, o Renegade diesel só se justifica se o cidadão de fato for precisar de suas qualidades off-road. Caso contrário, não faz sentido para um valor tão elevado para poder economizar em revisões e combustível. Já o HR-V Touring, ele está muito bem motorizado, com bons números de desempenho e consumo, é bem equipado, espaçoso… enfim, o carro em si é bacana. Só que por R$ 140 mil não faz o menor sentido. A Honda está é zoando seus clientes isso sim.

      • MonHoe

        Mas vc chega na Jeep e consegue levar ele até mais barato que o HRV

    • Gabriel Torque

      boa camarada bastteriano

    • Vitor C

      Também não vale.

    • Rômulo Júnior

      Eu ainda iria de tiguan, mesmo sendo a Flex, o tiguan é muito bem acabado e moderno.

      • dallebu

        É outra boa opção, depende do uso e prioridades. No meu caso não preciso de porta-malas grande, mas costumo ir em passeios em lugares mais selvagens digamos kkkk Um 4×4 cmpacto, economico, seguro e bem equipado seria o ideal pro meu uso.

  • Annita Fingenberg

    Sensor de estacionamento do Mercadolivre. Ponteira de escapamento tunning. Rodas bregas. Grade dianteira estranha. Central multimídia do Paraguai. R$ 140.000,00? Não, obrigado.

    • Fabio Marquez

      Fala não… Compramos um Civic G10 e ele veio sem os sensores… Mandamos instalar na concessionária confiando que fariam um bom serviço e por conta da garantia… Final do dia quando vou buscar o carro, eu não sabia onde enfiar a cara de descontentamento, o sensor era daqueles de camelô, com um visor horrível que fica em cima do painel, trem maior jegueira. Deu vontade de mandar arrancar tudo, mas não tem como, pois já haviam furado os parachoques… Pior que o sensor é padrão de acessórios da marca.

      • Thiago

        O meu também quando comprei em 2017 não veio sensor e isso que era o EX-L (a partir do 2019 passou a vir sensor na frente e atrás).
        O preço para colocar o sensor era R$750,00 reais e deveria ser igual a esse que colocaram no seu, porque a vendedora disse que iria um visor encima do painel. Não gostei do visor e acabei não colocando.
        Pelo que vi nas fotos, nem o civic SI novo tem sensor.

        • Fabio Marquez

          Pensa na vontade de chorar que fiquei quando vi aquilo, pois sou bastante detalhista… To com medo inclusive na hora de vendê-lo, podem pensar que fizemos uma gambiarra.

          • Alexandre

            As concessionárias não falam, mas existe o sensor de ré original da Honda, aquele do catálogo da marca. Não tem o visor de distância em cima do painel, é só o sinal sonoro, e os sensores são iguais ou bem parecidos com os que vêm de fábrica em alguns modelos da marca, inclusive com manual de instruções timbrado, gabarito de instalação nos pontos exatos, acho até que existem as marcas de furação por dentro dos para-choques. Digo isso porque quando mandei instalar em 2010 num City que comprei novo, pedi para ver antes. Aí eles já sacaram, e disseram que havia um paralelo e o original pelo mesmo preço. Como eles já tinham me passado o preço do original mas provavelmente iam instalar o comprado na internet por R$ 50, vieram com essa conversa de ser o mesmo preço. Volte lá e exija o original do catálogo.

          • Thiago

            Acho que não terá problema na hora da venda, qualquer coisa mostre a nota fiscal e diga que é um acessório original de fábrica que a concessionária instala.
            Na verdade acho que isso não influenciará nada no preço, mas também não irá valorizar o carro.
            Normalmente é dada mais atenção ao estado da pintura, manutenções, km…

    • Gabriel Torque

      sem contar o ar digital horroroso e painel palito

    • Verdades sobre o mercado

      O pessoal da Honda deveria conhecer os sensores de estacionamento de carros bem inferiores como Gol e Fox, estes da Honda são VERGONHOSOS.

      • Retrato do Papai

        tá parecendo o kit aftermarket de R$50 que eu tinha no meu ex palio

    • Edson Fernandes

      Só para vc saber…. esse escape é funcional…. roubou espaço do porta malas por isso….rs

    • José Barbosa

      Não sou fã de SUV, mas por 140 levaria um 3008 Allure.

  • El Gato!

    Cara, não é um carro ruim. É sim um péssimo negócio.

    • Samuel Jesus de Sousa

      Não sei qual o pior CXB, tem o C-RV

    • dallebu

      Já dizia o Dilsinho kkkkk

  • Marcus Vinicius

    Só faltou ganhar a tração 4×4

  • Andre Studart

    Ou seja, um carro legal que não vale o que cobra.

  • Eduardo Zacchi

    Na boa, se for pra gastar todo esse dinheiro num HR-V, melhor então ir no Tucson 1.6 GDi (até R$ 140K, mas dá pra encontrar bons preços na negociação).

    Se o HR-V Touring continuar num padrão de acabamento do EX-L, o Tucson GLS com o motor 1.6GDi é disparado mais negócio.

    Agora, se o sujeito abre mão de um pseudo-SUV (meu caso) e decide ir além com um carro excelente de verdade, vai de Jetta GLi. Pra mim, é muito mais negócio…

    • Mendes

      Esse Tucson turbo com dupla embreagem (a seco) tem um baita desempenho.
      Acho que o 0-100 é abaixo de 8 s.
      O problema é que ele é vendido pela CAOA, não pela Hyundai.
      Mesmo assim, vende bem. Dá suor na Equinox

    • Gabriel Torque

      fui conhecer o jetta e tcross… um horror ambos ( principalemente o tcross), fui de cruze mesmo

      • Eduardo Zacchi

        Que seja Gabriel, mas em tudo o Cruze é melhor que o HR-V… Trocar um sedã com uma tocada mais estável, co segurança e dinamismo que um SUV nem sonha em ter me parece loucura.
        Se fosse uma Pajero Dakar, uma SW4, até vá, mas HR-V não vai…

        • Retrato do Papai

          ain mas tem que ser altinho mimimimi valetas mimimi quebra molas mimimimi buracos mimimi

        • Edson Fernandes

          Não esse de 140000… mas a ideia é a posição de dirigir. O proprio HRV não é um carro realmente alto e nessa versão touring está mais baixo. Há um defletor a frente da roda para reduzir o arrasto dinamico… perceba em alguns HRV na rua, que ele está todo raspado pq a pessoa acaba raspando achando que é alto.

          Eu não li ainda avaliações dessa versão, mas gostaria de saber sobre o ruido do motor também. Enfim, quem conhece carros sabe que um sedan é superior (medio claro) mas a ideia é passar uma visão melhor e mta gente gosta de entrar no carro sem se abaixar. E isso vende.(não é meu caso)

      • Geruzzus Filho

        Nossa… fala como se o Cruze fosse uma MB. O Jetta foi o de entrada com o Cruze TOP né? Pois NUNCA que o Cruze será melhor do que O Jetta R-Line.

    • Jurandir Filho

      A Honda pensa (tem certeza) que o brasileiro é otário e olha que vai vender bem… 3008 allure tá aí, importado da Europa, vem pelo mesmíssimo preço e é muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito mais carro, ganhador de vários prêmios por lá, mas brasileiro não pode ver um “H” na grade que pensa que o carro é inquebrável, imbatível, etc..

  • Henrique Ferreira Lima

    Legal e bem equipado, mas 140 mil em um compacto é irreal. Não tem equipamentos que façam valer o preço, não tem uma carroceria que faça valer o preço, nem sequer o motor vale o preço. Sendo exagerado como manda o atual mercado brasileiro, 120 mil é algo bem mais próximo da realidade

  • TijucaBH

    Que o carro é legal, isso nao tem dúvida. Um item ou outro realmente poderia ser melhor como o design das rodas e o excesso de cromados da grade. Também nao gostei do escapamento ter roubado porta-malas. Era melhor manter um escapamento comum com 1 saída sem mexer no espaço destinado à bagagem.
    O grande problema é realmente o preço. Sei que carro no Brasil está caro e nao adianta falar que por 140 mil dá pra comprar uma BMW X5 usada que temos que comparar laranja com laranja e comparando o preço desse HRV Touring com outros carros zero km do mesmo segmento, percebe-se claramente que erraram feio no posicionamento de preço desse carro. Unica explicação é a Honda ter alguma limitação de produção desse carro e quer deixa-lo apenas como um carro de imagem, assim como são Accord e CRV aqui no Brasil…

  • Puseram esse teto panorâmico e acharam que com isso já podiam competir em preço com o Q3.

  • Miguel

    Esse interior já soa datado, mas aí a Honda vai lá e “Tcharammm”, põe uma cor clara no painel pra concorrer com a feiura do painel do T-Cross…

  • João Silva

    140 bolsos… é inacreditável mesmo para os padrões Honda…. 30 mil a mais que o EXL que já é caro pra c….
    Mantendo a logica da própria Honda de 10 mil a mais em cada versão, 120 era imaginável, embora não pagasse 120 nele nem a pau…..

    • Rafael Neves

      Pois é como proprietário de um EXL me nego a pagar 140 mil nesse carro… eu sei que deve vender mas meu suado dinheiro a Honda não irá ver de novo tão cedo… passou de ser ridículo para ser imoral

  • Abdallah

    Preço exagerado para este veiculo e é como disseram aqui nos comentários, por esse preço tem opções muito melhores.

  • Bruno

    Tem 2 defeitos: preço e cambio CVT…

  • Domenico Monteleone

    É um excelente carro, mas mesmo na realidade de preços do mercado, longe de ter lógica esse valor, nem a fama da marca justifica. Sem contar que em SP: 140 + 4%de IPVA + Seguro + Emplacamento: tranquilamente vai para mais mais de 150 mil.

  • luiz

    quando você compra vem escrito “parabéns otário!” na nota fiscal

  • Thales Henrique Milanez Jerony

    NA vai passar pano pra Honda? Porque fazer essa avaliação do carro e em nenhum momento mencionar o preço fora da realidade para a categoria foi uma bola fora.

  • Paulo Vítor

    Ninguém duvida que seja bom, mas todos concordam que ficou caro!

  • Lucas de Lucca

    Gosto é gosto, mas acho esse carro feio por dentro e por fora. Quanto ao turbo, realmente acredito que tenha ficado bom, gostoso de andar e tal, mas nada justifica esse preço de 140k. Honda, você é uma PIADA!

  • duhehe

    Tenho uma EX-L 18/18 em casa e olha, se arrependimento matasse, estava enterrado faz tempo.
    Literalmente uma carroça, acabamento porco(materiais de péssima qualidade), altíssimo consumo de combustível, casamento motor e cambio irritante, barulhos na suspensão dianteira que a concessionaria não resolve, central multimídia arcaica e inútil, ar condicionado insuficiente para o clima e tamanho do carro, sem falar na construção grosseira (as portas sofrem para abrir e fechar, rodagem desconfortável [ parece um fiat dos anos 90, se é que vcs me entendem])
    Contando os dias para voltar para a toyota.

  • Joao Victor

    As montadoras tinham que ser obrigadas a divulgarem sua margem de lucro nos produtos, o carro em si é ótimo, confortável, seguro, espaçoso e tem uma confiabilidade mecânica muito grande, mas pagar mais de 140 mil para tê-lo beira a insanidade.

    • Eskarmory .

      Pq só as montadoras, elas fazem algo que todos os outros fabricantes de todos os outros nichos de mercado não fazem?

      • Klaus Nickel

        Acho q as empresas não são obrigadas a isso, mas vi numa reportagem na TV há uns 2 anos q a margem de lucro no Brasil é de 10% por carro, enquanto no resto do mundo varia entre 3% e 5%.

    • Louis

      Obrigadas a divulgar a margem? Boa ideia para o Nicolas Maduro implementar. Se acha que não vale, não compre.

      • Marcelo Alves

        Essa é a solução universal do brasileiro, criar leis para tudo, assim nós vamos resolver todos os problemas, pelo que percebo, a maioria dos brasileiro parece já nascer com essa programação mental. Já não basta este país estar na m**** justamente pelo excesso de leis e regulamentação, os caras ainda pedem para criar mais leis, kkkkkk!

    • Edson Fernandes

      Na realidade falando sob ambito fiscal, ela declara sim. Principalmente seus lucros e prejuizos contábeis.

      Mas é o governo que obtem essa informação obviamente.

  • Paulo

    Roda igual ao das demais versões, a/c single zone, ajustes manuais no banco do motorista e etc etc etc. Para valer 140K está muito, mas muito longe.

  • Schoenfelder

    Os “queridinhos” Versus os “criticados” do Brasil. Somente para comparação, vendas só considerando os SUVs. Alemanha-abril 19
    Destaques:
    01º : Tiguan = 7.313
    07º : Duster = 2.540
    11º : EcoSport = 2.338
    Fracassos:
    44º : T-Cross = 558
    48º : Compass = 495
    55º : Renegade = 396
    58º : Honda HR-V = 342

    • Eskarmory .

      Tu pega isso no matts blog?

      • Schoenfelder

        “Auto Motor und Sport” principal revista alemã do setor.

  • Christian

    Nesse preço, sem ACC (disponível na Europa desde o modelo de entrada), fica MUITO difícil.

    • Cristiano_RJ

      Ainda que tivesse ACC, continuaria difícil.

  • Flavio Bongiovanni Ferreira Li

    kd aquela informacao basica de 0 a 100 ?!

  • Rômulo Júnior

    É questão de gosto pessoal mas não casou bem com o interior branco. E essas rodas parece um exaustor, um ralo, uma tampa de cheirinho de carro barato……

    • Rafael Neves

      Rodas horríveis mesmo podiam ter colocado as do CIVIC Touring ou as do Accord que são bem mais bonitas

  • Foonoslew

    Três coisas de design que podia ser melhor nesse carro:
    Roda
    Área dos mostradores
    CMM

  • RoDs

    Eu simpatizo muito com o carro.

    Mas por esse preço… cobrar 30k a mais pelo motor?! que isso…

    E esse interior branco… mais cafona impossível.

    A roda do modelo anterior era mais bonita.

    essa central multimídia do Paraguai… parece coisa adaptada… pqp

    super mal acabado… aquelas saídas de ar do carona… que horror….

    na boa?! quem comprar isso merece um troféu de idiota.

    • Rafael Neves

      Tão cobrando quase um Kwid pelo motor… imoral e absurdo!

  • Baetatrip

    Pois é povo!
    HR-V e carro de velho como CR-V….!
    Só p/ ter ideia: Minha tia tem 1 WR-V ano 18, fui pegar o carro com ela na css, quando olhei p/ carro e achei HORROROSO!
    Pagou 80.500 numa carroca literalmente, HR-V e carroca melhorada, mas nao passa longe do WR-V!
    Pois ambos compartilham unica plataforma- FIT!
    Nao dá para andar no banco de tras de tao duro e desconfortavel, suspensao e tao dura que andar no irregular ou quebra mola sofre na hora….. !
    Quase pedi p/ parar o carro de tanta dureza atras!
    P/ ter noção: E quão duro como meu Samurai 93 de feixe de mola ou pior ainda!
    Botaram 1.5T com cambio CVT= ficou uó, pois cambio nao oferece esportividade ao guiar….. so linear (Minha mae tem A4 Avant 1.8 TSFI AT8 CVT, e delicia de guiar, porem o cambio mata o tesao! Que e bem superior que esse treco da Honda!)
    Acho a frente é tao cafoninha (saia bicuda que raspa facil!)…. E atras tambem segue o meu caminho!
    Sabe unico carri que salva da Honda? Accord… Resto é resto!

  • Natán Barreto

    Os clientes dos antigos CR-V que hoje em dia compram HR-V devem chorar com tanta breguices. Essas rodas horríveis, essa saída de ar comprida no painel deixa pior ainda. Fora que o carro nunca foi sinônimo de beleza né

    • Natán Barreto

      O preço a gente finge q não viu

  • Freaky Boss

    Design desse carro já cansou

  • Bruno

    Nem nessa versão tiveram a cara de pau de cobrir o ferro do trilho dos bancos, até meu Fit 2007 tem pqp!!

  • fsjal

    A honda conseguiu fazer o civic touring, que é outro carro que está longe de valer o que custa, parecer um bom negócio.
    até para os padrões de montadora japonesa isso não faz o menor sentido.

    isso é um Fit alto, pelo amor de Deus.

  • Jurandir Filho

    Só eu achei essas rodas ridicularmente feias? parece xuning… do preço então nem se fala, 3008 allure manda lembranças…

    • Rafael Neves

      Poderiam ter colocado as do Accord… essas rodas são horríveis mesmo

  • Danilo

    tigo 5x mandou lembranças

    • Rafael Neves

      Só prefiro o CVT da Honda ao invés do Getrag da 5X.. péssimas lembranças da Ford e seu famigerado Power Shit

  • mojave

    é o escape,sao as rodas . é a central mm,sao os botoes do ar.qto mimimi.

    • Rafael Neves

      É o preço incoerente demais!

  • Diego Crenitte

    140 pau nesse fitão só porque é turbo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tiguan mandou aquele abraço.

  • RKK

    “Com boa oferta de torque em baixa, o propulsor é acoplado ao câmbio CVT de sete marchas virtuais, usado no Civic Touring. O conjunto tem uma performance boa, mas o sistema de polias e correias continuamente variáveis não é a melhor opção para um motor turbinado, pois, sua ênfase é a economia e uma linearidade que dá conforto ao dirigir.

    Assim, boa parte do que o 1.5 VTC Turbo oferece, se dilui nos deslizamento dessas duas partes do CVT, que mesmo com simulação de
    marcha, ainda poderia oferecer mais.”

    -> É aí que mora o pecado. Cadê o câmbio AT10 do Accord para o HRV e Civic Touring ?

  • RKK

    Tucson 1.6 TGDi, Peugeot 3008 1.6 TGDi ou HRV Touring ? Oh dúvida cruel…

  • Thiago

    140 mil e a central ainda parece uma genérica xing ling
    não é ao menos integrada ao painel

  • Fellipe Z

    Um bem parecido com esse aqui em L.A. (nao sei se tem o motor turbo – acho que nao) e com couro preto nos bancos, sai por uns 17k dolares, modelo 2017. O resto tem tudo. Até o teto solar. Nao tem justificativa nenhuma esses valores da honda, absolutamente nenhuma, pra vender pro brasileiro nesse preço. Deviam ser boicotados.

  • José Barbosa

    Só de bater o olho no preço já sei que é mais vantagem ir de 3008.

  • Alexandre

    Equinox começa em 149k pela web (css sai desconto certo..). 200cv e leva um boi no porta malas. 3008 allure 139k completo (diferente os faróis full led) Como diabos alguém vai comprar um hrv?

  • ALEXANDRE Carvalho

    Muito barato.
    Devia aumentar mais.

  • hinotory O

    Esse motor era o mínimo a ser oferecido. Não deveria subir 1 real por causa disso.

  • G. Filho

    Com 140 mangos daria pra comprar uma versão de entrada e mais um carro popular. Honda perdeu a noção…

  • Oswaldo Bustani Jr

    Não vale!! Mas a Honda nunca tem muito a intenção de vender muitos carro por aqui mesmo. Pedem o preço que querem e sempre tem gente com menos amor pelo dinheiro que compram… E a Honda agradece , pois a margem de lucro deve ser gigantesca !

  • Rafael Santos

    Subaru Forester Sport manda um abraço

  • beto

    Não vai rolar não.

  • Esteban Colliard

    interior feio como a maioria dos Honda

  • Ailton Maschio Gomes

    Nesse preço vou de compass diesel ou até mesmo uma ranger xlt diesel. Nem se for pra colocar uma quirela a mais.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email