Honda Motos Preços

Honda SH150i 2019 tem nova cor e parte de R$ 12.700

Honda SH150i 2019 tem nova cor e parte de R$ 12.700

A Honda SH150i 2019 chega ao mercado nacional com nova opção de cor cinza metálica. A scooter da marca japonesa tem preço sugerido de R$ 12.700 na versão de acesso e R$ 13.210 na topo de linha DLX. Com três anos de garantia e sete trocas de óleo gratuitas, a pequena motocicleta reforça sua proposta de mobilidade urbana.


Equipada com motor monocilíndrico OHC de 4 tempos com injeção eletrônica PGM-FI a gasolina, bem como arrefecimento líquido e transmissão automática continuamente variável CVT, a Honda SH150i 2019 vem com o sistema eSP, que é capaz de reduzir automaticamente a rotação do motor.

Honda SH150i 2019 tem nova cor e parte de R$ 12.700

Isso só ocorre quando detectada aceleração constante em terreno plano, colocando a transmissão CVT em uma espécie de modo “overdrive”, o que resulta em maior conforto, economia e durabilidade mecânica.


A scooter tem ainda um sistema que desliga automaticamente o motor em situações de breve parada, chamado Idling Stop. Ele religa automaticamente o motor quando reiniciada a aceleração.

Honda SH150i 2019 tem nova cor e parte de R$ 12.700

A Honda SH150i 2019 tem freios ABS de dois canais, rodas de liga leve aro 16 polegadas e discos de freio nas duas rodas, tendo ainda ajustes para molas traseiras. Ela tem ainda pneus 100/80R 16M na frente e 120/80R 16M atrás.

Bem equipada, a motoneta dispõe de farol de LED, pedaleiras escamoteáveis para o garupa, cavalete central e lateral e suporte do bagageiro com alças integradas. Outro item são as luzes diurnas, que ajudam na visualização da moto no trânsito.

Honda SH150i 2019 tem nova cor e parte de R$ 12.700

Com carenagem integral, a Honda SH150i 2019 dispõe de baú para capacete, fonte 12V e painel com computador de bordo digital, dotado de  consumo médio e instantâneo, tendo ainda luzes de alerta para nível de combustível e temperatura da água.

No portfólio de motos da Honda, a SH150i 2019 fica acima dos modelos Elite 125 e PCX, ficando abaixo da irmão SH300i e da aventureira X-ADV. A scooter ainda é oferecida nas cores vermelha e preto perolizado, esta última exclusiva da versão DLX.

 

Este texto lhe foi útil??

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Stunt

    Boa scooter, moderna, equipada, tem um desempenho satisfatório, mas acho que essa estética de design mais européia ainda não pegou por aqui. Curioso pra ver o que vai ser dela, daqui algum tempo, quando chegar a nova PCX 150.

  • Robinho

    acho que nunca nem vi uma na rua…

  • dallebu

    Não existe nada melhor pra deslocamento urbano do que uma scooter, pois alia o conforto do câmbio automático, a economia de uma moto e a proteção das carenagens evitando sujar as roupas em poças etc. Essa SH150i é muito boa e bem equipada, e graças as rodas grandes sofre muito menos que a PCX nos buracos.

  • Samuelson

    Estou bem interessado em comprar uma motinha dessas, mas essa posição de pilotagem mais ‘reta’ não me agrada muito.
    Aqui em casa quando falei que ia comprar um modelo desse, o povo quase me bate até mesmo alguns amigos falaram a mesma coisa, nota-se um certo preconceito nesse tipo de moto aqui no Brasil pois motocicletas para o povão é Titan, Bros, as mais vendidas. Abrem mão da praticidade que essas motos oferecem só para andar na ‘moda’.
    Eu só vejo vantagem nessa categoria para o meu uso diário seria perfeito.
    Mas vou aguardar o lançamento da nova PCX para chegar em uma conclusão.

    • Vagner Manzini

      Após o lançamento da PCX 2019, chegou a qual conclusão?
      Também estou em dúvida entre as duas…

  • KAFER, ARNO

    Na comparação das duas, tem que ser mais racional que emocional. PCX é para ruas da grandiosa Alemanha, lírica Italia, requintada França … ou seja, as rodas de perfil baixo são um diferencial que desrecomenda totalmente este tipo de veículo para as nossas ruas e rodovias. Estamos falando de segurança não pelo veículo em si, mas pela superfície de rodagem. Motocicletas por si só já requerem segurança ativa e passiva muito maior do que automóveis, então esta questão do tamanho das rodas é um diferencial que fragiliza demais o condutor. As duas tem os mesmos recursos técnicos, qualidade, etc., um pouco diferentes na condução, mas no quesito SEGURANÇA, em razão da vergonha que são nossas vias de tráfego, o PCX ou outros de roda pequena – Elite, Burgman, etc., tem quer ser DESCARTADO na hora da escolha. É mais racional na hora da compra fazer escolhas entre scooter de roda grande e street de baixa cilindrada do que com scooter de roda pequena. Modo tu compra ou troca a qualquer hora, mas a integridade física é um bem único, inegociável. Esquece a estética e te preocupa com o buraco ali na frente …

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email