Hyperloop: Virgin põe fim a passageiro e foca na carga

Idealizado por Elon Musk, o Hyperloop ainda é uma ideia do homem mais rico do mundo que não se materializou e seu futuro também interessa ao Brasil.


Contudo, o projeto de colocar pessoas em uma cápsula movida por uma turbina num tubo de vácuo caiu por terra no programa da Virgin.

A companhia do bilionário Sir Richard Branson, abandonou o projeto de levar pessoas nos EUA a bordo do Hyperloop.

Alcançando 1.223 km/h, a cápsula levaria várias pessoas em velocidade do som, superando aviões e outros trens em velocidade.

Na Virgin Hyperloop, 111 empregados foram demitidos, sendo quase metade do quadro de desenvolvimento do projeto.

De acordo com o Financial Times, a Virgin Hyperloop mudou os planos e focará somente em cargas.

Um dos planos é o corredor de contêineres em Dubai, onde a empresa DP World é detentora da concessão local e também sócia majoritária na Virgin Hyperloop.

Nesse projeto, o desembarque de contêiner se fará direto nos pods de carga da empresa CargoSpeed, que usará o conceito do Hyperloop.

Assim, não haverá mais necessidade de retroporto ou área aduaneira no porto, sendo assim feito em locais mais interiores.

Aqui no Brasil, um projeto do Hyperloop Cargo envolvia transporte de contêineres de 40 pés à velocidade do som.

Contudo, o projeto desandou e praticamente não se fala mais nisso. Já em Porto Alegre, a ideia do Hyperloop começou a tomar forma, mas para levar passageiros.

O projeto é ligar a capital gaúcha à região serrana do estado. Nesse caso, para transporte de massa em grande velocidade, seria uma boa para o Brasil, tão carente de serviços ferroviários de passageiros de qualidade.

Já em relação ao transporte de cargas em TEU´s por meio do Hyperloop, a tecnologia impactaria o setor de transportes no Brasil, onde o transporte de carga é dominado por caminhões.

[Fonte: Autoblog]

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.

Deixe um comentário