_Destaque _Featured Hyundai Lançamentos Sedãs

Hyundai Elantra 2017 chega ao Brasil em três versões e preço inicial de R$ 84.990

hyundai-elantra-2017-21

Revelado no final do ano passado, o novo Hyundai Elantra acaba de ser anunciado pela CAOA (importadora responsável pelos modelos da montadora sul-coreana) no mercado brasileiro. A sexta geração do sedã médio estreia com visual mais moderno, dentro da nova filosofia da marca, além de novos equipamentos de série e preço inicial mais baixo, tudo para se armar contra os novos Chevrolet Cruze e Honda Civic.

Hyundai Elantra 2017 – visual

A nova geração do modelo da Hyundai, que passa a se chamar “New Elantra” (mesma estratégia usada com o hatch médio i30 e o crossover médio ix35), traz traços que lembram os carros mais recentes da linha da fabricante. Na parte frontal da carroceria, o novo sedã exibe uma grade hexagonal com moldura e filetes cromados, além de faróis espichados com projetores e luzes diurnas de LED e uma peça em formato de bumerangue que abriga os faróis de neblina.

Já nas laterais, o novo Elantra abandonou os vincos e detalhes côncavos marcantes da geração atual para ostentar formas mais limpas, sendo que há vincos apenas nas extremidades das maçanetas e na parte inferior das portas. Outro destaque é a linha de cintura elevada do sedã. Por fim, na traseira, o modelo segue com seu formato mais avantajado, sendo que se sobressaem as novas lanternas afiladas de LED, que quando acesas exibem um efeito bastante interessante.

No interior, a extravagância também foi deixada de lado. O painel agora tem uma aparência bem mais sóbria, com direito a um console central menos pronunciado, além de um novo volante de três raios e painel de instrumentos com formato mais convencional. Todavia, de acordo com a Hyundai, o acabamento do novo sedã melhorou, com direito a detalhes em alumínio e materiais macios ao toque.

Nas medidas, são 4.569 milímetros de comprimento, 1.800 mm de largura e 1.435 mm de altura, com distância entre-eixos de 2.700 mm. Já o porta-malas tem capacidade para 420 litros.

hyundai-elantra-2017-2

Hyundai Elantra 2017 – equipamentos

O New Elantra será comercializado no Brasil em três versões de acabamento diferentes. A mais básica é equipada de série com seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, ar-condicionado, direção elétrica, bancos revestidos em tecido, vidros, travas e retrovisores elétricos, controle de cruzeiro, retrovisores com aquecimento, sistema multimídia e volante com comandos de áudio.

Já a intermediária, batizada de Special Edition, agrega banco do motorista com ajustes elétricos e suporte lombar, sensor de chuva, volante e alavanca de câmbio revestidos em couro, faróis com luzes diurnas de LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, destravamento das portas e partida do motor sem chave, abertura do porta-malas por aproximação, bancos com revestimento em couro e sistema multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, navegador GPS e câmera de ré.

Por fim, a topo de linha, que recebeu o nome de “Top”, se diferencia pelo controle eletrônico de estabilidade (ESP), detector de ponto cego (Blind Spot Detection – BSD), faróis com lâmpadas de xenônio HID (High Intensity Discharge) com Assistência Inteligente de Farol Alto HBA (High Beam Assist), retrovisores externos com rebatimento elétrico, painel de instrumentos Supervision com tela de 4,2 polegadas, teto solar elétrico, airbag para os joelhos dos motoristas (totalizando sete bolsas de proteção) e modo de seleção de condução DMS (Drive Mode Select).

A atual geração do Elantra está sendo ofertada em versão única de acabamento, com direito a seis airbags, três modos de direção Flex Steer (normal, comfort e sport), ar-condicionado digital de duas zonas, sistema multimídia com plataforma Android, MP3 player, navegador GPS, Mirror Link, conexão WiFi, Bluetooth e comandos no volante, controle eletrônico de estabilidade, destravamento das portas sem chave, painel de instrumentos Super Vision em LED TFT e retrovisores com rebatimento elétrico.

hyundai-elantra-2017-3

Hyundai Elantra 2017 – motorização

Se a intenção da Hyundai com a nova geração do Elantra realmente é competir de igual para igual com os novos sedãs médios lançados no mercado brasileiro, no quesito motorização o novo modelo fica devendo. A novidade chega equipada com o mesmo motor da geração atual, um 2.0 litros flex aspirado de quatro cilindros, que consegue entregar 157 cavalos de potência com gasolina e 167 cv com etanol, a 6.200 rpm, e torque máximo de 19,2 kgfm e 20,6 kgfm, respectivamente, a 4.700 rpm.

Junto a este propulsor está a segunda geração da transmissão automática Shiftronic de seis marchas da empresa. A tração é dianteira.

Para efeito de comparação, nos Estados Unidos o novo Hyundai Elantra é equipado com um 2.0 litros aspirado a gasolina de 150 cv e 18,2 kgfm com câmbio automático de seis relações, além de um 1.4 litro turbo de 130 cv e 21,6 kgfm com transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem na versão Eco.

hyundai-elantra-2017-10

Hyundai Elantra 2017 – preços

Confira abaixo os preços sugeridos do Hyundai Elantra 2017:

Hyundai Elantra 2017: R$ 84.990
Hyundai Elantra Special Edition 2017: R$ 103.990
Hyundai Elantra Top 2017: R$ 114.990

O modelo deverá ser ofertado nas cores branca, prata e preto, com garantia de cinco anos.

hyundai-elantra-2017-13

Hyundai Elantra 2017 – mercado

A nova geração do Hyundai Elantra chega em uma boa hora para dar um “up” nas vendas do modelo. De acordo com dados da Fenabrave, de janeiro a setembro o modelo conseguiu emplacar apenas 730 exemplares, ficando atrás de todos os rivais: Toyota Corolla (48.635), Honda Civic (12.707), Chevrolet Cruze (7.611), Volkswagen Jetta (6.024), Nissan Sentra (5.266), Ford Focus (4.127), Renault Fluence (3.183), Citroen C4 Lounge (3.082), Mitsubishi Lancer (1.861), Kia Cerato (1.340), Fiat Linea (1.286) e Peugeot 408 (805).

hyundai-elantra-2017-14

Hyundai Elantra 2017 contra Chevrolet Cruze e Honda Civic

Os preços do novo Hyundai Elantra estão na média do segmento. No entanto, como citamos anteriormente, o modelo fica devendo em alguns equipamentos em relação aos concorrentes.

Em comparação com o Chevrolet Cruze, a versão de entrada LT se diferencia do rival da montadora sul-coreana por dispor de itens como airbags laterais, alerta de pressão dos pneus, controle eletrônico estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, sensor de estacionamento traseiro, luzes de condução diurna, ar-condicionado automático, câmera de ré, sistema multimídia com Apple CarPlay, Android Auto e navegador GPS, tecnologia OnStar sistema start/stop, bancos e volante com revestimento em couro, entre outros. O preço da versão é de R$ 89.990.

Na intermediária LTZ, por R$ 96.990, há ainda airbags de cortina, luz de posição em LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, faróis com acendimento automático, destravamento das portas e partida do motor sem chave, computador de bordo colorido, retrovisores externos com aquecimento e rebatimento elétrico, retrovisor interno eletrocrômico, MyLink com tela de oito polegadas e navegação por mapas, sensor de chuva, partida remota, bancos revestidos em couro, entre outros.

Já o modelo topo de linha LTZ 2, que custa R$ 107.450, agrega alerta de colisão frontal, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixas, farol alto adaptativo, indicador de distância do veículo da frente, assistente de estacionamento, carregador wireless para smartphones, banco do motorista com ajustes elétricos, entre outros.

Além disso, o carro dispõe de um conjunto mecânico mais moderno e eficiente, dotado de um 1.4 litro Ecotec turbo, que consegue entregar 150 cv com etanol e 153 cv com gasolina, a 5.200 rpm, e torque de 24 kgfm a 2.100 rpm e 24,5 kgfm a 2.000 rpm, respectivamente, com câmbio automático de seis velocidades.

O novo Honda Civic é outro concorrente de peso que o novo Hyundai Elantra terá que enfrentar. O modelo da montadora japonesa na versão de entrada Sport, que tem preço de R$ 94,9 mil com câmbio automático, oferece itens como luzes diurnas de LED, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas, freio de estacionamento eletrônico, câmera de ré multivisão, Isofix, alerta de frenagem de emergência, controle de cruzeiro, ar-condicionado automático digital, sistema de som com quatro alto-falantes e 160W, entre outros.

Já a EX, de R$ 98,4 mil, agrega retrovisores externos com rebatimento elétrico, faróis com acendimento automático, bancos revestidos em couro e painel de instrumentos com velocímetro digital. Na EXL, por R$ 105,9 mil, há painel de instrumentos com tela de TFT de alta definição, ar-condicionado automático de duas zonas, central multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, Apple CarPlay, Android Auto e navegador GPS, entrada HDMI, entre outros.

Há ainda a topo de linha Touring, que custa R$ 124,9 mil e adiciona bancos dianteiros com ajustes elétricos, faróis Full LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sensor de chuva, retrovisor interno fotocrômico, partida por botão no painel ou pela chave e teto solar elétrico.

Quanto aos motores, as versões Sport, EX e EXL são dotadas do 2.0 litros flex aspirado, que consegue entregar 150 cavalos de potência com gasolina e 155 cv com etanol, a 6.300 rpm, e 19,3 kgfm e 19,5 kgfm, respectivamente, a 4.800 rpm, com câmbio manual de seis marchas (no caso da versão de entrada) ou automático do tipo CVT. Já a topo de linha Touring usa um 1.5 litro turbo a gasolina, que rende 173 cv, a 5.500 rpm, e 22,4 kgfm, a 1.700 rpm, também com câmbio automático CVT.

Galeria de fotos do Hyundai Elantra 2017







Send this to friend