*Destaque Hatches Hyundai Segredos-Flagras

Hyundai HB20 Turbo pode ser descontinuado no Brasil, diz revista

hyundai-hb20-turbo-avaliação-NA-39 Hyundai HB20 Turbo pode ser descontinuado no Brasil, diz revista

OBS.: Após publicarmos essa informação, a Hyundai nos mandou uma nota oficial sobre o assunto e pediu que ela fosse inserida aqui: “A Hyundai informa que não existe qualquer intenção em descontinuar o modelo HB20 1.0 Turbo. Este veículo permanece na lista de produtos para o ano de 2018, como divulgado nesta semana, recebendo a partir de agora, assim como todos os modelos da família HB20, a opção da central multimídia blueMedia, o que confere maior conectividade e entretenimento ao consumidor que valoriza o desempenho do motor turboalimentado em um veículo com design e conforto, como o HB20.”



Lançado em abril do ano passado como uma tentativa de incomodar o Volkswagen up! TSI, o Hyundai HB20 Turbo pode ser descontinuado no mercado brasileiro. De acordo com fontes ligadas à fabricante sul-coreana, o hatch compacto com o motor mais eficiente não atendeu às expectativas da empresa em relação ao volume de vendas – a marca esperava vender bem mais.

“Conseguimos dar continuidade ao HB20 Turbo na linha 2018, que acaba de ser apresentada, mas é óbvio que se o volume seguir tão baixo, a produção não se justifica”, revelou uma fonte ouvida pelo portal da revista Quatro Rodas.

Segundo dados da consultoria Jato, as versões Turbo responderam por apenas 2,7% das vendas do HB20 hatch e HB20S (sedã) de julho de 2016 até maio de 2017. Fora isso, desde janeiro o modelo começou a apresentar queda nas vendas, passando de 8,8% para 1,9% em maio.

hyundai-hb20-turbo-avaliação-NA-12 Hyundai HB20 Turbo pode ser descontinuado no Brasil, diz revista

O Hyundai HB20 Turbo é equipado com um motor 1.0 litro turbo flex de três cilindros, que consegue gerar 98 cv com gasolina e 105 cv com etanol, a 6.000 rpm, e 13,8 e 15 kgfm de torque, respectivamente, a 1.500 rpm, com câmbio manual de seis marchas. A marca diz que o modelo vai de 0 a 100 km/h em 11,2 s e atinge máxima de 182 km/h.

A gama do modelo turbo está disponível apenas na versão Comfort Plus, com preço inicial de R$ 50.330 no caso do HB20 e R$ 54.265 na linha do HB20S.

[Fonte: Quatro Rodas]

  • Ricardo

    Mais uma vez tentaram enrolar seus clientes e está aí!

    • Fedido

      Com assim, tentaram enrolar, Ricardo?

      • Gustavo73

        Provavelmente não oferecendo um 1.0 TGDI.

        • th!nk.t4nk

          E pela falta de câmbio automático com este motor, nao? Brasileiro hoje em dia faz questao de automático, com o trânsito caótico em que vive.

      • Ricardo

        Motor de péssima qualidade, brasileiro é burro mas nem tanto.

        • ObservadorCWB

          Imagino o mal que algum dono de Hyundai lhe fez…kkkkkk O problema deste motor é não se injeção direta. Outro pecado é que o carro é manual. Isto em 2017 é um pacote que não traz atrativo. Mas daí dizer que é péssimo vai uma longa distância. Querer comparar com UP é esquecer os mais de 100Kg que separarm os modelos, e também que o UP tem compressão 11,5 enquanto o HB apenas 9,5…… são propostas bastante diferentes. E a VW está GANHANDO na sua aposta.

          • Roberto

            o HB20 1.0 turbo é 50 K, o UP é 53k
            Não creio que 3k a mais justifique “tanta” tecnologia

            • ObservadorCWB

              Não são os números…..são os componentes…. FALTA ao HB GDi, cooler melhor, REDUÇÃO D EPESO, CÃ,BIO AUTOMÁTICO, e mais alta taxa de compressão… talvez priorizem durabilidade ou “maciez” de funcionamento……mas….estes 3k que vc acha insignificantes em 36.454 .. HB20 vendidos em 2017 dão um valor beeeeemmm razoável. e enquanto o carrinho estiver entre os TOP5… a Hyundai vai continuar maximizando lucros. O consumidor é que deveria comprar melhor.

              • Roberto

                Mas nem sei se dá para falar em maximizar lucros, já que a HB tá desistindo do motor.
                To falando que o carro tem motor mais simples e por isto pode ser colocado 3 mil reais abaixo do seu “concorrente”.
                Se colocasse isto tudo qeu você falou, ele teria o mesmo preço do 1.6 mas dificilmente venderia, visto que o automatico vende bem…

              • Gustavo73

                Não tem nada haver com priorizar durabilidade. Já que na Europa eles oferecem o 1.0 TGDI e não esse mais simples. Tem claramente haver com os custos.

          • Ricardo

            Imagino o mal que a Hyunday já fez no mundo todo com suas propagandas enganosas!

            • ObservadorCWB

              Continua com foco fixo ? A lista é enorme das propagandas do setor automotivo que não correspondem a realidade. E veja que nem sempre “mentir” é ruim para o consumidor. Lembra dos anos 80 para pagar menos imposto ? Lembra da potência do atual Golf GTi ?

              • El Gato Negro

                Divulgaram potência errada do Golf em propagandas? Foi agora isso, ou faz tempo?

                • ObservadorCWB

                  E veja que nem sempre “mentir” é ruim para o consumidor”……….. Lembra dos anos 80 para pagar menos imposto ? Lembra da potência do atual Golf GTi ?” Nos anos 80 TODO carro tinha no máximo 99CV, para burlar os impostos. O GOLF GTi tem MAIS cavalos também do que consta no manual, e por aí vai……

                  • El Gato Negro

                    Hmmm… entendi.

              • Ricardo

                Mas as da Hyundai chegam a ser bizarras de tão enganosas. É menos mal mentir para menos do que para mais!

                • ObservadorCWB

                  Nem SEMPRE. Veja o caso da VW Dieselgate…..daí, mentir para menos não é menos mal. Cada caso é um caso. Mas concordo que a CAOA e não a Hyundai deu um tiro no pé quando das últimas especificações técnicas. Aumentar em 2 AB contando as cortinas, potência e injeção do Vagaroster, dentre outros, deu má fama. Lá fora teve o consumo nos EUA, mas nem sei como terminou a história. Lá o mercado é maduro e as instituições funcionam. Veja o “pau” que a VW está levando com o seu Dieselgate.

              • Gustavo73

                Oque tem de errado com a potência do atual Golf GTI?

                • ObservadorCWB

                  “E veja que nem sempre “mentir” é ruim para o consumidor. Lembra dos anos 80 para pagar menos imposto ? Lembra da potência do atual Golf GTi ?” Nos anos 80 TODO carro tinha no máximo 99CV, para burlar os impostos. O GOLF GTi tem MAIS cavalos também do que consta no manual, e por aí vai……

                  • Gustavo73

                    Está levando conta as avaliações de dinamometros de rolo? É isso? Além das inúmeras variáveis que tem que ser corretamente avaliadas nesses casos esses dinamometros registram picos de potência e torque mesmo que elas só exitiam por poucos segundos. Não sendo oque de fato está dos para o condutor. Fora que eles tentam compensar as perdas mecânicas. Mas acho engraçado essa de dois pesos e duas medidas.
                    Falando das potências de determinados carros nos anos 90, sim muitos tinham mais do que os 99cv anunciados para fugir do IPI maior.

                    • ObservadorCWB

                      Pronto. Entendeu !!!

                    • Gustavo73

                      Acho que você não. Não estou me referindo a potencia e torque. Como disse os dinamômetros de rolo são tão precisos quanto os dados e parâmetros colocados neles. O pico de potência acusado por meros segundos não são oque de fato o carro tem. Os dois pesos e duas medidas estão relacionados a como as pessoas levam em conta uns e não outros. Pois a imensa maioria principalmente os turbinados tem nessas avaliações valores diferentes. O 1.6 Sigma por exemplo deu 142 cv em um Fiesta.

                    • ObservadorCWB

                      Iiiiiiiiiiiiii……Não entendeu !!!!! Eu passo. Nada que 5 anos de E.M. não resolvam. Forte abraço e vamos em frente. Mas levou meu “positivo” no comentário anterior.

                    • Gustavo73

                      Sim você não se fez entender mas eu é que preciso de estudo. Tá certo e bola pra frente…

            • Paulo Lustosa

              Hyundai-CAOA, só pra lembrar

            • Filipe Augusto Moro

              Qual foi a propaganda enganosa em relação ao HB20 Turbo?

              • Ricardo

                Motor ultrapassado querendo competir com o do Up!

                • Filipe Augusto Moro

                  Mas no comercial a Hyundai nunca disse que ele tinha um motor à altura do Up TSI, com injeção direta ou divulgando uma potência que ele não tem. Foi um comercial como de qualquer outro carro.

    • RRROL

      Isso mesmo. Se esse motor fosse mais econômico e moderno como o do Up Tsi aí mantendo o preço ok, mas não. Fizeram um motor bem pior. Uma pena. Se fosse o 1.0 TGI com certeza superariam qualquer expectativa. O barato saiu caro.

      • Deadlock

        Turbo 1.0 sem injeção direta (capenga) para compor a linha entre o 1.0 aspirado e o 1.6. Já vai tarde… E aqui ainda temos o 2.0 Ford só com injeção direta (sem turbo)… Banalândia, vc merece isso…

        • Gustavo73

          E um intercooler mais simples.

      • Ricardo Blume

        Também acho que a Hyundai errou o pulo. Não vejo muita diferença entre um 1.6 e o turbo.

        • Eduardo Alves

          Pra piorar a situação desse motor, o 1.6 anda mais que o 1.0

      • Franco da Silva

        E o 1.6 ficou ali atrapalhando. O consumidor medroso nunca vai pegar um motor turbo se tem similar “normal”.

        • Filipe Augusto Moro

          Exatamente. Quem mata o HB20 Turbo é o próprio HB20 1.6

      • MarcioMaster

        Isso é uma informação que o consumidor não sabe, o grande problema é a versão 1.6 e a 1.6 automatico com valores proximos. Se o UP tivesse uma versão 1.6 16v de 128cv o TSI tambem não venderia.

        • Gustavo73

          O Golf tem o 1.6 e 1.0 com valores de potência bem parecidos e é o 1.0 que vende.

          • Filipe Augusto Moro

            Porque claramente o 1.0 TSI é superior em relação ao 1.6 MSI.

            • Gustavo73

              Claro que é. E não é pela potencia máxima. Essa é a relação do downsizing. O 1.0 Ecoboost é superior ao Sigma mesmo tendo versões do Sigma com 135cv. Se o 1.0T da Hyundai fosse a versão européia com 115cv seria superior à 1.6 16v de 128cv. Pois faria o mesmo trabalho com mais eficiência. A potencia maior faria uma diferençazinha na velocidade máxima.as todos os outros números de desempenho o 1.0 seria superior.

              https://youtu.be/20FVyIYy3NE

              • Filipe Augusto Moro

                Infelizmente o próprio HB20 1.6 acabou matando o HB20 Turbo.

                • Gustavo73

                  O 1.0 T não era um TGDI. Logo não se aplica o termo downsizing. Não era mais eficiente que o 1.6. E tinha preço parecido. Menos eficiente e caro não há justificativa.

      • Franco da Silva

        Fico imaginando se a notícia fosse sobre a VW… “Mico do século! Vai falir! Pior do mundo!”

    • Fabio Marquez

      Penso a mesma coisa, meteram um turbo no motor normal, e só… No inicio dos anos 2000 isso era interessante (Gol 16v Turbo), mas hoje em dia o mercado pede algo melhor.

  • Atl77

    Carro gostoso de dirigir, porem a lacunia entre ele e a versão 1.6 é pequena, e pela diferença de potencia compensa levar a versão 1.6 que quando fiz test-drive era um pouco mais de 2 mil reais de diferença, o motivo das baixas vendas e total culpa da Hyundai.

    • 4lex5andro

      O turbo convencional só entrega seu upgrade em potência em regimes de rotações mais altas, por exemplo, em viagens rodoviárias, por exemplo.

      Mas pra uso urbano, perde muito em baixo regime, e comportamento, não representando vantagem no dia-a-dia perante um 1,6 por exemplo.

      • Matuska

        Mas segundo a tabela, o modelo Turbo tem exatamente a vantagem de ter torque máximo em 1500 RPM, rotações muito mais baixas que da versão aspirada.

        • th!nk.t4nk

          E o 1.0 turbo bebe menos também, não? A menos que tenham feito um trabalho MUITO ruim nele.

          • O turbo da Ruinday não bebe menos não, o 1.6 é mais economico..

            • th!nk.t4nk

              Cara, entao a Hyundai fez algo muito errado nesse motor. Mesmo sem ter injeçao direta, nao era pra ser assim.

              • Segundo a 4 patas: “Nas provas de consumo (sempre com gasolina), uma grande zebra: o 1.6 se mostrou muito mais econômico do que o estreante 1.0 Turbo, tanto na cidade quanto na estrada. Nos ensaios de rodagem em perímetro urbano, o 1.6 cravou 11,2 km/l e o irmão caçula, 10 km/l. Na estrada, o massacre foi ainda maior: média de 16,7 km/l ante apenas 13,4 km/l do 1.0 Turbo – a versão aspirada do 1.0, aliás, faz 17,5 km/l.”

                • Roberto

                  Tem que ver isto aí…
                  Eu tinha um HB20 1.0 e fazia 15km/l na estrada, 9,5km/l na cidade. Com os mesmos trajetos eu faço 10.5/11 na cidade e 18 a 22 com um Versa 1.0

                • Matuska

                  Então no fim da história, a gente tem um motor turbo mais lento, gastador, com potência praticamente igual do modelo aspirado e com a suposição de manutenção mais delicada e mais complexo.

                • Filipe Augusto Moro

                  Geralmente esses números são muito pessimistas, como os do Inmetro.
                  Com esse HB20 Turbo já fiz em cidade 9 km/L e estrada, 15,5 km/L, ambos com etanol.

                  • Matuska

                    Sim amigo, os numeros são pessimistas mas são comparáveis. Então provavelmente o 1.6 ainda pode ser mais economico.

  • Charlis

    Realmente esse motor não impolgou…
    Desempenho e consumo pior que o 1.6.
    Ganha um pouco no torque, mas na pratica, o 1.6 ainda é bem mais interessante.

    Nem benga no VTec consegue dar, igual seu outro amigo 1.0T, rs…

    Brincadeiras a parte, uma pena pra quem tem um, se realmente sair de linha.

    []s

    • G.Alonso

      Não ganha nem no torque, quem anda mais é o 1.6 com 0 a 100 em 9,3 segundos contra 11,2 segundos do 1.0 turbo.

      • Charlis

        Os números de torque são praticamente idênticos (perto de 15 se não me engano), mas o torque do 1.0 turbo já chega em 1500 rpm, no aspirado lá pros 6000 rpm.
        Então numa retomada em marcha alta, com certeza o turbo ganha mais velocidade.
        De qualquer maneira, pra isso que inventaram as marchas, rs…

        []s

    • GPE

      Perde em aceleração e consumo (talvez ganhe em retomadas a baixo giro) do 1.6.

      Mais uma furada da Hyundai

      • Charlis

        Bela foto de perfil! Só faltou tirarmos do mesmo lado, rs…

        []s

        • GPE

          Kkkkkkk a minha é mais antiga :D

          Estranho foi qnd eu vi vc comentando (fazia um certo tempo q nao tava lendo os comentários) e vi tua foto… deu um tilt

          • Vicktorio Lopez

            e eu pensando que o Charlis tava respondendo ele mesmo…. ahhahaha

            • Retrato do Papai

              também buguei e pensei “olha esse cara falando sozinho” oO hahaha

            • GPE

              Kkkkkkkk

          • Charlis

            KKkkk realmente… pode ser que a sua foto me inspirou a bater essa foto, rs …

            []s

            • GPE

              Kkkkkk

  • Erasmo Artur

    O problema é que não há ganho expressivo de desempenho em relação à versão 1.6, sendo assim o aspirado passa a ser uma compra muito mais racional.

    • Ricardo Blume

      Seu consumo também.

  • igomd

    Faz mais sentido retirar do mercado, ele não tem o desempenho do 1.0 Ecoboost da Ford, 1.0 TSI do Golf. Num mundo ideal ele seria mais potente e menor consumo que o 1.6, substituindo o 1.6 com o tempo mas, não deu.

    • marcos rissato

      Não deu pelo simples fato de terem apresentado ao mercado uma gambiarra, tiraram a injeção direta na intenção de maximizar o lucro e o resultado ficou uma porcaria. Tivesse ele a mesma tecnologia acredito que estaria no mesmo nível de desempenho e seria aceito pelo mercado. Quem não quer torque, potência aliado a eficiência?!

    • Gustavo73

      A Hyundai tem um 1.0 TGDI, no mesmo nível do TSi e Ecoboost. Mas trouxeram para cá a versão simplificada. Sem a injeção direta e sem o sistema de intercooler mais moderno. Então o motor não se destaca.

      • dallebu

        Eu também só assumiria o risco de uma manutenção mais cara em relação ao 1.6 (turbina e agregados) se ele oferecesse um desempenho bem superior e um consumo inferior, assim como faz o 1.0 TSI.
        Mas do jeito que tá é melhor levar o 1.6, anda mais, gasta praticamente o mesmo e tem manutenção mais barata em casa de problemas.

        • CharlesAle

          Mais ou menos, repetiu o insucesso so Fiesta supercharger, comparado ao Fiesta 1.6.. Mas até que o supercharger vendeu muito bem.Já esse da Hyundai foi um fracasso colossal..

    • CharlesAle

      Verdade.Aliás, sem ufanismo, mas esse 1.0T da Hyundai não chega aos pés do Ecoboost..

      • Gustavo73

        Se fosse o 1.0 TGDI oferecido na Europa a história era outra. Mas esse aí.

  • SAVEIRO CD
  • Raimundo A.

    Se fosse um 1.0 TGI com uns 120cv e ainda houvesse opção de AT, seria válido.
    Outra, a R Spec deveria usar motor turbo e não ser uma outra versão.
    Estão se perdendo com versões e mecânica, algum termina se dando mal.

  • Mr. Car

    Por mim, pode descontinuar. Se fosse o caso, eu iria escolher um 1.6 mesmo.

    • 4lex5andro

      O turbo pode ter uma performance melhor em desempenho; especialmente em longas viagens em rodovias.

      Mas fatores como custo de manutenção e economia de combustível são decisivos na compra de carros do porte de hb20, up, e punto [o fiat era outro hatch que usava motor turbo a até pouco tempo]; daí a vantagem do 1,6.

      • Gustavo73

        O motor do Up não tem as mesmas características das do 1.0 T do Hb20 e do 1.4 T-JET do Punto. A presença da injeção direta, um turbo com baixa inércia (principalmente frente ao do T-JET). Um sistema de intercooler mais moderno também faz diferença. Com torque e potencia chegando antes e se mantendo em um patamar por mais tempo o carro anda muito bem na cidade. A manutenção preventiva tem custos muito semelhantes. O problema do 1.0 T da Hyundai foi não seguir o downsizing. Assim o 1.6 tem a vantagem. Se ela tivesse trazido o 1.0 TGDI que ela oferece na Europa a história seria outra.

  • invalid_pilot

    Micou.

    Não era potente, nem econômico e nem barato, logo pessoal vai de 1,0 ou 1,6

  • Bruno Costa

    Mas o 1.0 Turbo do HB20 não se justifica mesmo. O desempenho não é tão melhor, o consumo não é tão melhor, resumindo, nada é tão bom assim pra justificar a versão. O pulo do 1.0 Turbo pro 1.6 é quase nada, a galera vai logo de 1.6…

  • T1000

    abaixa o preço que vende

  • Luciano Assunção

    O problema é falta de câmbio automático. 90% das pessoas que conheço que tem HB20 o possui com AT.

  • Leo

    De certa forma aconteceu o mesmo com a Ford quando trouxe o Fiesta Supercharger (2002?). Ficou perdido entre o 1.0 aspirado e o 1.6 idem.

  • pedro rt

    nao vejo justificativa pra esse 1.0 TURBO afinal com 2mil a mais vc leva o 1.6 q e muito melhor

    • Rodrigo

      Eu tive um HB20S 1.6 automático e realmente o motor é esperto pra caramba!

  • V12 for life

    Anda menos que o 1.6 e bebe a mesma coisa esse motor nunca fez sentido, o 1.0 T-GDI teria se saído melhor.

  • Hater x Haters

    A Hyundai não soube posicionar o 1.0 Turbo no mercado e deu no que deu. O consumidor não entendeu, ou a Hyundai não fez entender que o 1.0 Turbo fazia o papel de um 1.3 ou 1.4 aspirado intermediário. Era um carro sem sentido, quase o mesmo preço do 1.6 sendo que o 1.6 andava até mais e tinha manutenção mais barata. Li em algum lugar que a turbina custa a bagatela de 11000 reais caso estragasse. Quem iria arriscar num com uma peça tão cara caso estragasse?
    Faria mais sentido se a Hyundai lançasse um 1.3 aspirado pra versão intermediária.

    • Filipe Augusto Moro

      Vale lembrar que a garantia é de 5 anos. Por outro lado, já ví vários relatos de Up TSI vazando óleo pela turbina enquanto que os problemas com o HB20 TCI são praticamente 0.

  • afonso200

    faltou cambio AT nele

  • IPZ.4

    eu já sabia

  • Felippe2010

    Não está vendendo por pura ganancia da Hyundai a diferença do 1.0 aspirado para o Turbo é de 8000 reais aproximadamente e de apenas 2000 para o 1.6, neste caso quem quer mais desempenho faz um esforço e pula logo para o 1.6, a versão tinha que custa no máximo 2000 reais a mais que o 1.0 aspirado, até porque esse motor não tem nada demais além do turbo para justificar a diferença brutal de preços mas é uma pena ele ser descontinuado porque deve ser um carrinho bem gostoso de dirigir.

    • Gustavo73

      A diferença é de 4 mil reais já que temos que olhar a mesma versão de acabamento e equipamentos.

      • Felippe2010

        de qualquer forma é uma diferença muito grande de valor, a Hyundai errou feio na estratégia,

  • Carlos Sá

    Um 1.0 turbo fraco. E sem a opção de câmbio automático. Hyundai não soube fazer o produto.

  • FocusMan

    Esses carros só foram lançados para atingir o programa INOVAR auto.

    Não é viável a venda desses motores no Br. Custam muito caro, mais caro que os respectivos 2.0 dos fabricantes.

  • Wesley Souza

    50k é muita grana, e não justifica tal valor, um carro desse deveria custar no máximo 30k aqui no Brasil, mas como estamos no Brasil Loko, aí é 50k mesmo

  • carnero

    Quando fui comprar meu carro fui ver o HB20 turbo…
    Fiquei indignado quando vi tanquinho de partida a frio….

    Comprei o UP

    • E não esqueça de colocar na lista a direção hidráulica ainda…

  • Elano Carvalho

    Um colega meu comprou no começo do ano um HB20 Turbo cor azul (muito bonito por sinal). Mas para receber, teve que esperar quase 1 mês, pois essa configuração eles tinham um único branco na concessionária.

    Já andei no carro, e posso dizer que anda muito bem (não tenho parâmetro de comparar com o Up! TSI pois nunca andei), mas ele anda quase tão bem quanto meu Versa, com a diferença que o torque é sensivelmente sentido mais cedo. Não é beberrão, em Fortaleza (cidade mais ou menos no nível do mar e com ruas em sua maioria plana), o consumo ficou em 12,5km/l (média razoável na gasolina e com um bom câmbio de 6 marchas, deixando o giro baixo). Nunca fiz viagem com ele para atestar, mas ele disse que já chegou a fazer mais de 18km/l na estrada.

    Agora tá correndo um boato que a Hyundai pensa em descontinuar essa versão em breve. Meu amigo cuida muitíssimo bem do carro, tudo certinho. Mas ele é exceção. A verdade é que um carro desse, é preciso ter muito cuidado, e creio que olhando para o futuro, a montadora não quer ficar conhecida como alguém que vende carros frágeis.

    • Gustavo73

      Carros frágeis por qual motivo?

    • Filipe Augusto Moro

      Já fiz 9 km/L na cidade e 15,5 na estrada, sempre com etanol.

  • Vinícius

    Afinal, o consumidor brasileiro não é tão burro quanto imaginam….

  • Arthur Hogemann

    “Mais uma vez a Hyundai não atendeu as expectativas dos consumidores” … pode por essa como resposta para a Hyundai.

  • Eduardo Alves

    Eu andei em um e tem um desempenho interessante, porem nao e melhor que o 1.6 e possuem praticamente o mesmo preço nas concessionarias. Para piorar, ele consome mais e anda menos que o 1.6, se tivessem colocado ele com a injecao direta e matado o 1.6 a compra por um hb 20 mais potente morreria nessa opçao, mas em um mercado conservador e desinformado, o cliente vai procurar o tradicional mesmo.

  • GABRIELCSFLORIPA

    Alguns meses atrás comprei um HB20 Turbo Confort Style e infelizmente não fiz um test-drive antes de fechar a compra. (burro)
    Esperava que o comportamento do motor 1.0 Turbo fosse similar ao do UP TSi que eu já conhecia.
    Para minha infelicidade, o motor é barulhento e o torque máximo não está disponível desde 1.500 rpm como informa o fabricante.
    Na verdade abaixo de 2.000 rpm o carro é extremamente “manco” e a turbina parece que só começar a “empurrar” à partir de 2.250 rpm e entra de forma abrupta, tipo os carros turbo de antigamente. No UP a turbina entra mais cedo e de forma mais progressiva.
    Também notei que após a troca de marcha, o carro não responde logo que eu acelero. É algo que talvez eu não consiga explicar por escrito, mas é tipo assim: Eu passo a marcha, solto a embreagem e acelero, só que o carro demora um segundo a mais para responder.

    • É como vc disse, se tivesse feito o test-drive teria desistido na hora do HB20 Turbo. O motor do Up é muito mais superior mesmo.

  • Johnny Boris

    Infelizmente essa queda de vendas não nos permite entender se é o brasileiro desaprovando a fraca tecnologia do turbo desse carro ou se é uma decisão tomada pela mera comparação de preços e litragem de motor.

  • Mario

    O super, mega, plus 1.0tsi vai para o mesmo caminho.

    • Gustavo73

      Não vai não, e sua oferta será aumentada.

  • Alisson Bona

    Faltou força, sobrou preço!
    14kgf do HB turbo equivale a um motor 1,3 o 1,0 turbo da VW equivale a um 1,4 em CV mas a um 2,0 em torque.
    Se a HB tivesse colocado a injeção direta e acertado certamente teria acabado com o 1,6. Porem o lucro dela não ia ser tão bom qto o 1,6, que tem uma manutenção barata para o reparador.
    Entenda a CCS ti cobra 400 numa revisão pq os concorrentes cobram isso… porem para ela, custa mais barato a manutenção do 1,6 aspirado que a do 1,0 turbo.

    • Paulo Lustosa

      O 1.0 TSI do Golf equivale a um 2.0 em torque, já o 1.0 TSI do Up o torque é equivalente a de um 1.6.

      • Alisson Bona

        Veja os testes de dinamômetro o up da entre 18 e 20kgfm sendo o 1.6 mais torcudo do país o HB mau passa de 17 e um 2.0 fica geralmente entre 19 e 21, logo é 2.0 msm.

        • Gustavo73

          Dinamômetro de rolo pega os picos por mais breves que sejam. Por isso as diferenças frente as informações de fábrica.

          • Alisson Bona

            O erro só foi grotesco em todos os rolos do país no up inclusive o HB20 turbo os números bateram.

            • Gustavo73

              Dinamometros de rolo são feitos para dar a potencia na roda. Isso é já com as perdas mecânicas da transmissão e etc. A potencia dos carros é aferida em dinamometros de bancada. Aí o dinamômetro de rolo aplica uma formula para tentar chegar a potência do motor. Aí está o erro.

        • Paulo Lustosa

          Varia de carro pra carro, já vi Up TSI na minha frente dando 15 kgfm enquanto já vi 2.0 original com 19 declarado dando 22

  • FabioH

    Ficou mal posicionado na gama do modelo, preço muito próximo ao 1.6, que dizem ainda é mais econômico, deveriam retirar o 1.0 aspirado. É diferente do Up! que só tem 1.0 aspirado e turbo.

    • Roberto

      E também falta um modelo automático… que não foi lançado para não canibalizar o 1.6 auto…

  • Lucas086

    Nunca andei em um, mas quem andou disse que não andou o esperado, agora o preço nem era ruim, próximo dos 50 mil, preço de Onix LT 1.4, o negócio que pouca coisa a mais, tinha o 1.6, que esse sim anda muito bem e nem gasta tanto. Mas não que sairá de linha agora, deve esperar a troca de geração.

    • Gustavo73

      Você já viu os preços do Onix na tabela?

      • Lucas086

        Já, meu irmão tem um activ tirado como pcd, e de cara, se consegue tirar 3 mil, sem falar no financiamento facilitado.

        • Gustavo73

          Logo não é o valor de tabela. Na tabela o Onix LT custa 46mil, sem o MyLink.

          • Lucas086

            Ai vc chega na ccs, e tira ele por 45 com my link.

            • Gustavo73

              Na CSS isso pode acontecer com qualquer marca. O meu carro saiu mais barato com alguns opcionais que ele na tabela de entrada. Mas na hora de comparar temos que usar um padrão. E esse é o valor de tabela.

  • Rodrigo

    PEssoalmente, nunca vi um HB20 Turbo na rua. Nem o Fiesta EcoBoost. Aliás, nem o Peugeot 208 turbo vi na rua também!
    Só o uo TSI se vê por aí.
    De qualquer forma, já rodei com o Fiesta EcoBoost e com o up TSI.
    Achei o desempenho do Fiesta melhor do que do up TSI, mas nada gritante.
    Queria andar no HB20 Turboe no 208 para efeito de comparação.

  • Pedro Henrique

    sabe porque não vende?
    bebe pkrl, não anda igual o 1.6 e ta o mesmo preço bem dizer…
    sem contar a concorrencia do tsi que por mais que seja subcompacto acaba roubando publico do hatch, ja que no up vc faz bons 16 cm litro e no hb se fizer 13 tem que botar as mãos pro céu e agradecer, sem contar que não é tão forte quanto o tsi em torque que é o motivo principal bem dizer de vantagem em ter um turbo, torque em baixa (e com o 1.6 logo ali na tabela de preço mais vale levar o 1.6 que é mais potente)

  • Celso

    Pelos testes das revistas este motor é mais lento e mais gastão que o 1.6.

  • CÁSSIO

    o problema deste motor é que faltou desenvolvimento podia até ñ ter injeção direta mas os periféricos deveria mudar a começar pelo turbo de geometria variável , bomba e água elétrica , alternador variável , cooler a água , variados de fase na admissão e escape e o tão desejado cambio automático tendo tudo isso o motor iria dar um bom conjunto , pena dona HYUNDAI ter economizado muito nele .

    • Gustavo73

      Turbinas TGV só agora chegam aos carros”normais” pelo 1.5 Tsi. Não faltou desenvolvimento a Hyundai tem um 1.0 TGDI, e ele é vendido na Europa já tem um tempo. A questão foi que lançaram uma versão mais simples por escolha mesmo.

  • Louis

    É a novela do Gol turbo dos anos 2000 se repetindo….

  • FrankTesl

    talvez tirem esse 1.0 que recebeu kit turbo na fábrica e coloquem algo mais avançado, com injeção direta, para se alinhar tecnologicamente ao 1.0 TSI, por exemplo.

  • Josias Beltrami Acauan

    JAC j2 é mais barato, mais confortável e mais forte. Que o HB20 turbo e que o up tsi. Vale lembrar que a performance do HB20 1.6 é bem superior a do turbo.

  • Mauro Schramm

    Não sei nem porque lançaram essa versão. Bebe mais e anda menos do que a versão 1.6.

  • Bryan Silva

    O 1.0T da família TSI não deixa de ser 1.0, porém, quando você dirige o veículo, tem uma sensação de estar num motor maior. Já o 1.0T da Hyundai, mesmo tendo uma potência/torque próxima ao 1.0T da família TSI, não é possível ter outra sensação do que estar mesmo num clássico 1.0. Ainda, tem que gastar muito para receber tão pouco. Talvez, se o 1.0T da Hyundai rendesse pelo menos 130cv e 20kgfm de torque, seria aceitável. Segundo algumas revistas, esses números já acontecem nos modelos sul coreanos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend